Eu nunca pensei que esse dia fosse chegar, mas ele chegou e sinto que preciso fazer isso. Não foi uma decisão fácil, fiquei tentando adiar o máximo possível, mas infelizmente não consegui. Começo pedindo desculpas por fazer isso sem aviso prévio, não era minha intenção, mas simplesmente não consigo! O bloqueio não vai embora e não é um bloqueio qualquer, estou passando por alguns problemas e estou em conflito comigo mesma. Sou uma garota de 19 anos e não faço ideia do que fazer da minha vida, nada acontece e por mais que eu tente, sempre acaba do mesmo jeito. No meio disso tudo surgem as cobranças das pessoas e por mais que elas tentem disfarçar, estão dizendo: "Garota, faça alguma coisa da sua vida!" Eu também me cobro, estou cansada de sentir como se estivesse fadada ao fracasso. Cansada de pensar na minha vida e sentir que tudo é uma grande conspiração para que eu quebre minha cara de novo e de novo. Cansada de decepcionar as pessoas! Eu não posso e nem quero decepcionar ninguém, por isso estou me afastando. Não quero que pensem que não me importo, eu me importo, mas não estou conseguindo escrever e eu amo fazer isso, amo mais do que qualquer outra coisa no mundo! Não quero fazer nada de qualquer jeito, nada menos do que perfeito, vocês merecem algo realmente bom. Quero que saibam que não é um hiatus permanente, vou tirar esse tempinho para estudar e correr atrás de algo para o futuro. Voltarei assim que for capaz de escrever algo novamente, quando sentir que esse fardo está menos pesado e... Acho que é isso, me desejem sorte! Amo muito vocês e arrisco dizer que já sinto saudade. Com amor, Jéssie.

23/03/2015

Leiam, por favor


Oi pessoal, tudo bem? Eu estou um pouco fraquinha, acho que a gripe está para me pegar :( mas vamos lá. Andei pensando esses dias e acho melhor desistir dessa fanfic. Eu sei que disse que não desistiria, mas acho que não tenho muita escolha. Simplesmente foi-se minha inspiração para escreve-la, vontade é o que não falta, mas não sai absolutamente nada! Eu perdi as contas de quantas vezes liguei o notebook e fiquei encarrando o espaço em branco tentando preenche-los... a verdade é que eu estou frustrada, triste, com medo e desesperada! Não pela fanfic, acho que ela é o menor dos meus problemas... é sobre minha vida, meu futuro, estou com medo disso. Acho que não comentei aqui, mas este é meu último ano na escola. Todos me disseram que este ano seria o melhor e que eu curtiria, mas eu não estou curtindo muito não! Até o final do ano passado eu sabia exatamente o que fazer da minha vida, eu estava tão confiante e feliz? Não sei quando perdi minha cabeça. Eu já chorei tanto e catei os meus caquinhos diversas vezes, tantas coisas passaram pela minha cabeça... pensei até mesmo em desistir daqui, mas eu não quero perder esse meu mundo, perder vocês. Por favor, me ajudem... eu preciso de uma luz, um caminho... eu quero me sentir bem de novo! Simplesmente cansei de mentir para mim mesma e fingir que está tudo certo... vocês sempre me ajudaram e se não for pedir demais, eu peço que façam isso novamente. Eu vou ficando por aqui, desculpem qualquer coisa, o.k? Ah e eu andei fuçando meus rascunhos aqui no blog e encontrei uma fanfic com três capítulos já prontos. Estou pensando em termina-la para postar aqui... é isso. Até qualquer dia desses, amo vocês ❤ 

9 comentários:

  1. Jessie por favor não desiste dessa fanfic
    fique um tempo sem entrar, tire um tempinho pra você, leia escute música e sei que a sua inspiração pra escrever vai aparecer
    mas por favor não desiste
    Mas essa é a minha opinião se você acha que não adianta tirar um tempinho pra você faça outra então e quando você estiver pronta tenta escreve-la ta?
    Qualquer coisa tô aqui ♥

    ResponderExcluir
  2. oi como vai você?
    Bom eu sei exatamente pelo que você está passando agora e sabe por que sei?Eu já passei por isso!
    Eu vou de contar um pouco da minha experiência nesse último anos de escola e inicio da faculdade.
    No primeiro ano do ensino médio eu fui para uma nova escola e passei esse ano todo tentando encontrar o meu espaço,me apaixonei de verdade pela primeira vez e o rapaz de apaixonou pela minha única amiga naquele colégio.Foi difícil me adaptar e esquecer meu primeiro(único)amor.
    No segundo ano eu já estava mais adaptada,muitos amigos,bagunça e alegria.Nada de muito importante aconteceu nesse ano e eu continuava apaixonada e sofria ainda mais por ele ter arrumado uma namoradinha qualquer.
    No terceiro ano eu cheguei achando que o mundo era meu mas aí o mundo caiu sobre a minha cabeça.Amigos não eram mais amigos,fui traída e humilhada pelas pessoas que eu mais confiava,comecei a sofrer bullying eu eu tinha perdido meu lugar ao sol.
    Durante todo ensino médio eu sabia o que eu queria,jornalismo,mas com o vestibular chegando surgiu Biomedicina na minha cabeça e eu já não tinha mais certeza de nada.
    Sempre tive o plano de fazer jornalismo na UFSC e finalmente morar sozinha mas com tantas incertezas e preocupações eu não sabia mais de nada.
    Prestei vestibular para três universidades diferentes e para a minha surpresa passei nas três e então veio a dúvida novamente,jornalismo ou biomedicina.
    Bom eu escolhi biomedicina e hoje no segundo ano de faculdade estou muito feliz.Não vou te falar que na faculdade tudo são flores porque não é.esqueci a ideia que American Pie te passou pois nem tudo é verdade.
    O primeiro ano foi difícil,novo ambiente,novos amigos e inimigos e eu demorei um pouco para me adaptar mas hoje tudo está melhor e cada vez vai melhorando mais.
    Para você um conselho: NÃO DESISTA NUNCA POIS ALÉM DO SEU HÁ UM UNIVERSO INTEIRO PARA VOCÊ!
    Espero ter ajudado,beijos

    ResponderExcluir
  3. Olá Jess, eu meio que te entendo. Eu não posso dizer que minha vida está das melhores, sabe? Eu já chorei tanto, mas tanto por medo de acabar vazia, sem realizar o que eu quero. Mas o que eu realmente quero? Meu desejo inicial sempre foi viajar por todo o mundo e conhecer todas as partes do globo, casar com homens de várias nacionalidades e ter filhos com eles... e isso pode parecer vulgar, mas para mim não é, só que eu também quero ser modelo, modelo tipo aquelas que desfilam para a Victoria's Secret, Mario Testino, Valentino e tantas outras... mas tudo parece tão inalcançável pra mim! Ninguém confia no que eu sei e sou capaz de fazer... então eu resolvi desistir. Desisti porque, eu não quero viver contra a minha família, e mesmo que eu alcance o sucesso, eu vou deixar as pessoas que mais amo aqui, de coração partido? Decidi que vou seguir carreira na enfermagem. Sem contar a guerra em minha mente. Meus problemas pessoais. Ando brigando com minha mãe muito mais que o normal, estou numa escola onde não me encaixo com ninguém e de quebra estou sexualmente confusa! Acho que estou apaixonada pela minha amiga mas... ela é tão dispersa, mesmo sabendo que rola uma atração inegável. Lá no fundo eu quero muito ser hétero mas eu simplesmente estou quebrada, a ponto de explodir. Eu só quero morrer, agora. Mas por favor, não desista de você mesma, porque eu sei que você tem uma alma tão grande, você é tão grandiosa, como escritora, como pessoa! Eu sei que nada na vida é como a gente quer mas, lute por o que deseja. Fique bem! Com todo o meu amor, rafaela. Xx

    ResponderExcluir
  4. Jessie, eu te acho uma das escritoras mais humildes que conheço (quero dizer, não pessoalmente mas enfim..).
    Não recomendo parar de escrever essa fic. Tenho certeza que alguma ideia vai surgir enquanto tiver escrevendo a outra por isso, não exclui totalmente essa da cabeça porque em breve pode voltar a postar com ela já concluída. Às vezes a inspiração vem nos momentos mais inapropriados e isso pode acontecer com você.
    Quanto à escola: ao longo da nossa vida muita coisa que achámos vir a fazer pode deixar de fazer sentido. Mas não se preocupe muito com isso, às vezes deixar a vida correr sem pensar muito pode ser a melhor decisão que nós tivemos.
    Eu estou no segundo ano da faculdade de psicologia. Já estive na mesma situação que você está agora. No primeiro ano do ensino médio achava que queria seguir jornalismo, no segundo ano que queria seguir direito e no terceiro a psicologia foi o futuro que me surgiu. Além disso, pratico ténis e desde os meus 10/11 anos que achava que seria uma tenista profissional, o que seria muito difícil. Desisti desse meu último sonho (mas que na verdade não deixava de ser o primeiro porque foi o primeiro que me surgiu), mas continuo praticando ténis como um hobby. Quando ao jornalismo, esse sonho sumiu quando fui para o segundo ano (estranho? Talvez mas hoje olhando para trás entendo que nunca poderia vir a ser jornalista de coração. Não era algo que tivesse nascido com isso), quanto ao direito, é preciso estudar imenso para isso e eu não tinha capacidade para estudar história sendo que detesto a matéria haha! No terceiro ano, a psicologia foi a última coisa que "sorriu" para mim e, confesso, minha cabeça estava baralhada. Não sabia o que seguir, não sabia para onde iria e onde acabaria, mas acabei descobrindo (sem pensar muito) que queria seguir psicologia e foi isso que eu fiz.
    Espero que isso tenha te ajudado. Não é a única passando por isso :)
    Não pense muito pois acabará cansada e no final não terá decisão alguma, é o meu conselho. Deixa a vida te levar e faça apenas o que você gosta. Se gosta de escrever, continua. Se gosta de fazer qualquer outra coisa ou se vê a fazer qualquer outra coisa, continua. Siga em frente e não pense muito nas coisas.
    Espero ter ajudado.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. More sobre a fic tudo bem,logo logo voce volta com outra nova e ainda mais foda pra destruir meu heart
    sobre a sua life,eu nao vou falar muito aqui,pq prefiro fala no pv,entao assim q eu chega em casa te mando uma msg no whats ta?
    Mas olha a unica coisa q eu posso fala eh n desista,n to falando do blog em si,to falando pra vc n desistir de vc mesma ta? Do q te faz e tals
    NUNCA desista de vc pq tu ta passando por uns momentos dificies
    eu sei q a vontade eh jogar td pro alto e falar um belo foda-se pra td
    sinceramente do fd-se eu concordo,mas so joga oq te faz mal pro alto,oq te faz tu guarda no seu coraçao as sete chaves
    pq eh isso,eh essa coisa preciosa q vai te rerguer quando vc cair
    Espero q te ajude
    Te chamo a noite,juro
    Bjs
    TE AMO MUITO MINHA WARRIOR!

    ResponderExcluir
  6. jess, meu amor, eu não vou dizer algo como "por favor não desista da fic" porque seria o mesmo que dizer "force sua mente a pensar em algo e poste logo"
    olha, pq vc não dá um tempo nisso tudo? sabe, não largar de vez, mas dar uns dias à sua cabeça e focar mais na escola, vai que lá surge alguma coisa incrível?
    mas também não quero dizer "se tiver uma ideia boa, escreva 8392791 capítulos sobre isso em uma mesma tarde"
    uma tática que eu uso é assim: quando tenho ideia pra uma cena, eu escrevo ela, anoto em um papel mesmo e quando chego em casa passo pro computador. Pode demorar meses (o que, se tratando do Blogger, pode ser muito) porque é raro eu pensar em uma cena boa. Mas sempre tenho esses espasmos de criatividade quando estou na escola lendo algo bobo como um texto sobre a água ou quando assisto um filme e fico imaginando maneiras de recriar aquela cena que vi. Sabe, tipo quando você tem que fazer uma releitura de alguma obra famosa. depois que teve ideias o suficiente, junte tudo isso. Claro que vai faltar mais cenas e falas e todos esses bla bla blas mas acaba se tornando fácil. Pq vc acha que eu demoro pra postar? Sksjks
    mas, meu amor, por favor, dê um tempo a si mesma. Ouça uma boa música e relaxe. Se fizer isso sua mente vai ficar bem mais aberta e daí surgem ideias incríveis
    não deixa de considerar tá?
    bjs, eu te amo sz

    ResponderExcluir
  7. pode divulgar que voltei com o blog?

    ResponderExcluir
  8. Oi, é.. não sei dar muitas palavras de conforto e embora seja "nova" leitora gostei muito de você e da sua história, as vezes é difícil se expressar e dizer com todas as palavras o que nós estamos sentindo, mas você não ! Disse com todas as palavras como uma verdadeira guerreira... Então.. seja forte e espero que você supere mais uma batalha de cabeça erguida....

    Beijos,
    De sua nova leitora que TE AMA MUITO,
    Larissa <3

    Siga seu coração !

    #YouAppearLikeADreamToMe <3

    ResponderExcluir
  9. Olá. Bom... Eu ainda não passo por isso e tenho certeza do que quero fazer, do que quero ser. Mas, eu entendo sua frustração como escritora e como se humano. Eu lhe direi, não é fácil. Nunca é. Mas você não pode desistir, tudo na vida é obstáculos e você tem de enfrentá-los. Não vai ser uma simples crise boba que vai lhe derrubar certo? E se for, pode deixar que nós, os que nos preocupamos com você e não com a história, estaremos aqui, com os braços entendidos para ajudar você a levantar e à seguir em frente. Sinceramente? Se você quiser parar de postar essa fic, faça. Mas salve-as e guarde-as pois, um dia, você irá querer terminá-la. Sabe, eu não costumo comentar sempre, mas eu adoro, muito mesmo, ajudar os outros ( indiretamente claro). E você nessa situação me parte o coração. Estou até rimando!
    Mas, eu vou lhe dizer, em vez de você continuar a postar capítulos feitos de qualquer jeito, não seria melhor,e muito mais proveitoso, você dar uma pausa de um certo tempo, quem sabe ir visitar algum parente que mora longe, para espairecer. E mais uma coisa, não se deixe levar pela opinião dos outros, você é a escritora e nós só estamos aqui para contemplar suas obras. Nunca se esqueça. Você é muito amada

    Com amor, de uma simples leitora anônima

    ResponderExcluir