Eu nunca pensei que esse dia fosse chegar, mas ele chegou e sinto que preciso fazer isso. Não foi uma decisão fácil, fiquei tentando adiar o máximo possível, mas infelizmente não consegui. Começo pedindo desculpas por fazer isso sem aviso prévio, não era minha intenção, mas simplesmente não consigo! O bloqueio não vai embora e não é um bloqueio qualquer, estou passando por alguns problemas e estou em conflito comigo mesma. Sou uma garota de 19 anos e não faço ideia do que fazer da minha vida, nada acontece e por mais que eu tente, sempre acaba do mesmo jeito. No meio disso tudo surgem as cobranças das pessoas e por mais que elas tentem disfarçar, estão dizendo: "Garota, faça alguma coisa da sua vida!" Eu também me cobro, estou cansada de sentir como se estivesse fadada ao fracasso. Cansada de pensar na minha vida e sentir que tudo é uma grande conspiração para que eu quebre minha cara de novo e de novo. Cansada de decepcionar as pessoas! Eu não posso e nem quero decepcionar ninguém, por isso estou me afastando. Não quero que pensem que não me importo, eu me importo, mas não estou conseguindo escrever e eu amo fazer isso, amo mais do que qualquer outra coisa no mundo! Não quero fazer nada de qualquer jeito, nada menos do que perfeito, vocês merecem algo realmente bom. Quero que saibam que não é um hiatus permanente, vou tirar esse tempinho para estudar e correr atrás de algo para o futuro. Voltarei assim que for capaz de escrever algo novamente, quando sentir que esse fardo está menos pesado e... Acho que é isso, me desejem sorte! Amo muito vocês e arrisco dizer que já sinto saudade. Com amor, Jéssie.

30/09/2013

Help-me


Oi, tudo bem com vocês?
Se lembram de uma fanfic que eu falei que estava escrevendo?
Bem é essa kkk'
Heart By Heart esta a todo vapor, o.k?
Só preciso de ajuda com essa *-*
Comentem! É importante que vocês me ajudem :)
Respostas aqui, boa leitura!

29/09/2013

Capítulo 6


Demi não o largou desde a primeira aula o que dificultava as vezes sua respiração, mais ele  fazia isso por uma boa causa! O nervosismo dela ainda não havia passado. Demetria se mostrara ser uma garota bem legal nos últimos dias e ele estava começando a aceitar o fato de ter amigos.
—Demi esta me apertando. -Ela o olhou e sorriu.
—Você sempre anda cheio de blusas. -Ri. —É gostoso abraçar você.

—Hm... -Olhou em volta.
—Tudo bem?
—Estou bem.
—Esta pálido.
—Um mal estar.
—Talvez seja melhor voltarmos para casa.
—Você não quer ficar aqui não é mesmo? - Joe lhe acariciou as costas, Demi sentiu arrepios.

—Eu me sinto desconfortável com tudo isso. -Balançou a cabeça. —Sinto que vou pirar a qualquer momento! Você pode pensar que estou fazendo drama mais... Ele levou tudo que eu tinha. Amigos, respeito, amor e princípios!
—Esta... Bem, como posso dizer isso? -Joe balançou sua cabeça. —Estava se guardando para alguém? -Sussurrou. Demi corou de forma exagerada e Joe mordeu o lábio reprimindo sua risada. Quanta ingenuidade!
—Joe! -Repreendeu rindo. —Não posso contar pra você!
—Claro que pode Bi! -Imitou uma voz feminina. —Conta Bi!

—Joe para com isso. -Risos. —Eu vou chorar! -Mais risos. —O.k. -Tossiu. —E se eu estivesse o que você diria?
—Eu?!
—Aposto que já fez esse tipo de coisa "sóbrio"! Você é homem. Então diga-me.
—Eu acho algo especial, nunca conheci o tipo de garota culta assim como você. -Ele encarrou o nada por alguns instantes. —Pessoas como você no meu mundo não existem. -Demi franziu o cenho de forma curiosa e Joe balançou a cabeça. Demi fez bico e virou o rosto de Joe com uma de suas mãos. —Você é a melhor amiga que um cara poderia ter sabia? -Sussurrou sem graça.

A resposta de Demi foi algo impulsivo, ela o puxou rapidamente colando seus lábios nos dele de forma desesperada. Joe manteve-se firme por alguns instantes, mais cedeu ao desejo que falou mais alto por si e aprofundou o beijo. O sinal bateu mais ali, no jardim atrás da escola os dois ainda se beijavam de forma intensa e feroz! Demi estava no colo de Joe com uma perna de cada lado, ele a apertou com força contra seu corpo fazendo gemer entre o beijo, ele era extremamente forte! Ofegante, Joe desceu seus beijos até o pescoço de Demi que manteve os olhos fechados apenas sentindo estranhos arrepios.
Por algum motivo que Joe não soube ao certo ele encarrou Demi e a beijou novamente com mais fervor por um longo tempo, para finalizar ele mordeu levemente o lábio de Demi mais acidentalmente ele a feriu com uma de suas presas, ao sentir o gosto do sangue da garota seus olhos tornaram-se vermelhos sangue e ele num pulo se colocou de pé.

**
Dos criadores de: Vampiro Sedução
Vem aí: Morde com vontade!
Gente eu estou vidrada nesse capítulo!
Se é que ainda nem postei o hot das algemas kkk'
Felei demais C:
Desculpe qualquer erro de português :C
Só suspiros!
Ser beijada por Joe Jonas é outro nível!
Aguardando ansiosamente Neon Lights *-*
Beijos com mordida :-*)

28/09/2013

Capítulo 5


~Alguns dias depois

O desabafo de Demi havia mexido com Joe em alguns dos seus sentidos. A pobre menina teve a virgindade "roubada" por Taylor após o mesmo embebeda-la no baile do ano passado. Algumas fotos dela na cama foram espalhadas na antiga escola, fotos que não apareciam apenas ela e Taylor mais sim outros garotos também, o que lhe causou má fama obrigando-a a mudar de cidade e de escola.
Sentado na cama ele refletia sobre os últimos dias. Estava sendo cada vez mais difícil controlar sua sede perto dela o que o obrigava a caçar animais na floresta já que não podia levantar suspeitas matando mulheres.

(...)

Demi tinha os olhos vidrados na porta esperando a qualquer momento por Joe. Ela estava apavorada pelos boatos que corriam pela escola! Boatos nos quais anunciava um novo aluno, no caso Taylor. Assim que Joe entrou na sala ela o puxou para se sentar ao seu lado, ele respirou com dificuldade e encarrou o quadro negro a sua frente.
—O que esta pegando?
—Já ouviu os boatos que estão rolando pela escola?
—Não. Sobre o que se trata?
—Taylor esta vindo estudar aqui. -Ela já estava prestes a desabar! Joe a segurou pelos ombros e encarrou seus olhos. —Ele vai acabar comigo, Joe!
—Não vai não!

—Como pode ter tanta certeza!
—Eu vou cuidar de você, o.k?
—Amigos?
—Me ofende o fato de que veio me considerar agora! -Ela riu e ele a soltou passando o braço em torno de seus ombros.

—Fique calma o.k? Ele não pode comigo.  -Demi sorriu e aconchegou-se nele.
Joe respira fundo e seu faro aguçado indicou que ele não era o único vampiro ali!
Como se não me bastasse uma garota de sangue doce, aparece concorrência para estragar meus planos! -Joe revirou os olhos. A diretora entrou na sala antes mesmo do professor de química trazendo consigo um alívio, era Nicholas. O garoto era muito bonito e por algum motivo ele sorriu para Demi.
Ela encolheu-se e Joe a abraçou mais apertado jogando um olhar mortal sobre o rapaz.

**
Devo ser rápida :C
Quase não deu para postar hoje, mais eu dei meus pulos e aqui estou eu!
Gostaram? 
Eu sei que esta pequeno e sinto muito :C
Estou escrevendo uma nova fic, mais não significa que irei parar essa ok?
Logo, logo eu faço um post sobre ela com mais detalhes. 
Eu preciso de ajuda e quero a opinião de todos!
Vou repassar o selinho que eu ganhei, antes que a preguiça me domine :p
#Bye

26/09/2013

Capítulo 4


Joe puxou a cabeça da mulher para trás cheirando seu pescoço enquanto deslizava o vestido vermelho pelo corpo esquelético de uma prostituta usuária de droga. Seu sangue não tinha um cheiro bom quanto o de Demi e não parecia tão tentador, mais foi o suficiente para satisfazer sua sede.
Afastando-se do motel Joe ajeitou seu casaco enquanto caminhava pela rua deserta.


(...)


A escola declarou dois dias de luto pela morte de Katy, Joe observou da janela de sua casa Demi e a mãe saírem de carro ainda cedo. Por algum motivo Joe sentiu que deveria ir, motivo pelo qual ele estava frustrado! Tomando rapidamente banho ele vestiu uma roupa qualquer e colocou seu sobretudo preto por cima.


(...) 


Já no centro da cidade Joe passava pelo motel onde esteve noite passada, olhou e não notou quaisquer movimentação estranha. Ele sorriu satisfeito. Continuando sua caminhada ele esbarrou sem querer em Demi. —Oi. -Ele disse um tanto surpreso.
—Ah, oi Joe.
—Foi ao velório?
—Sim, Katy era uma das únicas colegas então eu fui. -Da de ombros.

—Eu sinto muito. -Segura sua mão e ela o observa, Joe tenta ler sua mente o que para qualquer funcionaria mais para ela... Não! Quem diabos ela é? —Esta com sua mãe? -Ele aponta para frente, agora eles caminham lado a lado.
—Não. -Suspirou. —Acho que foi ver o meu padrasto, Eddie e ela são bons amigos agora. -Abraça-se numa tentativa frustrada de se aquecer.
—Estou sendo mal educado. -Balança a cabeça. —Posso te oferecer meu casaco?
—Cabe nos dois ai. -Ela riu.
—Quer tentar? -Arqueia uma sobrancelha. —Quer dizer... Aceite, eu insisto. -Ela sorri.

—Obrigado. -Demi fecha dois botões do sobretudo e suspira inalando seu perfume doce.
—De nada. -Lhe estende o braço. —Eles se separaram tem muito tempo?
—Dois anos.
—Por que?
—Ciúmes e meu pai era vivo na época, ele não aceitava muito bem telo dentro de casa.
—Sinto muito por seu pai.
—Tudo bem. -Sorri sem mostrar os dentes.
—E você?
—Eu?
—Ouvi dizer sobre Taylor -Demi para de caminhar.

—O que você quer de mim? -Demi cruza os braços. —Ele mandou você foi?!
—Eu não o conheço, eu só quero te conhecer melhor. -E beber seu sangue também! Joe balança freneticamente a cabeça. Ele estava confuso!
—Por que quer conhecer alguém como eu?
—Eu preciso de uma pessoa como você!
Demi não soube ao certo o que sentiu naquela momento, ela via a sinceridade em seus olhos e de certa forma isso a comoveu. —Eu estava voltando para casa, podemos conversar melhor lá.

Hello Bitch's kkk'
Tudo bem com vocês?
Eu estou feliz com essa fic! 
Gostaram?
Eu estou gostando cada vez mais kkk'
Respostas aqui & aqui
Mudei meu twitter kkk'
Agora é @queenofparad1se
Agora eu vou fazer o vídeo <3
#FUI



25/09/2013

Capítulo 3


Demi voltou na sala cortando a conversa dos dois, por algum motivo Joe havia ficado curioso para saber o que havia acontecido e o por que desse "Taylor" ter influenciado a vida de Demi. O telefone tocou novamente e dessa vez Dianna se levantou para atender.
—Gostou do bolo?
—Sua mãe é bem hospitaleira.
—Sempre. -Sorri.
—Demi ligue a televisão, sua tia me disse que encontraram a moça desaparecida. -Demi estendeu a mão sobre a mesa de centro e ligou.

"A jovem Katy Stevens foi encontrada morta debaixo de uma arvore no condomínio onde morava, a policia esta investigando o caso e não descarta a hipótese de um ataque por um animal selvagem. As autoridades recomendam aos moradores da região que tomem cuidado ao sair de noite." -Demi desligou a TV e olhou para sua mãe, ambas estavam levemente chocadas.

(...)

—Eu preciso ir. -Joe anunciou colocando-se de pé.
—Fique mais um pouco rapaz.
—Não Dianna, quem sabe outro dia, eu realmente preciso ir.
—Tudo bem. -Sorriu fraco. —Volte sempre.
—Eu irei. -Murmurou.

—Obrigado por dar um jeito naqueles garotos.
—Foi um prazer ajuda-la. -Demi o acompanhou até a porta e antes de deixa-lo ir ela o surpreendeu com um abraço. —Cuidado com o animal selvagem. -Riu. Joe estava ocupado demais prendendo a respiração para responder, assim que foi liberado ele começou a caminhar para longe. Demi suspirou e se virou para entrar, não resistindo ela virou-se para observa-lo mais ele já havia sumido de vista.

(...)

Joe correu para dentro de casa e fechou a porta numa batida forte, subindo as escadas de forma atrapalhada ele ergue a tampa do vaso e vomitou. Ele nunca havia provado comida humana e justo agora para fazer os gostos de uma estranha ele o fizera. Droga! Lavando sua boca com água na pia ele encarou seu reflexo no espelho, estava pálido e com sede, ficar perto de Demi não estava ajudando muito! Ele ansiava por morder seu pescoço depois de uma noite muito louca, era tudo o que ele mais queria!
Poderia até imaginar ela se contorcendo por debaixo dele, gemendo de dor enquanto ele bebia com prazer seu sangue. Sentindo uma pontada na garganta ele desceu rapidamente para a sala, vestindo o casaco ele sai pronto para ir a caça.
**
Faz o tecladinho tipo borboleta ♪
kkkkkkkkk'
Eu sei que eu não presto!
Oi tudo bem?
Eu estou ótima e... Gostei desse capítulo!
Não me digam que esta crepúsculo, por que o Joe não é butterfly
Não tive tempo de responder os comentários :C
Prometo que respondo assim que eu puder ok?
Já viram o novo clipe da Cher? -aqui
E... Já viram a nova versão de Wrecking Ball? -aqui
Mexeu com os meus sentimentos!
Gostaram? Comentem C:
Beijinhos tipo... Tá parei kkk'


24/09/2013

Capítulo 2


No caminho de volta para casa, Demi andava tranquilamente pela calçada com seus fones e os livros escolares, ela era uma garota bem centrada nos estudos então era sempre bem comum vê-la com livros. —Opa! -Um garoto derrubou seus livros no chão. —Foi mal! -Da de ombros e sai. Demi suspira e se aguacha para pegar os livros, vem outro garoto e os chuta para longe. Demi se levanta frustrada, se aproxima dos livros e abaixa para pega-los, outro garoto surge e a empurra fazendo-a cair de bunda no chão!
Isso foi o suficiente para Joe perder a paciência! Dando passos largos ele aproximou-se e segurou firmente um dos garotos pela gola da blusa. —Acha educado fazer isso com as pessoas seu moleque?! - O garoto nega. —Então por que fez?

—Foi mal cara! -O garoto choraminga.
—As desculpas são pra moça e não para mim!
—Foi mal moça. -O garoto choraminga enquanto os outros dois estão quietos e assustados.
—Esta tudo bem. -Demi balança a cabeça.
—Peguem os livros dela pivetes! -Larga o garoto que reúne rapidamente os livros de Demi e os entrega. —Se eu pegar um de vocês mexendo com ela, a coisa vai esquentar! -Os garotos se afastam correndo. —Você esta bem?

—Estou e... Obrigado por isso. -Sorri. —Foi muito gentil da sua parte, como posso retribuir? -Joe sorri com malicia mais logo balança sua cabeça.
—Não será necessário, eu estou bem.
—Quem sabe uma xícara de chocolate quente? Moro no condomínio logo em frente. -Aponta.
—Eu também moro lá. -Joe murmura.
—Jura? -Mostra-se entusiasmada. —Eu insisto.
—Tudo bem, uma xícara. -Demi coloca seu braço em volta do dele e assim caminham em direção ao condomínio.

(...)


Dianna, a mãe de Demi estava com os cabelos ruivos presos e sustentava um sorriso bem carismático estampado nos lábios. Ela não escondeu a felicidade ao ver Demi entrar pela porta com um garoto lindo como Joe. Os pensamentos dela sobre Demi e ele eram constantes!
Joe tinha vontade de rir.
Assim que Demi saiu para atender a um telefonema de seu pai, Dianna se aproximou dele. —E então garotão... Quais suas intenções com a minha filha?

—Eu acabei de conhece-la.
—Você é bom. -Riu.
—Somos apenas colegas de sala. -Da de ombros.
—Demi nunca trouxe amigos em casa, você é o primeiro.
—Que seja! -Da de ombros. —Por que ela nunca trouxe ninguém?
—Longa história. -Os pensamentos dela agora estavam em torno de Taylor Lautner.
—Quem é Taylor? -Joe murmurou.
—O ex-namorado de Demi.
—Achei que ela não era de namorar.
—Para alguém que acaba de conhecer minha filha, você esta querendo saber demais rapaz!

**
Oh, oh, oh
Sweet child o' Mine ♪
Hello guys!
Estou completamente e totalmente viciada naquela musica C:
Vocês estão bem?
Eu estou ótima e tão eufórica por que eu estou planejando em fazer uma segunda prévia de Heart By Heart em vídeo! Entendam bem, será uma segunda prévia dessa mesma fic, infelizmente até o momento eu não tenho confirmado uma segunda temporada :C
Respostas aqui e aqui :3
Já viram a repaginada na página de fics? 
Vejam aqui *-*
#Bye

23/09/2013

Capítulo 1


Sentada no fundo da sala estava Demetria. Com os fones de ouvido e com a cabeça encostada na parede ela tentava em vão fazer suas contas de matemática. O fato dela odiar matemática parecia não ajudar muito, mais mesmo assim ela respondia algumas questões e copiaava outras, Sr. Swift parecia não se intimidar com as reclamações dos alunos e só enchia cada vez mais o quadro negro de lições.
—Apagarei a lousa daqui cinco minutos. -Anunciou.
Mais algumas reclamações e a diretora bateu na porta da sala.

—Oh, diretora entre por favor. -A mulher de longos cabelos ruivos agradeceu com um aceno de cabeça, adentrando na sala ela foi seguida por um garoto de cabelos negros e olhos acinzentados. Demi retirou os fones de ouvido e piscando levemente ela observou o garoto, alguns segundos depois Demi mordeu o lábio e desviou. Minha nossa, ele é lindo! -Ela piscou mais uma vez e voltou a observa-lo, segundos depois seus olhares se cruzaram e assim eles ficaram se encarrando.
—Bom dia classe.
—Bom dia Diretora. -Dizem juntos.

—Este é Joseph Jonas, o novo aluno de nossa instituição. -Ele desviou os olhos de Demi para observar os outros. —Espero que o acolham bem. -Diz séria. —Joseph você pode se sentar ao lado de Demi, a garota ali no fundo. -Joseph sorriu gentilmente para ela e olhou para Demi. —Boa aula querido.
—Obrigado. -Assim que Joe seguiu para seu lugar o cheiro doce de sangue invadiu suas narinas e sua garganta queimou como fogo! Seu corpo todo tremeu por um breve momento e ele obriga-se a sentar.
Respire fundo e controle-se. -Ele fechou os olhos e inclinando sua cabeça e  iniciou uma contagem. Um, dois, três... Não respira! Quatro, cinco...

—Seja bem vindo Joe. -Ele abriu os olhos e em seguida virou-se para encarrar a garota. —Eu sou Demi. -Estendeu sua mão.
—Oh, oi. -Pegou na mão da garota, ela tinha mãos macias e um cheiro muito tentador. Ele respirou fundo e obrigou-se a largar a mão dela. —Valeu, é um prazer conhece-la.-Ele forçou um sorriso e virou-se para frente.

—O prazer foi todo meu Joseph. -Piscou para ele e colocou novamente os fones.
Assim que o sinal bateu anunciando o intervalo Demetria e Joseph levantaram ao mesmo tempo se esbarrando. —Foi mal. -Dizem juntos, assim que Demi pensou em abrir a boca para puxar assunto Joe pegou seu livro sobre a mesa e saiu lhe arrancando um suspiro.

Tem algum "bug" no layout e não dá para escrever nota final :(

22/09/2013

Prólogo


Sentado ao alto de uma arvore no meio de mais uma noite congelante estava Joseph. 
Os olhos vermelhos e a respiração profunda transparecia sua necessidade por sangue humano! 
Ele não se alimentava a algumas semanas desde que partiu do Arizona, lugar onde fez varias vitimas três mulheres para ser mais exata. As mulheres em sua opinião tinham um gosto mais doce, um sangue "precioso" como ele costuma dizer. Joseph escolhia a dedo suas vítimas, era um vampiro diferente de todos quando se tratava de escolher o "alimento". Ele gostava de se divertir, aproveitar sua eterna juventude! Mais neste momento era diferente ele não tinha tempo para escolher, tinha de se alimentar o mais rápido possível! Assim que avistou uma garota próxima a árvore, ele olhou em volta certificando de que estavam sozinhos e então a atacou com uma unica mordida no pescoço, a garota gemeu se debatendo, segundos depois só havia um corpo debaixo da árvore e a alguns metros um lindo rapaz de olhos acinzentados completamente satisfeito.

Pode estender o tapete vermelho e ligar os holofotes por que eu cheguei!
kkkkkkkkkkkkkk'
Oi, tudo bem?
Eu estou ótima *u*
Eu nunca gostei tanto de um prólogo como gostei desse!
E vocês gostaram?
Me digam ai e enfim...
Juro que não vai ser assim
Mais talvez... assim
kkkkkk' ~brink's~
Respostas aqui :3
#Bye

21/09/2013

Personagens


Joseph Adam Jonas
18 Anos
Vampiro


Demetria Devonne Lovato
17 anos
Até o momento... Humana


Nicholas Berz
18 Anos
Vampiro


Taylor Lautner
20 Anos
Vampiro


Alice Jonas
15 Anos
Vampira

Demais Personagens:

Dianna De La Garza
Eddie De La Garza
Paul Jonas
Denise Jonas
Kevin Jonas
Eu e minha tara por peitorais *u*
Oi, tudo bem?
Eu estou ótima depois dessa sessão de fotos kkk'
Eu sei que saiu "sem sal" mais eu não tenho paciência para por fotos e descrever os personagens, não agora! Me perdoem? Eu prometo que o prólogo vai sair um "escândalo".
Respostas aqui, aqui e aqui :3
Agora eu vou organizar as páginas do blog C:
Beijos'




19/09/2013

Epílogo


Demi abriu os olhos e encarrou os de Joe que a observavam atentamente. 
Ele tinha um sorriso indecifrável em seu rosto, Demi piscou e corou levemente. 
—Bom dia querida. -Lhe deu um beijinho de esquimó.
—Hm... Bom dia querido. -Acariciou seu peito. —Dormiu bem?
—Melhor impossível. -Sorriu novamente. —É bom ter o bagulho molenga novamente.
—Digo o mesmo da minha bunda siliconada. -Ela riu.
—Vamos esquecer isso ok? -Demi concordou. —Mais a bunda é minha! Aqueles "outros" que fiquem babando na minha mulher gostosona. -Demi riu e Joe a beijou.
—Joe eu... Estou com bafo. -Diz entre o beijo.
—Eu também. -Virou-se por cima dela. —Que mal tem? -Riu.
—Eu preciso te contar uma coisa. -Joe sentou-se na cama e Demi fez o mesmo. —Ele vendeu a empresa.
—Canalha!
—Eu me demiti. -Joe arregalou levemente os olhos. —Eu sinto muito, mesmo Joe. Foi por impulso, mais... Nos podemos resolver isso! Quem sabe e... -Joe colocou o dedo indicador sob seus lábios.
—Eu não estou zangado! Pelo contrario, eu faria o mesmo. -Demi suspirou aliviada. —Você sabe o que é melhor pra mim.
—Own. -Demi fez biquinho e sorriu em seguida.
—E mesmo se eu não fizesse não ficaria bravo. -Acariciou sua bochecha. —Eu te amo mulher. -Ela riu. —Amo muito. -Sorriu.
—Eu também te amo homem. -Riu.
—Ei! Nada de combinar as falas. -Eles riem. —Não mesmo. -Dizem juntos. —Eu hein! -Riem.
Sem muito tempo apenas para dizer que...
Não foi o melhor epílogo do mundo :C
Mais eu ainda vou investir na comédia ok?
Me aparem que depois de Heart By Heart tem...
Jura que vocês acharam que eu ia dizer? MUAHHHH!
Repassei o selinho aqui
Respostas aqui

Divulgação:

#Bye

Selinho \O/



Regras:

Repassar o selo para 6 blogs;
Responder as perguntas abaixo.

01. Qual a história da sua URL?

Não era para ser "fanficss-jemi" e sim "paradisefics"
O que pega é que na época eu nem pensava em dar um nome pro blog :C

02. O que mais gosta de fazer nas horas vagas?

Ler, escrever e ouvir musica

03. Animal preferido?

Cachorro, eu tenho uma e cadela 

04. Cite algumas músicas que goste.
  • Here Comes The Sun- Beatles 
  • Hey Jude- Beatles
  • Two Pieces- Demi Lovato
  • Made In The U.S.A- Demi Lovato
  • Lockead Out Of Heaven- Bruno Mars 
  • Atlas- Coldplay
  • Paradise- Coldplay
  • When Look At You- Miley Cyrus
  • Wrecking Ball- Miley Cyrus
  • When You Look Me In The Eyes- Jonas
  • Fly With Me- Jonas
  • Só Os Loucos Sabem- Charlie Brown Junior 
  • Pontes Indestrutíveis- Charlie Brown Junior
  • Epitáfio- Titãs

05. Comida preferida?

Lasanha *u*

06. Cite algumas esquisitices suas (todo mundo tem, né u_u)
  • Eu canto no chuveiro
  • Imagino meu futuro o tempo todo
  • Faço imitações e piadas o tempo todo
  • Imito as caretas da Miley
  • Digo que vou cortar o cabelo, mais tenho dó
  • Não pinto a unha por preguiça
  • Não uso maquiagem, mais adoro
  • Invento meu inglês nas musicas, ou seja, canto tudo errado
  • Ouço Adele e não acho nem um pouco depressivo

Repassando para:


18/09/2013

Sinopse: Heart By Heart + Leiam As Notas No Fim



Joseph Jonas é um adolescente de 18 anos se mudou para Vancouver, uma cidade fria e muito chuvosa do Canadá. É raro ter dias de sol, e é por isso que este se torna o lugar perfeito para alguém como ele. Ao chegar na escola ele desperta a curiosidade de muitos, em especial a de Demetria Lovato, uma garota muito conservadora. Apesar de evitar ao máximo contato, Joseph acaba sendo atraído por Demi. O que ela não imagina é que Joe é um vampiro. O plano dele não é se apaixonar, e sim torná-la uma vítima!
Ele só não contava com os inúmeros acontecimentos estranhos que rondam o passado da garota, e assim ele inicia junto com ela uma busca por respostas afinal... Talvez eles não sejam assim tão... Diferentes!

17/09/2013

Capitulo 13

Original de: E.L James
Readaptação: Chloe 
—Quero você.— Joe murmurou.
—Estou aqui para você. Só para você, Joseph. -Joe gemeu e beijou Demi mais uma vez, apaixonadamente, com um fervor e um desespero que ela nunca havia sentido antes nele. Agarrando a bainha de sua camiseta, Demi a puxou e ele a  ajudou a tirá-la, passando-a por sua cabeça. Ajoelhando-se entre suas pernas, ele se apressou em me parar e termina de tirar a camiseta. Seus olhos estavam sérios tão cheios de amor finalmente expostos. Ele cruzou as mãos em volta do rosto de Demi e beija-a a afundando na cama, sua coxa entre as dela, deitando-se parcialmente em cima. A ereção de Demi já era mais do que visível. *u*
Céus o que é isso?-Demi pensou.

16/09/2013

Esta uma merda, mais amanhã eu termino de arrumar :C

Capitulo 12


Demi chegou ao estúdio onde estava sendo gravado o programa e logo localizou Joseph sentado observando as garotas. Ela caminhou apressadamente até ele e se sentou ao seu lado. —O que tá pegando?
—Nada, em casa a gente conversa.
—Demi!
—Joe!
—Vamos parar por aqui? -Dizem juntos. —Droga!
—Vamos assistir ok?
—Quero só ver o que você aprontou.

15/09/2013

Capitulo 11


Beatrice se despediu dos pais e saiu para a escola acompanhada de uma amiga. Demi havia decidido que a melhor maneira de fazer a campanha dar certo seria se ela e Joe trabalhassem juntos, assim não haveria discordância de ambas as partes.
—E então? -Joe bateu o lápis contra o papel. —Quais suas sugestões?
—Nada de vulgaridade!
—Quem presta a atenção em lingerie?

14/09/2013

Prévia de "Heart By Heart"


Oi, tudo bem?
Estou explodindo glitter!
kkkkkkkkkkk'
Eu consegui fazer a prévia de Heart By Heart.
Gostaram do nome?
Eu amei e estou amando tudo até agora.
É minha primeira fanfic sobre vampiros então me deem um desconto ok?
Abaixo a prévia C:
Modesta parte... Foi a melhor que eu já fiz.

13/09/2013

Capitulo 10


Ashley entrou no escritório e fechou a porta sorrindo. —Você parece estar tenso Joe, esta com algum problema?
—Na verdade sim.
—É a Demi outra vez?
—O que tem a Demi?
—Você me contou que estavam passando por uma crise. -Por que diabos Joe desabafava com sua... Secretária? —Fiquei com pena de você naquela noite, você bebeu muito e acho que esse é o motivo pelo qual não se lembra.

12/09/2013

Capitulo 9


Joe ocupou o corpo de Demi com uma camisa larga e samba canção. Ele ainda refletia sobre sua festa de aniversário. —Eu não acredito que ninguém suspeitou. -Confessou rindo. —Parece que representamos muito bem o papel um do outro. -Ele ergueu a cabeça e encarrou Demi vestida com seu pijama favorito cor azul, ela segurava em mãos uma linda camisola preta.

11/09/2013

Capitulo 8

Ele nem gosta né? :@
No andar debaixo a empregada já andava de um lado pro outro arrumando os últimos detalhes antes da chegada dos convidados. Demi sentia-se triste por estar ganhando créditos em cima disso tudo enquanto Joe estava pensativo sentado no sofá da sala com as pernas... Que por incrível que pareça cruzadas.
A campainha tocou e Demi se dirigiu-se até a porta, assim que abriu se deparou com a figura de sua mãe.
Mais que diabos ela faz aqui? Ela odeia o Joe.

10/09/2013

Aquele momento...


Então kkk'
Olha quem entrou escondido C:
Sabe aquele momento em que você esta na aula e não tem NADA para fazer?
Eu estava no tédio e então como de costume resolvi ler os comentários, só que dessa vez eu peguei o celular de um amigo kkkk ~le pobre~ então... 
Adivinhem:

Capitulo 7 + 120 seguidores


Deitados, ambos encarraram o teto.
—Eu vou fazer uma novena para Nossa Senhora da Misericórdia. -Joe quebrou o silêncio. Demi riu.
—Eu mal aguentei um dia nesse corpo! Imagine nove. -Suspirou.
—Me perdoa, não foi intencional. - Acariciou seu rosto.
—Tudo bem.
—Isso é bizarro. -Ri.
—Falando em bizarro, amanhã você faz aniversário. -Sorri.

09/09/2013

Capitulo 6 + #1 Fato Sobre Mim

Não resisti a sedução dele kkk'
Chegando em casa Joe retirou os saltos e suspirou. —Algum problema? -Demi perguntou.
—Essa calcinha esta me matando! -Demi ri.
—Agora você sabe o que minha bunda siliconada passa. -Da um leve tapa em seu ombro.
—Acho que já aprendi a lição.
—Ótimo, pois eu também. -Sobe o primeiro degrau. —Se Deus quiser amanhã acordaremos destrocados.

08/09/2013

Capitulo 5


Saindo do restaurante Demi lembrou-se de uma amiga que havia se formado em medicina e pensou que ela talvez pudesse ajuda-los.  —Você me disse que ninguém mais saberia disso. -Breca o carro. —Ninguém! E agora quer novamente envolver mais um maluco nessa roubada?
—Ela não é maluca, ela é minha amiga. Nos rachamos um A.P em Londres se lembra? Miley é a unica amiga dos velhos tempos em quem eu confio. -Piscou. —Precisamos destrocar Joseph!
—Tá bom! Coloca as coordenadas no GPS. -Batuca impaciente ao volante.

07/09/2013

Capitulo 3 e 4


O psiquiatra, Simon ouviu a cada um deles e não conseguiu notar quaisquer que fossem as diferenças de ambos terem trocado de corpo. Joe saiu do local completamente transtornado, Demi o seguiu até o estacionamento.
—Joe!
—Para que diabos você precisa de um psiquiatra?!
—Às vezes acho que estou ficando louca! –Confessou com a voz tremula.
—Não faz assim. –Joe balançou a cabeça.
—Não fazer o que? –Secou algumas lágrimas.
—Não chora. –Se aproximou com dificuldade e lhe da um abraço. —Não foi minha intenção, você não é louca.

05/09/2013

Capitulo 2


Demi ocupou o corpo másculo de Joe com um terno preto bem alinhado e gravata vermelha. Ela parecia estar se virando bem, mais Joe nem tanto.
—Pra que tanto sapato se só tem dois pés?
—Pão duro! –Demi colocou as mãos na cintura e empinou o nariz.
—Nada de postura gay! –Demi revirou os olhos. —Eu não sei escolher roupa de mulher! Vê se me ajuda a escolher uma roupa aqui, Clodovil.

04/09/2013

Capitulo 1


Assim que se deitaram uma forte tensão se instalou ali como nunca, jamais antes, eles rapidamente adormeceram como se nada houvesse ocorrido, e então o impossível aconteceu.

(...)

Como toda mulher que se preze Demi levantou cedo, pelo menos foi o que ela pensou. Esticou-se como de costume e caminhou até o quarto de Beatrice, a garota dormia tranquilamente com os fones de ouvido e agarrada a um urso que ganhara de Dianna quando criança.
—Filha. –Demi a chacoalhou levemente e por ultimo tirou os fones da garota soprando seu ouvido. Beatrice se contorceu e por fim abriu os olhos, Demi lhe deu um beijo na testa e sorrindo se retirou quarto.
—Pai? –A garota franziu o cenho.

03/09/2013

Prólogo


Demetria cruzou os braços e sentiu os olhos arderem.
Ela odiava o jeito com que Joe bebia e virava um completo desconhecido, ou, até mesmo uma versão pior do que costumava ser.
—Vai ficar com essa cara emburrada para mim até quando? –Ela o ignorou. Joe então acariciou sua perna e Demi o repreendeu com um tapa.
—Apenas para isso que eu sirvo não é?! Eu não tenho valor pra você, a não ser que eu esteja com as pernas abertas na sua cama!-Ela abriu a porta descendo furiosa, o reflexo disso foi o estrondo da porta que se ecoou pela garagem.
—Porra Demetria! Volte aqui! –Ele a seguiu.

01/09/2013

Short Fic: Se eu fosse você



Joseph e Demetria são um casal rotineiro, e deverás isso, possuem algumas discussões
Ele, publicitário bem sucedido e ela professora de música.
Após discutirem e começarem estranhamente a falar as mesmas palavras juntos, e na mesma hora, quando despertam no dia seguinte após adormecerem logo após tais eventos ocorridos, percebem-se que estão em corpos trocados
Demi está no corpo de Joe e vice-versa.
Tendo que enfrentar tal acontecimento inusitado e até então inédito para ambos, juntos terão que assumir a vida um do outro, e aprenderão a ver o ponto de vista de cada qual sob um novo ângulo, que até então fora superficialmente sentidos por eles, e que agora, são intensamente vividos.