Eu nunca pensei que esse dia fosse chegar, mas ele chegou e sinto que preciso fazer isso. Não foi uma decisão fácil, fiquei tentando adiar o máximo possível, mas infelizmente não consegui. Começo pedindo desculpas por fazer isso sem aviso prévio, não era minha intenção, mas simplesmente não consigo! O bloqueio não vai embora e não é um bloqueio qualquer, estou passando por alguns problemas e estou em conflito comigo mesma. Sou uma garota de 19 anos e não faço ideia do que fazer da minha vida, nada acontece e por mais que eu tente, sempre acaba do mesmo jeito. No meio disso tudo surgem as cobranças das pessoas e por mais que elas tentem disfarçar, estão dizendo: "Garota, faça alguma coisa da sua vida!" Eu também me cobro, estou cansada de sentir como se estivesse fadada ao fracasso. Cansada de pensar na minha vida e sentir que tudo é uma grande conspiração para que eu quebre minha cara de novo e de novo. Cansada de decepcionar as pessoas! Eu não posso e nem quero decepcionar ninguém, por isso estou me afastando. Não quero que pensem que não me importo, eu me importo, mas não estou conseguindo escrever e eu amo fazer isso, amo mais do que qualquer outra coisa no mundo! Não quero fazer nada de qualquer jeito, nada menos do que perfeito, vocês merecem algo realmente bom. Quero que saibam que não é um hiatus permanente, vou tirar esse tempinho para estudar e correr atrás de algo para o futuro. Voltarei assim que for capaz de escrever algo novamente, quando sentir que esse fardo está menos pesado e... Acho que é isso, me desejem sorte! Amo muito vocês e arrisco dizer que já sinto saudade. Com amor, Jéssie.

31/03/2013

Capitulo 63- O Casamento + Divulgação




[Alguns Dias Depois]

[Autora]

Demi estava em frente ao espelho rodeada por Mandy, Selena e Dianna que mexiam dali e ajeitavam dali pois queriam que ela estivesse perfeita. Com tudo isso ao invés de ajudar só deixava nossa querida noiva mais nervosa do que já estava. Lá em baixo Eddie andava de um lado para o outro perto das escadas, estalando os dedos, ajeitando a gravata... Mais nada o fazia se acalmar. No topo da escada Dianna riu enquanto descia as escadas vestindo um lindo vestido longo.

-Já deve ter feito um buraco no chão de tanto que você anda de lá para cá! –Ele riu para tentar descontrair. –Estou falando sério! Para com isso. – Ela permaneceu séria. –Já não basta Demi estar lá roendo as unhas.
-Tá bom, eu prometo me controlar ok? Mais não é todo dia que se casa uma filha!

-Vai dar tudo certo. –Apertou a mão dele. –Agora sobe lá em cima, ela quer falar com você.
-Sobre?
-Ela não me disse. –Mordeu o lábio. –Seja ao que for o assunto é com você. –Arrumou a gravata dele que combinava com o vestido azul agua que ela vestia e sorriu. Ele lhe roubou em beijo e ela o estapeou o apresando. Ele subiu resmungando e rindo.

[Demi]

Minhas mãos soavam e tremiam. Minha tia não parava de dizer que casamento é algo muito sério e que eu era jovem. Ela estava me deixando ainda mais nervosa á cada 5 minutos arrumando meu véu e falando besteiras. Quando pedi que minha mãe chamasse meu pai era também para que ela e Selena saíssem.

-Posso ter um particular com a noiva?-Sorriu radiante. –Meu Deus! Demi minha filha você está maravilhosa. –Eu sorri com os olhos cheios de lagrimas.
-A não Eddie! Vai borrar a maquiagem da menina. –Eu ri.
-Que se dane a maquiagem! –Disse e ele riu histericamente.
-É a primeira mulher que ouço falar tais palavras! –Mandy e Selena fizeram careta ao saírem. Entenderam o recado, Ótimo! Ele suspirou. –Sua mãe disse que queria falar comigo.

-Eu estou nervosa. –Ele sorriu.
-É a lei da vida. Toda pessoa que esta prestes a se casar fica nervosa isso é normal!
-Eu tenho 17 anos e vou me casar. Isso é... Normal?

-Você tem 18 meu amor, é seu aniversario se esqueceu? –Arqueou uma sobrancelha. –Você cresceu rápido. –Acariciou minha bochecha com o polegar. –Ainda me lembro da garotinha de 5 anos que vivia agarrada a minha perna pedindo para eu lhe ensinasse a lutar com a espada. –Pai não me faça chorar. – Ou a garotinha que certa vez me disse “Papai você é o único homem da minha vida. E é por isso que vou me casar com você.” –Eu ri e uma lagrima escorreu pelo meu rosto. –Só tenho 1 concelho pra você. –O olhei nos olhos e preparei bem meus ouvidos. – Imagine uma nova historia para sua vida e acredite nela, eu sei que Joe lhe fara muito feliz. –Eu assenti concordando. –E sabe por que sei? –Secou minha lagrima e eu neguei. –Por que sei muito bem usar uma espada. –Beijou minha testa enquanto eu ria.

-Pai. –Repreendi.
-Eu sei caçar alguém até o fim do mundo. É bom que ele cuide da minha garotinha! –Sorri novamente.
-Podemos ir? –Minha mãe colocou a cabeça para dentro do quarto.
-Podemos. –Assenti.

[Joe]

1 hora de atraso. Meus dedos já estavam doendo de tanto estalar, estavam andando de um lado para o outro enquanto as pessoas ocupavam quase que todos os bancos, os parlamentares ficavam cochichando e respirava profundamente antes que minha raiva fosse maior e eu voasse para decapitar um ali mesmo. Se acalme Joseph!

-Joseph pare! –Meu pai repreendeu. –Já estou ficando tonto. –Limpou os óculos. –Se acalma, noivas  sempre se atrasam filho, é a lei da vida!
-Joseph querido, eu me atrasei 2 horas, vai por mim ela vai chegar a qualquer momento.  –Minha mãe sorriu amigavel. Prendi a respiração por alguns minutos quando vi Dianna entrar pelo corredor do meio com um enorme sorriso no rosto vindo em minha direção e me cumprimentando.
-Ela pediu para ver se você estava aqui. –Sorriu.
-Estou aqui a 1 hora. –Meu pai pisou no meu pé. –E poderia esperar mais 1 hora se precisasse.
-Não dê ideia. –Meu pai riu e Dianna lhe deu um tapa no braço. –Outch! –Minha mãe fez foi rir.

-Vou avisar aos músicos que iniciem a cerimonia, acho bom que se coloquem em seus lugares. –Vocês dois tratem de ir lá para trás. –Ela disse aos meus pais e eles logo se levantaram sorridentes e faltaram dar pulinhos de alegria.
Minutos depois quando a marca nupcial começou a tocar, meu coração começou a bater num ritmo dobrado e quando ela surgiu no corredor não podia imaginar outro lugar que quisesse estar a não ser...  Aqui!

[Demi]

Eu apertava o braço do meu pai com tanta força que de vez ou outra ele mordia o lábio, conseguia ver de canto de olho. Mais a cada passo que dava sentia minhas pernas fracas e bambas eu sentia que ia desabar.
-Pai não me deixe cair. –Ele suspirou e respondeu “Nunca meu amor” no tom mais baixo apenas para que eu pudesse ouvir. Mais alguns passos e Joe já estava ali a minha frente pronto para segurar minha mão. Taylor ao lado da minha mãe estava com um sorriso radiante nos lábios com Selena que parecia que iria explodir pétalas de rosas. Meu pai apertou a mão de Joe e disse “Cuide bem da minha garota”. Ele me olhou sorrindo e respondeu “Pode deixar... 007”. Eu não entendi bem e ultima parte mais ignorei entregando o buque para mamãe e me “despedi”  de meu pai com um abraço. “Amo Você” –Sussurrei. “Também Amo você”. Entregou minha mão para Joe e se pois em seu lugar.

-Você esta maravilhosa. –Joe Murmurou sorridente.
-Poderia dizer o mesmo, mais você está Sexy de preto. –Murmurei super baixo mais tive a certeza de que ele ouviu por que ele riu baixo enquanto me guiava até o altar.

[Autora]

Até agora a cerimonia ia ás mil maravilhas. Linda e emocionante como em qualquer casamento real a não ser pelos votos que deixaria o momento ainda mais especial e romântico.
-Primeiro as damas. –Joe brincou rindo na frase e Demi observou que os convidados se entreolharam e acharam aquilo bem engraçado e diferente das outras cerimonias.

- Eu me comprometo a ajudá-lo a amar a vida, a sempre abraçá-lo com ternura e amor, prometo ter a paciência que o amor exige. Para falar quando palavras forem necessárias, e compartilhar o silêncio quando não forem. Ser sempre sua luz no fim do túnel. –Joe sorriu. – E  viver no calor do seu coração, e sempre chamar de lar. –Demi finalizou empurrando a aliança no dedo de Joe, ele tremia.

- Eu me comprometo a amá-la seriamente, em todas suas formas possiveis. Agora e para sempre. Prometo que nunca vou esquecer que esse é um amor eterno para toda a vida. E sempre sabendo na parte mais profunda da minha alma, que não importa que desafios venham a nos separar, sempre encontraremos um caminho de volta para o outro como sempre achamos. –Ele olhou no fundo de seus olhos e disse. –Amo você. –Empurrou a aliança em seu dedo.

- Você me aceitou pelo que eu era e não pelo que o outros queriam que fosse! Eu também te amo! –Uma lacrima de felicidade escorreu pela bochecha de Demi e Joe tratou de limpa-la rapidamente.
 


-Eu vós declaro marido e mulher, já pode beijar a noiva. –O padre deu um leve tapa no ombro de Joe o encorajando. Eles sorriram antes de se beijaram. O beijo foi acompanhado por longos aplausos que fez com que Demi corra-se levemente enquanto eles agora saiam da igreja. A mulherada foi toda logo atrás da noiva para ver quem pegava o tão esperado buque de lírios com pedrinhas brilhantes que Demi tinha em mãos.

~Continua 

*------------------*

Como vcs puderam ver esta quase chegando ao fim, não sei quantos capitulos ainda tem pela frente mais vai acabar bem... LINDA & CUTE... Vcs vaão chorar de emoção prometo HAHAHA.
Fequei feliz com o povo dizendo q o layout ta bonito, perfeito e tals... kkkkk Mais se vcs dizem não posso discordar! ~suspiro~

Respostas dos Comentarios

Estou planejando uma fic uma Fanfic grande mais muito emocionante e estou transbordando ideias... Então vou escrever >.<

Obs: Deem uma olhada nos looks que eu coloquei nos nomes ok? Vai dar um toque mais real!

 ~Divulgação

http://minifanficsjemi.blogspot.com.br/
http://tudoqueeumaisqueroevoce.blogspot.com.br/
http://thevampirediariesjemi.blogspot.com.br/
http://amorquematajemi.blogspot.com.br/
http://jemiforever-gaabsmusso.blogspot.com.br/


#FuiAmoresDaMinhaVidaBeijosGlitterizados*





30/03/2013

Capitulo 62- Juntos Nessa! + Desculpas




Depois de uma longa conversa com Selena que durou quase a tarde toda depois do almoço, fui caminhar sozinha no jardim para ver se aliviava um pouco a tensão de ter uma pessoa indesejada em minha casa. Enquanto caminhava ouvi uma pessoa espirar “ATIM”, ignorei e continuei andando “ATIM”, dessa vez soou mais alto! Como a curiosa que não sou fui caminhando mais entre as arvores e os espirros continuavam cada vez mais altos. 
Quando avistei Taylor sentada num banco de costas para mim dei um passo para atrás e pensei em voltar mais algo mais forte do que eu fez com que eu permanecesse ali.

-Agora você pode me ouvir? –Se virou me encarrando com seu nariz um pouco vermelho. Apenas assenti, afinal não poderia fugir dela minha vida inteira. –Eu sinto muito por. –Interrompi.
-Não você não sente. –As lagrimas que Joe foi capaz de segurar inundaram meu rosto de uma só vez. –NUNCA SENTIU SABE POR QUE!? POR QUE VOCÊ ESTAVA OCUPADA DEMAIS TENTANDO TIRAR TUDO O QUE ERA MAIS IMPORTANTE MIM, SEMPRE FOI ASSIM! AGORA, ESCUTA AQUI GAROTA... VOCÊ NÃO SENTE E NUNCA VAI SER CAPAZ DE SENTIR A DOR QUE EU SENTI QUANDO PERDI MEU BEBÊ! SABE POR QUE? POR QUE VOCÊ NUNCA PERDEU NADA NA VIDA POR ISSO.

-CHEGA! –Ela gritou chorando e me fez engolir o que ainda pretendia gritar em seco. –Você não tem o direito de me humilhar assim! Você não me conhece... Mais claro que não me conhece. Eu descobri da maneira mais dolorosa possível que não tenho mais ninguém... Sabe como? A BEIRA DE UM PRESIPICIO PRONTA PARA DESPENCAR PARA A MORTE CERTA. –Gritou. –Ele matou a minha mãe.

-Como? –Esse “Como” soou como o de uma pessoa que realmente se importava, eu não estava me reconhecendo naquele momento.
-Ele matou minha mãe quando eu era apenas um bebê, ele disse que não se importaria em fazer o mesmo comigo. –Soluçou. –Aliás, eu não queria te matar. Eu só... Queria te dar um susto o suficiente para você escafeder mais... Eu juro por tudo que é mais sagrado. Eu nunca mataria você Demi! Nunca. –O ultimo “Nunca” que ela disse saiu num sussurro que eu por pouco não ouso. –Por favor me perdoa? – A essa altura eu não conseguia olhar em seus olhos por que me sentia muito... Muito fria por ter dito tantas coisas sem saber ao menos a dor dela. 

Eu apenas assenti de leve e no máximo eu esperava um sorriso, mais não um abraço apertado cheio de arrependimento. Depois de quase 1 hora inteira de muita conversa, entramos de volta e nem preciso dizer a reação de todos ao verem nos duas de braços dados como duas melhores amigas.

[De Noite] 

Algumas pessoas já haviam ido embora, agora estavam apenas os pais de Joe, Nick e Selena que foram se pegar em algum canto sem duvidas... E meus pais, todos lá em baixo. Eu disse que estava cansada e resolvi ir me deitar mais cedo, todos me desejaram bons sonhos e uma ótima noite. Percorri a sala com meus olhos e não encontrei Joe! Ótimo escafedeu-se por ai sem ao menos me desejar boa noite. Fiz careta e subi as escadas já bocejando e abri a porta do meu quarto, entrei normalmente fechei a porta e tirei meus sapatos.

-Achou que eu não te desejaria boa noite não é mesmo? –Me abraçou por trás.
-É eu achei devo admitir. –Soltei uma risada um pouco debochada e ele me apertou mais contra si.
-Eu não preciso te desejar uma boa noite. Eu sei que você terá uma ótima noite por que... Eu vou estar aqui com você. –Me virei o encarrando com uma sobrancelha arqueada.
-Você sabe que não podemos. Não é?

-Eu sei. –Fez bico. –Como sei. –Tirou uma mecha de cabelo teimosa da minha cara e colocou atrás da minha orelha. –Não seja mente poluída. –Ele riu. –Eu sei bem que agora temos de nos guardar. –Fez careta.
-É bom que saiba. –Eu ri e ele continuou a fazer careta. –Joe é apenas alguns dias!
-Não sei se consigo ficar alguns dias sem você. –Deixei um “Own” escapar depois de um enorme sorriso que abri para ele.

-É claro que consegui. –Lhe dei um selinho. –Estamos juntos nessa! –Sorri.

*--------------------*

Heyyyyy Sexy Lady! kkkkkk.
Meu irmão ta viciado em PSY e affz essa musica não sai da minha cabeça!
Enfim... 

MIL DESCULPAS. 

 Fechei o blog sem ao menos avisar, mais queria fazer surpresa e consegui hahaha! Eu fiz um LAYOUT e estou explodindo glitter por isso kkk! Se vcs rolarem até o fim verão q o gadget de Créditos ta cheio de nomes de bloggers kkkkk eu sempre ia no primeiro q aparecia e enfim... Levou 3 dias mais prometo não enrolar mais vcs! Eu ia até avisar e por "Em reformas" mais fiz o impossivel kkk para voltar hoje mesmo e trouxe um capitulo aqui espero que tenham gostado de verdade ja esta acabando -le emoção- é praticamente reta final.

Vou lá escrever os ultimos capitulos e volta amanhã com mais! Digam o que acharam do Layout!

#FuiEscreverLer&Face 



 

28/03/2013

Capitulo 61- Você me faz forte!





[Joe]

Agora estávamos todos no castelo e meu pai insistia em perguntar como Eddie havia decapitado Scott o que já estava ficando bem enjoativo, Demi por algum motivo logo após nossa cena romântica não disse uma palavra e na 1º oportunidade que teve se afastou se encostando num enorme pilar na sala. Eu peguei uma taça de vinho e me aproximei.
-Algum problema?

-Minha mãe. –Disse brevemente. –Conversa com aquela... Garota como se nada tivesse acontecido. –Balançou a cabeça. –É demais pra mim sabia? Eu quero essa garota fora da minha casa Joe, longe de mim ok?
-Bebi! –Lhe estendi a taça de vinho.

-Eu não tenho dezoito anos, você sabe! –Disse cabisbaixa.
-Beba. Você precisa, vai se sentir melhor. –Ela sorriu fraco pra mim antes de pegar a taça da minha mão. Deu um gole e no segundo esvaziou a taça completamente.
-Até que é bom. –Sorriu.
-Sério?

-Muito bom. –Ela voltou a olhar pro nada. –Sabe... Eu me pergunto se fiz alguma coisa de errado para merecer o que ela fez comigo. É impossível não lembrar, toda vez que eu olho de lado e vejo essa droga de cicatriz é... Como se eu ainda estivesse lá e tudo voltasse entende? –Assenti. –A dor é a mesma. –Eu segurei seu rosto entre minhas mãos e ela olhou para os próprios pés.
-Olha pra mim. –Disse beijando sua testa, ela levantou a cabeça e me olhou nos olhos. –Pequena. –Sorri. –Eu sei que é difícil pra você, mais vai por mim se culpar não vai nos levar a nada. Hoje é um dia muito especial para todos nós e principalmente pro seu pai. Acho que ele não vai gostar de ver você assim tristinha. –Fiz biquinho, e ela riu baixo. –O que aconteceu com a garota que dizia “O que vem de baixo não me atinge”? –Ela sorriu fraco e sussurrou.

-Ela esta aqui. –Uma lagrima escorreu por seu rosto. –Mais frágil, mais ainda de pé.
-Era isso que eu queria ouvir. –Sorri satisfeito.
-Você me faz forte. –Tocou meu rosto com suas mãos um pouco frias me fazendo arrepiar. Colei nossas testas e senti ela suspirar baixo fechando os olhos me permitindo beija-la por um longe tempo. Quando nos separamos eu sorri por um breve momento e olhou para o outro lado. Eddie olhava para mim, não demorou muito para ele vir em nossa direção.
-Então. –Começou dizendo. –Demi você viu sua mãe? –Ela negou. –Preciso dela, tenho algo importante a dizer. –Espremeu os lábios. –Se vocês a virem diga que quero falar com ela. –Saiu.

[Demi]

Quando ele disse que diria algo importante não imaginava que ele a pediria em casamento... Não mesmo! Ela estava ali parada de frente com ele com um sorriso bobo em seu rosto, olhou de canto para  mim e viu o quanto eu estava apreensiva pois apertava muito forte mesmo a mão de Joe que ele chegava a suspirar. “Sim”. Os dois ficaram abraçados por um longo tempo e falavam por sussurros enquanto todo mundo comemorava e gritava “ Se beijem de uma vez”! Mais antes que pudesse fazer isso...

-PARA TUDO! –Todos voltamos a atenção para minha Tia Mandy. –Como assim você pede minha irmã em casamento e nem me espera para... Poxa! –Fez drama. –Eu aqui toda preocupada com minha querida irmã e você todo assanhado. –Todos riram, ela abraçou minha mãe de lado. –Agora que eu cheguei. –Sorriu. –Beija logo ele. –A empurrou para cima dele. Minha mãe arqueou uma sobrancelha. –Andem logo com isso! –Ela riu e veio aos pulinhos em minha direção. –Eu sabia que tinha muito dela em você! –Sorriu. –Só espero que não tenha puxado a safadeza dela. –Eu ri.
-Que isso tia... Deixa eles serem felizes! –Sorri observando os dois agora um pouco mais afastados sendo parabenizados por Paul e Denise. –Cadê a Selena?
-AAAAAAAAAAAAAAAAAAAH! –Ela veio correndo em minha direção. –Você é minha prima. –Disse abraçada a mim. –Ai meu Deus! Senti tanto sua alta Demi... Tanta!
-Eu também. –Sorri pro nada. –Senti muito sua falta.

~Continua

*------------------*

Sinto mto não ter postado ontem... Estou fazendo um layout q esta ficando mto lindo modestia parte kkkk eu acho pelo menos. Ainda falta mta coisa mais enfim... quando eu termina-lo coloco ele aki bonitinho e terminado ;) Vou dar uma previa do que vem por ai kkk!
kkkkkkkk! Curtiram??? Espero que sim! Me inspirei na minha 2º Diva Cher Lloyd [I'm Brat] E estou viciada em Want U Back! kkkk. 

Voltando ao assunto fic... Gente eu estou sem mta criatividade por q realmente acho q as pessoas estão enjuando dessa fic... Não sei por q mais é uma impressão q eu estou tendo. Então vou logo avisando q não pssa do capitulo 70 eu prometo!

Respostas dos Comentarios

#FuiFazerLayoutAoSomDeWantUbackKKKKK!