Eu nunca pensei que esse dia fosse chegar, mas ele chegou e sinto que preciso fazer isso. Não foi uma decisão fácil, fiquei tentando adiar o máximo possível, mas infelizmente não consegui. Começo pedindo desculpas por fazer isso sem aviso prévio, não era minha intenção, mas simplesmente não consigo! O bloqueio não vai embora e não é um bloqueio qualquer, estou passando por alguns problemas e estou em conflito comigo mesma. Sou uma garota de 19 anos e não faço ideia do que fazer da minha vida, nada acontece e por mais que eu tente, sempre acaba do mesmo jeito. No meio disso tudo surgem as cobranças das pessoas e por mais que elas tentem disfarçar, estão dizendo: "Garota, faça alguma coisa da sua vida!" Eu também me cobro, estou cansada de sentir como se estivesse fadada ao fracasso. Cansada de pensar na minha vida e sentir que tudo é uma grande conspiração para que eu quebre minha cara de novo e de novo. Cansada de decepcionar as pessoas! Eu não posso e nem quero decepcionar ninguém, por isso estou me afastando. Não quero que pensem que não me importo, eu me importo, mas não estou conseguindo escrever e eu amo fazer isso, amo mais do que qualquer outra coisa no mundo! Não quero fazer nada de qualquer jeito, nada menos do que perfeito, vocês merecem algo realmente bom. Quero que saibam que não é um hiatus permanente, vou tirar esse tempinho para estudar e correr atrás de algo para o futuro. Voltarei assim que for capaz de escrever algo novamente, quando sentir que esse fardo está menos pesado e... Acho que é isso, me desejem sorte! Amo muito vocês e arrisco dizer que já sinto saudade. Com amor, Jéssie.

18/04/2017

Broken Frame: Capítulo 21 • Welcome to the new age


SEJAM BEM VINDAS AO CAPÍTULO MAIS ESPERADO DE TODOS!
obs: vai ter continuação xx


          Assim que Joseph saiu da sala de reuniões, ele ouviu um burburinho entre o pessoal que passava pelos corredores e outros que andavam de um lado para o outro trabalhando, ignorou completamente e caminhou até o elevador. Quando as portas de metal se abriram, os cinco homens que estavam ali o encarraram e voltaram sua atenção para uma revista qualquer. Joseph adentrou, apertou o botão para subir e revirou os olhos desejando que aquilo acabasse logo! Eles riam e faziam alguns comentários baixinhos que ele não conseguia entender sobre o que ou quem era. Novamente as portas se abriram, ele saiu rapidamente e sem pensar muito adentrou no banheiro. Ele encarrou o próprio reflexo no espelho e percebeu que estava suando de nervoso! O que estava acontecendo? Nada, absolutamente nada e xingou-se mentalmente por sentir-se tão idiota. Abriu uma das torneiras, lavou o rosto com água fria e pegou algumas toalhas de papel para tirar o excesso d'água. 

          Assustou-se ao ouvir um chiado escapando da garganta de alguém ou melhor, um gemido. Virou-se para trás e ouviu outra vez, deu um passo seguido de mais dois e ouviu o barulho de algo caindo no chão. Abaixou-se o suficiente para ver uma revista e já cismado puxou para ver do que se tratava. A capa não revelava muita coisa, mas bastou folhear as páginas que viu de quem se tratava e entendeu o que aquele homem estava fazendo dentro daquela cabine. O rapaz abriu a porta para ver quem havia pegado sua revista e imediatamente empalideceu quando viu Joseph. Ele engoliu em seco e quando abriu a boca para formular alguma frase, foi puxado pelo colarinho da camisa de forma violenta!  Ei cara, o que você esta...  Recebeu um soco, o impacto do punho de Joe em seu rosto o jogou contra o chão e ele contorceu-se ali.  Eu só...  Recebeu um chute no estomago e gemeu alto de dor. 
 Ei, o que está acontecendo aqui?  A respiração de Joe estava descompassada, ele ainda sentia toda aquela adrenalina em seu sangue e a raiva que sentia não o ajudava, estava agindo por puro impulso!

 Sua mulher... ela é... muito gostosa!  O rapaz caído no chão estava tentando se levantar. Quando ia avançar contra ele, foi segurado pela terceira pessoa que havia adentrado no banheiro.  Você...  Ele riu, apontou para Joe e limpou a boca suja de sangue.  Deve sentir raiva por ser defeituoso e não... não conseguir dar conta do recado.  Joseph cerrou os dentes, soltou-se da pessoa que o segurava e avançou contra o rapaz outra vez o acertando em cheio com a revista! 
 Eu vou fazer você engolir cada página dessa revista junto com suas malditas palavras, seu merdinha!  Joe não sentia o punho doer enquanto acertava aquele babaca, ele simplesmente batia, mas sua raiva parecia aumentar cada vez mais. A cada soco, o rapaz ria dele!

 Solta ele, Joseph!  Reconheceu a voz de John, ele o puxou para fora do banheiro e o encostou contra uma das paredes do corredor.  Você ficou maluco? Aquele cara pode te processar! Quer ir presso por agredir um cara que não te fez nada?
 Nada?  Joe riu ironicamente  Você não faz ideia do que ele fez!  Desviou de John e começou a caminhar pelo corredor, sendo seguido pelo empresario que gritava o nome dele. 

          Demetria estava rodeada por conhecidas e funcionarias da gravadora que comentavam sobre suas fotos na revista. Ela sorria ao ouvir delas que havia sido algo muito corajoso de sua parte e que era incrível ver a forma como ela amava o próprio corpo!  Hey, Demi.  Nicholas veio até ela e pediu licença para cumprimenta-la. 
 Oi Nicholas.  Sorriu. 
 Tudo bem?
 Estou ótima e você?
 Melhor, impossível!  Retribuiu o sorriso  Estou procurando Joseph, você viu ele?
 Já faz um tempo que estou aqui e até agora nada, mas estou esperando para parabeniza-lo pelos ingressos.

 Ah sim, Selena me falou... esgotou o primeiro lote! Ele deve estar muito feliz.
 Sim, nem posso imaginar o quanto...
 OLHA LÁ PESSOAL É ELE!  Alguém gritou  Joseph, parabéns pelos ingressos.  Uma chuva de aplausos inundou o recinto. 
 O primeiro lote inteiro em menos de 24 horas!  Demi gritou em meio as felicitações e bateu palmas. 

          Joseph não agradeceu, ele abria caminho sem qualquer expressão em seu rosto e nas mãos carregava a revista suja de sangue. Sua camisa era preta, mas ele sabia que ela estava suja! Aos poucos o barulho e o falatório cessou, quando Demi deu de cara com ele arregalou os olhos assustada.  Nós estávamos te procurando, Joe.  Nick deu-lhe um tapinha nos ombros e parou para observa-lo por alguns instantes.  Você está bem?
 Sinto muito, mas suas composições vão ter que esperar um pouquinho.  Joe olhou para Demi enquanto falava  Eu preciso ir agora, com licença.  Ele saiu sem ao menos esperar um "tchau". 

 O que deu nele?
 Vou descobrir, espere aqui.  Demi apressou o passo atrás dele, o barulho do salto alto e o burburinhos os acompanhou corredor adentro.  Joseph, espere.  Ele estava quase socando o botão do elevador para descer, mas as portas insistiam em continuar abertas.  Droga, Joseph! Pode me explicar o que está acontecendo?
 Explique você!  Joe jogou a revista com força contra o chão, ela caiu aberta aos pés de Demi e as portas do elevador se fecharam. 

          A escadaria foi o caminho mais rápido, Demetria desceu dois andares de escada de forma apressada e chegou ofegante ao estacionamento! Seu vestido esvoaçava conforme ela caminhava entre os carros procurando pelo marido, aquela não era bem a reação que ela esperava dele.  Joseph, espere!  Ela chamou por ele e correu ao vê-lo parar poucos centímetros do carro.  Eu posso explicar.  Ofegou curvando-se para frente com uma das mãos sobre o peito, tentava ao máximo recuperar o folego e explicar do que se tratava aquelas fotos. 
 Não.  Ele respondeu, o tom de voz duro e frio!
 Não?
 Não quero ouvir sua explicação!

 Joseph, você...
 Eu não entendo você, sinceramente não entendo!  Joe balançou a cabeça  Que cena foi aquela ontem? Me mostrou seu álbum, sendo que escondeu essas fotos! 
 Não pensei que fosse importante, até...
 Não pensou que fosse importante?!  Ele repetiu o que ela disse, em alto e bom som!  Você posou nua, completamente nua para Deus e o mundo ver e achou que não fosse importante me contar?

 VOCÊ É MEU MARIDO OU MEU DONO?!  Ela gritou irritada  Você nem se deu ao trabalho de saber do que se trata e já está agindo como um babaca machista!
 Um babaca machista?  Joe riu com ironia  Não me importa do que se trata, eu deveria saber! Mas não, precisei ouvir um babaca se masturbando no banheiro para descobrir que minha esposa posou nua para uma revista.  Demi arregalou os olhos  Você quis usar o elemento surpresa, mas não aconteceu da forma como planejou. Não é mesmo?!
 Eu... eu...

 Sinceramente, o que você pensa que eu sou?

 Fiz aquilo que achava melhor pra mim!
 Você joga meia duzia de palavras pra mim, pede desculpas, concerta as coisas e depois acaba com tudo outra vez! Pensou que fosse ser simples assim? Não foi e nem vai ser, Demetria!
 Pare de agir como se isso fosse o fim do mundo, Joseph. Foram só algumas fotos!
 Pra você foram algumas fotos, mas pra mim só provou que não existe confiança alguma nesse relacionamento!  Joe virou-se de costas para ela destravando o carro com um pequeno controle. 

 É o meu trabalho, Joseph! Acha que eu deixaria de fazer essas fotos se você tivesse discordado em algum momento? Não, eu não deixaria de faze-las!
 Para, para com isso! Para de ficar justificando suas mentiras com o trabalho. Eu nunca deixei de te contar nada, não que isso fosse uma obrigação, mas pelo simples fato de pensar no seu bem estar!  Antes que ela pudesse responder, Joe ergueu uma das mãos impedindo-a.  Seja lá o que tenha para dizer, não quero ouvir. Não agora, o.k? Vou procurar meu advogado, a ultima coisa da qual eu preciso agora é daquele nojento tentando arrancar dinheiro de mim para concertar aquela fuça quebrada dele!  Ele adentrou no carro e foi embora. 

          Demetria assistiu ele ir, os olhos ardiam e as lágrimas vieram com força quando o carro sumiu de seu campo de visão! Ela cerrou os punhos irritada consigo mesma, não deveria estar chorando, ele que havia agido feito um completo idiota.  Demi, o que aconteceu?  Virou-se para encarrar Nicholas e deu de ombros.  Oh Demetria, vem cá.  Ela permitiu-se ser abraçada por ele e chorou por incontáveis minutos no ombro dele. Era grata por tê-lo outra vez em sua vida, o que faria se ele não tivesse ali para ampara-la?  Eu vi as fotos.  Ele comentou de forma cuidadosa  Foi por isso que ele esmurrou aquele cara e agiu daquele jeito?  Ela assentiu  Um dos caras me contou que ele perdeu o controle, o idiota disse coisas pesadas pra ele. 
 Não justifica o jeito como ele me tratou.  Eles começaram a caminhar em direção ao elevador. 
 Se bem conheço meu irmão, sei que isso não vai durar muito.
 Está errado, Nicholas.

 Já tentou entender o lado dele?
 Já e não faz sentido pra mim! Me desculpe, vocês são irmãos e é normal que queira defende-lo.
 Não estou defendendo ninguém, eu só... esquece! Vamos lá, você precisa tomar um copo d' água e se acalmar um pouco.  Demi apenas assentiu e adentrou no elevador junto com ele. 

***

          Joseph saiu rapidamente do estacionamento, estava preso numa pequena fila de carros e quando pisou fundo no acelerador precisou frear com tudo! Havia muitos paparazzis bem em frente ao prédio da gravadora, eles estavam se posicionando para tentar fotografar alguém. Antes que pudesse fechar o vidro do carro, um dos flashes estourou em seu rosto e ele cerrou os dentes irritado! Logo um pequeno grupo estava na frente do carro, eles dispararam perguntas sobre Demi e tiraram inúmeras fotos, mesmo sob os protestos dele.  QUE PORRA, SAIM DA FRENTE!  Ele pisou no acelerador fazendo o carro emitir um roncado alto  SAIM OU EU PASSO POR CIMA!  Com muito custo eles saíram.  Fotografem isso, idiotas!  Mostrou o dedo do meio para eles enquanto arrancava com o carro indo em direção ao trafego da cidade.

          Depois de entrar em contato com o advogado, Joe dirigiu por horas completamente sem rumo, sua cabeça estava doendo e só agora seu punho latejava! Estacionou o carro em frente ao prédio da associação e agradeceu mentalmente ao Deus todo poderoso por não ter nenhum paparazzi ali. Antes mesmo que pudesse descer ouviu o celular tocando, atendeu vendo o nome de Alycia brilhar na tela.  Cheguei agora.  Disse isso ao invés de um simples "alô". 
 Bom dia!  Ela parecia feliz, pelo menos alguém estava tendo um bom dia. Desceu do carro ainda com o celular na orelha e travou o veiculo. 
 Bom dia.  Respondeu no tom mais animado possível. 
 Fico feliz que tenha chegado, estão esperando por você na sala de reuniões.

 Sério? Agora?
 Sim, agora. Algum problema?  Alycia perguntou preocupada. 
 Eu queria um tempo sozinho para colocar a cabeça no lugar.  Ele murmurou. 

 Aconteceu alguma coisa?
 Não é nada, eu só... precisava de um tempo, mas acho que isso pode esperar.  Passou pelas portas de vidro e recebeu um sorriso encantador da recepcionista, um sorriso que ele não foi capaz de retribuir. 
 Joseph....
 Estou subindo, já nos falamos.  Não esperou pela resposta, simplesmente desligou o telefone e pegou o elevador. 

          O caminho até a sala pareceu demorar uma eternidade, sentiu-se aliviado quando finalmente chegou na porta da sala e abriu adentrando cabisbaixo.  PARABÉNS!  Sobressaltou assustado e arregalou os olhos. O pessoal todo estava lá, vestiam chapeuzinhos e jogavam confete nele!
 Mas... mas...  Ele riu um pouco sem graça  Não é meu aniversário. 
 Não seja bobo.  Alycia caminhou até ele colocando em sua cabeça um chapeuzinho pontudo de festa  Foi só o primeiro lote e conseguiu vender tudo em menos de 24 horas, isso normalmente só acontece em festivais consagrados de música. Parabéns!  Ela o abraçou e Joe retribuiu depois de algum tempinho. 
 Obrigado.  Assim que separou-se dela recebeu mais confetes contra seu rosto e riu. 

 Discurso, discurso!  Toby agitou ao fundo e o pessoal incentivou.

 Bem, eu...  Entregaram uma garrafa de champanhe para ele juntamente com uma taça e Joe sorriu agradecido.  Isso não é por mim e sim por vocês. Nada disso seria possível sem o esforço de cada um e de todas as outras pessoas que trabalham duro aqui todos os dias para ajudar tantas pessoas que precisam! Pra mim é uma honra ter uma equipe tão maravilhosa e sou grato por tudo o que estão fazendo por mim, obrigado.  Ele foi aplaudido e estourou o champanhe logo depois. Antes que a espuma caísse no chão, Joe encheu uma taça para si e passou a garrafa para os outros para que enchessem as taças. Eles brindaram e sorriram alegremente uns para os outros! 

          Quando o pessoal engatou uma conversa animada entre si, Joseph foi afastando-se deles aos poucos até conseguir sair. Ele apertou o botão do elevador outra vez, adentrou no mesmo e quando as portas estavam se fechando, Alycia se jogou para dentro rapidamente.  Meu Deus!  Ele exclamou assustado  Não deveria ter feito isso, poderia ter se machucado.  Ela revirou os olhos e colocou uma mecha de cabelo atrás da orelha. Alycia vestia um vestido preto social, o jaleco branco por cima e sapatos de salto alto. 
 A única pessoa machucada que vejo aqui é você.
 Não preciso de uma psicologa agora, sinto muito.

 Estou aqui como sua amiga, mas se não quiser me falar sobre o que está te chateando...
 Chateando?  Ele riu e deu um longo gole em sua taça de champanhe.  Sabe quando você pensa que tudo está indo bem e de repente descobre que estava errado?  Ela assentiu  Eu estava errado!  As portas do elevador se abriram revelando o terraço do prédio e eles saíram juntos. Joseph caminhou até certo ponto, abandonou a taça e sentou-se no chão. Alycia aproximou-se devagar e sentou-se ao lado dele observando a paisagem nublada de Nova York. 

 Está falando do seu casamento?
 Falo mais precisamente de Demetria.
 Ela te fez alguma coisa?
 Nós brigamos ontem por causa das crianças, eu acabei confrontando ela e como prova de confiança, Demi me deixou o álbum dela pra mim ouvir.

 Pensei que fosse isso o que queria.
 Ainda não cheguei na parte ruim.  Ela apenas assentiu para que ele continuasse  Foi incrível! Ela se desculpou, curtimos o jantar com as crianças e tivemos uma noite agradável juntos.  Ele fez uma pausa e tirou o celular do bolso.  O problema é que ela não foi totalmente sincera comigo, o álbum era apenas a cereja em um grande bolo!  Abriu o primeiro site de fofocas que encontrou, deu o aparelho na mão dela para que ela lesse e visse as fotos. 
 Ela possou nua.  O queixo de Alycia caiu e sua expressão era de surpresa. 

 Demi não me contou nada, eu descobri isso de uma forma bem desagradável. 
 De que forma?  Ela entregou o celular de volta o encarrou, pode ver o quanto ele estava magoado e sentiu o coração apertar no peito. 
 Tinha um cara com a revista no banheiro...  Alycia tocou o ombro dele e apertou o mesmo numa forma de conforto.  Quando eu percebi o que ele estava fazendo, perdi o controle e bati nele! Aquele babaca me disse um monte de merda, mas eu acabei com ele e teria...
 Ele te bateu?
 Não permiti que ele revidasse.  Os olhos claros e atentos dela percorreram cada parte do corpo dele em busca de algum machucado. Assim que viu uma das mãos dele, segurou a mesma e perguntou:

 Dói? Pelo amor de Deus, está roxa!
 Isso não é nada, eu só... queria ter me sentido um pouco melhor com isso.  Joe suspirou e fez uma careta quando ela apertou a mão dele.  Mas não, me sinto um ser humano horrível!
 Você não é horrível, Joe.
 Como não? Eu tenho tanta coisa passando pela minha cabeça, talvez a culpa seja minha.

 Ela deveria ter te contado e não digo isso pelo fato de você ser meu amigo, mas pelo simples fato de se tratar de fotos dela nua! Cada um interpreta de uma forma, eu vejo isso como uma forma de emponderamento, garotas jovens e até mulheres mais velhas precisam desse tipo de incentivo. Mas nem todas as pessoas podem enxergar da forma, não sei se ela pensou nas variáveis, principalmente no que diz respeito aos homens. Infelizmente babacas como esse que você encontrou no banheiro existe aos montes por ai e eles vão se achar no direito de dizer alguma coisa!
 Foi horrível, mas sabe o que realmente esta me preocupando? As crianças! Se já ouvi coisas nada agradáveis saindo da boca daquele cara, fico imaginando o que poderão dizer para elas.  Respirar estava se tornando uma tarefa dificil, Joe sentia o nó se formando em sua garganta e desejou que tudo aquilo fosse apenas um pesadelo do qual ele pudesse acordar.  A última coisa que preciso agora é que eles saiam machucados nessa historia toda!

 Calma, Joseph.
 EU NÃO QUERO ME ACALMAR, NÃO QUERO... QUE DROGA!  Alycia assustou-se  Me desculpe.  Ele enterrou o rosto entre as próprias mãos e chorou, chorou tremendo por completo de raiva.  Tudo estava indo tão bem, eu não consigo entender... onde nós erramos? Onde eu errei? O que eu fiz para que ela escondesse coisas de mim? Isso está acabando comigo!
 Assim como toda tempestade, isso também vai passar.  Ela afagou-lhe as costas. 
 Sim, mas o que temo são os estragos que isso vai causar.  Joe olhou o relógio  Preciso ir, preciso buscar as crianças na escola.  Alycia o segurou pelo braço impedindo-o de se levantar. 

 Não vou deixar que saia assim, elas podem passar essa tarde lá em casa. Onde está sua filha mais velha?
 Está com o namorado.
 Viu só? Relaxa, pedirei para Betty cuidar de tudo! Você precisa de um tempo para si.  Joe apenas assentiu enquanto via ela discar um numero e falar com uma moça ao telefone.  Prontinho. 
 Obrigado.

 Venha, vou leva-lo até a sala de descanso.
 Prefiro ficar no meu escritório.
 Não me entenda mal, mas seu escritório não tem nada de confortável além da sua cadeira giratória.  Joe soltou uma risadinha baixa. 

 O que sugere?
 Pode descansar no divã que tenho na minha sala.
 Se eu fizer isso, onde vai atender seus pacientes?
 Na sala do Toby.  Ela deu de ombros e levantou-se  Hoje ele sai mais cedo e meus pacientes só chegam depois do almoço.  Joe assentiu e ela estendeu uma das mãos para ele.  Venha, vou cuidar de você. 

          O divã da sala dela era realmente confortável, Joseph ajeitou-se nele e encarrou o teto tentando pensar no que faria. Algo naquelas paredes e no teto branco lhe transmitiram certa tranquilidade, estando menos tenso, ficava mais fácil de pensar. Fechou os olhos e respirou fundo:  Acalme-se, Joseph.  Disse mentalmente para si mesmo  Você vai dar um jeito nisso, não por você, mas pelas crianças! Tudo vai ficar bem. 

Defeituoso. Defeituoso. Defeituoso. 

          Joseph balançou a cabeça e se levantou caminhando até uma das grandes janelas de vidro. Não se importava com o que diziam dele, mas ali dentro, em algum lugar... doía! O celular que ele jurava ter colocado para vibrar tocou, ele encarrou o visor vendo o nome "Amor" brilhar na tela e ignorou, rejeitando a chamada. Não aceitaria um pedido de desculpas vindo dela tão cedo, Demi havia omitido coisas dele e agora se perguntava se tinha mais, ainda mais coisas que ela escondia. A ideia pareceu percorrer todo seu corpo, fazendo-o tremer! Cerrou os punhos, fechou os olhos e iniciou uma contagem mental até que conseguisse se acalmar outra vez.

NY
01:00 P.M

          Demetria irritou-se por não conseguir contato com Joseph, mesmo correndo risco de encontra-lo, foi buscar os filhos na escola. Ela conseguiu buscar Samanta no horário de sempre, mas acabou pegando transito e chegou atrasada para buscar Samuel! Assim que estacionou o carro, viu o filho com Edward e uma mulher que os conduzia para dentro do carro.  Ei, você!  Demi desceu rapidamente do carro e caminhou até eles, sendo seguida por Samanta.  O que pensa que está fazendo com o meu filho?
 Mamãe?

 Desculpe, mas Alycia me ligou e disse que podia buscar as crianças na escola.
 Alycia?  Ela cruzou os braços e arqueou uma das sobrancelhas. 
 Sim, Joseph pediu isso para ela.
 Ah é? Muito responsável da parte da sua amiga não me avisar de absolutamente nada!

 Eu realmente não sabia, sinto muito por isso.  Demi suspirou pesadamente, ela estava sendo sincera.  Sou Betty. 
 Demetria.  Trocou um rápido aperto de mãos com a amiguinha de Alycia. 

 Posso ir na casa do Edward, mamãe?  Samuel pediu, os olhinhos brilhando.
 Eu também quero ir!  Samanta disse animada. 
 Pode sim, os dois vão.  Demi contemplou o sorriso dos filhos e encarrou Betty de forma séria.  O meu numero está anotado no caderno dos dois, qualquer coisa é só me ligar. O.k?  Ela assentiu  Certo, vejo vocês mais tarde.  Demi despediu-se das crianças e forçou o melhor sorriso para Edward. 

 Foi um prazer conhece-la.
 Igualmente.  Demetria respondeu já afastando-se e entrando no carro. 

          Movida pela raiva, Demi dirigiu pelas ruas de Nova York como uma verdadeira piloto de fuga! Ela chegou rápido, estacionou o carro atrás do veiculo que pertencia ao marido, desceu e adentrou no prédio da associação. Os olhares se voltaram para ela, admiração, surpresa, desprezo... podia identificar facilmente aquilo no olhar de cada um. Seguiu de cabeça erguida, pisando forte e adentrou no escritório de Joseph, para sua surpresa ele não estava lá. Quando fechou a porta e preparou-se para pegar o elevador, trombou com Alycia.  Desculpe-me, Sra. Carpenter.
 Senhora é a mãe!
 Perdão, não estou entendendo.

 Ah não, é?  Demi riu de forma irônica  Escuta aqui, quem você pensa que é pra mandar sua amiga buscar meus filhos na escola?!
 Eu só estava tentando ajudar...
 Pois não tente, acabou de provar que é completamente inútil pra isso!

 Escuta aqui...
 Não, escuta aqui você!  Demi apontou o dedo para ela  Acha que não sei o que está fazendo? Posso ter brigado com Joseph, mas isso não muda o fato de que ele é meu marido! Se não quiser problemas comigo, fique longe dele.  Alycia respirou fundo, Demi havia conseguido tira-la do sério.
 Não foi minha intenção causar problemas, ele chegou aqui completamente arrasado e só quis ajuda-lo. Não me interessa o que você acha ou deixa de achar sobre mim, Joseph é meu amigo! Saiba você que não vou me afastar dele.  As pessoas que passavam por ali já olhavam de forma curiosa para elas, era perceptível que elas estavam discutindo. Demi sorriu para ela, o tipo de sorriso diabólico!

 Ah minha querida, você não sabe com quem está se metendo.
 Amor não significa posse, Demetria!
 Do meu casamento cuido eu! Acho bom que não se envolva mais nos meus assuntos, ouviu bem? Se tiver que voltar aqui por sua causa outra vez, não respondo por mim e pelo estrago que minha mão vai fazer nessa sua cara! 

 Algum problema, senhoras?  Toby perguntou educadamente e encarrou as duas. 
 Nenhum.  Demi lhe ofereceu um falso sorriso simpático e voltou-se para Alycia.  Meu recado está dado, queridinha.  Ela disse num tom de deboche. 
 O meu também!  Alycia respondeu no mesmo tom e Demi cerrou os dentes caminhando para longe antes que algo pior acontecesse ali. 

 Você enlouqueceu? Ela é Demetria Carpenter, pode acabar com sua vida em dois tempos!
 Essa mulher é uma... uma... você viu como ela me tratou? Aquele deboche dela me tirou do sério!
 Se algo acontecesse, ela sairia ilesa e você perderia seu emprego.  Toby comentou ao lado dela e passou uma das mãos pelos cabelos loiros.  Afinal, o que aconteceu?
 É uma longa história.  Alycia suspirou  Alias, achei que já tivesse ido embora.

 Na verdade eu estava indo agora.  Ele ajeitou uma bolsa estilo carteiro e sorriu.  Quer almoçar comigo? 
 Acho melhor ver como Joseph está, mas obrigada pelo convite.
 Se quer um concelho, não se meta no casamento deles.  Toby disse e saiu caminhando. Intrigada, Alycia foi atrás dele e segurou seu braço fazendo-o virar-se. 

 Mas eu só quero ajudar, não entendo...
 Não importa! Não percebe que está envolvida demais? Se o casamento dele morre, vai por mim, ele morre junto.
 Não entendo o motivo de tanto...
 Drama?  Toby riu baixinho  O meu casamento acabou por causa de uma terceira pessoa, Alycia. Posso te garantir que vivi o inferno! Não vai querer isso pra ele, vai?  Ela estava com os olhos arregalados e surpresos o encarrando.  Me desculpe, acho que acabei te assustando.  Ele suspirou  Ajude ele, mas... não se envolva mais ou pode acabar tendo problemas.  Tirou a mão dela delicadamente de seu braço e foi embora. 

CALIFÓRNIA
04:50 P.M

          Joseph gostaria que aquele dia acabasse o quanto antes, mas ele parecia estar se arrastando lentamente ao longo das horas! Almoçou o yakisoba que Alycia trouxe para ele sob protestos, ela estava estranha, mas não ousou perguntar o motivo. Assim que terminou de comer, decidiu voltar para casa, não poderia fugir da esposa o restante do dia. Foi embora, dirigiu sem presa alguma e antes mesmo que pudesse se dar conta, estava parado na garagem ao lado do carro dela. Suspirou pesadamente, desceu do veiculo o travando com o controle e adentrou na casa. Enquanto subia as escadas já desabotoava os botões da camisa, o tecido escorregou pelos braços dele e roçou de leve suas costas. Pequenos arrepios percorrem seu corpo, as marcas da noite passada estavam ali gravadas nele e isso o fez suspirar pesadamente. Ela estava lá, o olhou com um olhar repleto de sentimentos e... raiva!  Achei que não voltaria hoje, sua amiguinha parecia determinada em cuidar de você. 
 Não sei do que está falando.  Ele franziu o cenho confuso. 
 Mentir não é seu forte, Joseph!
 Tem razão, querida. Mentir é o seu forte!  Joe apontou de forma acusatória para ela, bufou e deu de costas para ela despindo-se para entrar no banheiro. 

 Não está sendo justo comigo!
 Eu não estou sendo justo, mas quando você, VOCÊ, foi justa comigo? Que porra, Demetria! Estou cansado disso, cansado de você mentindo e me escondendo as coisas. Eu sou seu marido, mas você me trata como se fosse um completo estranho!

 Você sempre esteve ocupado pra mim, como poderia ter te contado alguma coisa?
 Eu nunca, NUNCA, estive ocupado pra você!
 Ah não é? Eu tentei te contar sobre o álbum, estávamos nessa maldita cama e sabe o que você fez? Atendeu seu telefone dizendo que era importante, mas e quanto ao que eu tinha para te dizer? Acho que não era importante o suficiente. 

 Eu posso até ter vacilado, mas nada se compara ao que aconteceu hoje... NADA!
 Você esmurou um cara e a culpa é minha?  Demi cruzou os braços e revirou os olhos. 
 Quer saber? Desisto de tentar conversar com você!
 Vá em frente e fuja, você sempre faz isso!  Joseph entrou no banheiro e bateu a porta com força, tamanha força que o barulho ecoou pelo comodo. Joe despiu-se da última peça que faltava, retirou a prótese e adentrou no box segurando na barra fixa de metal. Ele abriu a ducha na água quente, sentou-se ali em baixo e fechou os olhos tentando respirar sem que algo parecesse estar esmagando seu peito! Não conseguiu, ela esta ali em casa parte de seu corpo... ele agarrou a esponja juntamente com o sabão e esfregou com força contra seu corpo. Cada cantinho onde os lábios dela o beijaram na noite passada, cada parte de seu corpo onde as mãos dela tocaram... tentou livrar-se de tudo isso, tentou livrar-se dela! Mas quem ele estava tentando enganar? Seu coração era dela... apenas dela! Parou assim que olhou para os próprios braços e viu que eles estavam vermelhos de tanto serem esfregados, abandonou a esponja e ficou ali até tirar todo o sabão do corpo. 

          Sabrina chegou em casa com um enorme urso que Bradley havia ganhado para ela como premio em um jogo, ela sorria abobalhada para o presente e quase deixou a mãe passar despercebida na sala.  Ei, achei que fosse ficar fora o dia inteiro.  Demi forçou o melhor dos sorrisos para Sabrina  E esse urso ai, hein?
 Bradley precisa de um tempinho com a família dele e esse grandão aqui foi um presente.  Ela colocou o urso de lado e foi até a mãe para cumprimenta-la. Os olhos avermelhados por causa do choro não passaram despercebidos, mas Demi mantinha a cabeça erguida e uma pose de durona.  Estava chorando?  Depois de ontem, não parecia certo falar que eles haviam brigado. 
 Não é nada, está tudo bem.

 Deveria estar feliz, seu novo ensaio teve uma boa repercussão.  Demi arregalou os olhos  Pensou que eu não soubesse? Vi no twitter, você arrasou e as fotos ficaram maravilhosas! Mamãe você é uma mulher admirável, eu te amo tanto... espero ser como você um dia.  Elas se abraçaram, mais algumas lágrimas escaparam sem que Demi conseguisse segurar e ela acabou suspirando. 
 Fico feliz que tenha gostado!

 Onde está o papai? O que ela achou?

 Você sabe como são os homens, não sabe?
 Ele deve ter sentido ciumes.
 Ciumes?  Ela franziu o cenho. 
 Sim, agora todos sabem que a mulher que ele tem em casa é a mais bela de todas!  Sabrina sorriu e Demi acabou retribuindo igualmente. 
 Obrigada, meu amor.

 Onde estão os pequenos? Essa casa está tão quieta!
 Foram brincar na casa de um amiguinho.
 Acho que deveríamos comemorar, não acha?
 Estou cansada demais para isso.

 Nós estamos.  Joseph disse, ele estava parado na entrada da sala e vestia roupas de frio. 

 Papai!  Sabrina levantou-se e foi cumprimenta-lo. 
 Boa tarde, querida.  Sorriu para ela e beijou-lhe a testa.  Como foi seu dia?
 Bradley me levou numa feirinha e nos divertimos bastante! Ele até ganhou um urso pra mim num daqueles jogos de dardos.  Joe afagou os cabelos da filha. 

 Que legal! 

 Sim, foi um dia e tanto! E vocês, o que fizeram?
 Trabalho.  Demi respondeu e torceu para que não tivesse sido grossa ou uma mentirosa super descarada com a própria filha!
 Agora entendo o motivo de estarem tão cansados, estão economizando até nas palavras!  Ela riu. Joseph olhou para Demi, ela o encarrou de volta e virou o rosto para o outro lado da sala, como se tivesse algo melhor para olhar.  Ah papai, o que achou do ensaio da mamãe? 
 Conceitual Demi riu, uma risada que beirava a ironia  E você, o que achou?
 Eu amei, papai!

 Filha se você me ama de verdade, não faça um desses tão cedo.  Ele brincou. Sabrina riu e recebeu vários beijos em sua bochecha!  Agora, preciso ir. 
 Onde você vai?  Demi perguntou.
 Buscar as crianças.  Joe sustentou o olhar dela pela segunda vez  Samuel acabou de ligar no meu celular e disse que Samanta já está quase dormindo lá!  Demi fez um gesto com as mãos e como quem não se importa, pegou o celular e fingiu estar fazendo algo. 

 Você vem comigo, Sabrina?
 Posso ir? Mas...
 Pode ir, vou ficar bem sozinha.
 Volto logo.  Joe disse e saiu, esperando por Sabrina na porta. A garota foi até a mãe e depositou um beijo na bochecha dela num gesto de despedida. Quando ela ouviu a porta da frente bater, suspirou pesadamente e sentiu as lágrimas voltaram com força total! Não pensou que fosse assim, doía muito. Importava-se demais com ele, com as crianças, mas tinha plena convicção de que estava no caminho certo. Ao longo dos anos ela havia mudado e orgulhava-se da confiança que adquiri-rá, não abriria mão disso por nada e nem ninguém! Secou as lágrimas, levantou-se e encarrou o próprio reflexo no espelho da sala: A nova era de Demetria Lovato começou Disse para si mesma e sorriu de forma orgulhosa.

--

boa noite goxxxxtosas, tudo bem com vocês?
espero que tenham sobrevivido até aqui, pq esse capítulo tem continuação.
nem preciso dizer que está babado, né? EU ESTOU SURTANDO ATÉ AGORA! acho que isso explica o motivo de escrever e postar tão rápido. rezem para que eu continue assim, pq ainda tem muita treta pra rolar aqui. 
respostas aqui | espero que tenham gostado
por hoje é só, volto assim que terminar de escrever o próximo. o.k?
beijos.

Resultado de imagem para mo bounce iggy azalea gifs Resultado de imagem para mo bounce iggy azalea gifs

15 comentários:

  1. MEU DEUS DO CÉU!
    QUEM SOU EU? AONDE ESTOU? EU NÃO TENHO PALAVRAS PRA DESCREVER O QUE EU ESTOU SENTINDO.
    MULHER DESSE JEITO VOCÊ ACABA COMIGO DE VEZ!
    o que foi esse capítulo? a parte do cara se masturbando, tô chocada até agora.
    o que foi essa briga da demi com alycia? Demi afrontosa não vou mentir, adorei! quero mais.
    eu AMEI a reação da sabrina, maravilhosa, sambou no Joe.
    eu não quero tomar um partido mas amei a demi afrontando ele.
    a falta de diálogo é bem visível aqui, Joe está revoltado e se ele deixasse essa raiva de lado e conversasse e tentasse entender os motivos dela nada disso estaria acontecendo
    mas eu não vou mentir ADORO UMA TRETA E EU QUERO MAIS, PODE VIM QUE EU TÔ PREPARADISSIMA.
    "A nova era de Demetria Lovato começou"
    AAAAAAAAHHHHHHHHHHHHHHHH PORRA VEM DEMI RAINHA DA PORRA TODA! VEM DESGRACAR NOSSA VIDA
    SINTO QUE A GUERRA FOI DECLARADA!
    amei, amei, amei!
    poste assim que der, ok?
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AAAAAAAAA, eu nem acredito que finalmente chegamos nessa parte da fanfic! Eu tô feliz, mas tô triste também... pq eles não vão colaborar em nada, sério sdjsdj <3
      Bjs

      Excluir
  2. primeiro: achei errado a demi não ter contado pra ele sobre o ensaio pq querendo ou não é algo íntimo e ele é marido dela... segundo: a reação dele com ela foi extremamente exagerada acho que o problema todo nem é falta de confiança e sim o ego ferido dele pelo que as pessoas estão comentando sobre ele ser deficiente e tal
    por fim: dois babacas idiotas tô esperando algum deles falar em divórcio só pra ver a reação (sou muito masoquista por querer que isso aconteça? pq quero que eles fiquem juntos mais do que eu queria ter ganhado um ovo de páscoa trufado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. outra coisa, eu tenho uma relação de amor e ódio com a sabrina as vezes ela é tão chata mas nesse cap por exemplo que pisao na cara do joe

      Excluir
    2. Eu planejei os acontecimentos, um por um e não imaginei o tamanho da dificuldade que teria em entender o lado dos dois! sdjsdj As vezes minhas ideias entram em conflito aqui na minha cabeça, mas estou tentando lidar o melhor possível.
      Infelizmente, os dois cabeças de pedra só vão parar e pensar em tudo quando alguém der um choque de realidade neles e vai acontecer em breve! sdjsdj Ansiosa sim ou claro?
      Moça vai devagar, assim vai acabar descobrindo o que não deve hein sdjsdj Estou me segurando para não dar spoiler, maaaaas talvez você esteja no caminho certo.
      Sério? A SABRINA É TÃO AMORZINHO! *u* mas acho que isso acontece pq ela ainda é uma adolescente e tem lá suas inseguranças, mas ela vai se mostrar bem madura e forte em tempos sombrios, aguarde.

      Excluir
  3. Merda,Shit,Meu Deus Jéssica você não pode fazer isso comigo garota certo que o Joe erro mas ela não pensou no que ele ouviria e como ele se sentiria, ela não vê que ele não tá bem, ela tá se importando mais com a confiança dela do que com a família, ela não pensou no que os homens falariam pra ele como o carinha chama ele de defeituoso e dizer que ele não dá conta da Demi, pra um homem isso é bem humilhante e ainda mais ela não tá levando em conta que ele descobriu vendo um homem se masturbando com as fotos dela, a Demi tá conseguindo estragar tudo ela não confia no Joe e provou isso pra ele, olha a bagunça que ela deixou ele e não tá conseguindo vê tá vendo só o lado dela

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é mulher, ela só vai enxergar as consequências bem depois desse ensaio... mais precisamente quando ela estiver em turnê sdjsdj Já estou ansiosa para escrever essa parte, socorro! Enfim, vou provar que os dois erraram... sei que todas as evidencias só apontam pra Demi, maaas o Joe teve lá suas falhas que por mais pequenas que tenham sido colaboraram para que tudo isso acontecesse.

      Excluir
  4. Eu não sabia que q Samanta usava próteses, nunca tinha visto aqui, sério. Nossa que foi esse capítulos em eu fique doida sério está muito bom por favor continua logo para eu saber o que vai acontecer. Estou sentindo que vai dar merda que vai vim briga feia por aí

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se não me engano, escrevi sobre isso no final da primeira temporada. Vamos ter mais detalhes sobre ela e como tudo aconteceu para que ela fosse uma garotinha assim ^^
      VAI TER MUITA BARRACO SIM E LOGO MAIS UM ARRANCA CABELO! sdjs acho que o arranca cabelo está sendo muito aguardado, socorro.

      Excluir
  5. Joseph sempre me decepcionando. Continua!!! 💙💙

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As opiniões estão divididas, minha nossa... nem acredito que isso está acontecendo! sdjsdj
      Postarei assim que puder <3

      Excluir
  6. O Joe pode ter pego pesado, mas é compreensível, a base de um relacionamento é a confiança, eu entendi que ele não se importou pelo fato dela ter pousado nua e sim não ter conversado com ele, não como um pedido para que ele permitisse e sim para ele entender o conceito do álbum, os planos dela. As vezes o Joe me irrita, mas vou dar um crédito para ele. Eu tenho para mim que ele se acha um homem incompleto, e é bem inseguro no relacionamento com a Demi. MENINA EU JÁ TO CRIANDO TEORIAS
    POSTA LOGO POR FAVOR NÃO DEMORA MUITO POIS TO ANSIOSA DEMAIS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. FOI EXATAMENTE ISSO! Ele vai falar sobre e tentar fazer ela entender, maaaas Demetria vai ser cabeça dura até o fim.
      NÃO POSSO NEM VER UMA TEORIA, ADOROOOOOO <3
      Postarei assim que puder.

      Excluir
  7. Não acredito que você inventou a melhor treta de casal do ano
    Sério.
    Fiquei malzona por ela mas tbm não tiro a razão dele
    Porém entretanto não quero a putinha da amiguinha dele se metendo
    Quero logo meus nenens juntos
    Posta logooo
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "a melhor treta de casal do ano" TÔ BERRANDO AQUI, SOCORRO!
      Fiquei nervosa escrevendo esse capítulo, quis fazer algo digno e que compensasse toda a espera... acho que consegui <3
      Xiiiii, vai ter amiguinha no meio sim e... e... aguarde o arranca cabelo! #SPOILERDOAMOR
      Postarei assim que puder, beijos.

      Excluir