10/11/2012

Capitulo 27- Segredo Revelado


*Narrado Pelo Joe*


Minhas mãos deslizaram pelo corpo perfeito dela... Ela desabotoou minha camisa eu mesmo a tirei e joguei em um canto qualquer... Logo ela se desfez do colete e da blusa. Não houve um momento em que ela quis parar... Eu a amava, eu a desejava... Eu precisava dela comigo agora! Me levantei, tirei minha calça e fiquei de joelhos na cama, a puxei para mais um beijo que não durou muito por causa do folego.

-O meu mundo essa noite é você. –Disse ao pé do ouvido dela.

Pude notar um sorriso no canto dos lábios dela.

Beijei seu pescoço e ombros senti o calor de sua respiração no meu ouvido... Logo desfizemos de nossas peças intimas... A sensação de sua pele contra a minha era como fogo, e começamos a fazer Amor!

*Off*

*Narrado pela Autora*
Quando eles fizeram amor pela segunda vez... Quando Demi acabou adormecendo, Joe ficou a observando... Disse em seu ouvido que a amava muito, a abraçou e também acabou adormecendo juntamente com ela. *Off*

*No Dia Seguinte*


Acordei com a claridade ferindo meus olhos... Me levantei e notei que estava nua debaixo do lençol... Vi minha roupa espalhada pelo quarto e sorri com a lembrança da noite passada. Joe apareceu no quarto estava de costas... Parecia segurar uma bandeja em mãos notei sua costas machucadas pelas minhas unhas. ;O

-Bom dia dorminhoca. –Riu.

Puxei o lençol para me cobrir. –Bom dia.

-Sabe que não precisa ter vergonha de mim. –Ele sorriu.
-Parece que eu não tenho vergonha de você... Pelo menos não noite passada. –Ri.
-Verdade. –Seus olhos brilharam.
-Desculpa... Machuquei suas costas.
Ele riu. –Que nada! Vou me acostumar.

Ri e ficamos em silencio.

-Poder dar a minha roupa?
-Prefiro você assim. –Apertou minha coxa.
-Safado... To falando serio.
-Tá bom. – Fez um biquinho fofo e pegou a minha roupa.
-Obrigado. –Coloquei minha roupa por debaixo do lençol ele riu histericamente da cena.
-Pronto.
-Quer café da manhã... Fiz panquecas.
-Claro. –Sorri.

Comemos e estava tudo uma delicia... Ele cozinhava muito bem! Quando ele saiu do quarto com a bandeja eu liguei pra um táxi... Não queria incomoda-lo. Ele voltou ao quarto e se sentou na cama, nesse momento estava vestindo a minha bota.

-Posso falar com você? –Sua face transparecia medo.
-Sim... Mas vamos pra sala?
-Como quiser.

Descemos e fomos para a sala... Ele se sentou de frente comigo.

-Pode falar.
-Eu te amo.
-Jo... Joe... Eu não sei o que dizer.
-Diz que me ama?
-Eu... É complicado Joe.
-Eu sei. –Respirou fundo. –Você esta confusa, é difícil perdoar uma traição certo?

Apenas assenti e ele continuou falando.

 -Aquela noite não era para ter sido daquele jeito... Eu não deveria ter aceitado o copo de suco, eu estava fora de mim Demi... Elas me drogaram! –Seus olhos se encheram de lagrimas.
-Quem?

-A Taylor e a Ashley... Eu não sabia quem me contou foi o Nick mais eu achei que era coisa da cabeça dele afinal ele estava com a Taylor ele me avisou e eu não dei atenção... Elas me drogaram eu nem faço ideia do que eu te falei... Só me lembro de acordar no dia seguinte com a noticia de que você tinha ido embora. –Ele começou a chorar e eu também . –Eu fui atrás de você.

-Foi? –Minha voz saiu fraca.

Ele assentiu. –Eu consegui o endereço da onde você estava com a Miley... Mas quando eu cheguei lá eu vi você com um carinha de mãos dadas e tudo... Eu pensei que você havia se esquecido de mim pra sempre... Quando eu voltei eu fiz coisas horríveis Demi.

-O que você fez?

-Eu comecei a usar drogas... Foi a pior coisa que eu fiz Demi... Eu magoei a minha família, por pouco meus pais não se separaram... Nick e o Kevin me tiraram dessa vida quando cansaram de ver as coisas sumindo dentro de casa.  Eu fiquei um ano na clinica por vontade própria quando eu sai a única garota que quis ficar comigo foi a Ashley a Taylor também mais não importa eu nunca esqueci você... Quando você chegou aquele dia foi uma surpresa muito grande pra mim eu imaginei que encontraria aquela garota que foi minha amiga. Mais encontrei uma mulher madura e forte que também me ensinou a ser um homem forte!- Ele respirou fundo. –Nunca me esqueci dos seus conselhos foi isso que me ajudou a me manter forte.

-Joe... Eu não acredito que pude ser tão egoísta. –Coloquei as mãos na cabeça. –Como eu nunca vi que você também sofreu... E eu ainda fui rude com você. –Escutei a buzina do taxi e nisso eu me levantei abri a porta e sai correndo.

-Demi espera ai. –Ele correu.

-Me desculpa Joe. –Foi a única coisa que disse antes do carro dar um arranque.

*Narrado pelo Joe*

Eu não queria que ela se sentisse culpada pelo que aconteceu comigo... Fui até os fundos peguei a minha moto e segui atrás do taxi onde ela estava... Não deixaria que ela se sentisse culpada pelos meus erros.

O taxi estava indo rápido demais... Eu acelerei iria alcançar de qualquer maneira.

*Off*

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Bem é isso...
Posto o proximo quando eu chegar do niver da minha tia!
Espero que tenham gostado...
Kisses até daki a pouko!!!

4 comentários:

  1. aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa
    que perfeitooooooooooooooooooooooooooo
    momento jemi fatal *-*
    amei mesmo posta logo
    bjs e até daqui a pouco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mto fatal... Posto outro ainda hoje :D

      Excluir
  2. Aaaaaaawn amei!
    Tadinho do Joe! Mas a Demi nao tem que se sentir culpada! Ela não sabia de nada ué!
    Mas ta perfeito!
    Beijosss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É que ele tentou falar com el
      a e tals... E ela tinha sido rude com ele... Por isso ela se sentiu culpada. :s

      Excluir