Eu nunca pensei que esse dia fosse chegar, mas ele chegou e sinto que preciso fazer isso. Não foi uma decisão fácil, fiquei tentando adiar o máximo possível, mas infelizmente não consegui. Começo pedindo desculpas por fazer isso sem aviso prévio, não era minha intenção, mas simplesmente não consigo! O bloqueio não vai embora e não é um bloqueio qualquer, estou passando por alguns problemas e estou em conflito comigo mesma. Sou uma garota de 19 anos e não faço ideia do que fazer da minha vida, nada acontece e por mais que eu tente, sempre acaba do mesmo jeito. No meio disso tudo surgem as cobranças das pessoas e por mais que elas tentem disfarçar, estão dizendo: "Garota, faça alguma coisa da sua vida!" Eu também me cobro, estou cansada de sentir como se estivesse fadada ao fracasso. Cansada de pensar na minha vida e sentir que tudo é uma grande conspiração para que eu quebre minha cara de novo e de novo. Cansada de decepcionar as pessoas! Eu não posso e nem quero decepcionar ninguém, por isso estou me afastando. Não quero que pensem que não me importo, eu me importo, mas não estou conseguindo escrever e eu amo fazer isso, amo mais do que qualquer outra coisa no mundo! Não quero fazer nada de qualquer jeito, nada menos do que perfeito, vocês merecem algo realmente bom. Quero que saibam que não é um hiatus permanente, vou tirar esse tempinho para estudar e correr atrás de algo para o futuro. Voltarei assim que for capaz de escrever algo novamente, quando sentir que esse fardo está menos pesado e... Acho que é isso, me desejem sorte! Amo muito vocês e arrisco dizer que já sinto saudade. Com amor, Jéssie.

18/02/2016

Broken Frame: Capítulo 16 • Fault



          Joseph não abriu a boca para dizer uma palavra se quer durante o almoço. Ele havia voltado nervoso e um pouco perturbado da conversa com seu irmão mais velho, pensava em muitas coisas ao mesmo tempo e apenas algo ficou claro em sua mente: Livrar-se de seus demônios. Todos conversavam sobre algo, riam e lembravam-se de coisas boas que passaram juntos. Demi o olhou ao mesmo tempo que ele também olhava para ela e nenhum dos dois foi capaz de desfazer-se daquele contato. Danielle percebeu e cutucou Kevin por debaixo da mesa, ela fez um sinal com a cabeça e ele logo viu o que estava acontecendo. — Não será nada fácil. — Kevin sussurrou para a esposa e ficou pensativo pelo resto da refeição.

          Não foi muito difícil encontrar Demi sozinha, ela estava sentada na varanda observando Bradley brincar com Samuel. Kevin sentou-se ao lado dela e sorriu gentilmente. — Joseph me disse para falar com você, está tudo bem?
— Eu acho que estou começando a me lembrar de algumas coisas e estou com medo.
— Lembranças paralelas? — Ela assentiu. 
— Ouvi vozes também e foi estranho.
— O que elas diziam?
— Beba tudo. — Kevin arregalou os olhos — Faça-o... pagar. — Demi franziu o cenho um pouco confusa — Não estou tão certa sobre a última frase, mas acho que foi isso.

— Você começou a ouvir essas vozes desde quando?
— Eu estava escondida no closet do Joe, estava curiosa para saber o que Mandy estava fazendo aqui e ele começou a falar sobre algumas coisas. Comecei a me sentir muito enjoada e acabei passando muito mal! Enquanto chorava vi coisas muito confusas, como o Nick. Eu vi ele numa situação um pouco constrangedora e fiquei com vergonha de ligar e dizer o que vi.
— O que você viu exatamente?
— Nicholas estava pelado. — Ela sussurrou — Foi estranho demais, Kev. Pelo que me lembre nunca tinha visto ele daquela forma antes e parte de mim quis ligar para saber se já passamos por algum constrangimento juntos. 
— Ele fazia alguma coisa?
— Não me lembro, eu desmaiei logo depois.

— Você viu a Mandy?
— Vi rapidamente, ela estava abraçada com Gigi. Antes de desmaiar ela foi a ultima pessoa que vi! Aquela desgraçada estava com um sorriso nos lábios, era diferente e maldoso. — Kevin coçou a barba por fazer e perdeu-se em seus pensamentos tentando encaixar de alguma forma tudo aquilo. 

— Você e Joseph, vocês estão convivendo bem?
— Acho que Nicholas tinha razão no final das contas, sabe? Se tivessem me contado logo de cara o que havia acontecido, eu teria atrapalhado ele até demais! Nós brigamos bastante, não gostaria que fosse assim, mas é algo que acontece antes mesmo que eu perceba. Ele já deixou bem claro que só não me chutou daqui por causa das crianças, patético!
— Ele não toma os medicamentos, Demi. Eles são importantes para que ele controle toda aquela ansiedade, entende? Uma pessoa ansiosa demais tende a ser muito problemática. Joseph nunca mais foi o mesmo depois daquele acidente. Você pode vê-lo com toda aquela moral e autoconfiança, mas sozinho ele desaba! As músicas dele soam estranhamente tristes e eu constatei sim, um quadro de depressão da ultima vez que estive aqui. Só que vi algo diferente nele hoje, sabe me dizer o que?
— Ele transou com a namoradinha prepotente ontem. — Kevin não conseguiu se conter e riu alto. Demi deu de ombros e riu um pouco.

— Joseph pareceu um pouco mais vivo e tenho certeza de que Gigi não tem méritos.
— São as crianças? — Ela perguntou em duvida. 
— Também, mas...
— Ah, você também não!
— Mais você nem sabia o que eu ia dizer.
— Que ele sente algo por mim ou que eu sinto algo por ele, sem essa! Só estão confundindo nossa boa vontade em manter uma relação amigável pelo bem das crianças.
— Tem certeza?
— Absoluta, nós nos odiamos! — Ele balançou a cabeça e Demi franziu o cenho. 

— Você disse que Gigi não tem méritos, você não gosta dela?
— É apenas um modo de dizer.
— Não é o que parece, conte-me.
— Gigi está na fase de curtir e viver intensamente. Ela não pode fazer isso com Joe, não com ele morando aqui.
— Você acha que ela trai ele?
— Não estou falando de traição, mas até quando ela vai aguentar essa vida? Trabalhar durante meses e passar as folgas presa numa casa! Eu já percebi o incomodo dela da ultima vez, Demi. Uma vida como essa não é para qualquer uma, entende?

— Você já disse isso para ele?
— Eu sei que não preciso, Demi. Joseph é esperto, se bobear ele já percebeu isso bem primeiro do que eu. Acho que ele só está com ela por medo, medo de ficar sozinho e ter de enfrentar de uma vez por todas o mundo lá fora. Estamos trabalhando com uma hipótese, certo? Não conte nada para ninguém.
— Não irei contar nada, pode confiar em mim. — Demi sorriu com sinceridade. 
— Obrigado. — Kevin retribuiu da mesma forma — É muito bom estar conversando com você depois de... dois anos? — Ela assentiu. 
— Dois anos e alguns mesas

— Dois anos é muito tempo, muito tempo mesmo! Como esta sua vida?
— Como sempre bem agitada. — Demi riu — Eu finalizei mais uma turnê e foi revigorante, consegui me sentir mais viva do que normalmente me sinto. — Ela suspirou — Quando estou em casa é sempre muito estranho, sabe? Sempre parece estar faltando algo. 
— Não acha que está faltando? Os canais de fofoca costumam dizer que muitos disputam seu coração, o que pode me dizer sobre isso? — A risada de Demi foi divertida e acabou por contagiar Kevin.
— Não seja bobo, eu não tenho tempo para sair por ai e namorar. Eu tenho dois filhos e zelo pela minha imagem, não quero dar motivos para falarem besteiras de mim por ai. Sam tem apenas cinco anos e ainda sente falta de Joseph, não seria legal eu colocar outro homem dentro de casa. Pelo menos não agora, claro.
— Não tiro sua razão, mas não me respondeu se acha que falta algo.
— Falta parte do meu coração que o maldito do seu irmão levou embora, entende? Por onde passo pego os caquinhos e sigo em frente. — Ela riu novamente, mas Kevin ficou sério. Sabia que Demi estava mascarando sua dor pois não queria que ele de fato soubesse o óbvio, ela ainda amava Joseph!

***


          Quando a noite chegou, Bradley arrumou a única mala que levou e se despediu dos familiares da namorada. Ele e Sabrina trocaram breves declarações amorosas e um beijo de despedida. Demetria ofereceu-se para levar Bradley no aeroporto e o garoto aceitou de bom grado. Eles conversaram bastante e riram também, Demi realmente havia gostado dele. Na hora de se despedir, Bradley olhou-a nos olhos e sorriu. — Muito obrigado por me receber, foram dois dias maravilhosos e eu espero ter a oportunidade de voltar mais vezes. Foi um prazer conhece-la, srta. Lovato. 
— Espero que não falte oportunidade, Bradley. Você é um bom garoto e peço desculpas por julga-lo mal antes mesmo de tudo começar.
— Está tudo bem, você só estava tentando proteger Sabrina. — O voo dele foi anunciado. Antes mesmo que o garoto dissesse alguma coisa, Demi o abraçou e ele sorriu novamente retribuindo. 
— Nos vemos em breve.
— Muito em breve, sogra. — Ele afastou-se, sorriu e caminhou em direção ao portão de embarque. Demi o observou até receber um ultimo aceno e foi embora. 

          Na estrada ela verificou rapidamente o seu celular e assustou-se com tantas chamadas perdidas, notificações e mensagens. Ela deveria ser um pouco mais atenta com isso, céus! Demi chegou rapidamente em casa, não demoraram a liberar sua entrada e ela estacionou seu carro rapidamente. Encostando a cabeça no apoio do acento, ela suspirou pesadamente sentindo um estranho cansaço lhe abater.
Sua respiração falha, o prazer lhe preenchendo por completo... o orgasmo foi arrebatador! Suas pernas não tinham força, seu corpo ainda tremia e o peso do corpo masculino pesou sobre si. - Gostosa. - A voz soou rouca em seus ouvidos. 
            Quando ela caiu em si, estava ofegante, ela havia transado com alguém. Quem?! De repente o ar dentro daquele carro parecia ter simplesmente evaporado, sentia-se sufocada e em panico! Suas mãos tremiam ao ponto dela não conseguir abrir a porta direito, assim que conseguiu, saiu correndo. A chuva caia moderadamente, as sandálias escorregaram nas pedras e Demi caiu no chão. Ela gemeu baixinho sentindo seu corpo reclamar de dor! — Meu Deus, mamãe! — Sabrina correu até ela — Você está bem? 
— Me ajude. — Ela segurou na mão da filha e conseguiu se levantar. Seu vestido estava rasgado e ela tinha alguns machucados nos joelhos. Sabrina levou-a diretamente para a sala e saiu rapidamente em busca de sua avó, Denise deveria saber onde tinha uma caixa de primeiros socorros. 

          Joseph apareceu na sala com Samuel, os dois estavam com os cabelos molhados, provavelmente tinham acabado de tomar banho. Demi evitou qualquer tipo de contato visual, sentia-se péssima! Não havia sido Joe, reconheceria se fosse ele. Gostosa aquilo se ecoava em sua mente, a voz masculina estava repleta de êxtase e luxuria. 
— Mamãe. — Samuel soltou a mão do pai e se aproximou devagar. Ela não ergueu o rosto, sentia vontade de chorar e e não queria fazer isso na frente de Joe.
— Eu apenas escorreguei, Sam.
— Você está bem? — Demi apenas assentiu e o garoto afastou-se. Sabia que era mentira e suspirou abraçando a perna de Joe. Ele afagou os cabelos do garoto e abriu a boca para dizer algo, mas Sabrina apareceu arrastando Danielle na sala. 

— Aqui, tia. Olha só como está o joelho dela, meu Deus!
— Sabrina foi só uma queda, está tudo bem.
— Você poderia ter quebrado alguma coisa!
— Eu vou cuidar disso pra você, Demi.
— Não acho necessário, Dani. Posso lavar isso no banho, não se preocupe. O.k?

— Não deixe ela sair assim e se isso infeccionar?
— Sabrina, você precisa se acalmar. — Joe tocou o ombro da filha — Sua mãe é bem grandinha e sabe se cuidar. 
— Você pode lavar no banho, mas volte aqui pra mim fazer um curativo. O.k? Não é bom deixar machucados expostos dessa forma. — Demi apenas assentiu. Ela segurou a parte onde seu vestido estava rasgado e subiu rapidamente os degraus da escada. 

          Os passos rápidos no corredor despertou curiosidade em Selena e ela saiu de seu quarto dando de cara com Demi. Ela olhou o estado da amiga e arregalou seus olhos: — O que aconteceu com você? — As lagrimas vieram com força e o abraço de Selena foi reconfortante. 
— Eu transei com alguém, mas não sei quem. — Ela soluçou — Não acredito que fui capaz de fazer isso, Selena. 
— Quando se lembrou disso?
— Agora pouco, no carro. Eu entrei em panico! — Ela levou Demi para o quarto. 
— Acalme-se, o.k? Você precisa tomar banho e cuidar desses machucados. Eu vou falar com Kevin e pedir que ele venha aqui depois, o.k? Não se preocupe, vou ser discreta.
— Obrigada. — Selena sorriu brevemente  

— Você quer que eu fique aqui?
— Não precisa, Sel. — Demi começou a se despir — Pode ir falar com ele, não vou demorar muito lá dentro.
— O.k, eu volto logo. — Ela apenas assentiu e Selena saiu.

--

esse calor está acabando comigo, socorro!
já tá todo armado, tá pronto pra atirar... pega metralhadora! trá, trá, trá, trá, trá
tem continuação, momento jemi, então acho bom prepararem o oxigênio extra ai do lado de vocês 
não sei nem como devo me sentir, sério! hahaha
hoje fico devendo as respostas dos comentários, mas no próximo respondo tudo sem falta
espero que tenham gostado, vou ficando por aqui 
até o próximo capítulo
beijos

 

demi apenas lacrou no grammy, não vou superar nunca!

20 comentários:

  1. COMO ASSIM VOCÊ PAROU NESSA PARTE??? AI MEU CORAÇÃO.
    Desde o início da fic q espero a Demi se lembrar do q aconteceu e quando ela lembra tu para, chorando rios agora. Please, posta logo, please, please ❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu quis deixar o melhor para o próximo capítulo, pq eu sou dessas <3
      não chore, ela vai se lembrar em breve o/ ~agora anime-se de novo~
      postarei hoje, se puder

      Excluir
  2. COMO ASSIM eu preciso de mais posta logo faz maratona eu imploro ñ vou aguentar esperar 3 dias OMG

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. preciso adiantar alguns capítulos para fazer maratona, o.k?
      prometo tentar <3 infelizmente tive de esperar esses dias para terminar de escrever tudo o que o capítulo 17 precisava.

      Excluir
  3. Ai,ai,ai vou ter um heart attack, gente do céu! Ela lembrou! Posta logo por favor.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. estava cantarolando essa música, socorro! haha <3
      ela está se lembrando, não é nada muito "claro" ainda... mas vai ser ~suspense~
      postarei hoje, se puder. beijos **

      Excluir
  4. Ela precisa lembrar de mais coisa!!! Kkkkk, continua logo amor!!! ♡

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. está perto dela se lembrar, estou até me tremendo aqui! haha
      vou postar logo, prometo <3

      Excluir
  5. O QUE EU FAÇO COM VC??? Droga, me deu um aperto no peito! Alem dos remedios me tras um tanque de oxigenio urgente!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hmmm, não sei... haha <3 você pode decidir desde que nada envolva violência.
      vai chegar na sua casa o mais rápido possível, eles estão meio sobrecarregados... tive de fazer um pedido muito grande, sabe hahaha

      Excluir
  6. COMO ASSIM VC PARA AI, N PODE, AI MEU DEUS, TO ROENDO AS UNHAS Q JÁ ESTÃO ROIDAS, SOCORRO
    agr sim, td bem? eu to bem, obg
    Q CAPÍTULO FOI ESSE?????????? arrasou
    demi ta quase se lembrando, bateu na trave. mas assim, se ela for bem esperta, bem mesmo e tiver uma mente bem boa, ela vai se tocar q o cara eh o nick. ela "viu" ele do jeito q veio ao mundo e dps lembra de ter transado com alguém... 2+2=4, só pensar um pouquinho q boa parte se esclarece ajsndmmd
    sabrina super preocupada. mas se eu tivesse no lugar dela faria o msm ansjdm dps de todo o rolo q aconteceu com a minha mami, agr tudo eh motivo do kokoro acelerar e eu perguhtar se ta td bem ajdncj
    samuel quase n aparece, msm assim, n podemos deixar de falar dele pq ele eh 10/10
    ta td lindo ♥


    posta logo!
    um beijo e um queijo ♥
    até maisssxxxx

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. mulher preserve suas unhas, por favor.. haha o/
      estou bem e fico feliz de saber que vc tbm está ^^
      q bom que você gostou, sério. achei que este ficou pequeno, mas lembrei que o próximo está grande e desencanei hahaha
      quando ela está perto de interligar esses acontecimentos, algo acontece e não será diferente. ela vai estar muito ocupada e de repente... POW! vai ser assim e eu estou ansiosa para escrever esse capítulo ~as mãos tremem~
      sabrina sou eu no quesito preocupação tbm, minha nossa... eu sou demais! haha. enquanto a pessoa não diz que "está bem" eu fico lá sofrendo e imaginando mil e uma coisas acontecendo, socorro bjkjfbfd
      nesse capítulo ele estava brincando, mas os holofotes se voltaram para ele em breve <3 # adoro

      vou postar hoje, se puder
      um beijo pra vc tbm ** ~a parte do queijo foi muito fofa~
      até mais o/

      Excluir
  7. SOOOOOOCORROOO COMO VC ACABA DESSE JEITO? TÁ LOUCA?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. os tiros de verdade ficaram para o próximo capítulo <3 haha

      Excluir
  8. PQP ela esta lembrando.
    Amor por favor eu vou ter um Heart Attack se você não posta logo.
    MDS eu to tão ansiosa pro próximo e que esta lá eu nem vou ter mais unha kkk
    Mulher como é que tu para em momento tenso desse MDS.
    Por favor posta logo, bjs ❤❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. vamos dar as mãos e fazer a cirandinha, pq finalmente está acontecendo! haha <3
      postarei hoje mesmo, isso se eu puder jbfjkvbdf
      preserve suas unhas pq as minhas estão quebradas </3 ~sofrência~
      o tombo de verdade ainda está por vir, hein... segure-se o/
      beijos ***

      Excluir
  9. faz maratona, por favor, beijos❤

    ResponderExcluir
  10. MORTA ESTOOOOOOOU. AI MEU DEEEEEEUS ELA ESTÁ LEMBRANDO. DEMI ESTÁ LEMBRANDO DO QUE A VACA DA MANDY FEZ. NÃO QUERO NEM IMAGINAR QUANDO ELA DESCOBRIR QUE TRANSOU COM NICK. EU LI MOMENTO JEMI??? AI SENHOR JÁ ESTOU MORRENDO. QUERO TRETAAAAAA, MUITA TRETAAAAAAAA.
    DEMI PELO AMOR DE DEUS SÓ NÃO PIRE MUITO QUANDO SE LEMBRAR DE TUDO O QUE ACONTECEU NO PASSADO E JOSEPH FAÇA LOGO ESSE TESTE DE DNA E DESCUBRA QUE O SAM FOFO É SEU FILHO.
    MOMENTO JEMI JÁ ESTOU VOMITANDO ARCO-ÍRIS.
    BEIJOS JESSIE. ESTAVA MARAVILHOSO O CAPÍTULO

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. não olhe para a luz, não se vá! haha
      estou tão animada com isso, chega a dar aquele friozinho aqui... o/
      cabeças irão rolar e a treta está armada, pq ela vai se revoltar com a quantidade de pessoas que sabiam e não foram capazes de contar.
      sim, você leu <3 aaaaaah, vai ser um dos melhores!
      duas coisas não vão faltar: treta e drama, vai ser demais *u*
      fico feliz que tenha gostado, beijos **

      Excluir