Eu nunca pensei que esse dia fosse chegar, mas ele chegou e sinto que preciso fazer isso. Não foi uma decisão fácil, fiquei tentando adiar o máximo possível, mas infelizmente não consegui. Começo pedindo desculpas por fazer isso sem aviso prévio, não era minha intenção, mas simplesmente não consigo! O bloqueio não vai embora e não é um bloqueio qualquer, estou passando por alguns problemas e estou em conflito comigo mesma. Sou uma garota de 19 anos e não faço ideia do que fazer da minha vida, nada acontece e por mais que eu tente, sempre acaba do mesmo jeito. No meio disso tudo surgem as cobranças das pessoas e por mais que elas tentem disfarçar, estão dizendo: "Garota, faça alguma coisa da sua vida!" Eu também me cobro, estou cansada de sentir como se estivesse fadada ao fracasso. Cansada de pensar na minha vida e sentir que tudo é uma grande conspiração para que eu quebre minha cara de novo e de novo. Cansada de decepcionar as pessoas! Eu não posso e nem quero decepcionar ninguém, por isso estou me afastando. Não quero que pensem que não me importo, eu me importo, mas não estou conseguindo escrever e eu amo fazer isso, amo mais do que qualquer outra coisa no mundo! Não quero fazer nada de qualquer jeito, nada menos do que perfeito, vocês merecem algo realmente bom. Quero que saibam que não é um hiatus permanente, vou tirar esse tempinho para estudar e correr atrás de algo para o futuro. Voltarei assim que for capaz de escrever algo novamente, quando sentir que esse fardo está menos pesado e... Acho que é isso, me desejem sorte! Amo muito vocês e arrisco dizer que já sinto saudade. Com amor, Jéssie.

12/05/2016

Broken Frame: Capítulo 35 • RIP



LOS ANGELES, 08:00 A.M

          O dia amanheceu frio, cinza e sem vida. Joseph recebeu o telefonema da mãe de Shane, ela contou que Mandy havia falecido de madrugada e que eles já estavam preparando tudo para o enterro dela. Ele largou o café da manhã na mesa, vestiu-se rapidamente e pegou um táxi qualquer. Demetria também foi avisada, mas quem falou com ela ao telefone foi Gigi. Ela arrumou-se rapidamente, pegou as chaves do carro e saiu. O endereço que ambos receberam indicava onde ficava o cemitério, Demi estacionou ao mesmo tempo que um táxi parou do outro lado da rua, ela desceu do carro e trancou o veículo. Assustou-se com os flashes vindo em sua direção, tapou os olhos e rangeu os dentes pronta para disparar xingamentos. — Ei, o que vocês pensam que estão fazendo aqui?! — Joe aproximou-se dos fotógrafos irritado — Estamos de luto! Será que vocês podem respeitar isso?! — Disse num tom de voz elevado — Eu espero não vê-los aqui quando sair! — Ele virou-se de costas e caminhou até a mulher que ainda estava parada perto do carro. — Você está bem? — Demi virou-se devagar e olhou para ele. Joseph não aproximou-se, apenas verificou se os paparazzi haviam partido e suspirou. — É o ultimo lugar onde imaginei que fossemos nos encontrar. 
— Eu estou bem, obrigada. — Ela respondeu encarando os próprios pés — Não é como se tivesse escolha, estive com ela ontem e conversamos bastante. 

— Conversou com ela? — Ele perguntou surpreso. Demi olhou para ele e apenas assentiu. — Como foi? — Joe lhe ofereceu um dos braços, ela encaixou o seu ali e juntos eles adentraram no lugar. 
— Nunca pensei que fosse dizer isso, mas foi agradável. Ela reconheceu os erros que cometeu, pediu perdão e conseguiu tocar meu coração profundamente! Mandy gostaria de ter feito isso com você, mas o orgulho ainda foi mais forte do que ela. — Demi fez uma pausa — Suas palavras quebraram o orgulho dela, mas já era tarde e você não estava mais lá. Eu fui a segunda chance e me senti bem com isso, sabe? Mandy pediu que eu chamasse o Shane, então acho que ela deve ter se acertado com ele. — Joseph suspirou pesadamente, ela conhecia bem aquele ato, ele desabaria em pouco tempo! — Eu sinto muito, Joe. — Ele apenas assentiu. 

          Demetria acabou por guia-lo até onde os familiares e amigos de Mandy estavam reunidos. Shane estava ao lado de Gigi, ele chorava de cabeça baixa e segurava uma das mãos da loira. Todos estavam em silêncio, enquanto o reverendo dizia algumas palavras de conforto: — Em Atos 7:56-60, Estêvão, antes de adormecer, viu o céu aberto e o Filho do homem à direita de Deus Pai. Da mesma forma Amanda West verá a Deus, pois em Mateus 5:8 Jesus diz: "Bem-aventurados os puros de coração, porque eles verão a Deus". Mandy adorme­ceu em paz com Deus. Não existe sono mais agradável do que este. — Joseph chorava, Demi encostou sua cabeça no ombro dele e entrelaçou seus dedos aos dele. Mesmo estando um verdadeiro caos, ela sabia o quanto devia apoia-lo e por isso o consolou. Uma rosa foi entregue para que depositassem no caixão e disse-se algo bom sobre Mandy. Joe não conseguiu dizer nada, apenas desejou que ela descansasse em paz. O culto fúnebre estendeu-se durante mais alguns minutos, Demi foi tomada por uma angustia muito grande e acabou chorando também. Joseph soltou-lhe a mão, passou o braço por seus ombros e beijou o topo de sua cabeça.

***

          Em nome de Shane, Gigi informou que ele receberia os familiares e amigos em casa para uma pequena recepção. Ele gostaria de agradecer o apoio pessoalmente, então Demi foi com Joseph até lá. Quem os recebeu na porta foi Jelena, Demi sentiu-se um pouco desconfortável e apenas trocou um aperto de mãos com ela. Joseph recebeu um longo abraço e aceitou de bom grado: — Eu sinto muito, Joe. 
— Obrigado, Gigi.
— Sintam-se em casa, Shane descera num instante. — Ela sorriu breve e cedeu espaço para eles adentrarem. Joseph acomodou-se na sala, Demi sentou ao seu lado e encarrou um ponto qualquer da sala. O que deveria fazer? Era a pergunta que ecoava em sua cabeça. Sentiu o toque de Joe em sua mão fria, ele estava quente e causou um pequeno choque. 
— Você não imagina o quanto isso é importante pra mim, obrigado. — Estremeceu e ele pode sentir! Joe sorriu brevemente e beijou cada um de seus dedos de forma carinhosa. Aquilo não era estranho, mas não entendia o motivo de se sentir indiferente. Como poderia retribui-lo? Seria o momento de deixa-lo quebrar as paredes que havia construído? 

— Joseph. — Shane parou diante deles — Demetria. — Ele sorriu melancólico — Não sei como agradece-los pela presença e pelo apoio. É bom ver vocês assim, sabe? Juntos. — Demi suspirou — Realmente formam um belo casal. 
— Sinto muito, Shane.
— Sabia que isso aconteceria, mas ninguém nunca está preparado para perder alguém assim. Você estava certa, ela tinha muito o que dizer e... — Ele respirou fundo segurando as próprias lágrimas e Demi o abraçou.

           Enquanto ela consolava o mais novo amigo, Joseph retirou-se discretamente indo até a cozinha. Pegou um copo com água, suas mãos tremiam e ele estava chorando novamente. — Você está bem? — Gigi tocou-lhe o ombro. 
— Eu não estava preparado, não agora e do jeito que estou! — Ele deu um longo gole no copo com água — É horrível sentir-se incapaz de mudar o rumo das coisas, entende? Mandy se foi e eu... eu... não sei como lidar com isso ou com Demi que está aqui me apoiando. 
— Deveria parar de se subestimar, Joseph. Você é um homem forte! Não se dobre diante dos problemas, o.k? É apenas uma tempestade e vai passar como todas as outras.

— Tudo bem por aqui? — Shane adentrou na cozinha. 
— Nós só estávamos conversando. — Joe secou as lágrimas e forçou um sorriso. 
— Gigi, você pode nos dar um minuto? — Ela apenas assentiu e saiu. — Você está bem?
— Eu estava ontem no estúdio e disse: não estou pronto para perder ninguém. Isso foi tão estranho e apesar de saber do estado dela, não estava esperando... — Ele fez uma pausa — Meu coração está em pedaços, ela era como uma irmã e eu gostaria de ter tido mais tempo para me redimir também. 
— Todos nós queríamos mais tempo, Joe. — Shane tocou-lhe o ombro — Você deu o empurrãozinho que faltava, entende? Suas palavras despertaram-na e eu sou muito grato. — Demi apareceu no cozinha — Ela está em paz e isso conforta muito meu coração, entende? Espero que isso lhe ajude. 
— Obrigado. — Ela não sabia se adentrava ou não, então apenas ficou na porta. 
— Eu que agradeço novamente por ter vindo. — Shane sorriu breve — Preciso falar com alguns parentes que chegaram, então vejo vocês depois. — Ele saiu. 

— Desculpe por sair sem avisar.
— Eu achei que tivesse ido embora, mas Gigi me disse que estava aqui. — Joe não gostou do tom dela. Parecia até que Demi estava insinuando algo, ela estava? Suspirou pesadamente. 
— Não use esse tom comigo, Demi. Nós já passamos dessa fase fase muito tempo!— Não se trata disso, você...

— Você deixou bem claro que não confia em mim, Demi. É isso?!
— Joseph, eu só quero saber se...
— SE EU SENTISSE ALGO POR ELA, ESTARIA COM ELA!
— Meu Deus, o que estão fazendo?! — Gigi entrou no meio dos dois — Isso aqui é uma recepção fúnebre! — Ela olhou para ambos — Não se trata da relação de vocês, o.k? Se querem lavar roupa suja que seja fora dessa casa! — Joe saiu pisando forte e com raiva. Ele passou tão rápido que Shane assustou-se, Demi logo em seguida esbarrou nele, desculpou-se rapidamente e correu atrás dele. 

          Joseph estava parado na calçada impaciente. O fluxo de carros não cessava e ele só queria correr para longe! Demi não estava sendo justa com ele e isso o magoava profundamente. Pediu que ela não esquecesse de seu amor, mas ela parecia não ter lhe dado ouvidos! Ouviu os gritos dela, mas não lhe deu ouvidos e apenas cruzou a faixa de pedestre. Em cinco ou seis meses não havia lhe ocorrido uma retrospectiva de sua vida, mas agora via tudo como naquela noite. Sentia o asfalto sobre suas costas e queimava! Abriu os olhos e viu Demi segurando sua cabeça. — O que aconteceu?
— Você é um filho da mãe sortudo, idiota! 
— O que estamos fazendo no meio da rua?
— Você desmaiou, o carro freou e eu quase morri! — O motorista do carro ajudou Demi e juntos eles levantaram Joe. Após agradecer, ela caminhou com ele até o carro e abriu a porta para que ele adentrasse. Demetria arrancou com o carro em alta velocidade e Joseph agarrou-se ao cinto de segurança assustado. 

— Isso é tudo culpa sua!
— Minha?
— Sua mãe não te ensinou que devesse olhar os dois lados e esperar o sinal ficar vermelho para os carros?! Você poderia ter sido atropelado! O que estava pensando?
— Você fez aquela cena toda na casa do Shane e eu sou o culpado?! Fiquei aborrecido e com motivos, não tem como negar! O que VOCÊ estava pensando?
— O que estava escondendo de mim?
— Eu sai apenas para beber água, Gigi apareceu e trocamos poucas palavras. Ela só queria saber se eu estava bem, Mandy era uma pessoa especial para mim e foi apenas isso. É tão difícil acreditar em mim? — Demi desviou o olhar da estrada para ele e suspirou. — Você me deixa louco!
— Sinto muito, mas estar perto de você me deixa assim.

— Sentiu ciumes?
— Ciumes?! — O falso tom de indignação não passou despercebido.
— Desista.
— O que disse?
— Desista de lutar sozinha.
— Eu não vim para discutirmos nossa relação, Joseph. Você não acha que já tivemos emoções demais por hoje?
— Sinceramente, não.

— Ela me pediu para dizer-lhe aquilo e eu disse, acabou.
— Poderia ter apenas dito e ido embora, mas não fez isso. Você quis ficar!
— Seria insensível se eu...
— Você se preocupou comigo, segurou minha mão e me deixou consola-la! Eu conheço seu coração e sei que fez isso...
— VOCÊ NÃO SABE DE NADA! — Ela apertou o volante com força — Age como se sua dor fosse maior. O que te faz pensar assim? Eu preciso desse tempo.
— Pode ser tarde demais, não percebe? — Joe suspirou olhando os borrões através da janela — Um dia você tem tudo e no outro, não tem nada. Vim por impulso no enterro dela, sabia? Acho que se tivesse parado e pensado racionalmente, não estaria aqui. Eu perdi três dos meus dos músicos num acidente, eramos como uma família e isso doeu muito! Não fui ao velório ou muito menos no enterro por remorco. Eu me culpei durante meses e foi horrível. Quando estava lá de mãos dadas com você, estive pensando em tantas coisas... — Ele fez uma pausa — Eu vi pessoas morrerem e não pude fazer nada por elas, mas não permitirei que isso aconteça novamente. Não vou deixar que nossa relação e nossa família morra desse jeito! O problema é que você precisa desistir de lutar sozinha e eu não posso fazer isso por você, Demi. Uma barreira foi criada, mas não tenho força para quebra-la sozinho. Você precisa querer, precisa acreditar e desejar que eu esteja ao seu lado! — Demetria não disse uma única palavra, apenas chorou. Ela não parou o carro, Joseph não insistiu e o silêncio prevaleceu durante o restante do caminho.

          O céu fechou ainda mais, nuvens carregadas estavam por toda parte e logo começou a chover. Demi estacionou do outro lado do prédio, ela virou-se para Joe e suspirou. — Eu sinto muito, mas não posso fazer isso agora.
— Eu odeio seu autocontrole, sabia? — Ele sorriu com certa melancolia — Realmente não me importo, não agora.
— Joseph, eu...
— Foi bom ver você, Demi. — Ela segurou o braço dele, impedindo-o de descer. Joseph esperou que ela dissesse algo, mas nada veio. Entendeu que Demi queria despedir-se dele ou algo do tipo, então inclinou-se beijando a testa dela. Seu coração bateu tão forte, perdeu o controle e só se deu conta disso, quando sentiu os lábios trémulos contra os seus. As mãos de Demi bateram contra seu peito, mas não foi o suficiente para afasta-lo. Joe segurou-lhe uma das mãos contra o banco, passou um dos braços pela cintura dela e sentiu Demi ceder o abraçando. Com a mão livre ele percorreu os cabelos dela através da nuca e os puxou de leve quando finalmente foi correspondido. Concentrou-se em sentir e gravar aquele momento, sentia tanta saudade de beija-la devagar e faze-la sentir todo seu amor. Sentiu o ar faltar, abriu os olhos juntamente com ela e sorriu. Tinha certeza de que havia conseguido algo, não sabia exatamente o que, mas seu coração estava em paz agora. — Se você mudar de ideia ou quiser conversar, sabe onde me encontrar.

— Eu posso ficar, se quiser.
— É muito tentador, mas minha resposta é não. Eu quero uma decisão, entende? Quero minha mulher de volta! Não preciso que tenha pena de mim por eu estar triste ou por ter perdido alguém. — Ele abriu a porta do carro — Vou me virar bem, então não se preocupe. — Desceu — Cuide-se. — Demi abriu a boca para dizer algo, mas já era tarde demais. Joseph já havia cruzado a rua no meio da chuva, ela suspirou pesadamente antes de dar partida no carro e ir embora.

***

          Joseph não prestou atenção no que dois funcionários do prédio lhe disseram, apenas concordou com a cabeça e entrou no elevador. Encostou-se na parede metálica, deslisou por ela e sentou-se no chão. Como ela conseguia resistir tão facilmente? Mordeu o lábio ao pensar nela oferecendo-se para ficar e sentiu-se tentado ao imaginar o que poderia ter acontecido, caso tivesse consentido. Teria feito ela ceder de uma vez por todas? Fechou os olhou inclinando sua cabeça para trás, sentia o gosto dela em seus lábios e isso era injusto. As portas se abriram, Joe levantou-se e caiu novamente pelo susto que levou! Suas costas bateram com força, ele gemeu e cerrou os dentes em seguida. — O que diabos faz aqui?! — Perguntou irritado.
— Papai e mamãe ligaram para mim, não é como se estivesse aqui por vontade própria. — Nicholas o ajudou.
— Poderiam ter ligado diretamente para mim. — Joe adentrou na cobertura, ele se desfez do casaco preto molhado e jogou em um canto qualquer. Nick estava acuado, agora ele estava sentado no sofá e evitava olhar para Joseph.

— Faz quanto tempo que não pega os recados da sua caixa postal? Eles estão preocupados com você.
— Com o que exatamente? Eu estou ótimo!
— Você não falou sobre Mandy e de repente, Gigi ligou avisando que você estava no enterro com Demi. — Ele fez uma pausa — Disse também que discutiram e que você quase morreu!
— Ela não deveria ter feito isso.
— Mamãe estava aos prantos no telefone, me falou coisas das quais vai se arrepender depois e por fim, pediu que visse.

— O que ela disse?
— Isso é tudo culpa daquela mulher, Nicholas. Eu sabia desde o inicio que ela corromperia meu pobre menino Joseph, eu sabia! — Nick olhou para ele — Ela ficou indignada com o fato de você mentir para ela ou até mesmo ter omitido o fato de Mandy ter estado na Suíça e no hospital também.
— O que mudaria?
— Sinceramente, não sei. — Ele suspirou — Isso é entre você e ela.
— Você também está fugindo?
— Será que posso ir embora? — Nicholas levantou-se.
— Não, você não vai embora.

— Quantas vezes eu preciso dizer que... — Joe o abraçou forte e Nick permaneceu imóvel.
— Que não é culpa sua? Eu sei disso, Nicholas. Sei também que fui um idiota com você e espero que me perdoe por isso. — Ele partiu o abraço e olhou para o irmão mais novo — Não vai dizer nada?
— Eu senti sua falta, babaca! Foram tantos anos e eu realmente pensei que nós... nunca mais... eu não sei como dizer isso, mas você sabe.
— Eu quero que você se perdoe também, o.k? Não foi sua culpa, aconteceu. Penso que poderia ter evitado isso de várias formas, mas a culpa é inteiramente minha e da Demi também. Nós cooperamos para que isso acontecesse, nossa falta de dialogo, meu ciumes e todo o resto, sabe? Estamos passando por uma prova de fogo.
— Estou tentando, juro, mas é algo tão vergonhoso. Demi não suporta olhar para mim!
— Demetria também não está sendo justa comigo, mas depois de hoje é só uma questão de tempo até ela cair na real. — Joe sorriu brevemente. 
— O que você fez?
— Abri meu coração e também... beijei ela. — Nick arqueou uma das sobrancelhas — Eu senti algo diferente, não sei explicar, mas confio nisso. — Joe deu de ombros e viu Nick rir baixo. — Ainda quer ir embora? — Ele negou com a cabeça — Ótimo! Vou trocar essas roupas molhadas e podemos ir falar com a mamãe. O.k?
— Só preciso ligar para Selena e avisar. Posso usar seu telefone?
— Claro que pode! Eu já volto. — Joe piscou e saiu.

--
tantas emoções para um capítulo só, mas não poderia deixar vocês esperarem ainda mais
OLÁ MEUS AMORES, tudo bem com vcs?
estou bem e escrevendo na medida do possível. os comentários de vocês me animam bastante e eu só posso agradecer pelo apoio e também pela paciência. agora, vamos falar sobre o capítulo: não me matem pela demi estar tão insegura e não estar facilitando, o.k? isso vai mudar em breve. esse beijo no carro foi inspirada num anime que assisti e particularmente amei a cena sdjsdj joick juntos foi uma surpresa até mesmo para mim, mas isso foi muito bom. gostaram?
espero de coração que sim, hein respostas aqui & aqui
até o próximo, bjs

 

meu fim, scrr!

27 comentários:

  1. OMG OMG OMG OMG OMG OMG OMG OMG OMG OMG OMG OMG OMG OMG OMG OMG. .. Jessica eu tenho sentimentos sabe,você não pode fazer isso tudo acontecer junto é muito pra se processar e meu processador é lento sabia,estou tremendo aqui,Droga,não tô conseguindo lidar com tudo isso não,a Mandy morreu,Demi e Joe chegam juntos e se apoiam, aí tem a Gigi apoiando totalmente o Shane(isso ainda vai dar casal),Aquela conversa da Gigi e do Joe falando como ele está se sentindo realmente e a Demi ouve só a parte que ele tá conversando com Shane e fica com ciúmes da Gigi e eles brigam o Joe passa mal e quase morre e tem o Beijo e depois ele se reconcilia com o Nick é demais pra mim Jessica não tô aguentando, tô em estado de choque, tô tendo de me lembrar de respirar. Aí Meu Deus foi tudo muito rápido tô jogada na farofa e desmaiando...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu não estou conseguindo me segurar, sério...
      mas o jogo está finalmente virando e isso é tão bom! <3
      finalmente posso escrever mais momentos "jemi" e a forma como tudo está conspirando pela reconciliação deles... ah, isso é realmente incrível!
      o ritmo vai ser esse hahaha então, esteja preparada para os próximos capítulos :)

      Excluir
  2. E AI TUDO BEM CONTIGO? PORQUE COMIGO NÃO ESTÁ NADA BEM, ESSA FANFICS ME DEIXA NO CHÃO A CADA CAPÍTULO QUE EU LEIO
    vou comentar aqui brevemente sobre meu novo amor:
    tiago iorc, já ouviu? eu estou COMPLETAMENTE apaixonada por esse homem
    céus, a música dele é perfeita, ele é perfeito, que homem maravilhoso senhor
    quero pra mim
    se ainda não ouviu, escute, principalmente a música me espera com a sandy, é perfeita.
    agora que eu já desabafei sobre meu amor, vamos ao capítulo:
    não pensei que ia sofrer tanto com a morte da mandy como estou sofrendo
    deixa eu pergunta: você é cristã? porque os trechos da bíblia que você coloca aqui são perfeitos <3
    a Demi com ciúme do joe <3 claramente eu com ciúme do crush, principalmente quando ele ta de conversa com alguma garota
    gigi e shane claramente um casal, já shippo
    não é por nada não mas eu já to começando a querer dar uns tapas na demetria
    a mulher não baixa a guarda mesmo...
    esse beijo me deixou jogada na br, aike lindos, to boba, to no céu
    joick bromance mais que perfeito, eles dois juntos <3 finalmente joe ta baixando a guarda falta só a demetria fazer o mesmo
    animes são tudo de bom, death note já assistiu? meu fav <3
    posta logo, bjsss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. no momento sim, mas isso vai depender do capítulo que estou escrevendo...
      eu já ouvi <3 descobri por uma música que ele regravou para uma novela e depois vi um trechinho de "coisa linda" no comercial da globo e logo pesquisei para saber mais sobre esse amorzinho que é ele.
      tomei vários tiros com essa música, lágrimas rolaram!
      sinceramente, nem eu pensei que fosse sofrer tanto. tive vontade de voltar no tempo e detalhar mais sobre como foi a relação dela com o shane e tudo mais, mas acho que futuramente posso fazer isso. estou com alguns planos e pode envolver algo assim, vamos ver mais para frente...
      sou sim <3 fiz uma pesquisa rápida sobre como funciona esse tipo de funeral e lá tinha um artigo explicando passagens e coisas do tipo, então escrevi em cima disso.
      atualmente eu não tenho esse tipo de problema, nem crush tenho </3 mas quando tinha rolava um pouco de ciumes tbm sdjsdj
      estou pensando nos dois, na verdade já tenho algo em mente e espero escrever isso logo... fico muito inquieta quando tenho uma ideia e não escrevo ~minhas pílulas, onde deixei elas? hahaha~
      ela vai baixar sim, na verdade ela vai virar esse jogo... amém? amém.
      eu fui ao céu e depois desci em queda livre com a resistência dela! scrr
      surtei com eles no billboard music awards, sério... muito amor envolvido sz
      ainda não assisti, mas quando tiver um tempinho vou dar uma olhadinha.
      eu assisti alguns animes yaois que me deixaram completamente viciada, sério... entrei até em crise existencial quando acabou a terceira temporada de um deles. é tudo culpa da julia! sdjsdj
      postarei assim que puder, bjs

      Excluir
  3. Que beautiful! Que pena que Mandy não resistiu, ela aprendeu com os próprios erros e poderia ter tido uma outra chance; mas ela já compriu com a papel dela na fic.Isso é uma história bem parecida com a vida real,não conto de fadas enfim, eu compreendo. Eles se beijaram!!! Uau, como ela pode resistir? Cara, é o Joe! Joe finalmente está se libertando de seu orgulho enquanto Demi ainda não sabe bem como agir ela está tentando superar. O que me fez lembrar do livro Orgulho e Preconceito Darcy e Elizabeth♡. Posta logo, bjos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. fico feliz que tenha gostado <3
      juro que depois que ela "se foi" tive outras ideias e também pensei que seria interessante ter dado mais detalhes sobre ela e o shane, mas foi como você mesma disse... ela já cumpriu o papel dela aqui.
      tipo FINALMENTE SE BEIJARAM, mas... ah, eu não sei como... mas ela resistiu! haha
      só eu que ainda não li esse livro? acho que vou colocar na listinha, mas vou ler com certeza.
      postarei assim que puder, beijos *

      Excluir
  4. Perfeito quero parabeniza la por esse lindo trabalho
    Já quero Jemi juntos mas eu sei que a Demi tem as paranoias dela mas uma hora ou outra vai ter que ceder
    Estou com saudades das crianças também na verdade e como o joe disse quero a familia jemi inteira junta novamente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. obrigada pelo carinho <3
      o destino está conspirando, então acredito que não vai demorar para finalmente termos um momento especial deles por aqui.
      vamos ter uma surpresa relacionada a família e vai ser demais!
      ~spoilerzinho do bem~

      Excluir
  5. Só tenho uma coisa pra falar PARABÉNS, PARABÉNS E PARABÉNS KKK
    Quero jemi o mais rápido possível, ansiosa por mais!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. obrigada, anjo <3
      vamos ter mais um momento deles...
      é o destino conspirando, hein

      Excluir
  6. Desculpe a demora pra comentar... Passei uns dias sem celular por conta das provas mas voltei! :D
    Os que eu não comentei estavam maravilhosos, você como sempre divando...
    Apesar de odiar Mandy, sinto muito pela morte dela... Principalmente por câncer que é uma doença tão devastadora... Enfim... Tá perfeito e continua quando puder tá? Estou esperando... :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Você tem alguma noticia sobre a Mari q escreve "A sexóloga" faz mais de 1 ano q não atualiza e não dá notícias.
      Se tiver notícias ficarei agradecida!

      Excluir
    2. Oi... Não tenho não. Ela parou de postar faz muito tempo e faz um bom tempo que não falo com ela. Acho que ela desistiu de escrever. Infelizmente é assim não é? As pessoas nem sempre valorizam o que tem. Sinto muito.

      Excluir
    3. Obrigada por responder! Realmente fico muito triste... Ela é excelente,ñ q as outras não sejam kkkk mais vamos aguardar pra ver se dá alguma noticia!

      Excluir
    4. não precisa se desculpar, compreendo perfeitamente ^^
      fico feliz que tenha gostado do capítulo
      postarei assim que puder <3

      faz um ano que ela não posta lá, mas no ultimo post ela fala sobre a vida acadêmica dela estar bem puxada, então acredito que seja esse o motivo dela ter se afastado.

      Excluir
  7. Olha senhora você não pode me machucar assim não
    Nem me fazer esperar muito tempo por outro capítulo
    Essas coisas não se fazem cara
    Meu coração, como fica?
    Tô feliz porquê teve beijo nessa bagaça
    Agora quero mais 😏
    Posta logooo
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu não queria isso, juto juradinho!
      ele vai continuar batendo, não se preocupe hahaha
      finalmente, né? confesso que já estava me batendo uma certa frustração, então pensei "esses dois precisam se pegar logo" mas ainda faltou um pouquinho de ação... deixa o jogo virar de vez que isso aqui vai pegar fogo! #adoro ~this girl is on fireeeeeeeeeeee~
      postarei assim que puder
      beijos *

      Excluir
  8. Aaaaaah que capítulo perfeito. Amei encontro Jemi, é isso ae Joe, mostra pra ela oq está perdendo, kkkkkkkk. Não vejo a hora de eles se acertarem de vez, cruzando os dedos aqui.
    Amei, amei, amei também o Joe e o Nick, já estava mais do que na hora de conversarem e se acertarem. Espero logo que a Demi perdoe o Nick tbm, e sejam todos uma família feliz.
    Fico anciosa por casa capítulo da fic, já estou aqui desesperada pra saber oq vai acontecer. Sinto cheiro tbm de um romance entre Shane e Gigi, ou será impressão minha? Bom vamos aguardar. Beeijao, até o próximo :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. fico feliz que tenha gostado <3
      alguém precisava tomar uma atitude e ele está disposto, então...
      eu tbm ~apesar de que isso faz com que a fanfic chegue aos últimos capítulos, mas tudo que é bom um dia acaba~ estou falando isso de "boa", mas só irei superar um fim depois de uma semana e olhe lá! hahaha
      rolou umas lágrimas, sério... mas isso serve para mostrar para a demi que ela tbm precisa seguir em frente, então... acredito que será um incentivo o/
      já tenho algo em mente para os dois, yeeeh. posso dizer que veremos eles em breve por aqui sz
      beijos *

      Excluir
  9. Mais mais mais

    ResponderExcluir
  10. Posta por favor, estou mega ansiosa. N
    Bjos Cris

    ResponderExcluir
  11. Posta posta posta. Nunca te pedimos nada ♡

    ResponderExcluir
  12. posta logo pff e mais momento jemi tb kkkk.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. prometo que escreverei mais momentos...
      postarei em breve <3

      Excluir