Eu nunca pensei que esse dia fosse chegar, mas ele chegou e sinto que preciso fazer isso. Não foi uma decisão fácil, fiquei tentando adiar o máximo possível, mas infelizmente não consegui. Começo pedindo desculpas por fazer isso sem aviso prévio, não era minha intenção, mas simplesmente não consigo! O bloqueio não vai embora e não é um bloqueio qualquer, estou passando por alguns problemas e estou em conflito comigo mesma. Sou uma garota de 19 anos e não faço ideia do que fazer da minha vida, nada acontece e por mais que eu tente, sempre acaba do mesmo jeito. No meio disso tudo surgem as cobranças das pessoas e por mais que elas tentem disfarçar, estão dizendo: "Garota, faça alguma coisa da sua vida!" Eu também me cobro, estou cansada de sentir como se estivesse fadada ao fracasso. Cansada de pensar na minha vida e sentir que tudo é uma grande conspiração para que eu quebre minha cara de novo e de novo. Cansada de decepcionar as pessoas! Eu não posso e nem quero decepcionar ninguém, por isso estou me afastando. Não quero que pensem que não me importo, eu me importo, mas não estou conseguindo escrever e eu amo fazer isso, amo mais do que qualquer outra coisa no mundo! Não quero fazer nada de qualquer jeito, nada menos do que perfeito, vocês merecem algo realmente bom. Quero que saibam que não é um hiatus permanente, vou tirar esse tempinho para estudar e correr atrás de algo para o futuro. Voltarei assim que for capaz de escrever algo novamente, quando sentir que esse fardo está menos pesado e... Acho que é isso, me desejem sorte! Amo muito vocês e arrisco dizer que já sinto saudade. Com amor, Jéssie.

31/08/2016

Broken Frame: Capítulo 50 • Loved


não deixem de conferir o blog da samara -> stories


          Depois de tanta correria, aquele dia finalmente havia chegado! Eles buscariam Samanta no orfanato e levariam ela para casa. Joseph estava ansioso, ele olhava atraves da janela e contava os segundos para rever sua garotinha. Demetria estava animada e tranquila, ela quem havia cuidado de praticamente tudo! Joe infelizmente não pode participar de todo o processo, ele se preparando e ensaiando para os shows da Fast Life Tour— Estamos quase chegando, Joe. — Demi sorriu e olhou para ele rapidamente. — No que está pensando?
— Eu só estou repassando tudo e ainda estou surpreso com a reação das crianças. Foi surpreendente!

          Sabrina estava apreensiva, aquilo momento raramente acontecia. Estava sentada na mesa com Samuel e seus pais. Não lembrava-se de ter feito nada de errado, Sam havia feito? Aquele silêncio era ainda mais assustador! — Crianças, nós temos um assunto sério para ser discutido. — Demi pode ver os olhinhos arregalados em sua direção e completou: — Não se preocupem, nenhum de vocês fez algo errado. — Eles suspiraram aliviados e Joseph riu.
— Eu estou um pouco nervoso, então vou direto ao ponto. O.k? — Eles assentiram — O que acham de terem uma nova irmãzinha?

— Mamãe, você está grávida? — Sabrina perguntou com um sorriso estampado em seus lábios. 

— EU SABIA, SABIA! É SAMANTA, NÃO É MESMO? — Samuel saltou de felicidade da cadeira e esperou que respondessem sua pergunta.

— Não estou grávida, Bi. — Demi sorriu — Estamos pensando em adotar Samanta e queria muito saber a opinião de vocês. 
— Minha opinião? Vocês já sabem, busquem ela logo! — O garotinho deu alguns pulinhos — EU VOU TER UMA IRMÃ, UMA IRMÃZINHA. — Ele saiu correndo pela casa.

— Sabrina?
— Isso é sério? Vocês são incriveis! — Ela riu — Samanta me parece ser uma garotinha encantadora. Tenho certeza que seremos uma familia perfeita para ela! Quando vão fazer isso? Façam antes de eu ter que lançar algo, por favor. — Ela suplicou de mãos unidas — Eu quero muito conhece-la. 

— O processo está em andamento. — Demi sorriu. 
— Agora é só esperar.
— Sendo assim, devemos preparar o quarto dela. Eu cuido da decoração e não se fala mais nisso, hein! — Sabrina riu. Ela levantou-se, beijou a bochecha de cada um deles e sorriu em seguida. — Estou muito feliz com essa noticia, muito feliz mesmo! Vou ver se dou um jeito nessa gritaria do Sam, mas acho que ele também está de acordo.

— Sabrina me surpreendeu, sabia? — Joe comentou. 
— Sério?
— Demorou tanto tempo para estarmos juntos novamente, como uma familia e de repente uma noticia dessas...
— Não tinha parado para pensar nisso. — Demi riu. 

— Estou muito ansioso. — Joe comentou entrelaçando os próprios dedos. 
— Eu sei que sim, olhe só pra você! — Demi riu novamente. 
— E você, não está?
— Ansiosa, nervosa, nostalgica... lembro de nós dois sendo pais tão jovens e enfrentando tantas coisas. Achei que nunca seria uma boa mãe, sabia? Eu tinha uma sensação estranha de que Sabrina não gostava de mim e sentia isso até quando Samuel nasceu! Foi dificil, mas hoje tenho certeza de que sou uma boa mãe. Nossos filhos são minha vida e Samanta também será, Joseph. Eu amarei aquela garotinha com todo meu coração! — Joe aproveitou que estavam parados e roubou um beijo da esposa. Demi riu da atitude dele, mas o correspondeu prontamente. Os cabelos dele estavam maiores, ela adorou segura-los entre os dedos e puxar fazendo-o gemer em sua boca. O beijo durou mais do que deveria e eles só pararam quando os carros de trás buzinaram! 

— Você escolheu um péssimo momento para me provocar, Joe. — Ele riu limpando a mancha de batom dos próprios lábios — Mas gosto da forma como você se expressa, sabia? Quando falta-lhe palavras, você demonstra claramente o que sente. — Ela sorriu — Isso me faz muito feliz. — Joe segurou uma das mãos dela brevemente e sorriu também. 
— Amo você. — Ele sussurrou baixinho e Demi respondeu no mesmo tom. 

          Samanta não sabia absolutamente nada sobre sua nova familia, Demetria conseguiu convencer as irmãs e elas aceitaram a ideia de fazer uma surpresa. Demi tinha certeza de que ela ficaria feliz! A garotinha já havia se despedido de todos e esperava pacientemente na sala. O barulho do carro sendo estacionado fez com que ela tremesse, Samanta olhou para Irmã Margo, mas não conseguiu dizer nada. Assim que a campainha tocou, ela sentiu o coração acelerar e um frio terrível na barriga. O que estava acontecendo com ela? E então, ele apareceu e ela não conseguia acreditar no que via. A garotinha piscou várias e várias vezes, esfregou os olhos e repetiu as piscadas. Joseph estava cada vez mais perto, cada vez mais até ele abaixar-se na frente dela e sorrir: — É você? É você mesmo?
— Eu prometi que voltaria. — Samanta sorriu e o abraçou. Joseph levantou-se com ela em seus braços e disse: — E voltei para buscar você. 
— Não acredito que está fazendo isso. — Ela disse com a voz carregada de emoção. 
— Como eu poderia não faze-lo? — A resposta não veio, mas ele sentiu. As lágrimas dela molharam sua camiseta, lágrimas de felicidade! Ele afagou-lhe os cabelos e as costas por alguns instantes. 

— Ei, você está chorando? — Samanta ergueu a cabeça e olhou para Demi. Como poderia uma mulher ser tão bonita? Ela sorria e tocava seu rosto tentando acalma-la. 
— Eu não acredito que são vocês, ninguém me contou. — O tom de voz era baixo e um pouco timido. 
— Pedi que não contassem, queriamos que fosse uma surpresa. Você gostou?
— Gostei muito, muito mesmo.
— Sendo assim, podemos ir. Você tem uma irmã e um irmãozinho que estão ansiosos para conhece-la! — Demi sorriu novamente e beijou-lhe a testa. 

          As malas de Samanta foram colocadas no carro, eles despediram-se das irmãs e Joseph disse para Agnes: — Agora somos uma familia perfeita! — Ele completou a frase sorrindo e acenando. 

          O caminho de volta para casa foi animado, cheio de conversas e risadas! Eles também ouviram música no carro e cantaram animadamente. Não demoraram muito para chegar e logo já estavam em casa, Samanta ficou ainda mais surpresa. Aquela casa era enorme e ainda tinha uma praia... eles tinham uma praia só deles! — O que você acha? — Demi perguntou segurando uma das mãos dela. 
— É grande. — Elas riram. 
— Espere só até você ver por dentro, vamos entrando. — Ela olhou para Joseph, ele estava tirando as malas do carro.
— Ele já vem, vamos. — Samanta concordou e acompanhou Demi. 

          Aquela casa era um espetaculo! A garotinha olhou com curiosidade cada detalhe, ela estava fascinada e sorria. — Crianças, chegamos! — A voz de Demi ecoou pela casa e logo ouve um grande barulho de passos. Samuel desceu correndo e abraçou Samanta rapidamente. Eles cambalearam um pouco, mas continuaram abraçados. 
— Eu esperei tanto por isso, estou feliz que esteja aqui. — Ele afastou-se devagar e sorriu. 
— Eu também. — Samanta sorriu. 

— Meu Deus, olha só pra ela! — Sabrina aproximou-se encantada — Você é muito linda, sabia disso? — A garotinha corou envergonhada — Eu me chamo Sabrina e daqui em diante, serei sua irmã mais velha. 
— Eu sou Samanta.
— Eu sei que sim, vem aqui! — Sabrina puxou a pequena para um abraço forte e caloroso. 
— É muito bom finalmente conhece-la. — Samanta apenas sorriu. Sabrina também era muito bonita também!

— Mamãe podemos mostrar o quarto dela? — Samuel perguntou ansioso. Ele e Sabrina escolheram praticamente tudo sozinhos! Haviam se emprenhado ao maximo para deixar o quarto bonito. 
— Claro que sim, subam! — Demi respondeu sorrindo. Sabrina segurou na não dos pequenos e subiu, aquela cena fez os olhos dela se encherem de lágrimas!

— Não sei o que deu no porta malas, mas só consegui fecha-lo agora. — Joe colocou as duas malas de Samanta no canto da sala — Demi, onde estão as crianças?
— Elas subiram. — Disse com a voz carregada de emoção. 
— Ei, você está chorando? — Ele aproximou-se dela imediatamente e Demi levantou-se dando um passo para frente. 

— Você deveria ter os três, Joe. Ficaram tão lindos e Sabrina os levou para cima... eu sou muito boba! — Ele puxou a esposa para um abraço e afagou-lhe os cabelos.
— Não diga isso, Demi. Tenho certeza de que foi uma cena muito linda e quero muito ver com meus próprios olhos! — Joe sorriu e limpou algumas lágrimas teimosas dela — Vamos?
— Vamos. — Ela beijou-lhe rapidamente a bochecha e juntos eles subiram. 

          As horas passaram rapidamente e logo anoiteceu. Samanta estava em seu quarto, ela estava se preparando para dormir quando Demi adentrou em seu quarto. — Se importa? — Ela pontou para o lugar vago na cama.
— Não, pode ficar. — Ela sorriu timidamente. Era confortavel e estranho ao mesmo tempo estar ali, eles pareciam ser uma familia perfeita. Realmente precisavam dela? Não seria melhor eles terem escolhido uma criança perfeita?

— O que está pensando? — Demi perguntou gentilmente enquanto penteava os cabelos dela. 
— Bobagens. — Disse baixinho. 
— Eu ouvi isso, mocinha. Que tipo de bobagens?
— Entre tantas crianças, vocês me escolheram e eu... pensei que talvez... não teria alguém mais adequada?
— Não gostou de estar conosco?
— Não é isso, eu só... vocês parecem ser uma familia perfeita.
— Você foi nossa escolha desde o inicio, Samanta. Posso garantir que estamos longe de ser perfeitos, mas somos uma boa familia. Acredito que seus pensamentos sejam apenas uma questão de tempo, o.k? Não é facil chegar em um ambiente assim e logo de cara se acostumar, mas garanto que faremos o nosso melhor para que isso aconteça.
— Pode ser. — Ela respondeu cabisbaixa, estava envergonhada por dizer aquilo. Será que Demi havia ficado chateada?

— Está tudo bem, não precisa ficar envergonhada. — Demetria beijou-lhe o topo da cabeça.
— Está brava comigo?
— Claro que não, querida. — Demi abraçou a garotinha e beijou novamente o topo da cabeça dela. — Está tudo bem, não se preocupe com isso. O.k?

***

          Joseph saiu do banho apressadamente e por pouco não escorregou! Precisava apressar-se se quisesse pegar as crianças ainda acordadas, principalmente Samanta. Ele estava se vestindo quando o celular tocou, Joe bufou e atendeu: — Alô, quem é? — Ele perguntou imediatamente.
— Kevin. Tudo bem, Joseph?
— O pai do ano! — Joe riu — Estou bem e você, como está?

— Tem certeza de que eu sou o pai do ano? — Kevin perguntou rindo e Joe franziu o cenho com a pergunta. Ele sabia? Era para ser uma surpresa. Quem havia contado? — Eu sei de tudo e não disse nada aos nossos pais, relaxa. Só quero saber como tudo foi, o.k?
— Foi tranquilo e estamos muito felizes com ela. — Joe sorriu — Samanta é uma garotinha encantadora, Kevin. Nós vamos apresenta-la em breve, não vai demorar muito. Queremos esperar até que ela se sinta mais familiarizada conosco e tudo mais, então até lá ninguém deve saber.
— Samuel me contou, ele estava ansioso e queria muito que adotassem ela. — Eles riram juntos — Eu quero te dar os parabéns e dizer que estou muito feliz que esteja reconstruindo sua familia assim. Você é um cara admiravel!
— Obrigado. — Joseph estava sem palavras.

— Ligue se precisar de alguma coisa, qualquer coisa mesmo. Vou desligar agora, Daniele está chamando desesperadamente por mim! — Joe riu.
— Não se preocupe, não é nada que você não saiba fazer.
— Isso teve duplo sentido?
— Eu não faço ideia do está falando. — Joe fingiu desentendimento, Kevin se irritacva facilmente — Também preciso ir, o.k? É meu dia de colocar as crianças na cama. Boa noite e boa sorte, você vai precisar! — Joe brincou.
— Boa noite pra você também, safado! — Kevin fingiu estar bravo, mas riu em seguida e desligou.

          Joseph balançou a cabeça rindo sozinho e logo terminou de vestir seu pijama. Assim que ele saiu do quarto, ouviu o barulho de conversa vindo do quarto de Samanta e foi até lá. Demetria estava de pé perto da porta, ela sorriu vendo os três rirem de algo que Samuel havia dito. — Ei, vocês já deveriam estar na cama! — Joe disse arqueando uma sobrancelha. O tom de voz dele era brincalhão e ele logo sorriu.
— Samanta precisa descansar e vocês também, vamos. — Demi bateu palmas e logo conseguiu levar as duas crianças consigo. 

          A garotinha estava sentada na cama, ela vestia um dos pijamas que Demi havia escolhido e estava muito fofa! Joe sorriu novamente e aproximou-se sentando-se com ela. — Gostou de estar conosco?
— Eu adorei. — Ela disse colocando uma mecha do cabelo atrás da orelha — É tudo tão incrivel! Nunca passou pela minha cabeça que isso fosse acontecer. 
— Você me ganhou desde o primeiro dia que nos conhecemos, sabia? Suas palavras me foram de grande ajuda. -Vendo-o tão feliz, Samanta se sentiu mal por ter tido aquilo para Demi. Não estava sendo justa com eles, estava? 
— Eu sinto muito.
— Não entendi.
— Demi conversou comigo e acho que não disse algo legal.
— E o que seria?
— Na verdade, perguntei se não havia alguém mais adequada. Vi todos vocês juntos e felizes, pareciam perfeitos... eu sinto muito!

— Calma, está tudo bem. — Joe segurou-lhe uma das mãos — O que Demi lhe disse?
— Que estava tudo bem e que tudo era uma questão de adaptação.
— Certo. — Joe respirou fundo e ficou pensativo por alguns instantes — Nenhum de nós é perfeito, o.k? Nossa familia esteve separada durante anos e acabamos de nos reconcilar. Não estava nos meus planos adota-la, mas meu coração escolheu amar você. Samanta você disse pra mim que não deveria ter medo, não disse? Vejo que lá no fundo algo te preocupa, te amedronta... o que seria? 

— Vocês vão me amar de verdade? Amar como amam Sabrina e Samuel? — Joe beijou-lhe as costas da mão. 
— Era isso? Nós já te amamos e não é pouco. Te amamos muito, muito mesmo! — Ela sorriu — Nunca tenha duvidas sobre isso. 
— Obrigada. — Ela acabou bocejando e Joe afagou-lhe os cabelos. 
— Foi um longo dia e agora, você precisa descansar. — Samanta assentiu, deitou-se e Joseph puxou os cobertores para embrulha-la. 

— Está confortavel?
— Sim, Joe. — Ele sorriu e beijou-lhe a testa.
— O.k, boa noite.
— Boa noite. — Ela sorriu de volta e logo fechou os olhos. Joe apagou as luzes e saiu deixando a porta entre aberta. 

          Joe passou no quarto das crianças, beijou-lhes na testa e voltou ao seu quarto. Demetria estava preparando-se para dormir, ela penteava os longos cabelos loiros e cantarolava baixinho. — Como foi? — Ela perguntou olhando-o atraves do espelho. 
— Conversamos um pouco, ela está bem. — Joe aproximou-se dela e beijou-lhe o topo da cabeça — Samanta me perguntou se iriamos ama-la, acredita?
— Ela me perguntou algumas coisas, mas nada fora do normal. — Demi suspirou — Não pensei que fosse tão sério assim. 
— Está tudo bem, querida. — Joe sorriu e Demi abandonou a escova na penteadeira. Com sua mão livre, ela acariciou o rosto dele e pode ouvi-lo rir baixinho. 

— O que foi agora?
— Kevin me ligou. — Ele caminhou até o closet que dividia com ela e retirou sua blusa. 
— E o que ele queria? — Ela levantou-se. 
— Dar os parabéns, Samuel contou pra ele. Acredita? — Joe apareceu novamente e encontrou Demi sentada na cama.
— Acredito. — Demi riu também — O que mais ele disse? 
— Que sou um cara admiravel! — Joe fez uma pose convencida e ela riu novamente.

          O silêncio se instalou entre eles, mas não era do tipo que causava incomodo. Os olhos dele estavam sobre ela, Demi sentiu e seu coração começou a bater um pouco descompassado. O conheci tempo o suficiente para saber o que ele queria! Sustentou o olhar dele, entreabriu os labios e umideceu os mesmos com sua lingua. Os passos na direção dela foram rápidos, logo Demi sentia o corpo dele pesar sobre o seu e sorriu entre o beijo. Ele estava se soltando aos poucos e sentido-se mais confiante para tomar iniciativa. Ela estava orgulhosa! Joseph mordeu de leve seu lábio inferior, puxou com os dentes e sorriu maliciosamente. Joe fez com que ela arqueasse a cabeça para trás e trilhou beijos por ali até chegar aos... — Joseph, você está ouvindo isso? — Batidas.
— Shhh, não queremos acordar as crianças. — Novamente batidas. 
— Tem alguém na porta. — Ela respondeu com certa dificuldade, ainda estava ofegante. Ele sentou-se na cama, colocou rapidamente sua protese e aproximou-se da porta. Três batidas na porta!

— Eu não consigo dormir. — Samanta disse assim que a porta foi aberta, ela coçou os olhinhos e encarrou Joseph. Ele estava um pouco descabelado! — Posso ficar com vocês essa noite? -Joe olhou para Demi e ela jogou-se para trás na cama rindo.
— Claro que pode, querida. — Joe ajeitou os fios rebeldes do cabelo e cedeu espaço para que ela adentrasse. Queria rir também! Havia se esquecido daquele pequeno detalhe.

          Samanta ficou entre ele e Demi, ela estava um pouco envergonhada. Demetria conversou brevemente com ela, Joseph apenas ouvir e afagou os cabelos de Samanta. Por ultimo, ela cantou uma linda canção de ninar que fez a pequena adormecer. — Eu disse que tinha alguém na porta. — Demi comentou e riu baixinho.
— Não passou pela minha cabeça, sabia? — Ele respondeu no mesmo tom.
— Isso faz parte de ser pai e mãe.
— A sensação é realmente unica, não importa quantas vezes aconteça. — Demi concordou.

— Quem sabe amanhã? — Ele arqueou uma das sobrancelhas.
— Fechado. — Fizeram um toque de mãos.
— Boa noite, querida. — Joe inclinou-se cuidadosamente e beijou a bochecha de Demi.
— Boa noite, amor. — Ela sorriu.

--

ficou bom? pelo amor do senhor, digam!
boa noite meninas, tudo bem com vocês? estou bem e peço desculpas pela demora. 
foi uma semana cheia, cheia mesmo e tantas coisas aconteceram, tantas chateações... mas consegui escrever e posso dizer que ficou grande. tivemos a tão esperada adoção da samanta e alguns acontecimentos engraçados aqui, tipo ela interrompendo o casal... amei essa parte <3 espero que tenham gostado tanto quando eu, hein.
respostas aqui, aqui & aqui tbm 
acho que respondi tudo, se faltou algo me avisem! sdjsdj
tentarei voltar logo, bora rezar pra vida colaborar...
beijos

 

dnce ganhou o vma de artista revelação, chorei!

16 comentários:

  1. OMG OMG OMG OMG OMG OMG OMG OMG OMG OMG OMG OMG OMG OMG OMG OMG. ... foi mesmo por uma boa causa Jessica querida você tem o dom de transmitir toda a emoção dos personagens para o leitor, tipo John Green e Nicolas Sparks você é irrevogavelmente uma escritora de romance realistas parabéns pelo capítulo maravilhoso.

    Seria muita loucura eu dizer que quero escrever um romance em que a personagem principal foi abusada sexualmente e a história se desenvolver a partir daí e um livro com várias histórias de lovatics e selenators eu quero inspirar pessoas a serem melhores mostrar pra elas que elas são boas o suficiente mas eu tenho medo disso ser loucura e eu não estar capacitada pra isso entende.

    PS:Não vejo a hora de comprar um livro seu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. como lidar com as lágrimas? obrigada pelo carinho, não sei mais o que posso dizer <3
      sua história no caso abordaria um tema bem delicado, então precisa ter cuidado ao escrever algo assim. não acho uma loucura, o.k? se arrisque na sua escrita, caso precise de ajuda... estarei aqui o/
      isso sim seria uma loucura, mas quem sabe um dia? planos, planos e planos.

      Excluir
  2. Senhor, que capítulo foi esse. SENSACIONAL. Namoral mesmo, eu estava esperando a adoção, mas não imaginava tudo isso. Amei demais. Samy sendo fofa como sempre. Samuel uma graça e a Sabrina surpreendendo sempre.
    Sempre que acho que não tem mais como melhorar, você vem e joga uma dessa. Meu coração não aguenta menina.
    Estou realmente encantada com a fic, posso dizer sem dúvidas que foi uma das melhores que já li. Parabéns
    Beeijao Mila :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. yeeeh, fico feliz que tenha gostado! <3
      eu estava tão ansiosa por este capítulo que já estava até sonhando com ele, acredita? sdjsdj
      muito obrigada pelo carinho o/
      beijos

      Excluir
  3. ei mana tudo bem com você? comigo não está nada bem, esse capítulo me deixou jogada na br
    a adoção foi a coisa mais linda, a reação do meu filho foi demais.
    meu bebê só me traz orgulho :')
    eu estou maravilhada com a sammy e acho que vou querer a guarda dela também.
    ai gente eles cinco como uma família meu coração se encheu de alegria, e a demi emocionada, ai eu não quero que acabe </3
    achei que ia ter um hot ali mas acabei sendo tombada como sempre... a vida não colabora comigo mas amei a sammy interrompendo o momento deles.
    enfim, eu não sei o que falar sobre o capítulo só sentir.
    eu amei que dnce ganhou o vma foi merecido mas fiquei triste pela zara, ela é tão amorzinho que também deveria ter ganhado mas fazer o que né?
    fiquei chateada porque demi anti social não foi mas eu já deveria estar acostumada com esse tombos
    eu to tão feliz que meu otp aka rihanna e drake se "assumiram" você viu o selinho deles no palco, pelo menos um otp que deu certo nessa vida sofrida...
    precisava compartilhar minha felicidade haha...
    posta logo, bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. a tpm me pegou de jeito, mas estou sobrevivendo sdjsdj
      "reação do meu filho" essa dou eu quando me apago com um personagem!
      tudo que é bom chega ao fim, mas... mas... eu me precipitei, mas... mas... vou concertar tudo. ~prevejo as pedras voarem~
      o momento clássico da intromissão não poderia faltar por aqui, desculpe. hahaha!
      eu votei tanto na dnce que não sentia minhas mãos, surtei horrores! ah sim, a zara é um amor... é injusto quando tem algum artista que gostamos concorrendo na mesma categoria x.x
      tbm fiquei tombada achando que aquela viada ia e ela não foi, ai q coisa!
      vi selinho, depois teve beijo... mas também depois de todas aquelas dancinhas no palco e os roles por ai, já estava mais do que na hora ~glória~
      pode compartilhar a vontade, mulher o/
      postarei assim que puder, bjs.

      Excluir
  4. Oi kk
    Como vc ta?

    Eu sei que eu sempre digo que vou voltar e nunca volto, tenho até que te pedir desculpas por isso. Minha vida ta meio complicada, eu ando muito ocupada. To tocando em casamento, fazendo teatro, é ensaio por cima de ensaio, ainda tem a escola e meu sono, então fica difícil. Mesmo assim, to sempre dando um jeito de vim aqui, mesmo não dando sinal de vida, saiba que eu to acompanhando do jeito que posso kkk.

    As vezes eu to no bus e do nada eu lembro de vc, lembro desse blog a uns dois anos atrás, época de Two Pieces (melhor época, melhor fic) e bate uma puta saudades, da até vontade de chorar kk e ... Pera' meu rosto ta meio molhado, não sei de que é não kkkk mas enfim, sinto muita falta disso tudo e principalmente de vc, eu costumava dizer pra os meus primos que vc era a melhor parte de mim, melhor parte do meu dia e cara, apesar de tudo, apesar da distância, apesar dos pesares, vc continua sendo ..
    Vc ta crescendo, ta se tornando uma mulher incrível e linda e eu só sinto orgulho de vc, e tbm me sinto muito honrada de ter feito parte da sua vida e claro, pretendo continuar fazendo kkk
    É isso, vou parar por aqui se não eu acabou chorando.

    Se cuida hein
    Bjs
    Gabi ..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AI MEU JESUS CRISTO, ME SEGURA!
      olá eu estou bem e você? ~surtando, surtando e... surtando~
      não precisa se desculpar, entendo perfeitamente. ai que legal! teatro deve ser divertido. enquanto isso estou fazendo vários nadas, procurando emprego e... escrevendo, claro. ^^
      depois de tanto tempo, ainda não sei como lidar... sabia? o fato de significar tanto para alguém, para algumas pessoas é... algo incrível! eu me lembro de você quando estou rezando antes de dormir, sempre agradeço pelas boas pessoas que tenho na minha vida e você é uma delas... assim como as meninas aqui do blog <3 ai sério? é assustador estar crescendo, não acredito que vou fazer 18 anos, não quero acreditar sdjsdjsj é muita coisa. enfim, tbm sinto muito orgulho de você... principalmente quando você posta algo ou alguma foto e está feliz, então fico feliz por você tbm.
      o.k, cuide-se o/
      beijos.

      Excluir
  5. Oi de novo kkjskk
    Eu quero te fazer uma pergunta, não coloquei ali em cima pra não atrapalhar minha viadagem.

    Pretende adaptar alguma fic tua pra camren e postar no social ou wattpad? Se sim..... POR FAVOR FAÇA ISSO, NUNCA TE PEDI NADA

    Gabi ..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. olá de novo! hahaha
      "minha viadagem" bERRO
      quando li sua pergunta, logo veio na minha cabeça "bind your love".
      sim, eu pretendo <3 mas vou mudar bastante coisa e fazer algo como "hoje eu quero voltar sozinho", mas do meu jeitinho.
      já assistiu? super recomendo, esse filme é muito lindo!
      só preciso planejar tudo direitinho e assim que for postar, aviso aqui. o.~

      Excluir
  6. Mais mais mais

    ResponderExcluir
  7. ❤❤❤❤❤❤

    ResponderExcluir
  8. Tá perfeito. Chorei com esse capítulo. Sério, mexeu demais comigo.
    Sam é linda demais. Tô amando eles como uma família unida.
    Parabéns, volte logo *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. fico feliz que tenha gostado! o/
      ainda estou procurando foto na internet para colocar aqui e tudo mais, para terem uma ideia de como essa personagem fofa é <3
      obrigada, postarei assim que puder ^^

      Excluir