Eu nunca pensei que esse dia fosse chegar, mas ele chegou e sinto que preciso fazer isso. Não foi uma decisão fácil, fiquei tentando adiar o máximo possível, mas infelizmente não consegui. Começo pedindo desculpas por fazer isso sem aviso prévio, não era minha intenção, mas simplesmente não consigo! O bloqueio não vai embora e não é um bloqueio qualquer, estou passando por alguns problemas e estou em conflito comigo mesma. Sou uma garota de 19 anos e não faço ideia do que fazer da minha vida, nada acontece e por mais que eu tente, sempre acaba do mesmo jeito. No meio disso tudo surgem as cobranças das pessoas e por mais que elas tentem disfarçar, estão dizendo: "Garota, faça alguma coisa da sua vida!" Eu também me cobro, estou cansada de sentir como se estivesse fadada ao fracasso. Cansada de pensar na minha vida e sentir que tudo é uma grande conspiração para que eu quebre minha cara de novo e de novo. Cansada de decepcionar as pessoas! Eu não posso e nem quero decepcionar ninguém, por isso estou me afastando. Não quero que pensem que não me importo, eu me importo, mas não estou conseguindo escrever e eu amo fazer isso, amo mais do que qualquer outra coisa no mundo! Não quero fazer nada de qualquer jeito, nada menos do que perfeito, vocês merecem algo realmente bom. Quero que saibam que não é um hiatus permanente, vou tirar esse tempinho para estudar e correr atrás de algo para o futuro. Voltarei assim que for capaz de escrever algo novamente, quando sentir que esse fardo está menos pesado e... Acho que é isso, me desejem sorte! Amo muito vocês e arrisco dizer que já sinto saudade. Com amor, Jéssie.

05/05/2016

Broken Frame: Capítulo 34 • Pain


revisei rápido, então me desculpem qualquer erro. boa leitura xx


DIA SEGUINTE
TEXAS, 07:00 A.M

          Shane ligou logo pela manhã avisando que já estava chegando, Demi precisou apressar-se para dar um jeito em suas olheiras e vestir algo. A noite anterior não havia sido das melhores e os reflexos estavam em seu rosto! O som da campainha ecoou pela casa, ela desceu apressadamente e abriu a porta. — Bom dia, Srta. Lovato. Sinto muito por não aparecer ontem, mas tive alguns probleminhas e precisei ficar no hospital. — Ele era jovem, bonito e educado. 
— Bom dia, Shane. — Ela sorriu brevemente — Eu compreendo perfeitamente. Entre e por favor, sem formalidade. Pode me chamar de Demi, o.k? — Demetria cedeu espaço para que ele passasse e assim ele pode adentrar na casa. Eles foram juntos até a sala, sentaram-se um de frente para outro e se olharam por alguns segundos. 

— Obrigado por me receber.
— Não precisa agradecer, eu devo admitir que fiquei surpresa ao saber sobre você.
— Não é a primeira vez que escuto isso. — Ele riu baixinho. 
— Nunca me passou pela cabeça que Amanda pudesse se casar, entende? Ainda mais com alguém como você.
— Eu não escolhi me apaixonar por ela, mas aconteceu. — Ele deu de ombros visivelmente incomodado. 

— Desculpe-me se disse algo que não deveria.
— Está tudo bem.

— Sobre o que exatamente quer falar comigo?
— Como você está com tudo isso que aconteceu?
— Eu estou péssima. — Demi suspirou — Não sei se você sabe, mas não tinha conhecimento de nada disso até alguns dias atrás. Eu perdi lembranças daquela noite e só depois de todos esses anos me recordei, então foi um choque!
— Eu sinto muito por todo transtorno, Demi. — Como ele podia ser tão gentil? Ela pensou.  — Nunca pensei que ela fosse capaz de algo tão cruel. 

— Como descobriu? Tenho certeza de que ela não te contou que fez tudo.
— Ela estava colocando besteiras na cabeça da Gigi, então descobri sobre ela e fui alerta-la. Conversamos e através dela descobri algumas coisas sobre Joseph. Inclusive, Amanda contou para Gigi sobre sua suposta "traição" e tudo mais. Jelena disse que achou estranho ela saber de tudo detalhadamente, sabe? Já que nem o próprio Joseph havia detalhado nada para ela.
— E depois?
— Eu decidi que precisava falar com Joseph e contar que você não havia feito aquela coisa horrível com ele. — Os olhos de Demi se marejaram — Precisava fazer isso e caso não fizesse, não teria paz. — O silencio não foi incomodo, Shane ficou surpreso, mas retribuiu o abraço de bom grado. Ela chorou durante algum tempo, ele afagou-lhe as costas e disse palavras de conforto. 

— Obrigada por falar com ele e pelas palavras de conforto, você não sabe o quanto isso me fez bem. — Demi sorriu para ele. 
— Eu fico feliz em ouvir isso.
— Eu sinto falta dele, mas ainda não consigo me perdoar e perdoa-lo por me deixar. — Ela desabafou — Ele viveu três anos mentindo para mim e quando não aguentou mais, simplesmente fez as malas e foi embora. Eu achava que depois de dois filhos, estava um horror e isso só piorou depois que ele começou a namorar aquela garota! Levei um bom tempo para levantar minha auto-estima e me sentir bem novamente. 

— Joseph me disse que tinha intenção de se vingar, mas que arrependeu-se tarde demais. Ele ficou se culpando, então disse que ele deveria respeitar o seu tempo. 
— Mas? Eu sinto que tenha um "mas" nessa história.
— Mas não acho que seja bom você lidar com isso sozinha, Demi. É um fardo grande demais e ele não é só seu, então você deveria contar com Joseph para carrega-lo também. Eu sei o quanto pode ser difícil, mas converse com ele e tente aos poucos reconstruir o casamento de vocês. Sendo casado com Mandy percebi que a vida é curta demais, então viva cada segundo ao lado das pessoas que você ama e nunca deixe que nada lhes falte. O.k? O amor fara tudo valer a pena, Demi.
— Você é tão gentil que faz querer chorar! — Ela riu baixinho e limpou algumas lagrimas — Obrigada pelo concelho, eu prometo tentar. 

— Não sabe como minha consciência está em paz agora, eu sinto como se tivesse cumprido uma missão. — Shane sorriu, mas não durou muito. O celular tocou, ele atendeu e de repente levantou-se. — Eu preciso ir agora, Demi.
— Mas eu nem pude lhe oferecer um café.
— O médico me disse que seria um milagre se Amanda passasse de ontem e agora, eu preciso correr de volta para lá. Ela pode partir hoje e não posso deixar que ela se vá sem antes me ouvir, eu realmente sinto muito.
— Eu posso ir com você?
— Você quer vê-la? — Ele perguntou embasbacado. 
— Sim, eu quero.

LOS ANGELES, 09:00 A.M

          Demetria adentrou no hospital com Shane, ela tomou precauções para que não fosse reconhecida e assim pode andar tranquilamente pelo local. — Joseph esteve aqui ontem. — Shane comentou enquanto caminhavam até o quarto de Mandy. 
— Esteve?
— Eu me esqueci de mencionar isso antes. — Demi assentiu — Desde ontem, ela não diz uma palavra se quer! Eu não sei sobre o que eles falaram, mas deve ter sido intenso. — Ela suspirou — Conversei com o médico ontem e ele me disse que Joseph estava com uma expressão muito triste. 
— Aposto que ele quis ouvir um pedido de desculpas dela e acabou saindo decepcionado.
— Foi exatamente o que pensei. — Shane parou de andar e segurou delicadamente o braço de Demi. Ela olhou na mesma direção que ele e viu Amanda deitada em no leito. Demi estranhou a si mesma por sentir compaixão daquela mulher, mas ela estava irreconhecível! Shane lhe disse algo, mas ela não ouviu direito. — Eu estarei esperando aqui fora, o.k? — Demi apenas concordou — Confio em você e sei que não passara dos limites. — Ela concordou novamente e adentrou no quarto. 

          Mandy acordou, os olhos demoraram para focalizar, mas ela sobressaltou de susto ao reconhece-la. — O que faz aqui? — Perguntou em voz baixa, não conseguia elevar mais do que aquilo. 
— Parece que consegui quebrar o seu silêncio. — Demi sentou-se na poltrona que ficava ao lado da cama. 
— Se veio aqui assistir minha desgraça, perdeu o seu tempo.
— Depois de tudo o que você me fez passar, seria justo, mas eu não sou esse tipo de pessoa! Pensei muito durante o caminho, pensei em coisas que poderia te dizer, mas eu realmente não sei. Só queria saber, o que diabos você queria fazer? Nunca fui ruim com você, Amanda. 
— Nunca se tratou de você, não entende? Sempre foi ele, eu sempre quis o Joseph. — Ela suspirou — Eu vi você como minha maior ameaça, então quis tira-la do meu caminho. Nunca pensei que fosse conseguir, mas aconteceu e eu fiquei momentaneamente feliz. Quando ele bateu na minha porta, eu vi como se fosse minha grande chance e mostrei o quanto poderia ser boa. Eu estava redondamente enganada, entende? Ele só pensava em você e isso me deixou com tanta raiva! Briguei com ele, então nunca mais nos falamos. — Ela fez uma pausa e olhou para Demi — Mesmo não conseguindo conquista-lo, eu havia me dado por satisfeita pela vingança. 

— Como conseguiu ficar satisfeita sabendo que destruiu a vida de pessoas inocentes?!
— Eu estava cega!
— O que quer dizer com isso? — Demi arregalou os olhos ao vê-la estender uma das mãos e segurar a sua que estava livre. 
— Gostaria de ter dito isso para ele, mas perdi minha chance. — A primeira lágrima escorreu — Eu sinto muito por tudo, Demi. É tudo culpa minha, eu poderia ter superado isso, mas agi como uma vadia louca! Não estou pedindo que me perdoe, eu no seu lugar não faria isso, mas acredite em mim. Ele esteve aqui ontem, estava tão lindo como sempre e me disse tantas coisas, Joseph simplesmente quebrou por completo o meu orgulho! — Mais lágrimas — Ele disse que sempre me quis por perto e que me amava como sua irmã, pena que percebi tarde demais o quão isso era precioso. — Demi estava tentando segurar o choro, mas estava quase cedendo — Eu lamento por todos os danos que causei, pelas vidas que destruí e por todas as palavras de ódio. Ele estava certo, eu desperdicei minha vida e não amei quem deveria ter amado. — Demi já estava chorando e não conseguia dizer nada — Não deixe de ama-lo, não deixe de estar com ele e... aproveitar até o último segundo da companhia maravilhosa que ele oferece. Joseph te ama, nunca deixou de te amar e isso deve te bastar! 

— Eu nunca pensei que você fosse capaz de tocar meu coração, Mandy. — Demi disse olhando para ela.
— Consegui? — Um sorrisinho fraco brotou nos lábios dela, os olhos ficaram pequenos e Demi sentiu a aperto em sua mão diminuir. — Eu fico feliz por isso. Demi, você poderia chamar o Shane? 
— Eu sei, mas...
— Está tudo bem, Demi. — Ela ainda sorria — Chame ele, por favor. — Demetria levantou-se, apertou de leve a mão dela e sorriu limpando algumas lágrimas que ainda escorriam. 
— Eu irei, o.k?
— Não esqueça de falar com ele... não esqueça, por favor. — Ela apenas assentiu e saiu rapidamente. Demi olhou para ambos os lados do corredor, avistou Shane sentado em um dos bancos e correu até ele. 

— Demi. — Ele levantou-se rapidamente e olhou para ela — O que Mandy fez com você?
— Conversamos, não se preocupe. — Demi sorriu — Ela me pediu que viesse te chamar.
— Conversaram? Eu... eu... isso é bem estranho.
— Vamos lá, eu te acompanho. — Demi praticamente arrastou ele até o quarto, ele parou e olhou para ela. 

— O que significa isso?
— Ela tem muito o que dizer, então não estranhe. O.k? Eu preciso ir agora, Shane.
— Mas, eu...
— Esse momento é de vocês. — Ela despediu-se dele com um breve abraço — Obrigada pela visita, Shane. Gostei muito de conhece-lo, então mantenha contato e conte comigo para qualquer coisa. — Demi abriu a porta, acenou brevemente para Amanda e foi embora. 

          Shane adentrou no quarto, fechou a porta e ali permaneceu. Tentou decifrar o olhar dela, mas nada lhe parecia certo! Mandy sorriu brevemente e bateu sua mão devagar no espacinho vago em sua cama. — Deita comigo. — Ela pediu com a voz baixa. Ele apenas assentiu, retirou o casaco e deitou-se ao lado dela com certa dificuldade. — Eu sinto muito. 
— Pelo que exatamente? — Shane segurou uma das mãos dela. 
— Por não te amado dignamente.
— Não diga... — Mandy depositou um beijo casto nos lábios dele numa forma de interrupção. 
— Você é gentil, mas não precisa me poupar da verdade. — Shane suspirou — Eu sei que machuquei você, então sinta-se a vontade para extravasar comigo. 

— Estaria mentindo se dissesse que me arrependo, Mandy. Eu me apaixonei por você, estava ciente do seu gênio difícil e das suas loucuras! — Ele riu baixinho — Poderia ter ido embora quando quisesse, mas sempre tive esperança de que você se torna-se uma mulher de bem. 
— Shane, eu... — Ele interrompeu ela do mesmo beijo, mas dessa vez o beijo prolongou-se um pouco mais. 
— Mesmo que fosse no meu ultimo suspiro de vida, eu fiz esse proposito de não desistir de você.
— Você não pensou que o último suspiro pudesse ser meu? — Ela riu baixinho.
— Nunca vou estar pronto para deixa-la partir e você sabe disso, não sabe? — Shane brincou com os dedos dela. 

— Eu estou tão mal, mas é justo depois de tudo que fiz. 
— Não diga isso, você também passou por muitas coisas ruins. Nós dois sabemos, o.k? Não quero que se sinta mal por mim ou pelo que deixou de fazer comigo. Mesmo com seu gênio difícil e todo o resto, nós passamos bons momentos juntos. — Ele sorriu ao lembrar-se de alguns momentos — Por mais que rolasse alguma indiferença da sua parte, nunca deixei de amar seu sorriso ou sua gargalhada extremamente engraçada. O que eu quero dizer é que... eu te amo, amo seus detalhes e a forma como está sendo sincera comigo agora! Eu realmente esperei ver essa pureza e essa bondade em você, então tudo valeu a pena. — Shane sorriu e fechou os olhos tentando em vão conter as lagrimas. Ele chorou por algum tempinho, Mandy manteve sua testa encostada na dele e disse repetidamente: — Eu te amo, Shane. 

NOVA IORQUE
REPUBLIC RECORDS, 05h00 P.M


          Joseph estava sentado no chão do estúdio, ele estava perdido no meio das próprias composições e sentia dificuldade em escolher quais músicas estariam em seu novo álbum. — Acho que entendi o motivo de me chamarem. — Mickey fazia parte da equipe de Joseph, ele sobreviveu ao acidente no ônibus e agora, estava ali. Essa era a primeira vez que eles se viam pessoalmente desde aquele dia!
— Eu não acredito que fizeram isso! — Joseph levantou-se e foi cumprimenta-lo — Estou feliz em revê-lo. 
— Eu também. Como você está, cara? Fiquei preocupado com você. Quando vi sua entrevista na TV, não conseguia acreditar que estava de volta! John me ligou faz uns dias, ele estava tentando reunir o pessoal novamente e é claro que não poderia ficar de fora.

— Você chegou no momento certo, preciso de uma segunda opinião sobre essas composições. — Mickey arregalou os olhos.
— Desde quando precisa de uma segunda opinião? Você é um dos maiores compositores dessa industria musical, Carpenter! — Ele riu e pegou uma das folhas — Onde está seu orgulho? — Mickey correu os olhos pela folha — Já conversou com o produtor sobre a direção musical que quer seguir? Pelo que cantou naquele programa, imaginei algo R&B ou até mesmo eletro-pop. O que você quer? Eu gostei muito dessa música. — Ele pegou mais algumas folhas. 
— Ainda não, mas ainda essa semana resolveremos tudo isso. — Joe suspirou.

— Parece exausto, Joseph. Você já tem muitas composições, o.k? Não precisa escrever mais por um bom tempo.
— Não é isso, eu só... — Ele sentou-se — Estou com alguns problemas e não sei como lidar com tudo, entende? É como se tivesse perdido minhas forças para sustentar meu próprio corpo de pé!

— Joseph, você precisa ouvir isso! — John adentrou na sala com o notebook em mãos.
— Selena enviou?
— Sim. — Ele respondeu animado e Mickey aproximou-se para ouvir também — Conversei brevemente ao telefone com ela e tudo indica que essa música será o próximo single dela. É muito boa, não consigo dizer nada além disso!

— Demi?
— Ela gravou algo para a música e acho que isso irá gerar uma certa repercussão, não sei se foi prudente da parte dela. — Joseph pegou o notebook, abriu o arquivo e aumentou o volume do aparelho no máximo.

"Quando eu estava... quando eu estava no palco, estava pensando... Eu senti que o conheço, conheço o seu coração e sei de tudo. O que ele jamais faria para me machucar, mas eu não percebia que me sentia tão confiante. E me sentir tão bem sobre mim mesma, ter isso completamente destruído... por uma coisa... Algo tão estúpido! Mas aí, ele me faz ficar tão louca, faz parecer como se fosse minha culpa. Eu estava machucada."

          Joseph permaneceu firme, mas por dentro estava aos pedaços! Nunca pensou que uma de suas composições fosse mexer tanto com ele, como era possível? Demi havia conseguido atingi-lo em cheio. — O que acharam? — John perguntou aos dois. 
— É a melhor música da Selena até agora! — Mickey sorriu. 
— Ela conseguiu transformar uma das minhas velhas composições em algo brilhante! — Joe limitou-se em dizer e forçou um sorriso — Vou parabeniza-la mais tarde. 

— Joseph, você está bem? — John o olhou com uma das sobrancelhas arqueadas.
— Estou ótimo, não se preocupe comigo. Só estava pensando em algumas coisas bobas e acho que não estou pronto para perder alguém, entende? Chega, vamos voltar ao trabalho.

--

olá meus amores, como vocês estão? estou bem e feliz por finalmente postar aqui! <3 tem muitas coisas acontecendo, então fica meio difícil, mas continuo escrevendo. não tenho muito o que dizer, mas esse capítulo foi arrasador. espero de coração que tenham gostado... contem pra mim nos comentários o que acharam, o.k? prometo que no próximo todos estarão respondidos.
por hoje é só, prometo voltar logo.
* beijos *



18 comentários:

  1. Simplesmente fabuloso! Muito emocionante esses momentos de desculpas e perdão. Eu realmente amo quando isso acontece entre as pessoas, tanto na vida real como na fictícia. Depois de tantos conselhos esses dois precisam se acertar logo. Uma das melhores fics que eu já li.♡

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. saiu exatamente como planejei e gostei muito disso, socorro!
      eu tbm amo quando acontece, mas devo confessar que isso não estava nos meus planos... simplesmente aconteceu e foi bom <3
      eles vão entolar um pouquinho, tbm existem algumas questões familiares, mas eles vão se acertar! o/
      obrigada pelo carinho, fico feliz que esteja gostando *

      Excluir
  2. to jogada no chão
    sofri junto com a mandy, confesso.
    quis tanto que ela morresse que agora que esse momento chegou, eu queria dar uma segunda chance pra ela.
    a mandy pedindo desculpas abalou tudo...
    Shane é tao fofo, awn...
    isso que é homem de verdade, mesmo sofrendo o pão que o diabo amassou não desistiu da amanda, chorei.
    a demi :(
    vai demorar pra jemi ficar juntos? não aguento mais...
    faz logo a demi ir conversar com Joe
    essa composição é tão linda, e bate com tudo o que esta acontecendo na fanfic...
    posto logo o próximo, bjssss ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu tbm, socorro!
      juro que de primeira pensei em um belo barraco, tapas e socos... só que depois, pensei bem e resolvi fazer algo diferente. o rumo da história mudou sozinho e consequentemente os acontecimentos também, então estou apenas seguindo meu coração. foi tão lindo ela com o shane, chorei!
      só mais um pouquinho, mas prometo que irei compensar tudo isso... existem muitas surpresas vindo por ai <3
      inicialmente foi um dos nomes que pensei em colocar, love will remember também, mas broken frame conseguiu ganhar meu amor infinito! hahaha
      postarei assim que puder, bjssss

      Excluir
  3. Acaba logo com esse sofrimento do dois, quero Jemi de bem logo hahahaha adorei o capítulo Jessie, posta logo lindona!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu prometo que vou tirar eles dessa bad, o.k?
      ~isso depois de alguns acontecimentos, mas vai rolar~
      fico feliz que tenha gostado, postarei em breve <3

      Excluir
  4. Aaaah estou no aguardado de maiis

    ResponderExcluir
  5. OMG OMG OMG OMG OMG...
    Que capítulo foi esse tô morta com tanto tiro,a conversa da Demi e do Shane foi tão fofa,a conversa da Demi e da Mandy me deixou jogada na farofa,e esse momento da Mandy e do Shane foi tão verdadeiro e apaixonado,coitado do Joe essa música da Sel é meu amorzinho ela colocou tudo pra fora nela e colocar como se a Demi tivesse feito o discurso foi a cereja do bolo,eles precisam se entender logo não aguento mais.bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. foi um capítulo cheio de acontecimentos e tudo tão intenso...
      eu gosto de focar no que eles sentem, na emoção em si e acredito que isso torna tudo mais real <3
      fico feliz que tenha gostado de tudo o/
      prometo que o jogo irá virar em breve, o.k?
      tenha paciência, haha
      bjssss

      Excluir
  6. A senhora merecia uma surra só por me fazer chorar
    Cara essas coisas não se fazem
    Essa parte da demi com a Mandy socorro mano me quebrou inteiro to até agora no cantinho chorando
    O Shane é tão perfeito, tomara que ele encontre alguém
    E como assim volta logo? Minha senhora pode inventar de postar logo sem demora pq eu não aguento não kk
    Beijos!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é por isso que gosto de ficar em casa, socorro! rsrs
      ~eu avisei que seria emocionante, não avisei?~
      não planejei aquela conversa, aconteceu e eu me surpreendi... foi incrível!
      ele vai encontrar alguém no final, coitado. ele foi um daqueles personagens que apareceu de repente e roubou meu pobre coraçãozinho </3
      é a vida que não tá fácil pra mim, mas continuo escrevendo... sem agressão, hein!
      bjsssss

      Excluir
  7. posta hj pf, esse capítulo foi perfeito mais eu espero anciosa pelo o próximo.

    ResponderExcluir
  8. mds pff posta esse cap hj, eu to quase pirando aqui de curiosidade, quero desesperadamente um momento jemi. pff pff pff

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Somos duas kkkk estou tendo crise de ansiedade por falta de capítulos.Venha a cada meia hora ver se tem alguma novidade kkkkk

      Excluir
    2. vai ter momento jemi, o.k? <3
      ~juro que não sou do mal, mas estou dando spoiler do bem aq~

      Excluir
  9. Que capitulo foi esse MDS.
    O Shane é um amorzinho.
    Confesso que fiquei comovida com o a rependimento da Mandy.
    E esse tiro no Joe perfeito kkk
    Definitivamente amei esse capitulo, bjs e fui 😍❤

    ResponderExcluir