Eu nunca pensei que esse dia fosse chegar, mas ele chegou e sinto que preciso fazer isso. Não foi uma decisão fácil, fiquei tentando adiar o máximo possível, mas infelizmente não consegui. Começo pedindo desculpas por fazer isso sem aviso prévio, não era minha intenção, mas simplesmente não consigo! O bloqueio não vai embora e não é um bloqueio qualquer, estou passando por alguns problemas e estou em conflito comigo mesma. Sou uma garota de 19 anos e não faço ideia do que fazer da minha vida, nada acontece e por mais que eu tente, sempre acaba do mesmo jeito. No meio disso tudo surgem as cobranças das pessoas e por mais que elas tentem disfarçar, estão dizendo: "Garota, faça alguma coisa da sua vida!" Eu também me cobro, estou cansada de sentir como se estivesse fadada ao fracasso. Cansada de pensar na minha vida e sentir que tudo é uma grande conspiração para que eu quebre minha cara de novo e de novo. Cansada de decepcionar as pessoas! Eu não posso e nem quero decepcionar ninguém, por isso estou me afastando. Não quero que pensem que não me importo, eu me importo, mas não estou conseguindo escrever e eu amo fazer isso, amo mais do que qualquer outra coisa no mundo! Não quero fazer nada de qualquer jeito, nada menos do que perfeito, vocês merecem algo realmente bom. Quero que saibam que não é um hiatus permanente, vou tirar esse tempinho para estudar e correr atrás de algo para o futuro. Voltarei assim que for capaz de escrever algo novamente, quando sentir que esse fardo está menos pesado e... Acho que é isso, me desejem sorte! Amo muito vocês e arrisco dizer que já sinto saudade. Com amor, Jéssie.

28/08/2014

Capítulo 14

voltei kiridas! :3 erros propositais. 

Alguns Dias Depois

          No encontro de sábado, Joe chegou animado e interagiu com boa parte das pessoas da roda. Christina e Dulce ficaram surpresas com a mudança de comportamento e humor de Joseph, ele parecia estar feliz O que você acha que aconteceu?  Dulce comentou com a colega.
 Não sei ao certo, mas eu acho que alguém esta transando.  Elas riram e balançaram a cabeça. Depois que o intervalo para o "lanche" acabou, eles voltaram a se sentar em circulo para ouvir uma poesia feito por Joseph. Conforme ele falava Demi sentia dificuldade em respirar, seu coração batia tão rapidamente... aquilo era tudo muito louco! Ele falava sobre amor, confiança e perdão. Ela não se conteve e deixou algumas lágrimas escaparem. Quando eles deram as mãos para fazer a oração final, Demi apertou a mão de Joe tão forte que ele sentia a mão formigar!
 Você foi incrível.  Ela sorriu o abraçando, agora eles estavam sozinhos na sala.
 Eu fiz pensando em você, sabia?  Joe beijou sua testa.  Você me inspira, mulher.  Riu envergonhado e Demi o beijou rapidamente. Demi abriu a boca para dizer alguma coisa, mas foi interrompida por uma voz feminina que ecoou pela sala.

 Joseph?  Joe apertou Demi contra si e ela pode sentir toda tensão dele percorrer seu corpo também.
 É.... ela.  Sussurrou ele.
 Eu te procurei a tarde toda e seu irmão me disse que você estaria aqui.
 O que veio fazer aqui? E como meu irmão sabe que eu estou aqui?  Ele partiu o abraço e caminhou até Lauren com sua guia. Demi pensou em mandar aquela mulher pros quintos dos infernos, mas aquele confronto não era dela e sim dele. Ela só interviria se a coisa ficasse realmente feia.

 Eu vim conversar com você e bem, seus pais não cooperaram comigo e não tive opção a não ser ligar para Nick.
 Fala logo o que você quer!
 Calma, eu vim falar sobre nós.  Joe riu histericamente.
 Lauren, eu realmente não sei como te dizer isso, mas... NÃO EXISTE NÓS!
 Desde aquele dia em que você me ligou, eu não consigo parar de pensar em você. Joseph, você me disse algo tão lindo... coisa que nenhum outro homem fez pra mim antes.
 Não existe nós desde o momento em que você saiu daquele hospital e seguiu sua vida sem se importar comigo.

 Foi difícil pra mim!
 FOI DIFÍCIL PORRA NENHUMA! OLHA SÓ PRA MIM... OLHA!
 Eu estou olhando.
 Eu amava você, Lauren... amava tanto que minha vida foi uma droga depois que você se foi!
 Viu, amor...
 CALA BOCA, EU AINDA NÃO TERMINEI! E não me chame de amor, pois eu não pertenço a você.  Ela se calou e engoliu em seco.  Enfim, minha vida foi uma droga e sabe o motivo disso tudo? Eu achava que precisava de você, achava que sem você o meu mundo não teria cor! Mas, uma pessoa entrou na minha vida e fez tudo isso evaporar, o meu mundo tem cor quando estou com ela e apesar de não poder ve-la... eu posso sentir que ela gosta de mim pelo que eu sou, independentemente das minhas limitações.

 Mas, eu...
 Lauren, eu tenho certeza de que você vai arrumar um cara legal, mas esse cara não sou eu.  Algumas lágrimas rolaram pelo rosto de Lauren, ela se aproximou de Joe e segurou sua mão.
 O.k, mas eu posso te pedir uma coisa?
 Pode.
 Me perdoa? Eu sei que não vai ser fácil pra você, mas assim eu ficaria em paz.
 Eu perdoo você.  Joe beijou a mão dela.  Boa sorte.
 Obrigado.  Ela beijou a mão dele numa forma de despedida e caminhou até a porta. Chegando na mesma, ela se virou e olhou para Demi.  Cuide bem dele.  Saiu.

          Joseph ficou parado por alguns segundos, ele parecia refletir o que acabara de acontecer. Demi caminhou até ele e o abraçou por trás passando seus braços em torno dele.  Ei.  Ela beijou suas costas e encostou a cabeça na mesma.
 Desculpe-me, eu só estou pensando.  Joe balançou a cabeça.  Não consigo acreditar que enfrentei ela, isso foi muito bom!
 Você foi incrível e estou orgulhosa de você.
 Obrigado, estou me sentindo bem por ter enfrentado isso e... você me deu coragem.

 Não diz isso, assim eu me sinto...
 Você é especial.  Ele sorriu.  É a razão do meu viver!  Disse de forma engraçada e riu.
 Sua razão de viver quer saber se você esta com fome.
 O "seu amor" está cheio de fome.  Demi lhe deu um beijo rápido.
 O.k, vamos comer na padaria da Miley, ela vai adorar conhece-lo.


Padaria Bieber's 03h00 da tarde

          Miley acabara de servir alguns clientes que estavam no balcão quando viu Demi e Joseph. Apenas o sorriso da amiga entregou o jogo e ela sorriu animada para conhecer o cara.  Boa tarde, Miley.
 Boa tarde, Demi.  Elas se cumprimentaram.  Não vai me apresentar seu... amigo?
 Joseph esta é Miley, ela é madrinha da Sarah. Miley este é Joseph.
 É um prazer conhece-lo, Joseph.  Eles apertaram as mãos.
 O prazer é meu.
 Demi me falou muito de você.
 Coisas boas, espero.  Joe riu e Miley também.  Ah, ela comentou comigo sobre seus mistos deliciosos.
 Oh, sinto-me honrada pela ilustre presença de vocês aqui.  Sorriu.  E tudo por causa do meu misto.

 Esta tentando agradar quem?  Justin brincou.
 E ai, Demi?  Ela riu da atitude de Justin, ele era sempre assim meio "largado" com as palavras.
 Olá Justin.
 Quem é esse?
 Não leve em conta os maus modos do meu marido.  Miley comentou fazendo careta.  Justin esse é o Joe e ele veio comer nossos deliciosos mistos.

 Estou apenas brincando, saiba que é um prazer conhecer o novo namo...  Miley lhe deu um cutucão.  Amigo... o novo amigo de Demi.
 Igualmente.  Joe respondeu um pouco confuso.
 O.k, chega de papo.  Miley riu.  Sentem-se que eu vou servi-los.  Eles assentiram e caminharam até a mesa indicada por Miley. Ao se sentarem na mesa Demi percebeu que Joe estava pensativo e devido ao embaralhamento de Justin... ele devia estar chateado.

 Tudo bem?  Demi perguntou.
 Até quando vamos sustentar essa mentira, Demi?  Ela suspirou.  Já se passaram dias, eu sei que é difícil, mas é uma situação embaraçosa.
 Eu sei, desculpe-me.  Demi balançou a cabeça.  Prometo falar com meus pais essa semana.
 Sei que você gosta de mim e eu gosto muito, muito mesmo de você.  Joe estendeu a mão dele sobre a mesa e Demi segurou.  Mas, eu preciso saber de uma coisa.
 O que quiser.
 Você tem vergonha de mim?
 Claro que não, Joseph.  Ela tremeu. Céus, ele é tudo!  Pensou ela, nervosa.
 Pode me chamar de louca, mas... Eu te amo. -Uma lágrima escorreu pela bochecha dela.

**

eu estou aqui fazendo a minha dancinha ao som de don't
esse remix do ed lacrou todos os rabos possíveis e impossíveis da sociedade u.u então, voltando ao capítulo. esse aqui eu escrevi ontem de madrugada -.- acho q é por isso que eu estou com olheiras, mas não pude me conter e só para constar... TEM FUCK CONTINUAÇÃO! posso ouvir um aleluia? ah-la-la-la-la... don't fuck with my love! respostas só no próximo capítulo, preciso correr para finalizar meu trabalho. beijos e até o próximo.


ai gente, não sou galinha, mas estou chocado o.o

22/08/2014

Selinho, my god!

obrigado, lady lovato e mari. <3 


Regra (s)

Não poderá dar o selinho quem lhe deu 
( Imagina a pessoa ficar com 02 selos iguais? )
Não mude as perguntas.!
   Não tente tirar os créditos!

03 Perguntas

01. Já pensou em desistir do blog e abandonar tudo?
Sim, pois existe muitas dificuldades e nem sempre é possível conciliar a vida real com a virtual... chega a ser frustante, pelo menos para mim. Tem dias que eu não aguento nem ver um computador na minha frente e quando isso acontece eu tiro um tempinho e descanso, depois disso me sinto inteira e pronta para outra. 
                        
02. O que pensa que é indispensável numa Fanfic?
Romance e suspense. Eu adoro escrever romances! Acho que isso está meio óbvio, né? Na minha lista de fanfics é só olhar o gênero e lá esta "Romance/Drama". kkkk enfim, a fanfic precisa entreter e divertir o leitor, assim como também deve emocionar. O suspense entra na parte de deixar o leitor curioso para saber o que vai acontecer, chega a ser divertido na hora H você finalizar o capítulo e  depois nos comentários as pessoas te cobrarem uma continuação para "ontem".


                        03. O que prefere escrever, Sinopse ou a Lista de Personagens? 
Lista de personagens :) a sinopse é sempre a parte mais tensa de tudo. Pra mim escrever uma sinopse é preciso um ritual de preparação e inspiração! Já a lista eu me diverto, pois ali é o momento de expor as qualidades, defeitos e o gosto do personagem. 

As Minhas Indicações:



21/08/2014

Capítulo 13

divulgando o blog da diva - Staying Strong  

         
          Demetria saiu, olhou para os dois lados e o avistou na esquina a direita. Ela saiu correndo atrás dele e conseguiu alcança-lo se colocando na frente dele ofegante.  O que houve lá?
 Você foi casada com Ed Sheeran e não me contou nada!
 Tudo aquilo por causa disso?
 Sabe como eu estou me sentindo agora?
 Joseph, eu estou muito confusa agora.
 Se você esta confusa, imagine eu!  Joe disse zangado.  Seu marido é o cara mais foda do cenário musical, entende isso? Ele é fodidamente bom em tudo, Demetria! Agora, olha pra mim. O que você viu em mim? Porra, como posso competir com um cara como ele?! Me diz.

 Fique calmo.
 NÃO ME PEDE CALMA!
 O.k, então... CALA A BOCA E ME ESCUTA!  Joe bufou.  É algo que poucas pessoas sabem, pois foi uma escolha minha. Eu escolhi uma vida normal para mim e minha filha, pois não conseguiria viver em paz com um bando de gente atrás de mim o tempo todo... apenas por causa dele, sabe? Ed é meu melhor amigo de infância, ele salvou minha vida e eu podia jurar que o amava, mas...  Demi suspirou.  Um belo dia colocamos as cartas na mesa e vimos o quanto gostávamos um do outro, mas isso nunca foi amor... tivemos uma linda filha e em momento algum nos arrependemos disso, mas ele não é a minha metade. Juntos descobrimos que duas partes iguais de um quebra-cabeças não se encaixam Ela se aproximou de Joseph e apoiou as mãos em seus ombros.  Quando eu conheci você, eu vi um belo homem, com muitas qualidades e apenas um defeito... o seu único defeito é não conseguir seguir em frente, você fica o tempo todo colocando o seu problema na sua frente.  Demi colou sua testa na dele.  Joseph, eu vou te dizer uma coisa e espero muito que você guarde isso no seu coração, o.k? O fato de você ser cego não me incomoda de jeito nenhum, eu não preciso que me veja... mas preciso que você me sinta, preciso que você me ouça e preciso que você confie em mim! Se não fazer isso não iremos a lugar nenhum com essa relação.  Joe lhe abraçou fortemente. Meu Deus!  Eu quero tanto você como nunca quis tanto algo antes.  

 Você tem de parar de falar essas coisas pra mim, qualquer dia desses eu vou chorar na sua frente e isso não vai ser legal.  Demi riu baixo.  Desculpe-me por agir como um babaca, mas eu pensei em tanta coisa... acho que odiaria me apaixonar novamente e ser deixado, sabe? Por um segundo pensei que estivesse com pena de mim e que só estava fazendo isso para que eu me sentisse melhor, mas foi algo errado. Novamente, desculpe-me.
 Não se brinca com os sentimentos dos outros, Joseph. Esta tudo bem, eu desculpo você.  Demi inalou seu perfume, fechou os olhos e sorriu.  Venha, vamos voltar.

 Eu quero um beijo.
 Preciso falar algo sobre "nós".
 Uau, "nós" soa algo tão bom.  Ele sorriu e Demi quase se derreteu em seus braços.
 Eu quero esperar um tempo até contar para nossas famílias, você entende? Acabei de voltar a falar com Eddie e eu acho melhor dar um tempo até que ele se acostume com a ideia.
 Entendo, estou de pleno acordo.
 Ótimo.  Ela sorriu novamente.  Se você for um bom menino... te dou um beijo mais tarde.

 Ah, diabos!  Joe riu.  Por favor.
 Alguém pode ver, Joseph.
 Não tem nenhum mato pra gente se enfiar, não?  Demi riu histericamente.
 Infelizmente não, vamos.  Demi entrelaçou sua mão na dele e eles voltaram para casa.

xx

          Dallas já havia chegado alguns minutos e assim que viu Demi entrar pulou em cima da irmã.  DEMI, QUE SAUDADE!
 Eu também senti sua falta, Dallas.
 Mulher, você esta linda!
 Você também.  Demi sorriu para ela.

 E você, bonitão?  Dallas disse abraçando Joe.  Como vai?
 Eu estou bem e você? Salvando muitas vidas?  Dallas era formada em medicina e exercia a profissão de médica num hospital que ficava na Carolina do Sul.
 Estou ótima e sim, muitas vidas.  Ela apertou a mão dele.  Sinto muito por seu acidente.
 Ah, esta tudo bem.  Ele sorriu fraco.  Demi tem me ajudado bastante.
 É eu imagino, minha irmã é uma pessoa muito prestativa.  Dallas arqueou uma sobrancelha e Demi logo de cara entendeu muito bem o recado.

 Dallas, será que podemos bater um particular?
 Claro, maninha.
 Já voltamos é coisa rápida.  Demi anunciou e subiu as escadas com Dallas entrando no primeiro quarto que viu.  Pode ir me contando, o que você viu?
 Eu vi você quase beijando ele, agora me fala: O que tá rolando entre vocês?
 Estamos tentando algo, o.k? Ninguém sabe disso a não ser você e a mamãe.
 O.k, eu prometo guardar segredo, mas você precisa contar. Não vai ser legal se Eddie descobrir isso por si mesmo, acho que ele ia surtar.
 É exatamente por isso, ele voltou a falar comigo recentemente e eu não quero acabar com isso. Quero que ele se acostume com a ideia.

Duas horas depois...

          Joseph subiu as escadas de forma cautelosa e chegou ao andar de cima com exito. O banheiro ficava no fim do corredor a direita, ele estava muito apertado! Joe caminhou com a guia até lá, abriu a porta, adentrou e quando foi fechar foi impedido por uma mão.  Ei, quanta pressa.  Demi riu e entrou fechando a porta.
 O que esta fazendo aqui?
 Eu vim fazer isso.  Demi segurou seu rosto e o beijou. Joe encostou-a na porta e deslizou uma de suas mãos para a nuca dela, Demi o puxou para mais perto colando seu corpo ao dele e aprofundou o beijo. Ele desistiu da nuca, agarrou as coxas dela e pegou-a em seu colo. Joe colocou-a sentada em cima da pia e acariciava suas coxas... e que coxas!

 Você é bonita.  Disse ao partir o beijo.
 Acho que você esta dizendo isso das minhas coxas, certo?
 Ah, eu gostei delas também.  Ele disse um pouco envergonhado tirando discretamente suas mãos de lá.
 Você é um amor, sabia?  Demi sorriu e o beijou novamente.

xx

           Dallas comentou com eles o quanto sentia falta de assistir um filme caseiro e Dianna logo deu a ideia de assistirem um juntos. Demi se sentou ao lado de Joe e Sarah sentou-se no colo do mesmo. Eles passaram o filme todo conversando entre sussurros, enquanto Sarah dormia calmamente contra o peito de Joe. Quando o filme acabou, Eddie se virou para eles e ficou os observando. Demi demorou um pouco para perceber, mas quando finalmente notou sorriu sem mostrar os dentes.  O que foi?  Ela perguntou.
 Não sei, vocês ficam bem juntos.  Todos imediatamente se viraram para observa-los. Joe se virou na direção de Demi e sorriu para ela.
 Parem de olhar pra mim, desse jeito eu fico sem graça!  Ela riu e corou.

xx

          Eles passaram a tarde toda conversando, contando velas histórias e se divertindo... tanto que eles foram embora bem tarde e por muito pouco não jantaram lá. Dianna deu boa noite para as filhas e voltou ao seu quarto, Eddie estava lendo a passagem bíblica que encontrara mais cedo...  Você pode me explicar o que foi aquilo na sala?
 Não entendi.  Ele franziu o cenho.
 Você disse que Joe e Demi ficavam bem juntos, o que foi aquilo?
 Só eu que percebi algo diferente nos dois?
 Acho que sim.  Ela piscou.
 Esta mentindo pra mim!  Eddie disse rindo.  Seja sincera, por favor.
 Pode ser, mas... o que você está pensando em fazer sobre isso?
 Eu nada, mas talvez Deus esteja.  Ele entregou a bíblia nas mãos dela sorrindo e se levantou entrando no banheiro.

**

SOCORROOOOOOOOOOOOOO!
tô no chão... acho que tem um oceano nos meus olhos, porra! eu acho que tenho de parar de escrever romance, sabe? cara, eu sinto as coisas kkkkk isso fode comigo, fode com o meu coração, mas eu gosto... é tão bom escrever algo que mexa de verdade com os sentimentos. vcs viram a frase que eu fiz ali em cima? a do quebra - cabeças, eu procurei no google e não tem, então é MINHA! *-* se alguém plagiar ela... eu mato. bang bang, bitchs' gostaram do capítulo? eu nem preciso dizer que amei, né? EDDIE ESTA QUASE DANDO A BENÇÃO, SENHOOOOOR <3 respostas aqui | repasso o selinho dps, o.k? bjos e até o próximo. 


q fofa *u* divaaaaaa'

19/08/2014

Capítulo 12



Dia seguinte - Padaria Biebers - 10h00 da manhã

          Sarah entrou correndo no estabelecimento e procurou Miley com os olhos. Assim que achou correu até ela e pulou em seu colo.  Dinda!
 Que saudades de você, minha linda.  Sorriu.
 Eu também.  Sarah sorriu depois de partir o abraço.  Essa minha vida de criança não esta fácil.  Miley riu e colocou a garotinha em cima do balcão. Sarah vestia um lindo vestido florido azul com amarelo e também tinha uma tiara na cabeça que combinava com o vestido.

 Como foi sua viagem?
 Foi bem legal, papai me levou no show da "Vilu".  Os olhos da garotinha brilharam.  Sinto muito por não vir antes, foi uma correria que só.  Ela revirou os olhos.  E também, mamãe estava sem tempo.
 Falando em mãe, cadê a Demetria?
 Ela estava logo atrás de mim, será que ela se perdeu?  Sarah brincou e riu junto com Miley.
 Acho que ela já esta bem grandinha.

 Ah, não sei... ela esta meio "avoada" essa manhã.  A garotinha fez careta.
 Avoada como?
 Daquele jeito ali, ó.  Sarah apontou para Demi do lado de fora, ela falava ao celular com um sorrisão no rosto e empurrava a porta, sendo que ela deveria puxar para abrir.  Devo ficar assustada?  Miley riu.
 Não, mas eu acho que sei o que a sua mãe tem.

 É grave?
 Não, pode ficar tranquila.  Ela sorriu aliviada.  Esta com fome?  Sarah assentiu.
 O.k., vou trazer algumas panquecas.  Miley beijou a testa da garotinha.  Quando nossa "paciente" entrar você me avisa, pode ser?
 Pode.

xx

          Depois de alguns segundos ela finalmente conseguiu entrar e se sentar ao lado de sua filha.  Dinda, ela entrou!  Sarah anunciou e logo Miley apareceu do outro lado do balcão com as panquecas.
 Aqui esta, querida.  Ela sorriu e se virou para a amiga.  Bom dia, Demi.
 Bom dia, Miley. Tudo bem com você?
 Eu estou bem e você?
 Estou ótima.  Demi sorriu e Miley arqueou uma sobrancelha.
 Percebi pelo seu sorriso, agora diga-me: você andou experimentando algum "tempero novo"?
 Não, mas pode se dizer que eu "tirei uma casquinha".  Os olhos dela brilharam.
 Meu Deus, eu não estou acreditando no que eu estou vendo!

 Sobre o que vocês estão falando?  Sarah franziu o cenho confusa.
 Sobre culinária, pequena.  Miley disse olhando fixamente para Demi.
 Você precisa conhece-lo, ele é incrível.  Ela sussurrou sorrindo.  Quando estou com ele... consigo falar sobre tudo facilmente e sou capaz de fazer qualquer coisa por ele. Entende isso?
 Entendo.  Miley sorriu.  Com o Justin foi a mesma coisa, mas você precisa ficar ciente de que existira dificuldades.
 Eu sei, eu sei... estou preparada.  Demi colocou uma mecha de cabelo atrás da orelha.  Agora, eu preciso muito de um bolo de chocolate inteiro, sabe?  Ela riu.

 Inteiro?
 Pois é, mulher. Dallas esta vindo passar uma temporada com meus pais e como a boa irmã que eu sou, vim comprar um maravilhoso bolo para sua recepção. Diga-me que você tem um ai, pelo amor de Deus!
 Eu tenho.  Demi suspirou aliviada.  Espere aqui, vou arruma-lo para você.

Casa dos De La Garza, 10h30 da manhã

          Com a ajuda de Madison, Dianna arrumava os deliciosos pratos que preparara na mesa da sala de refeições, pois logo Dallas estaria em casa e ela queria que a filha mais velha fosse bem recepcionada. Enquanto isso Eddie estava na sala fazendo sua oração da manhã, sentado no sofá e com os olhos fechados. Ele orava agradecendo por aquela linda manhã, por sua vida, família e amigos. De repente a janela da sala se abriu e o vento fez com que sua bíblia que estava sobre uma mesinha caísse aberta no chão. Ele se aproximou, tomou-a em suas mãos e se deparou com a seguinte passagem:  Eclesiastes 4:9-12.
"É melhor ter companhia do que estar sozinho, porque maior é a recompensa do trabalho de duas pessoas. Se um cair, o outro pode ajudá-lo a levantar-se. Mas pobre do homem que cai e não tem quem o ajude a levantar-se! E, se dois dormirem juntos, vão manter-se aquecidos. Como, porém, manter-se aquecido sozinho? Um homem sozinho pode ser vencido, mas dois conseguem defender-se. Um cordão de três dobras não se rompe com facilidade.."
          A campainha tocou e ele foi atender com sua bíblia em mãos, ao abrir a porta ele se deparou com os Jonas.  Bom dia, Eddie.  Paul saudou o amigo.  Dianna ligou nos convidando para a recepção de Dallas e Denise logo nos arrastou para cá.
 Dallas é um doce de menina, estou morrendo de saudades dela!  Denise sorriu.  Ah, bom dia Eddie.
 Bom dia, entrem por favor.  Eles entraram largando Joseph para trás.  E você, rapaz. Como vai?
 Eu vou muito bem, obrigado.  Joe sorriu e adentrou com sua guia. Eddie ameaçou fechar a porta, mas fora impedido por Sarah. A garotinha segurou a porta e sorriu.

 Vovô, você quase prendeu minha mão!  Ela fez bico.
 Desculpe-me, eu não vi você ai.  Ele sorriu e pegou a garotinha no colo.  Tudo bem?
 Ah, eu vou bem.
 E sua mãe, onde esta?
 Esta trazendo um bolo de chocolate, onde esta a vovó?
 Na cozinha, vai lá cumprimenta-la.  Ele colocou a garotinha no chão e ela logo saiu correndo. Demi apereceu segundos depois carregando um bolo de ótima aparencia, Eddie sorriu e cumprimentou a "filha" com um beijo na testa.

 Bom dia, filha.
 Bom dia, pai.  Ela sorriu.  Onde coloco isso?
 Na cozinha, sua mãe esta lá com Denise.  Eddie disse fechando a porta.  Ela convidou os Jonas, pois sua irmã tem um carinho muito especial por eles.
 O.k.  Demi disse sorridente e foi até a cozinha.

xx

 Bom dia, pessoal.
 Bom dia.  Eles responderam em uníssono. Dianna foi a primeira a cumprimentar a filha retirando em seguida de suas mãos o bolo, Denise foi a segunda e Paul o terceiro. Eles conversaram brevemente até que Demi sentiu a falta da filha e foi até a sala onde a encontrou com Joseph. Eles estavam conversando?! Ela se aproximou e sentou-se ao lado dele, imediatamente ele se virou em sua direção.  Bom dia, Joe.
 Bom dia, Demi.
 Tudo bem?
 Tudo e você?
 Melhor agora.  Ela sussurrou fazendo-o corar.   Vejo que conheceu minha filha.
 Ela é um amor e teve muito a quem puxar.  Demi ficou olhando para ele por breves segundos e suspirou, queria muito beija-lo, mas não poderia fazer isso ali na frente da filha e com sua família ao redor... precisaria de tempo para ver o melhor momento de abrir esse relacionamento para todos.

 Jojo, você gosta de Violetta?
 Isso é sério?  Joe riu.
 Sim, ela é simplesmente apaixonada por esta série.  Demi revirou os olhos.
 Bem, eu não conheço.  Sarah fez careta.  Mas em questão de musica adoro Adele, Lorde e Lana Del Rey. Sam Smith também tem musicas muito boas e vem ganhando um grande espaço na mídia pelo que eu venho acompanhando, você gosta de alguns deles?
 Você gosta de Ed Sheeran?  Sarah perguntou o encarrando.
 Oh sim, tem musicas incríveis!
 Ele é meu pai, sabia?  Um terrível e tortuoso silencio invadiu a sala. Joseph estava surpreso e ao mesmo tempo confuso. Ed Sheeran?! Como alguém como ele podia competir com isso? O que uma mulher como Demi virá nela, então? De repente as palavras dela não tinham mais valor e ele se sentira de certa forma enganado. E se ela tivesse mentindo?

 Ei, Joseph.  Paul chegou todo sorridente na sala.  Você quer um copo de refrigerante?
 Eu quero ir embora, você pode me levar?  Ele disse rapidamente, sua voz estava arrastada.
 Acabamos de chegar, você esta bem?
 Algum problema?  Demi tocou seu ombro e ele levantou-se bruscamente.
 Não, eu não estou bem! -Joe disse pegando sua guia.  Ah e você não FINJA que se importa comigo!  Ele foi até a porta, abriu e saiu.
 O que deu nele?  Denise correu até a sala.
 Eu não sei, mas deixa eu falar com ele.  Demi disse e saiu atrás dele.

**

respostas aqui | aqui.
estou sem tempo, preciso escrever a continuação antes que as ideias evaporem.
ontem eu escrevi esse capítulo e ele ficou enorme, mas o blogger me fez o favor de deletar metade... tipo assim A MELHOR PARTE, mas o.k?! :( espero que tenham gostado do capítulo, bjos e até o próximo.


esse safado, raparigueiro chega amanhã e eu não vou vê-lo! :'( 
#EntrandoEmDepressão