Eu nunca pensei que esse dia fosse chegar, mas ele chegou e sinto que preciso fazer isso. Não foi uma decisão fácil, fiquei tentando adiar o máximo possível, mas infelizmente não consegui. Começo pedindo desculpas por fazer isso sem aviso prévio, não era minha intenção, mas simplesmente não consigo! O bloqueio não vai embora e não é um bloqueio qualquer, estou passando por alguns problemas e estou em conflito comigo mesma. Sou uma garota de 19 anos e não faço ideia do que fazer da minha vida, nada acontece e por mais que eu tente, sempre acaba do mesmo jeito. No meio disso tudo surgem as cobranças das pessoas e por mais que elas tentem disfarçar, estão dizendo: "Garota, faça alguma coisa da sua vida!" Eu também me cobro, estou cansada de sentir como se estivesse fadada ao fracasso. Cansada de pensar na minha vida e sentir que tudo é uma grande conspiração para que eu quebre minha cara de novo e de novo. Cansada de decepcionar as pessoas! Eu não posso e nem quero decepcionar ninguém, por isso estou me afastando. Não quero que pensem que não me importo, eu me importo, mas não estou conseguindo escrever e eu amo fazer isso, amo mais do que qualquer outra coisa no mundo! Não quero fazer nada de qualquer jeito, nada menos do que perfeito, vocês merecem algo realmente bom. Quero que saibam que não é um hiatus permanente, vou tirar esse tempinho para estudar e correr atrás de algo para o futuro. Voltarei assim que for capaz de escrever algo novamente, quando sentir que esse fardo está menos pesado e... Acho que é isso, me desejem sorte! Amo muito vocês e arrisco dizer que já sinto saudade. Com amor, Jéssie.

15/03/2017

Broken Frame: Capítulo 17 • Just live it up



          Os dias arrastaram-se lentamente e naquela semana, Joseph só voltou ao trabalho três dias após chegar de viagem. Ele queria ter certeza de que tudo estava bem com sua família e aparentemente estava! Em frente as portas de vidro que dava acesso ao prédio, ele sorriu admirando os mínimos detalhes da fachada. Assim que adentrou atraiu olhares sobre si, Joe cumprimentou educadamente todos que passaram por ele e caminhou até sua sala. Antes mesmo que pudesse entrar, ouviu alguém chama-lo e logo virou-se para ver quem era.  Seja bem vindo!  Alycia sorriu para ele.
 Obrigado.  Ele retribuiu da mesma forma.
 Algumas pessoas já estavam comentando sua ausência.  Ela cruzou os braços e o analisou por alguns segundos.  Está tudo bem?
 Depois do que aconteceu no avião, decidi ficar mais um tempo com Demi e as crianças, queria ter certeza de que tudo estava bem.

 O que aconteceu no avião?  Alycia franziu o cenho, ela realmente não sabia. Todo seu tempo era dividido entre trabalho, casa, Edward e mais recentemente, estudos! Ela não tinha tempo para televisão ou sites de fofoca.
 Posso te contar enquanto andamos?  Alycia assentiu e eles começaram a caminhar em direção ao elevador.  Na volta, passamos por uma turbulência muito forte. O avião sacudiu com violência, todos aqueles alertas apitaram e as pessoas entraram em panico! Foi horrível, pensei que fossemos todos morrer.  As portas de metal se fecharam, só os dois estavam lá dentro e o silencio gritou aos ouvidos de Alycia!
 Oh meu Deus, eu... eu não fazia ideia! Como você e sua família estão?
 Estamos bem.  Joe sorriu, mas a preocupação ainda estampava o rosto dela.  De verdade, Alycia. Eu não teria voltado se algo estivesse errado!  Ele tocou o ombro dela.
 Certo.  Foi tudo o que ela conseguiu responder.

 Vamos deixar esse assunto para lá, já passou! Como passou enquanto estive fora?  As portas se abriram e eles saíram.
 Honestamente?  Joe assentiu  Bem estranhas!  Ela riu.
 Sério?
 Você é o coração e a alma desse lugar, Joseph. Faz toda diferença quando você não está aqui!  Alycia deu de ombros  Todos que me viam, me peguntavam quando você voltaria. Sabia? Principalmente as crianças.  Joe sorriu.
 Hoje mesmo vou participar de um dos ensaios com Selena e falarei com todas! Senti saudade delas.
 Imagino o quanto.

 Mas e você, está bem?  Joe parou na porta da sala de reuniões, estavam esperando por ele.
 Sim, estou bem.  Ele não sentiu convicção na voz dela, mas preferiu não insistir. Imaginava como era dificil, ela o fazia lembrar-se de Shane em alguns momentos. Ele sofreu bastante quando Mandy morreu, mas o destino encarregou-se de colocar Gigi no caminho dele. Alycia merecia alguém em seu caminho também, desejava do fundo do coração que ela encontrasse alguém!  Acho melhor você entrar.  Ela disse colocando as duas mãos atrás das costas.
 Não vai ficar?  Ele arqueou uma das sobrancelhas.
 Na verdade não, parece que finalmente resolveram mandar mais um psicologo para nos auxiliar nos atendimentos e estou responsável por ele.


 Isso é muito bom!  Joe sorriu.
 Boa sorte com sua reunião.
 Boa sorte com o novato.  Alycia riu e virou-se de costas assim que ele adentrou na sala. Era bom tê-lo de volta naquele lugar!


LOS ANGELES, 11:45 A.M 


          Sem maquiagem. Sem roupas. Sem retoques.

          Pouco mais de uma hora foi o tempo que levou para concluírem o mais novo photoshoot de Demetria Carpenter. Demi não conseguia se lembrar da ultima vez que estivera tão satisfeita! Ela sorria enquanto o fotografo lhe mostrava as fotos, sentia-se livre e confiante.  Obrigada por me fazer sentir bonita.  Ela o agradeceu com um breve abraço e recebeu um sorriso como resposta antes dele sair. A porta foi fechada num clique silencioso e ela caminhou até o banheiro, onde havia deixado seu banho pronto. Demi retirou o roupão jogando-o no chão, adentrou na banheira e deitou-se apoiando sua cabeça no encosto confortavelmente.

           O celular dela tocou, ela abriu os olhos e só então percebera que havia cochilado por algum tempinho! Secando rapidamente a mão, ela esticou o braço até conseguir alcançar o aparelho na pia e atendeu colocando no viva voz.  Alô.  Demi colocou novamente o celular na pia e esperou pacientemente por um retorno. Havia vozes do outro lado da linha, uma ela reconheceu como sendo Selena e as outras...
 Não, não... eu vou almoçar em casa com as crianças.  Ela  ouviu a voz de Joseph  Não se preocupe, Selena vai ficar mais um pouco e poderá te mostrar as salas lá em cima. O prazer foi todo meu, Toby Joe estava despedindo-se  Se cuidem.  Passos e mais passos  Demi?
 Já ia desligar, pensei que seu celular tivesse ligado sozinho.  Ela fez uma careta e pegou a esponja.

 Tudo bem?
 Eu estou ótima!  Demi sorriu colocando um pouco de sabonete liquido na mesma, esfregou por alguns segundos até que fizesse espuma.
 Como foi a reunião?
 Foi bem produtiva!  Demi sorriu ainda mais ao lembrar-se das fotos.  Tive uma rápida sessão de fotos e agora estou tomando banho.

 Oh, se eu soubesse...
 Está tudo bem, não está me atrapalhando em nada.  Joe riu baixinho.

 Terminou o trabalho por hoje?
 Sim e você?
 Estou arrumando minhas coisas, vou buscar as crianças na escola e vamos almoçar. Também tive uma reunião, temos o cartaz do festival pronto para ser divulgado e o nome também...
 E qual nome escolheram?
 Na verdade foi as crianças que escolheram, enquanto estive fora perguntaram para cada uma o que este lugar representa na vida delas e responderam: Hope.
 Esperança.

 Sim, então ficou definido como... Hope Festival O tom de voz dele era animado  Gostaram tanto da ideia que disseram que podemos fazer anualmente uma edição e assim poderemos ajudar mais pessoas!
 Isso é maravilhoso, querido. Meus parabéns!  Demi terminou de ensaboar-se e riu imaginando Joseph sorrindo alegremente.  Você parece estar muito feliz.
 Eu realmente estou e você também parece estar. Quando volta pra casa? Podemos comemorar, quem sabe... um jantar?

 Nós dois? Jantar? É uma proposta tentadora, Joseph.
 Você aceita?
 É claro, só estou descansando um pouco. Volto ainda hoje para casa!
 Certo, então vou fazer uma reserva no nosso restaurante favorito.  Demi sorriu e riu baixinho.  O que foi?

 Nada, eu só... espero que esteja pronto para...
 A última vez que você começou uma frase assim, tínhamos um bebê...
 Eu não estou grávida!  Ela exclamou rindo.
 É um alivio ou não, eu realmente não me importaria em termos um bebê e você sabe disso. Mas do que se trata? O que está aprontando? Demetria, não me diga que é uma tatuagem... sua mãe quase me matou da ultima vez!  Demi riu. Joseph sempre ficava falante quando estava animado, era algo divertido de se ver. Ouvi-lo falando daquela forma só fazia seu coração apertar, já sentia saudade dele!
 Não é uma tatuagem.  Ele suspirou aliviado  Eu só... quer saber, você só vai ver quando eu chegar em casa. Está decidido!  Ela havia cortado o cabelo, estava curto na altura dos ombros e fazia anos que não radicalizara tanto.

 Tenha misericórdia, Demi.
 Acho que você vai gostar.
 Quero muito vê-la.  Ela pode ouvi-lo entrando no carro e colocando o cinto.
 Eu também quero te ver, amor.

 Preciso ir.
 Eu sei.  De repente, enquanto ela se enxaguava... sentiu frio e afundou-se um pouco na água quente.  Te aviso quando estiver chegando, o.k?
 O.k, querida.


 Dirija com cuidado.
 Você também.
 Até mais tarde.
 Até, Joe.  Ele esperou alguns segundos e em seguida desligou.


***


          A sala de visitas da casa de Rowan era aconchegante e aquecida, lá dentro não era possível sentir o frio terrível que fazia lá fora! Sabrina estava tentando encontrar uma maneira de aquietar as próprias mãos, mas não conseguia. Bradley estava sentado ao lado dela e percebendo o nervosismo da namorada, segurou uma das mãos dela e entrelaçou seus dedos.  Relaxa, vai dar tudo certo.  Os olhos claros e esverdeados dela o encarraram.
 Como pode ter tanta certeza?  Haviam conversado durante todo o trajeto e ela parecia estar confiante, mas agora... estava o completo oposto! Bradley abriu a boca para dizer algo, mas foi interrompido pelos passos de Rowan que fizeram eco nos degraus de madeira da escada.

 Você não me avisou que traria ele A garota de longos cabelos cor castanho e olhos puxados num tom escuro, disse. A magoa ainda era perceptível em sua voz! Ela sentou-se de frente com eles. Bradley sentiu a garganta queimar de raiva, ele queria disparar uma resposta mal educada, mas engoliu em seco.
 O problema envolve ele também, achei que fosse o certo.
 É o certo!  Ele disparou, tentando não soar como se estivesse com raiva.

 Rown, eu realmente sinto muito muito.  Sabrina começou  Você estava certa em cada palavra que me disse aquela noite e reconheço que fui egoísta. Eu estava com tanto medo de perder o Bradley que acabei perdendo você e nem me dei conta disso! Tudo aconteceu tão rápido, gostaria que não tivesse sido assim, mas você não deixou de ser especial pra mim. Eu só... só... achei que estivesse fazendo a coisa certa.  A postura de Rowan continuava impecavelmente ereta e sua cabeça continuava erguida, ela ouvia atentamente o que Sabrina dizia.  Óbvio que não estava, mas... eu estava cega! Meu namoro estava indo bem, minha família se reconciliou, assinei contrato com uma gravadora e ganhei uma irmã. Sentia como se estivesse vivendo o perfeito conto de fadas até aquele dia... Rowan, eu nunca me senti tão culpada em toda minha vida! Você me apoiou tanto, fez tantas coisas boas por mim...  O nó formado na garganta dela rompeu-se e Sabrina desabou a chorar! Bradley imediatamente lhe afagou as contas e olhou para Rowan, conseguia ver no fundo dos olhos dela toda aquela dureza se esvaindo aos poucos.  Eu não consigo.  Ela sussurrou desesperada para Bradley.  O que devo dizer agora?
 Não diga isso, falta tão pouco.  Ele lhe incentivou  Você não veio até aqui para desistir.

 Fale você.  Rowan o encarrou.
 Ela me ligou, estava péssima e não conseguiu dormir de tanto que se sentiu culpada!  Bradley disse, seu tom de voz firme.  Eu não entendi o que estava acontecendo, mas o Sr. Carpenter apareceu e nos disse que ficaria tudo bem.  Ele fez uma pausa  Rowan eu nunca quis roubar sua amiga de você, sempre tive a melhor das intenções, mas reconheço que tanto Sabrina quanto eu, nós erramos com você e com nossos amigos.
 E por isso viemos pedir desculpas.
 Você pode nos desculpar?  Rowan encarrou Bradley e depois voltou seu olhar para Sabrina.
 Sim, eu posso desculpa-los Ela disse com a voz embargada e levantou-se ao mesmo tempo que Sabrina. As duas se abraçaram forte, choraram juntas e disseram uma série de  declarações que só verdadeiras amigas podiam dizer! Bradley levantou-se discretamente e retirou-se da sala para dar um pouco mais de privacidade para elas.

 Finalmente ela cedeu!  A voz era familiar e ele virou-se para encarrar o amigo.
 Peyton?
 Relaxa, eu ouvi tudo!  Ele riu da expressão assustada de Bradley.
 Sem recentimentos?
 Sem recentimentos.  Eles fizeram um toque de mãos e se cumprimentaram com um abraço rápido com direito a um tapinha nas costas.

 O que faz aqui?
 Eu e Rowan estamos namorando, vim para apoia-la.  Bradley abriu a boca para dizer alguma coisa, mas nada saiu. Peyton e Rowan nunca foram tão próximos, não que ele tivesse reparado antes!
 Estou surpreso.
 Imagino que sim.  Ele riu  Venha, temos muito o que conversar.


CALIFORNIA, 01:00 P.M


          As três crianças estavam sentadas no banco detrás do carro, Samanta estava sentada entre Edward e Samuel.  Minha mãe está bem?  O garotinho perguntou de repente.
 Sim, não se preocupe.  Alycia havia desmaiado em meio ao tour do prédio, ela foi socorrida pelo novo psicologo que a pedido dela, mandou uma mensagem para Joe buscar Edward na escola. Ela foi bem especifica quanto ao fato de não contar nada para ele!  Ela ficou responsável pelo novo psicologo e por isso precisou ficar até mais tarde.

 Ele podia ficar lá em casa.  Samuel sugeriu.
 Sim!  Samanta concordou animadamente, Edward sorriu um pouco envergonhado para ela.  Preciso apresentar o Buddy pra ele.
 Tudo bem, mas depois do almoço teremos que leva-lo de volta. O.k?
 YEEEEEAH!  Samanta e Samuel fizeram um toque de mãos animados.

          Ao chegaram na casa, as crianças subiram rapidamente ao andar de cima e Joseph colocou sua bolsa masculina de lado, caminhando até a cozinha. Ele dobrava as mangas de sua camisa social quando Buddy veio correndo em sua direção, o filhotinho latiu para ele e deu alguns pulinhos animados fazendo Joe rir.  Ei, garoto!  Abaixou-se fazendo um carinho no cachorrinho e recebeu uma lambida em sua mão em seguida.  Vai me fazer companhia?  Como se o entendesse, Buddy sentou-se no chão e ficou ali observando cada um de seus movimentos.

          Joseph trajava um avental colorido e cantarolava em um volume consideravelmente médio enquanto mexia o ensopado. Estava frio e ele não conseguia pensar em nada melhor!  Onde posso pegar um copo?  Joe virou-se para encarrar o garoto de cabelos loiros e olhos claros como os de Alycia.  Estou com sede.
 Ah sim, ali no escorredor.  Ele apontou e o garoto assentiu.
 Obrigado.  Caminhou até lá e pegou um copo d' água no filtro que ficava próximo. Buddy não perdeu tempo, aproximou-se do garoto e começou a cheira-lo.
 Parece que Buddy quer conhece-lo.  Edward sorriu encantado ao ver o filhote que logo latiu para ele e deixou a linguinha de fora por alguns segundos.  Ele gostou de você!

 Ele parece ser um bom cachorro.
 Você tem um?
 Não podíamos ter um, papai era alérgico.  Edward sentou-se numa das banquetas e balançou os pés. Ele observava Joe mexendo na panela e só conseguia pensar em como ele parecia seu pai! Já havia perguntado para a mãe, mas ela nunca disse sim ou não sobre isso.
 Oh isso é lamentável.  Joseph disse cuidadosamente.
 Mamãe não quer me dar um, ela diz que sou muito novo para cuidar sozinho de um bichinho e ela também não tem tempo.  Edward ficou pensativo  Mas não fico triste com isso, ela sempre me leva ao zoológico e podemos visitar os animais. É divertido!  Joe virou-se e sorriu concordando com o garotinho.

 Você passeia bastante com sua mãe?
 Sim e nós também fomos ver o papai recentemente.  O coração de Joe se fez aos pedaços! Ele era tão novo, não era justo um garotinho sofrer uma perda assim.
 E como você se sente fazendo isso?  Era o tipo de pergunta que Alycia faria, ele sabia bem disso e Edward riu baixinho.
 É estranho, mas...


 Reconfortante?
 Sim.  Ed assentiu  Como sabe?
 Eu já perdi alguém especial.  Joe desligou o fogão, tampou a panela e sentou-se ao lado do garotinho.  Já faz alguns anos, eu já era um adulto, mas foi difícil. Quando perdemos alguém, ninguém é capaz de preencher o vazio que fica em nosso coração. Dói, dói muito mesmo, mas com o tempo tudo vai se ajeitando.  Os olhos do pequeno brilharam, ele tão pouco havia conversado com Joe, mas agora sentia-se bem em estar conversar com ele. Era algo estranhamente familiar!  O importante é sempre lembrar dos bons momentos e deixar que a vida siga seu curso. Talvez alguém apareça, alguém novo e que traga novamente aquela familiaridade, aquela alegria... não tenho medo, o.k? Ninguém nunca vai substituir seu pai, ninguém nunca vai ocupar o lugar dele na sua vida. Ele sempre será único em seu coração!  Joe esperou por uma reposta, Edward tentou formular uma, mas não conseguiu. O garoto o encarrou com um brilho de admiração nos olhos!
 Obrigado, Sr. Carpenter.  Os braço pequenos do garoto o abraçaram de forma breve e em seguida ele saiu da cozinha sendo seguido por Buddy.


02:45 P.M


          Demetria chegou em casa sem fazer alarde, ela caminhou descalço pela sala e deixou sua bolsa em cima do sofá juntamente com seus sapatos de salto. Ela podia ouvir três vozes infantis vindo do andar de cima, reconheceu a voz de Edward e revirou os olhos ao lembrar-se de quem era a mãe do garoto. Joseph não ousaria traze-la junto, ousaria? Demi sentiu que estava ficando vermelha de raiva! Ela respirou fundo e ouviu o que parecia ser o som de música abafada, vinha do lado de fora. No meio do caminho, ela calçou os chinelos e foi até um dos cômodos que ficava perto da garagem, era lá que os aparelhos de ginastica ficavam. Joseph estava com uma regata branca colada ao corpo por causa do suor, um short preto e tênis esportivo. Ele corria na esteira, estava de costas para ela e parecia concentrado enquanto as batidas da música eletrônica preenchiam o lugar! Demi pausou a música e ele pareceu assustar-se saltando da esteira.  Um show e tanto, Joseph.  Ela piscou e sorriu.
 Você disse que ia me avisar!  Joe riu desligando o aparelho e caminhando até ela. Ao observar-la bem, deixou que o queixo caísse e ficou de boca aberta por alguns segundos!
 Como estou?  Ela deu uma voltinha sorrindo como uma criança que acabara de fazer uma travessura.
 Você está muito linda!  Ele sorriu e aproximou-se mais para poder ver bem de perto. Os cabelos antes longos e escuros, agora estavam bem na altura nos ombros num chanel de bico Esse corte te deixa ainda mais sexy.

 Sexy?  Demi sorriu, essa era a intenção.  Me disseram que pareço mais adulta, bonita e confiante... mas sexy, você foi o primeiro a me dizer isso hoje.
 Só eu posso dizer, querida.  Ele inclinou-se para beija-la e Demi pareceu não se importar com o fato dele estar suado, pois passou os braços em volta de seu pescoço colando seus corpos. O toque do interfone ecoou-se pela casa, mas o casal não se desgrudou! O corpo de Demetria chocou-se contra a parede, ela mordeu o lábio inferior numa forma de provocação e Joe beijou-lhe novamente, mas dessa vez com mais ardor.

 PAPAI!  Demi o empurrou com delicadeza ao ouvir a voz de Samuel ecoar do lado de fora. Eles também conseguiram ouvir o barulho de um carro estacionando, quem será que havia chegado?
 Você estava esperando alguém?  Joe negou e acabou saindo com a esposa para ver quem era.

          Edward desceu com Samanta assim que Samuel gritou do andar debaixo que alguém estava lá para busca-lo. Ele jogou a mochila nas costas e encarrou com certa curiosidade o homem que estava de frente com ele. Era alto, loiro, olhos verdes e usava óculos.  Quem é você?  Atrás dele o vidro fume e escuro do carro foi abaixado, revelando uma Alycia pálida e abatida.
 Onde estão os modos?  Ela arqueou uma das sobrancelhas e forçou um sorriso.
 Mamãe?
 Eu sou Toby, colega de trabalho da sua mãe.  Edward o cumprimentou com um aperto de mão caloroso.  É um prazer conhece-lo!  Ed apenas assentiu, mas reprimiu o riso, aquele homem era engraçado.

 Ele é engraçado.  Samanta comentou baixinho e eles riram juntos.

 Boa tarde!  Joe apareceu, estava um pouco ruborizado e com os cabelos amassados.
 Boa tarde, Sr. Carpenter.  Eles se cumprimentaram  Desculpe incomoda-lo, nós viemos buscar o pequeno Edward.  O olhar de Joe voltou-se para Alycia e ele arregalou os olhos preocupado.
 Você está bem?  Ela apenas assentiu e evitou olha-lo. Demi apareceu e sorriu de forma simpática para o rapaz.

 Joseph.  Demetria pigarreou um pouco sem graça.
 Oh sim, Toby minha esposa Demetria. Demi este é Toby, ele é o novo psicologo que está trabalhando conosco na associação.
 É um prazer conhece-la.  Eles trocaram um aperto de mãos.

 Ela não parece bem.  Edward sussurrou para si mesmo, mas Samuel ouviu 
 Seja o que for, vai ficar tudo bem.  Sam disse para conforta-lo e Ed apenas assentiu. Buddy apareceu pulando na perna do garoto, ele parecia querer brincar e latiu algumas vezes.
 Vamos, filho.  A voz soou fraca vindo de dentro do carro, mas Demi não deixou de olha-la. Assustou-se com a aparência da mulher!  É melhor se despedir dos seus amigos.  O menino obedeceu prontamente. Antes de adentrar no veiculo, virou-se olhando para Joe e disse:

 Obrigado novamente pela conversa que tivemos, Sr. Carpenter.  Joseph sorriu e fez um toque de mãos com ele, como costumava fazer com Samuel.
 Não precisa agradecer! Volte outro dia com mais tempo para brincar, o.k?  Ele assentiu sorrindo e adentrou no carro. Toby despediu-se e fez o mesmo.

 Obrigada por busca-lo pra mim e desculpe o incomodo.
 Não foi incomodo algum. Melhoras!  Ela sussurrou algo e fechou o vidro. Demi identificou como "Obrigada", observou o carro sair e o portão se fechar.

          Os pequenos só não ficaram mais tristonhos por causa de Demi, ela adentrou com eles e contou sobre seu dia em Los Angeles. Ambos elogiaram seu corte de cabelo, Samanta disse que queria um igual e fez com que ela prometesse leva-la para terem um dia apenas de garotas no salão de beleza. Depois de muita conversa, ela resolveu subir com a mala e encontrou Joseph no quarto. Joe estava vestido com um conjunto de moletom cinza e secava os cabelos numa toalha, ele sorriu ao vê-la.  Não me disse que havia buscado o garoto.  Ela perguntou mantendo o tom de voz neutro.
 Bem, eu não tive tempo.  Joe sorriu para ela e exibiu seu pescoço marcado, Demi ficou um pouco vermelha.

 O que aconteceu com ela?
 Eu não sei, mas recebi uma mensagem de Toby dizendo que ela havia passado mal e se poderia buscar Edward.
 Você parece preocupado.
 Mentiria se dissesse que não estou, mas Toby irá cuidar bem dela.  Demi interpretou aquilo como "Viu só? Ele é um rapaz novo e está interessado nela, agora você sabe que somos só amigos." 

 Nosso jantar continua de pé?  Demi perguntou.
 É claro que continua, amor.  Joe levantou-se da cama e caminhou até ela.  O que te fez pensar que não estivesse mais?  Ele acariciou uma das bochechas dela e ela fechou os olhos sentindo o toque dele.
 Não sei bem, apenas pensei...  Disse baixinho.

 Ainda temos motivos para comemorar.  Demi olhou para ele e sorriu.  Acho que vai ficar feliz em saber que consegui nossa reserva e adivinha só, hoje é dia de música ao vivo!  A risada dela preencheu o comodo e Joe sorriu.
 Pelo telefone eu achei que tinha sentido toda essa felicidade, mas te olhando agora... vejo que você está irradiando felicidade! Fazia um tempo que não te via assim, isso é muito bom.


 Eu sou feliz todos os dias, amor.
 Não tenho duvidas disso.  Ela respondeu após encarra-lo por alguns segundos.

--

vai ter continuação! amém? amém.
ainda hoje começo a escrever o próximo e como puderam perceber, aquela treta do prólogo está chegando!
espero que tenham gostado desse capítulo. 
respostas aqui }
por hoje é só, até o próximo. beijos 😘

Imagem relacionada Imagem relacionada

mozão

6 comentários:

  1. ATÉ QUE ENFIM UM MOMENTO DE FELICIDADE PURA NESSA FAMÍLIA!
    ODEIO O TIPO DE AMIGA SABRINA, ESQUECE AS AMIGAS POR MACHO, MAS QUE BOM QUE ELAS SE RESOLVERAM!
    ALYCIA N ME ENGANA, N GOSTO DELA E NUNCA GOSTEI. E QUE MOMENTO FOI ESSE ENTRE ED E JOE?
    QUANDO JOE VAI CONTAR O QUE ACONTECEU COM ALYCIA? VEM TRETA NE? TO AGUARDANDO
    CONTINUA AMOR, TA PERFEITO ❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim e vai durar mais que um capítulo. Amém? Amém!
      Também odeio e sempre tem uma assim que passa pela nossa vida, ai ai.
      Já decidi o futuro dela na fanfic, acho que vai se surpreender! sdjsdj
      EU NÃO PLANEJEI E AMEI COM TODAS AS FORÇAS ESSA CONVERSA DELES <3
      Se ele contar, mas já pensei nisso... vai ter treta sim, pq é disso que o povo gosta e eu também.
      Fico feliz que tenha gostado, hoje mesmo tem mais o/

      Excluir
  2. Acabei de ler os últimos capítulos que perdi e adorei todos. Desculpe desaparecer novamente. Eu achei esse capitulo bem pesado e sinto que as coisas não ficaram resolvidas nele. Adoro um bom drama.
    Gostaria de discutir detalhes, mas estou sem tempo :(
    Posta mais assim que puder.
    Beijos, Mirela (https://gyllenswift.blogspot.com.br/)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado! <3
      Eu também adoro um bom drama e em breve isso aqui vai ficar ainda mais dramático. #SÓVEMTRETAS
      Postarei mais ainda hoje, amém.
      Beijos

      Excluir
  3. Mano socorro
    Eu to doida pra ver essa treta mas sei que quando chegar vou ficar muito puta da cara
    E to é vendo que alycia vai cagar o pato essa puta
    Enfim posta logo que eu to curiosa
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. YEEEEEAH!
      Mulher, prepare-se para os flashbacks...
      Já decidi o futura da minha bichinha na fanfic, vai ser surpreendente, maaaas... é claro que vai ter treta envolvendo ela sim. #ALERTADESPOILER
      Postarei hoje, amém! Bjs.

      Excluir