09/05/2013

Capitulo 13 + Novo Layout :)




"Eu estou acordada por um tempo agora

Você me fez sentir como uma criança agora."


[Bruna]

~22:30

“Como ode as pessoas nos surpreender tanto? Acho que nunca ri tanto na minha vida, ele é extremamente divertido e descontraído, tudo para ele vira piada. Foi a primeira vez que fui parar na detenção! Se tenho arrependimentos? Nenhum, foi mais divertido do que eu pensei que fosse, e ele ainda me levou de carro para casa. Ele tem 16 anos e dirige! Por que eu não posso? Tenho um enorme bico em meus lábios. Ele me disse que é por que... Mulher no volante o perigo é constante. Me acabo em risos agora...”

[Flash Back On]

Ele insistia em me dar carona já que saímos mais cedo mais recusei, queria evitar futuras brigas com meu pai e logo hoje que ele foi na consulta com a mamãe, não quero estragar a felicidade deles estou curiosa para saber como foi. Agora eu caminho para fora da escola sozinha, sinto alguns pinguinhos no topo da minha cabeça e ignoro e saio andando. Segundos depois eu sou molhada pelos pingos que vem do céu com violência, se arrependimento matasse, eu começo a andar frustrada e molhada.
-Quer a carona agora? –Ele abre a janela lentamente e me encarra bem.
-Não obrigado, vou molhar seu carro.

-Deixa de ser boba e entra no carro. Você vai ficar doente!
-Dane-se. –Continuei andando e ele me seguindo. Ele breca o carro e eu paro para olhar para ele.
-Entra na droga do carro antes que eu te ponha nele! –Cruza os braços.
-Você não faria. –Coloco a mão na cintura. Ele balança a cabeça e ri enquanto desce do carro. O que diabos ele vai fazer? Ele para na minha frente e acaricia minha bochecha com seu polegar. –Você é muito teimosa Senhorita Lovato. –Ele agarra minhas pernas e me joga sobre seu ombro.
-Me larga Stefan! –Ele ri de mim, isso não é engraçado! É?

-Eu disse pra você entrar no carro, custava entrar? Mais não, você tinha de desafiar a mim! –Ele abre a porta e me coloca de volta ao chão. –Entra no carro. –Diz com seu rosto próximo ao meu.
-Esta bem... Papai! –Rio e me sento.  Ele fecha minha porta e da á volta no carro voltando ao seu lugar. –Agora nos dois ficaremos doentes. –Espiro.
-Saúde. –Murmura para mim. – Não tem problema, pelo menos podemos ficar perto um do outro sem ter preocupações. –Pisca e eu rio. Ele esta tremendo e liga o ar quente do carro. Ele joga seu casaco no bando e trás e começa a dirigir colocando seu cinto. –Cinto. –Indica com a cabeça e eu obedeço.
-Você é sempre assim mandão? –Cruzo os braços.
-Sou quando as pessoas negam carona. –Ele faz careta. – E me fazem ficar molhado! –Bufa e eu rio. –Por que não aceitou de uma vez? –Ele desvia o olhar da estrada para mim e em seguida volta á atenção para a estrada.

-Eu não sei como meu pai enxergaria isso, ele sabe que eu tenho meus amigos mais de você ele parece... Ter uma visão diferente. E eu prefiro não estragar o clima de pazque esta lá em casa entende?
-Entendo. É por que você nunca teve um amigo tão bonito quanto eu não é mesmo? –Eu rio histericamente. –Poxa garota você é muito escandalosa, vão pensar que eu quero pegar você a força. –Eu rio mais. –Garota você não é normal!
-Dane-se o normal! –Ele olha para mim de relance e sorri para a estrada balançando a cabeça.

[Flash Back Off]

~Dia Seguinte

Acordo com a droga do telefone tocando. Só pode ser pesadelo! Viro-me para esticar o braço e pega-lo mais caio da cama, quem é que seja vai ouvir poucas e boas! Levanto-me ajeitando meu cabelo, tomo o ar necessário tentando me acalmar em vão e atendo. –Alo! –Meu tom sai grosseiro.
-Desculpa, te acordei? -Balanço a minha cabeça e pisco um pouco com um sorriso involuntário que brota dos meus lábios sem explicações.
-Está tudo bem, agora estamos quites. -Ele ri baixo e eu o acompanho, minha risada se interrompe por um espirro, seguido de outro e mais um.
-Eu disse pra você. -Seu tom é autoritário. -Custava ter entrado antes na droga do carro? 
 -Eu faço um enorme bico. 

-Mulheres! -Ele ri, posso imaginá-lo balançando a cabeça, mordo meu lábio inferior e sinto algo dentro de mim arder. 
-Então Senhorita Teimosia Lovato, o que fará essa tarde?
-Escola. -Minha voz sai fraca e ele ri. -Qual a graça? -Ele continua. -Idiota! -Bufo. -Se você não falar, eu desligo agora! -Ameaço.
-Não, não! Espera... Tá louca?
-E agora me ofendi? -A verdade é que estou me divertindo a toa com isso, reprimo o riso com certa dificuldade, posso sentir ele ficar nervoso e sua voz mal sai. -Estou brincando. -Rio. -Stefan pode falar.
 
-Você assusta garota! -Eu rio. -Queria saber se você ter compromisso agora a tarde? Não se esqueça é sabado.
-Por que quer saber?
-Queria chamar você para sair topa? -Ele dá uma risadinha baixa no final. Ele me chamando para sair? Algo em mim faz com que eu queria pular na cama de alegria... Eu não sei  é uma boa? Eu quero? Sim você quer! -Meu subconsciente diz e isso faz eco na minha cabeça. Eu mordo o lábio, fico nessa alguns segundos. -Bruna? -Sua voz chama um pouco tremula do outro lado. -Se você não quizer. -Interrompo.
-Eu quero.
-Que?
-Eu quero, só me diga onde e quando que eu me viro.
-Ótimo.
-Ótimo. -Sorrio.
 
-Não! -Meu pai nega. Acabei de inventar a melhor desculpa do mundo para ver Stefan e ele nega. Disse que ele precissava de ajuda na matéria de história e que só eu posso ajudá-lo por que sou a melhor aluna da sala e a mais seria também. -Eu não entendo você. Depois de tudo que conversamos pensei que você... Esquece. -Bufo e começo a subir as escadas pisando forte, a madeira rangia. Seus passos são apressados atrás de mim, eu continuo subindo quando chegamos ao topo ele segura meu braço, me olha nos olhos e suspira.
-Você sabe que não sou muito fã desse garoto não é?
 
-Você não é fã do rei Henrique. -Digo puxando meu braço. -Mais que droga papai já disse que ele é um amigo, estudamos juntos e ele precisa que alguem o ajude. Eu prometo que não vai ser todo dia é só de vez em quando. -Eu mal sai com ele e já estou pensando em outro encontro, o que deu em mim? Franzo o cenho, estou confussa comigo mesma.
-Sim você tem razão. Pode ir, mais se esse garoto tentar algo com você, eu acabo com ele. -Franzo o cenho novamente. -Pode acreditar! -Beija minha testa. -Nada de vestido. -Ele ri.
-Ok papai, nada de vestido. -O abraço de lado rindo. Ele me aperta um pouco mais e um estranho arrepio percorre minha espinha. Ele me libera sorri sem mostrar os dentes e caminha até seu quarto, antes de entrar ele se vira, olha para mim e diz:
-Cuidado na vida Bruna. -De repente sinto-me mal por mentir para ele mais se eu lhe contasse que é um encontro ele obviamente não deixaria. Pergunto-me onde mamãe está mais não tenho tempo, tenho de me arrumar.
 
[Joe]
 
Depois que Bruna saiu eu e Demi almoçamos juntos e a partir dai passamos o início da tarde entre amassos no sofá, uma sessão de filmes românticos, amassos na cozinha também até Selena ligar para avisar que chegou da segunda lua de mel com meu irmão Nick, Demi optou por ir visitar a amiga e eu por outro lado decidi ficar e terminar alguns serviços. Depois de quase uma hora analisando documentos, leis e cargos... Deito em minha cama e rapidamente caio no sono por algumas horas. Acordo e pisco um pouco, já escureceu, olho no relógio e são 18h45 ouço o riso de Demi no fim do corredor e caminho entre bocejos até lá, abro a porta e ponho minha cabeça para dentro, ela esta ao telefone com Eddie.
 
-Sim pai tudo bem com o bebê. -Ela esta de costas para a porta, seu vestido tem um decote sensual nas costas, como sempre ela adora me provocar. - Joe? -Hm... Falando de mim, bem espero. Seus ombros relaxam. -Ele está animado pai. -Ela ri. -Para com isso, eu não tenho lá preferências mais se pudesse escolher seria um menino. -Sorri entrando com cautela, não quero que ela me ouça. -Claro acho que Joe gostaria também, sim é claro um filho é uma bênção não vou ficar menos feliz se for uma menina. -Subo de joelhos na cama e lhe abraço por trás ela suspira. -Ótima. -Coloco seu cabelo de lado e saboreio a curva de seu pescoço. Ela tem os olhos fechados.
-Desliga. -Digo bem baixinho em seu outro ouvido e volto ao que estava fazendo. Ela não consegue prestar atenção na corversa e levanta armando uma carranca para mim. Eu rio e me jogo na cama, minutos depois ela desliga e coloca o telefone de volta no carregador. -Tá zangada comigo? -Pergunto com um bico fofo nos lábios, ela arqueia uma sobrancelha.
 
-Voce não me deu motivos. -Ela dá de ombros e sorri. -Meu pai disse que quer um neto e eu também quero um menino. -Ela faz bico.
-Não tem problema sabe por que? -Ela nega e eu me levanto. -Se não for menino podemos continuar tentando. -Ela ri enquanto seguro seu rosto entre minhas mãos e beijo sua testa. -Não tem problema vamos amar essa criança seja ela como for e qual for. -Passo meu nariz no seu. -E Selena?
-Comprou metade da França. -Coloco uma mecha de cabelo para trás de sua orelha. -Ela e Nick estão tentando.
-Tentando?
-Querem ter um filho.
 
-Cuitada da criança. -Ri e ela me reprende com o olhar. -Desculpa foi apenas brincadeira amor. -Sorrio e beijo delicadamente seus lábios. -E Bruna? -Ela arregala de leve os olhos. -O que foi?
-Eu vi ela com Stefan numa colina perto da casa da Selena.
-Colina?
-Eles estavam com livros e cadernos, relaxa Joe. -Abraça-me.
-Estou relaxado. -Sinto meu coração apertar de um jeito estranho, ignoro. Novamente mais forte. -Ela já chegou?
-Já está no quarto.
-Bom... Isso é... Ótimo. -Balanço a minha cabeça. Ela me olha e franze o cenho acariciando minha bochecha com o polegar.
-Você está bem Joe?
-Sim foi só um mal estar bobo mais já passou, vem vou ajudar você a tirar esse vestido.
 
[De Noite]
 
Estou deitado com Demi sobre meu peito, aquela sensasão estranha só piorou durante o jantar. Eu não contei nada até por que não quero que Demi se preocupe a toa comigo! Encarro o teto do meu quarto, em seguida o relógio 0h35 encarro o teto e fecho os olhos numa tentativa frustrada de dormir. Felizmente consigo por alguns minutos até então ouvir um grito ensurdecedor de socorro. Levanto-me bruscamente.
-O que foi isso? -Demi me olha assustada agarra as cobertas, eu engulo em seco um arrepio percorre a minha espinha e o pânico toma conta de mim.
-Foi a Bruna. -Levanto-me apressado correndo.
-Joe. -Demi levanta.
-Fica! Pode ser perigoso.
-PAI!
-Demi por favor abra essa porta apenas para mim. -Beijo-a rápido e fecho a porta empunhando uma arma.

"Basta levar o seu tempo

  Onde quer que vá."


*-------------------*

Acabei o Layouttttttttttt! \O/
♫ Para Nossa Alegriaaaaaaa! 
Sim para nossa alegria, deu trabalho mais aki esta minha obra de arte!
Me digam se gostaram ok? Depois ponho sombreado no Layout ok?
To com um pouco de pressa akie para escrever... Enfim, se tiver erros de portugues, me perdoem por que escrevi pelo celular e não tive tempo de arrumar muita coisa aki no PC!
MAIS O SUSPENSE E O MISTERIO COMEÇOU HAHAHAHHA!!!
JÁ VOU AVISANDO, O NEGOCIO VAI SER BEM... BEM MAIS EM BAIXO, TERÁ FORTES REVELAÇÕES!

Respostas Dos Comentarios - Capitulo Anterior
Respostas Dos Comentarios - Ultimo Post 

10 comentários:

  1. AAAAAAAAAH, MEU DEUS, QUER ME MATAR, MENINA?????
    Quem seráaaaa??? Meeu, sei lá, pode ser um tarado, o Stefan tentando alguma "coisa" com ela, ou... Uma barata! Aah, a barata é meio trouxa, mas vai saber, née??

    kkk' poste loogo pliis =)
    Beeijos <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só agora me toquei que fui a primeira a comentar, I got the power!! u.u

      Excluir
    2. E amei o novo layout, muuito fofo!! Como vooc consegue fazer? Tipo, eu não faço a mínima aushaus'

      Excluir
    3. Uma barata? :O kkkkkkkkkkkkkk!
      Aiii meu estomago kkkkkk! ~Ta parei~
      Sim a primeira U.u
      Como eu consigo... Bem, seguinto os tuto's que tem em blogs bem fodas :)
      http://www.cherryboomb.com/2011/12/como-criar-um-layout-basico.html

      Excluir
  2. aaa talvez o meu palpite estava certo,pode ser um minino,um príncipe <3
    aa jesus,o que foi que aconteceu com bruna???deixa eu pensar...tava pensando no stefan na janela do quarto dela,e caiu na janela,ou o stefan apareceu lá e queria abusar dela kkkkkkkkkk...não acho que ele não abusaria dela...kkkkkkk...
    tá perfeito <3
    posta logooo linda,
    amei a layout <3
    beijos .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gente como vocÊs são maldosas toda a ulpa ta caindo no Stefan coitadinho dele kkkkkkkkkkkkkkkkkk! Vcs tão querendo botar no menino na forca kkkkkk!

      Excluir
  3. Desculpa por não ter comentado antes
    Ameiiiii, porque tu me deixou com medo e MUUUUUUUITO ansiosa, ta simplesmente mais que perfeito!!

    E falando na música Warrior quando eu li a tradução eu fiquei triste pelo que ela passou, com raiva só de pensar que ela podesse ter sido abusa com dizem, e orgulhosa por ela tem superado e dado a volta por cima!! Tá uma mistura só. Essa música é umas das que mais mexe comigo... porque é nela que ela desabafa, mostrou que ela é realmente uma guerreira!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo bem amor!

      COmigo tbm é mesmo uma musica bem tocante e eu chorei lendo a tradução dela tipo rios e rios... Espero que sejam apenas boatos!
      Warrior ?)

      Excluir