Eu nunca pensei que esse dia fosse chegar, mas ele chegou e sinto que preciso fazer isso. Não foi uma decisão fácil, fiquei tentando adiar o máximo possível, mas infelizmente não consegui. Começo pedindo desculpas por fazer isso sem aviso prévio, não era minha intenção, mas simplesmente não consigo! O bloqueio não vai embora e não é um bloqueio qualquer, estou passando por alguns problemas e estou em conflito comigo mesma. Sou uma garota de 19 anos e não faço ideia do que fazer da minha vida, nada acontece e por mais que eu tente, sempre acaba do mesmo jeito. No meio disso tudo surgem as cobranças das pessoas e por mais que elas tentem disfarçar, estão dizendo: "Garota, faça alguma coisa da sua vida!" Eu também me cobro, estou cansada de sentir como se estivesse fadada ao fracasso. Cansada de pensar na minha vida e sentir que tudo é uma grande conspiração para que eu quebre minha cara de novo e de novo. Cansada de decepcionar as pessoas! Eu não posso e nem quero decepcionar ninguém, por isso estou me afastando. Não quero que pensem que não me importo, eu me importo, mas não estou conseguindo escrever e eu amo fazer isso, amo mais do que qualquer outra coisa no mundo! Não quero fazer nada de qualquer jeito, nada menos do que perfeito, vocês merecem algo realmente bom. Quero que saibam que não é um hiatus permanente, vou tirar esse tempinho para estudar e correr atrás de algo para o futuro. Voltarei assim que for capaz de escrever algo novamente, quando sentir que esse fardo está menos pesado e... Acho que é isso, me desejem sorte! Amo muito vocês e arrisco dizer que já sinto saudade. Com amor, Jéssie.

10/02/2016

Broken Frame: Capítulo 14 • Acceptance



SUÍÇA, LAGO DE ZURIQUE 07:00 P.M

          Gigi voltou, não muito tempo depois Denise e Paul. Eles haviam saído com os netos para buscar Bradley no aeroporto. Demetria estava na varanda e assim que os avistou, entrou e foi diretamente para o banheiro. Ela não demorou muito no banho e logo já estava no closet escolhendo o que vestir. Demi optou por um vestido preto de mangas, ele ficava bem justo e o comprimento ficava um pouco acima dos joelhos. Ela finalizava sua maquiagem quando Selena entrou no quarto e exclamou: — Uau! — Demi riu baixinho. 
— Você gosta do que vê? — Ela perguntou e sorriu, Selena também estava arrumada.
— Você está linda!
— Obrigada, você também está.

— Só acho que deveria prender seu cabelo.
— Não quero que meu rosto fique em evidencia!
— Não seja boba, deixe-me arruma-lo. — Ela não teve como negar novamente e se sentou na cama. Selena prendia seu cabelo num coque sofisticado, prendendo e deixando algumas mechas da franja solta. — Como você se sente?
— Exausta! Passaria o restante da noite deitada nessa cama, se pudesse. — Riu — Mas não posso fazer desfeita pro namoradinho da Sabrina, ela ficaria chateada comigo. 
— Dê uma chance, Demi! Você vai acabar gostando muito desse garoto, eu sei que sim. — Demi apenas assentiu. 

— Joseph já desceu?
— Não, eu passei no quarto dele antes de vir para cá. Ele estava melhor e animado, queria até vestir uma gravata! — Elas riram — Eu o convenci a usar uma camisa social branca e uma calça de sarja. Gigi estava impaciente, acho que ela apoiava a ideia da gravata!
— Eu só espero que ela não me alfinete, Selena. Não pensarei duas vezes antes de dar na cara dela na frente de todo mundo!
— Ela não vai ousar, não depois da surra que você deu nela. Demi, você continua batendo como ninguém! — Demi riu novamente.

— Prontinho, veja se gostou. — Ela se levantou caminhando até o espelho, Demi sorriu satisfeita. 
— Ficou incrível, obrigada.
— Não me agradeça, agora calce seus sapatos de salto e vamos descer.
— Pode ir descendo, vou colocar uma gargantilha. — Demi sorriu novamente.
— Se você demorar, eu venho te buscar! — Elas riram e em seguida Selena desceu. 

***

          No andar debaixo Bradley era recepcionado, o garoto estava sem graça. Ele estava sentado entre Joseph e Sabrina. Gigi estava sentada ao lado esquerdo de Joe, Samuel estava no colo da irmã e Selena esta sentada ao lado de Sabrina. Denise estava preparando o jantar na cozinha e Paul estava lhe ajudando. O barulho dos sapatos de salto alto fizeram eco conforme Demi descia os degraus da escada, todos na sala ficaram em silencio e Bradley sentiu-se nervoso. Joseph perdeu o folego de uma forma inexplicável quando Demi pisou naquela sala, todos os olhares estavam voltados para ela e Gigi bufou dando uma cotovelada em seu namorado. Bradley se levantou, suas mãos tremulas seguravam um lindo buque de flores e ele caminhou até Demi. — Seja bem vindo, Bradley. 
— Obrigado por sua hospitalidade, Srta. Lovato. — Demi quis rir, ela sentia o nervosismo do garoto. Ela recebeu o buque de rosas brancas, engoliu em seco com uma recordação momentânea e forçou seu melhor sorriso. 
— São lindas, obrigada. — Demi lhe deu um beijo rápido na bochecha do garoto fazendo-o corar — Vou coloca-las num vaso e volto já para conversarmos. — Ela saiu e Bradley voltou para seu lugar. 

— Eu vi minha vida passando diante dos meus olhos. — Ele sussurrou para Sabrina, Samuel ouviu e riu do comentário.
— Vai dar tudo certo. — Sabrina segurou uma de suas mãos e sorriu para ele. 
— Ela acha, né?
— Samuel! — Ele riu novamente, levantou-se saindo do colo de Sabrina e correu atrás de Demi. Eles voltaram a conversar com Bradley até Demi reaparecer na sala, o silencio se instalou novamente e ela riu. 
— Desse jeito eu vou pensar que estão falando mal de mim, sério. — Ela se sentou num sofá de dois lugares com Samuel e sorriu para Bradley — O que eu perdi da conversa de vocês?
— Bradley estava nos contando como conheceu Sabrina. — Joe respondeu. 

— Oh sim, conte-me como se conheceram?
— Nos conhecemos na Disney, eu faço uma série lá e sempre nos encontrávamos no horário de almoço. Ela sempre ficava com a turma dela e eu com a minha, mas um dia ficamos sozinhos e acabamos almoçando juntos.
— E depois?
— Nossa turma acabou se entrosando e nós começamos a almoçar todos juntos todos os dias. Descobrimos muitas coisas em comum e construímos uma bela amizade.
— Eu pude ver no seu instagram. — Sabrina arqueou uma das sobrancelhas e Demi riu. 

— O jeito como você fala é realmente bonito, admito. Parece estar muito apaixonado! — Todos riram. 
— Eu amo sua filha.
— Posso ver, mas pra mim não é o suficiente. O que mais pode me dizer?
— Amor não é tudo numa relação e eu sei muito bem disso. Posso dizer que vou me esforçar para ser um bom rapaz, acho que é um bom começo. Serei paciente, compreensivo e carinhoso. Farei da confiança a base do nosso relacionamento. Vou faze-la muito feliz e como fiz anteriormente, respeitarei todas as decisões que ela tomar. Sabrina me ajudou tanto, nem todos os agradecimentos do mundo seriam suficientes para expressar o quanto sou grato por tudo. Por isso, acima de tudo somos grandes amigos!
— Você disse sobre respeitar as decisões que ela tomar, certo?
— Sim.
— Ela que decidiu esconder o namoro?
— Demetria!
— Joseph, não se intrometa! — Gigi o repreendeu. 
— Foi só uma pergunta, gente. — Selena tentou acalmar os ânimos de todos. Sabrina abaixou a cabeça e Samuel correu até ela. 
— Sim, mas eu concordei e respeitei. Então, pode-se dizer que foi uma decisão nossa! — Ele sustentou o olhar de Demi. 

— Sua família sabia?
— Não, eles não sabiam. Meus pais também são separados, eu moro com meu pai. Então, sei como pode ser difícil reunir duas famílias paralelas para anunciar um namoro ou coisa do tipo. São rotinas diferentes, vidas diferentes... foi por isso que eu concordei em manter tudo escondido por enquanto. Queríamos juntar nossas famílias e fazer algo legal, mas como pode ver meus pais não vieram comigo. — Demi sentiu compaixão e suspirou ao ver a tristeza por trás daqueles olhos castanhos. 
— Está tudo bem, eu entendo perfeitamente. — Sabrina encarou a mãe surpresa. 
— Desculpe-me se por algum momento lhe causei alguma preocupação por causa disso.

— Eu já disse que esta tudo bem, Bradley. — Ela sorriu — Você é um bom garoto. — Ele sorriu. 
— Isso quer dizer que...
— Eu aceito o namoro de vocês. — Sabrina não conseguiu esconder sua surpresa, ela sorriu e foi abraçar Demi. Ela se levantou para receber o abraço, afagou os cabelos da filha e em seguida olhou para ela. — Não se anime tanto, eu não ouvi seu pai dizer que aceita. Você aceita, Joe? — O sorriso divertido de Demi o contagiou. 
— Eu não sei se devo, o que acha Samuel? — O garotinho se fingiu de pensativo e sussurrou algo no ouvido do pai — Tem certeza? Então, tudo bem. — Selena e Gigi riram dos dois. 
— Seja bem vindo a nossa família, Bradley. — Joseph deu um soquinho no braço do garoto e riu — Novamente vou pedir que não se animem tanto, o.k? Vamos bolar algumas regras, como: que tipos de passeio são permitidos, horários de chegar em casa... o que mais, Demi?
— Nada de trancar a porta, quais lugares da casa pode ter beijo... essas coisas! — Todos riram. 
— O amor tudo suporta. — A resposta de Bradley fez Sabrina sorrir. Ela saiu dos braços de Demi e foi abraçar Joe lhe agradecendo imensamente por tudo. Por ultimo, ela abraçou e beijou Bradley. Os assovios e aplausos preencheram a sala por alguns segundos, Demi sentiu-se boba por se emocionar com a cena, ela se deu conta naquele exato momento que sua garotinha estava crescendo e ela não poderia impedir isso. 

— Mamãe. — Samuel fez uma careta e ergueu seus braços pedindo colo — Aquilo é nojento. — Demi riu e pegou seu menino no colo — Você tá chorando?
— Não é nada, bebê. — Ela beijou uma das bochechas do filho e Samuel sorriu. 
— Um minuto da atenção de vocês, por favor. — Paul chamou a atenção de todos — Denise me pediu para avisar que o jantar será servido, então vocês podem estar indo até a sala de refeições, o.k? — Todos concordaram. 

***

          Demetria estava se sentindo desconfortável, não estava nos seus planos sentar-se ao lado de Joe na mesa do jantar. Gigi também não estava gostando daquilo e ela sentia aquela atmosfera ficar cada vez mais tensa! Denise havia preparado tantas coisas gostosas e ela sentia-se mal por não estar com muita fome. — Demi, você mal tocou na comida. — Sua ex-sogra comentou e Joe olhou-a de canto. 
— Eu não estava me sentindo muito bem, ainda não estou, então prefiro não abusar.
— O que aconteceu? — Sabrina perguntou preocupada e Demi balançou a cabeça negativamente.
— Não foi nada demais, você pode ficar despreocupada.
— Mamãe.
— Sabrina, agora não! — Demi repreendeu a filha e sentiu o estomago dar voltas novamente. Droga! — Eu vou tomar um pouco de ar, eu... — Ela se levantou e acabou por tropeçar nos próprios pés, Joseph segurou-a e impediu que ela caísse. 
— Eu te ajudo, vamos.
— Desculpe-me. — Demi pediu antes de sair dali com Joseph. Ele caminhou com ela até a entrada da casa, Demi saiu de seus braços, retirou os sapatos e se sentou em um dos degraus da varanda. Ela respirou fundo sentindo a brisa gelada acariciar seu rosto delicadamente, Demi abraçou o próprio corpo e suspirou. 

— Obrigada por me ajudar, Joseph.
— Quer falar sobre o que aconteceu naquele quarto?
— Você não me deve explicações, Joe. Pode voltar para lá, ser um bom anfitrião e fazer com que ninguém sinta minha falta?
— Demi, eu...
— Joe, eu quero ficar sozinha! — Ela olhou para Joseph e suspirou novamente. Ele estava visivelmente preocupado e parecia lutar contra sua vontade de permanecer ali. 
— Eu vou voltar, se é assim que você quer. — Ele disse e saiu em seguida.

          Demetria observou o céu estrelado e suspirou. Sentia-se tão perdida e confusa, aquelas vozes que ela havia escutado no banheiro lhe perturbaram! O que significaria? Ela já havia bebido inúmeras vezes, com varias pessoas diferentes, quem havia sido a ultima? O esforço para se lembrar foi em vão. Algo que realmente não fazia sentido era Nicholas pelado! Eles nunca haviam ficado numa situação tão constrangedora juntos, será que algo havia acontecido? Precisava falar com ele, mas não hoje. Ela continuou perdida naquela imensidão escura e estrelada, sentindo seu coração acelerar de repente.
Não seja tímido, venha, quero conhecer seu lado selvagem
          Era sua voz, mas com quem ela estava falando?
Me bate... assim... isso mesmo!
          Demi tapou os próprios ouvidos sentindo-se agoniada, nunca em sã consciência pediria aquilo ou pediria? Sentiu-se mal, as lagrimas vieram e ela só queria que tudo aquilo acabasse logo. Seria tão simples se ela se lembrasse logo de tudo! Aquelas pequenas alfinetadas machucavam seu coração e aprisionavam sua alma. Pequenos braços rodearam seu pescoço, alguns beijos foram depositados em sua bochecha e Samuel logo sussurrou: — Você não precisa me dizer nada, mamãe. Só não me manda de volta pra lá, eu sei que você precisa de mim. — Samuel se sentou, suas pernas juntas e logo Demi apoiou sua cabeça ali e chorou como nunca. 
— Me desculpa, Sam. — Ela abafou um soluço. 
— Mamãe, você não é fraca.
— Você sabe que eu odeia ficar assim, ainda mais na sua frente.
— Você é real como todo mundo, mamãe. Não precisa mentir pra mim, se fizesse isso... eu ficaria chateado. — Ele plantou um beijo em seu ombro. 

— Eu me sinto...
— Já disse que você não é fraca. — Demi fungou — Você já passou por tantas coisas ruins, o que pode estar acontecendo agora para te deixar tão triste?
— Eu só queria me lembrar de algo que perdi, mas eu não consigo.
— Não é melhor que isso aconteça naturalmente? — O jeito como ele falava, era como se Joseph estivesse ali. Firme e confiante lhe apoiando! A mão de Samuel tocou lhe o ombro. 
— Talvez. — Ela sentou-se novamente e secou suas lagrimas com a manga do vestido — Obrigada, Sam. Você é meu pequeno anjo e eu não sei o que faria sem você. — Demi sorriu brevemente. 

— Você se sente melhor?
— Um pouco. — Ela o abraçou. 
— Eu te amo, mamãe.
— Eu também te amo, Samuel.

***

          Joseph havia feito o que ela pediu, manteve o clima do jantar agradável e divertido, mas não conseguiu detrai-los o suficiente para não sentirem falta de Demi. Ela havia subido e se preparava para descansar, sentia-se exausta e não tinha cabeça, muito menos estomago, para voltar até aquela sala. Samuel ficou lá até que ela conseguisse dormir e depois desceu, quando retornou até a sala de refeições recebeu alguns olhares questionadores, mas não disse nada. Sentou-se em seu lugar e comeu sua sobremesa. Eles jogaram conversa fora, riram e em seguida foram assistir um filme qualquer na televisão só para passar tempo. Após o filme, Denise e Selena subiram para preparar um dos quartos para Bradley, Joseph decidiu ir dormir e Gigi foi atrás dele. Samuel subiu e deitou-se com Demi. Logo, todos já estavam em seus devidos quartos se preparavam para dormir.
— O que achou de hoje? — Sabrina perguntou para Bradley.
— Foi melhor do que eu imaginei. — Ele sorriu — Você tem uma família incrível, gostei muito deles. Principalmente da sua mãe, ela é um amor! Espero que ela esteja melhor amanhã, adoraria conversar com ela antes de ir embora.

— Você volta amanhã mesmo? — Bradley aproximou-se para beija-la carinhosamente.
— Não posso abusar da hospitalidade, Sabrina. — Ele retomou o folego, sua testa junto a dela e ele sorriu. 
— Apenas mais um dia, por favor.
— Falarei com seu pai amanhã, o.k? Apenas mais um dia.

— Hora de dormir, pombinhos. — Paul falou num tom brincalhão e eles riram.

— É melhor você ir, boa noite.
— Boa noite. — Sabrina lhe deu um selinho rápido e saiu do quarto. 
— Boa noite, Bradley.
— Boa noite, Sr. Paul Carpenter. — Ele sorriu e saiu. 

***

          Joe retirou seus sapatos, se desfez do cinto e em seguida de suas calças. Enquanto deslizava as mangas da camisa pelos braços, Gigi aproximou-se e beijou suas costas fazendo-o se arrepiar. — O que houve? Você está tão calado. 
— O dia foi estranho e isso é tudo. — Ele suspirou afastando-se — Não ouse me perguntar sobre ela, por favor!
— O que aconteceu, afinal?
— Nada, não quero falar sobre isso.
— Você está preocupado com ela, admita logo! — Gigi se sentou na cama e cruzou os braços. Joseph se aproximou, apoiou as mãos nos joelhos dela e se inclinou para beija-la. 

— Admito que fiquei um pouco preocupado, mas não importa agora. — Ela arqueou uma das sobrancelhas — Eu vou ser o insano agora e dizer que quero muito você. — Gigi riu — O que me diz? — Ela abriu um sorriso malicioso e Joe aceitou como resposta.

--

boa noite amores, tudo bem com vocês? espero que tenham conseguido segurar a marimba
demi está lembrando de tudo aos poucos e muito em breve, isso aqui vai pegar fogo! haha
respondo os comentários assim que puder, o.k? acabei de chegar em casa e estou cansada x.x
espero que tenham gostado do capítulo, por hoje é só
beijos, amo vcs



não pude diminuir o tamanho do gif, aceitem como uma sofrência bônus

27 comentários:

  1. Nem li tudo,mas tá foda... Já pode fazer maratona né? Aff! Vc é mto metida... só pq já pode escrever um livro esquece dos pobre... continua amooreee! !! ♡

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Afffffff, agora li tudo... Joseph transou com Gigi? Demi transou mesmo com Nick? Jurava q ela não tinha chegado a transar. .. Mas tá perfeito do msm jeito

      Excluir
    2. não sou metida senhora, se acalme senhora haha
      transaram sim e só posso defende-lo com o argumento de que "todo mundo faz merda na vida um dia" apenas assim, mas pode jogar pedra nele se quiser 3:)
      transou sim e por isso ele é tão puto com elas as vezes ou na maior parte delas, mas enfim.. hahaha ~não me aguento, sério~
      fico feliz que esteja gostando <3

      Excluir
  2. Sem palavras, simplesmente incrível
    Momento Sam e Demi que amor quero esse menino pra mim *-*
    Não acredito que a anta da Demi transou com o Nick tudo bem que o Nick é gostoso pra crlh mas poxa tadinho do Joe e sera que o Sam é filho do Joe ou do Nick? Xi to confusa kkk
    Posta logo bjs <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu adoro colocar crianças nas minhas fanfics... elas acabam roubando toda a cena, mas a sensibilidade delas é algo realmente incrivel <3
      por isso as coisas são sempre tão cabulosas e complicadas, joe passou por muita coisa calado... quando ele abrir a boca, prepare-se! ~mãe o forninho caiu~
      isso só será revelado mais adiante, pq eu sou uma pessoa do bem :) haha
      vou postar hoje mesmo

      Excluir
  3. Aaaah to amando isso...
    Me diz que o "caso" com o Nick foi so um mal entendido pfv kkkk
    To ansiosa pro próximo...
    Maratona maratona maratonas ....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. infelizmente não foi, mas tudo será esclarecido mais adiante... prometo :)
      vou adiantar capítulos, sério haha <3

      Excluir
  4. aeaeae
    olha quem ta aqui
    de volta
    p ficar
    eu



    td bom, xuxuzinha? eu to bem!
    eu tava morta de sdd de ler suas historias e vim caçar sjskdkd to apaixonada por broken frame, fiquei atualizando o blogger de hora em hora hj sjdjxn
    mas enfim, ta td muito lindo e eu to super ansiosa, quero q a demi lembre logo! nao sei se da p imaginar qual vai ser a reaçao dela, acredito q vai ficar bege, chocada msm, mas q n vai ficar por isso, pq dps ela tem q encarar q todo mundo ja tava ligado da historia toda menos ela e vishishish ADORO CONFLITOS prendem bastante minha atençao e me deixa sempre esperando por mais e mais e mais. sem contar q quando ela se lembrar a gnt vai saber direitinho o q aconteceu sz
    bradley um amorzinho nho nho, sabrina tb uma graça mas os holofotes estao apontados para sam. Q MENINO LINDO. quero um p mim szszsz




    amei, ta td lindo, perfeito e maravilhoso, posta logo (Q SDD COMENTAR ESSAS DUAS PALAVRINHAS SOS) bj no kokoro e ate mais ♡♡♡

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. alias, devo dizer q essas imagens q vc colocou no layout combinaram mais com as do proprio tema inspirador, otp mara q eu escolhi. to apaixonada ♡

      Excluir
    2. eu vou ali postar no meu twitter que estou perdida e já volto... kdjglseidhfail!!!
      surtei a primeira vez que li esse comentário, surtei no whats e vou surtar de novo, pq sou dessas <3 acho que estou bem, apenas acho haha.
      fico feliz que esteja gostando da fanfic, sério <3 eu também fico imaginando, mas é algo que só na hora de escrever mesmo pra mim saber e sentir o drama. ~meu pobre coraçãozinho~ vai ter inumeros conflitos pelo fato de quase todo mundo saber disso! os unicos que ainda não sabem são as crianças e não sei se elas devem ou não saber disso. vai ser um longo capítulo, não vou dividir... vai ser inteirinho detalhando o acontecido e como o joe reagiu tbm, chega a bater aquela ansiedade!
      o samuel é tudo nessa fanfic kjdbgld se não fosse apenas uma criança poderia ser o protagonista dos acontecimentos <3
      vou postar hj mesmo, amore (espero ver outro comentário seu por aqui muito em breve, hein)

      Excluir
  5. Samuel que coisa mais fofa. Quero ele pra mim.
    Senhioooooor demi está se lembrando ai Deus muitas tretas chegando. Adoroooooooo
    Ppsta mais jessie
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu li rápido e entendi "Deus chegando" bldkbflsç ~acho que preciso de um óculos~
      samuel é tudo, não vou superar ele quando essa fanfic acabar </3
      agora que tudo começa a ficar mais interessante 3:)
      hoje tem mais, beijos ***

      Excluir
  6. SOCORRO preciso que ela lembre logo que eles se amem logo e que tenho outro filho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ela vai se lembrar de tudo em breve, prepare-se
      guarde o folego para gritar no momento oportuno, hahaha ~suspense~

      Excluir
  7. E esse momento mãe e filho ♡.
    Já tô até vendo as tretas kkdjfkfkfjgj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. foi lindo! <3 devo admitir, sério haha
      consigo ver a torcida gritar: é treta, é treta, é treta! bjhvblskjv ~desfaleci~

      Excluir
  8. Esse momento mãe e filho quebro o meu coração, que fofo.
    To prevendo as futuras tretas de quando ela lembrar de tudo.
    To amando os momentos Semi, mas eu quero um pouco de Nemi pode ser ?
    Bom amei o capitulo, bjs e fuii ❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. foi realmente um dos melhores, muito fofo esses dois <3
      as mãos tremem só de ouvir treta kjbflsdj
      vai ter nemi e tá chegando, hein
      fico feliz que tenha gostado :) bjs

      Excluir
  9. O que mais me impressiona é a maturidade do Sam cara .. Mds
    Esse menino é muito fofo, só queria ele pra mim kkj

    Tá sendo muito incrível o rumo que essa história tá tomando e eu não sei mais o que dizer kkk

    Tu tá bem?
    Eu tô meio doente .. Mas vou ficar legal

    Se cuida e Posta logo

    Gabi ..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu também, sério. desde a primeira vez que escrevi sobre ele foi assim, não consegui fazer dele uma criança que fala "elado" jvblkvfdv ~me joguei aqui~
      quando eu escrevo fico até com medo pq não estou planejando, isso está simplesmente acontecendo e até pra mim é um pouco dificil hahaha só consigo sentir mesmo
      estou bem, amore
      te desejo melhoras e quero que saiba que você está sempre nas minhas orações <3
      se cuida tbm, postarei hoje mesmo o/
      beijos

      Excluir
  10. ficou tão perfeito !! que me deixou até sem palavras !!
    pelo amor de Deus kkkque agonia esse segredo todo....a Demi tem que saber logoo kkk...posta logooo
    beijos amora 😘

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. yep, fico feliz que tenha gostado <3
      está chegando o momento dela finalmente se lembrar de tudo, então prepare-se mkssdvblsd ~me joguei de novo, acho que estou sem forças~
      postarei hoje mesmo :D beijos

      Excluir
  11. To bem tombada! Quero abraçar a demi! Tao nenem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Omg, Amando muito, capítulo lindo lindo,posta logo por favor

      Excluir
    2. nós estamos, eu senti esse capítulo e doeu kbvksbfv
      era para ela ser má, mas eu não consegui... vê se pode ~fui traida pela minha própria criatividade~
      fico feliz que vocês duas tenham gostado <3
      postarei hoje mesmo

      Excluir
  12. Alguém me dá o Samuel? Que menino mais fofo, minha gente. Quero que a Demi lembre logo da traição, quero ver o circo pegar fogo, quero treta. O que falar desses momentos Semi? já quero mais, Selena um amorzinho <3
    Posta logo, bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. já estou com uma lista para requisitar a presença desse garoto, pq até eu quero *u*
      nós queremos, socorro... estou muti ansiosa para escrever essa parte da fanfic nnfblSÇ vai ter mais semi <3
      postarei hoje, chama a ludmilla! beijos

      Excluir