01/04/2016

Broken Frame: Capítulo 30 • D.N.A



          Joseph chegou de madrugada na cobertura, sentia-se cansado, mas precisava ligar para casa. Pegou o celular, fez uma vídeo chamada para o celular de Sabrina e aguardou até que ela atendesse. — É ELE! — Ela gritou após atender.
— Bom dia, papai.
— Boa noite. — Ele riu e esfregou os olhos.
— Como você está, filho? — Sua mãe apareceu no canto da tela, ela estava com Samuel em seu colo.
— Estou bem.
— Como foi a viagem?
— Tranquila, eu gostei bastante.

— Parece estar cansado. — Kevin espremeu-se para aparecer na tela e Joe riu.
— Os fãs estavam me esperando no aeroporto e eu falei com vários deles. Eles estão muito felizes! John me armou uma festa surpresa e eu acabei de chegar.
— Parece estar feliz também, papai. — Samuel sorriu de forma sincera — Isso é muito bom!
— Eu realmente me senti bem. — Ele bocejou — Está tudo bem por ai?
— Tudo na mais perfeita ordem. — Kevin piscou e olhou para Samuel — Estaremos em São Francisco em alguns dias, então talvez possamos nos encontrar.
— Provavelmente passarei por lá, não sei ao certo. Em dois dias terei uma reunião com todo o pessoal, minha nova equipe e estarei sabendo dos meus compromissos. — Joe fez uma careta — Acredito que primeiro serão as entrevistas e depois começarei a gravar minhas novas músicas.

— Estaremos no aguardo de novas noticias, filho. — Paul tomou a palavra — John me ligou para falar sobre suas próteses.
— Não se preocupe com isso, eu irei em um especialista tirar novas medidas e fazer novas próteses. — Joe bocejou novamente — Eu preciso de algo que me permita movimentos mais ágeis e que ao mesmo tempo pareca algo normal. — Deu de ombros.
— Você precisa descansar. — Sabrina sorriu — Foi uma longa viagem e uma noite agitada, melhor ir dormir. 

— Amanhã nos falamos mais, papai. — Sam sorriu novamente, ele segurava o medalhão e Joe sorriu também.
— Já que insistem tanto, eu irei dormir. — Eles riram — Ligarei mais tarde, beijos. — Joe acenou e os viu acenar também antes de desligar. 

          Joseph olhou em volta, percebeu que tudo estava organizado e no seu devido lugar. Poucas coisas haviam mudado, ele estava satisfeito por Gigi ter mantido tudo como ele gostava. Joe subiu os degraus da escada sem pressa enquanto desabotoava sua camisa, ele adentrou no quarto e despiu-se indo até o banheiro. Encarrou o comodo com certo desgosto pois não era adequado, não para alguém como ele era agora! Resolveu improvisar. Desceu até o andar debaixo, pegou uma cadeira de plástico e logo estava debaixo do chuveiro quente. Seus músculos aos poucos relaxaram, ele suspirou aliviado com a sensação, inclinou sua cabeça para trás e fechou os olhos por algum tempo.

          Estava debaixo do chuveiro quente, uma das mãos apoiadas na parede e a outra em sua boca abafando um soluço. Chorava de pura frustração! Mesmo depois de um ano, ele não havia conseguido perdoa-la. Lembrou-se de empunhar uma arma para mata-la, naquele maldito quarto na Suíça, mas não tinha orgulho disso. Se tivesse feito aquela besteira, não teria visto seu primeiro filho homem nascer, mas era outra ferida que estava aberta. Não sabia se era pai do garoto! O choro ficou mais intenso, mais lágrimas saiam e ele deixou que mais um soluço escapasse. Paralisou, mas não virou-se para encarra-la. Demi estava com os braços em volta de sua cintura e a cabeça apoiada em suas costas. — Não precisa me dizer nada, Joseph. — Ela beijou o meio de suas costas. Aquele simples contato fez seu corpo estremecer! — Você esteve fora por tantos dias, então apenas me deixe ficar aqui e sentir sua presença.

         Não podia pensar nela agora, podia? 

          Joe desligou o chuveiro, pegou o sabonete juntamente com a esponja e começou a ensaboar-se. Novamente estava atormentado pois sentia saudades dela! Entre tantas lembranças boas tinha que se lembrar daquilo? Logo agora que sentia-se feliz, ah ele deveria saber que seria apenas momentâneo. Como a felicidade plena poderia habitar seu coração, se ele não estava completo?

          Ela deveria parar de ser tão doce ou parar de dizer aquelas coisas, ele não era capaz de se conter. Sua respiração ficou pesada, Demi sentiu aquilo e o apertou um pouco mais. Foi quando ele percebeu que ela estava vestida, virou-se não conseguindo conter sua curiosidade e suspirou. Demetria parecia assustada com seus olhos avermelhados e deu um passo para trás apenas para observa-lo melhor. — Não deveria ter entrado assim.
— Eu... eu... não consegui me conter. — Demi atrapalhou-se com as próprias palavras e continuou olhando para ele. Queria ser capaz de decifra-lo como antes, mas algo nele havia mudado e ela não sabia o que era! — Quando se trata de você, eu... eu... sou capaz de tudo! — Ela aproximou-se novamente e tocou o rosto dele com uma de suas mãos tremulas — O que houve com você? — A resposta não veio, mas Demi gemeram ao sentir suas costas baterem contra a parede molhada do banheiro. Joe segurou suas duas mãos acima da cabeça e inclinou-se para beija-la. — Joseph... — Ele olhou nos olhos dela e acabou por soltar-lhe as mãos. O toque das mãos de Demi em seus ombros e costas fez com que seu corpo estremecesse por completo, parte de sua tensão nervosa desapareceu por alguns segundos e ele pode sentir a paz habitar momentaneamente seu coração.

          Enxaguou-se por completo, usou a cadeira como apoio para levantar-se e pegar a toalha. Encostado na parede Joseph secou-se como pode, segurou nos penduradores de toalha e saiu entre alguns pulinhou até a porta. Lá estava sua prótese, ele encaixou-a na perna e caminhou até seu closet para escolher o que vestir. Estava afetado, mas não queria se sentir assim! Queria descansar tranquilamente e com algo em mente não poderia. Vestiu-se rapidamente, colocou a toalha no banheiro, escovou os dentes e deitou-se na cama. Tinha esquecido de como ela era grande, macia e confortável! Fechou os olhos devagar, envolveu-se no lençol e bocejou. O sono felizmente veio e Joe pode finalmente descansar, mas em seu sonho ela estava lá e não parecia nada feliz.

DOIS DIAS DEPOIS
NOVA IORQUE, REPUBLIC RECORDS 
06:30 A.M

          Demetria andava pelos corredores da gravadora com uma expressão fria em seu rosto, não tinha uma pessoa que não olhava para ela. Ela estava acompanhada dos dois amigos, ambos estavam curiosos e temiam o que Demi iria fazer! Há dois dias ela havia ido até sua casa na Califórnia, os motivos não foram revelados, mas ela parecia estranhamente aliviada quando chegou. Estavam a caminho da sala de reuniões onde Joseph estava, ela já havia se resolvido com Nikki e sua equipe pessoal. Muitas pessoas passavam pelo corredor, olhavam para ela e cochichavam: — Como sempre, atrasada. — Demi revirou os olhos, parou em frente a porta e respirou fundo.
— Vocês vão me esperar aqui fora, o.k? — Ela retirou o óculos escuro e encarrou os dois — Isso é sério, eu preciso resolver isso com ele. — Demi balançou um envelope que tinha em mãos e deu de ombros. Os dois assentiram juntos, entreolharam-se e viram quando ela entrou na sala sem qualquer aviso prévio.

          Joseph não esboçou nenhum tipo de reação, estava imóvel e sentia o coração pular desesperadamente em seu peito! Sabia que tinham convocado Demetria, mas não imaginou que ela fosse aparecer. — Chegou atrasada, querida. — Um dos homens que estava presente disse num tom brincalhão, mas Demi não riu.
— Não tenho nada para tratar com os senhores aqui presentes, mas com ele sim. — Ela apontou para Joe.
— Saim todos, nós terminamos por hoje. — Joseph disse firme, ele pegou o copo com água que estava em cima da mesa e levou até os lábios. Estava tremulo! As pessoas ali presentes entreolharam-se confusas e saíram rapidamente, John foi o ultimo. Demi aproximou-se devagar, seu sapato de salto fazia barulho e Joe sentia aquela atmosfera em volta deles tensa. Ela jogou o envelope em cima da mesa, cruzou os braços e sorriu de forma forçada. 

— O que é isso?
— É meu presente de boas vindas, abra. — Ela disse sem conseguir conter sua ironia.
— Não precisamos resolver nossos problemas com ironia.
— Nem tudo foi esclarecido, covarde!

— O que... o que você está falando?! — Ele ficou em pé e tomou o envelope em suas mãos.
— Eu nunca entendi sua atitude estranha quando Samuel nasceu, nunca! — A voz de Demi estava embargada — Suas palavras eram diferentes, você falava coisas como: nunca vou deixar que falte amor para ele. Era como se ele não fosse seu filho e agora, tudo está claro! Você não acreditava que ele era seu.
— Demi, eu...
— Não negue, eu sei que esteve perturbado desde o inicio. Eu estive perturbada nos últimos dias, mas tive a coragem que você não teve! — As primeiras lágrimas rolaram, os dois choravam e se encarravam de forma dolorosa. — Não se aproxime de mim. — Ela o repreendeu com a voz afetada e deu alguns passos para trás.

— Você não me deixou dizer uma maldita palavra até agora!
— Não permita que eu pense demais, o.k? Eu sei muito bem que você não me contou sobre isso pois queria sua vingança! Negue, negue que essa não foi sua intensão desde o inicio e eu não irei embora. — O silencio bastou como resposta — Eu sabia e não te condeno.
— Demi, não vá...

— Veja o maldito exame, analise suas lembranças e será capaz de ver que um detalhe importante passou despercebido por você. — Ela segurou a maçaneta com força, seu coração gritava por ele, mas ainda não era o momento! Tinha plena consciência de que ela precisava curar todas aquelas feridas, ele também precisava e só assim seriam capazes de recomeçar.
— Eu preciso de você! — Ele disse com a voz rouca pois havia sido afetada pelo choro.
— Eu também preciso, mas não com esses espaços entre nós. Me dê um tempo e se dê um tempo, o.k? Espero que o resultado do exame traga um pouco de paz ao seu coração. — Demi olhou para trás, sorriu brevemente e saiu. 

          Joseph abriu o envelope rapidamente, analisou aquelas folhas com pressa e sentou-se novamente. Uma única palavra, entre tantas naqueles papéis, fizeram sentido: POSITIVO. Estava de fato aliviado, mas ainda sentia um grande peso nos ombros. Kevin havia lhe alertado, pediu que ele não deixasse que Demi tomasse aquela iniciativa, mas não deu ouvidos. Tinha um pequeno bilhete junto e ele o pegou para ler, estava tremulo novamente!


Não consigo acreditar que fiz isso, mas espero que tenha encontrado aquilo que tanto procurava.
Seja bem vindo de volta, Joseph.


— Meu Deus, Joe! — John adentrou novamente na sala — O que está acontecendo entre você e Demi? Vocês estão trocando farpas numa frequência que vai além do normal!
— Ela já sabe de tudo, então estamos assim. — Ele deu de ombros e limpou as próprias lágrimas.
— Você está bem?
— Sim, eu estou bem. Algum sinal do Shane?
— Ele acabou de ligar e disse que está chegando. Você tem certeza sobre falar com esse cara aqui? Já que se trata de um assunto tão delicado, você deveria tomar certas precauções para que nada vaze.

— Minha cobertura está passando por uma pequena reforma, então não tenho para onde leva-lo. Não se preocupe, eu tomarei cuidado para que nada saia dessa sala. O.k?
— O.k, eu vou espera-lo na recepção. — Joe apenas assentiu — Beba alguma coisa e recomponha-se, não suporto vê-lo assim. — Novamente ele apenas assentiu. John olhou uma ultima vez para ele antes de sair.

***

          Joseph estava no terceiro copo de uma bebida qualquer, ele analisava atentamente seus compromissos da semana e lia baixinho algumas perguntas da primeira entrevista. John deu três batidas na porta antes de entrar, Joe ergueu a cabeça e levantou-se assim que viu Shane atrás de seu amigo. — Se precisarem de alguma coisa estarei aqui fora.
— Obrigado, mas não será necessário. — Joe forçou um sorriso para tentar disfarçar o nervosismo, John apenas assentiu e saiu.
— Joseph Carpenter. — Ele estendeu a mão para cumprimenta-lo.
— Shane West. — Selou o aperto de mãos com Joe e logo soltou.
— Por favor, sente-se. — Ele assentiu e Joseph fez o mesmo.

— Como ela está?
— Mandy está muito debilitada e pelo que ouvi dos médicos, ela não tem muito tempo.
— Eu sinto muito.
— Não sente ódio dela?
— Tantas coisas aconteceram nos últimos dias, eu sinceramente não sei o que sentir ou pensar. — Joe suspirou — Como descobriu que ela estava por trás de tudo?
— Tudo começou com uma desconfiança e eu descobri que Gigi esteve na minha casa. Foi através de uma câmera de segurança, então pesquisei sobre ela e descobri que era sua namorada.
— Depois disso encontrou-se com ela?
— Sim, ela me falou sobre você e pude descobrir mais algumas coisas.

— Você sempre soube que ela era uma pessoa ruim?
— Sim, mas ignorei isso. — Shane suspirou — Eu me apaixonei por ela desde o primeiro esbarrão por um dos corredores de onde trabalho, ela parecia ser uma boa mulher. Ela sempre estava envolvida em alguma encrenca, sempre! Eu cego como estava, achava que tinham inveja dela.
— E como despertou?
— Ela sempre me falava de você, mas um dia percebi um certo fascínio nela. Amanda não falava de você, ela contava seus detalhes! Sabia reconhecer coisas em você que uma pessoa normal não conseguiria, entende? Uma verdadeira obsessão.
— Eu nunca poderia imagina-la assim.

— Gigi é uma jovem muito boa, então quis impedir que ela se machucasse. Quando soube que havia sido casado, algo me deixou inquieto, então fui ligando os pontos. — Shane fez uma pausa — No inicio, eu achei absurdo, mas depois tive lá minhas duvidas. Mandy sempre sabia contar tudo demais e conclui que para isso ela teria de estar lá para saber tanto.
— Acho que você já deve ter visto que eu e Demetria tivemos uma discussão em publico, certo? — Ele assentiu — Ela me disse sobre Mandy ter feito "isso" conosco, mas não me contou nenhum detalhe.
— Não tenho duvidas de que foi ela e sinto muito por isso.
— Eu também sinto muito por ter procurado por ela, não poderia imaginar que ela havia se casado com você.
— Confesso que fiquei decepcionado, mas reconheço sua sinceridade.
— Obrigado. 

— Oh, eu quase me esqueci de uma coisa. 
— E o que seria?
— Ela realmente esteve lá quando tudo aconteceu, Joseph. Mandy me contou parte disso enquanto delirava de febre! Dizia que precisava sair e que você não poderia vê-la lá. 
— Você permitiria que eu falasse com ela?
— Sim, você pode falar com ela. — Joe assentiu um pouco desnorteado, agora estava sentindo raiva e respirou fundo.
— Eu irei arrumar uma brecha na minha agenda e entrarei em contato com você para combinarmos tudo.

— Você acha que sua esposa falaria comigo?
— Eu não sei como te responder. — Joe riu sem humor — Demi esteve aqui hoje, trocamos poucas palavras e ela foi embora novamente. Está escondida no Texas, mas ela não sabe que eu sei e meio que me pediu um tempo.
— Entendo.
— Estou sentindo o peso nos ombros, eu quis me vingar, mas me arrependi disso tarde demais. Ela está magoada e é tudo culpa minha! — Joe cerrou os punhos sob a mesa — Esqueça, não deveria estar falando sobre isso. 
— Está tudo bem, Joseph. — Shane soltou uma risadinha — Sei o quanto deve estar sendo difícil para você, manter distancia e tudo mais, mas respeite o tempo dela. Tenho certeza de que ela está pensando na relação de vocês como um todo, não acha? Principalmente quando se trata de confiança, então não se culpe tanto por aquilo que já passou. Mantenha sua cabeça erguida e esteja atento ao que está por vir, o.k? É tudo o que você pode fazer no momento.

— Eu nunca imaginei que você pudesse me dizer algo assim, obrigado. — Joe sorriu brevemente e Shane levantou-se.
— Nem eu imaginei, mas você é uma boa pessoa. — Shane retribuiu o sorriso e entendeu-lhe a mão — Acho que já tomei demais do seu tempo.
— Foi um prazer conhece-lo. — Joe levantou-se e apertou-lhe a mão.
— Igualmente. — Assentiu. 

— Estarei aguardando seu contato.
— Eu ligarei em breve. — Shane assentiu e caminhou até a porta — Se quiser tentar falar com ela, John pode lhe dar o endereço.
— O.k, obrigado. — Ele olhou Joseph uma ultima vez, acenou e saiu. 

--

quase não posto hoje, mas aqui estou! yeeep
o capítulo teria ficado maior, mas o meu bloco bugou e perdi uma grande parte do que havia escrito, mas felizmente eu consegui reescrever alguma coisa. o que acharam? espero de coração que tenham gostado. alguém arrisca dizer que detalhe o joe deixou escapar? será que rola um encontro da demi com o shane? joseph falara com a mandy antes dela morrer? 
façam suas apostas e que os jogos comecem!
respostas no próximo, amores
tenham uma boa noite     

 

16 comentários:

  1. Altas revelacoes! Não pude comentar nos dois últimos mas...
    Que caralho é esse vey?
    Tá incrível. Sam é um mini Joezinho!!!! ❤❤❤❤
    E demi míseravel? Minha linda me enchendo de orgulho!
    Joe retardado... continua logo tá? Tá perfeito e parabéns pelo capítulo maravilhoso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. cada vez mais interessante essas revelações G.G
      as mãos até tremem para escrever mais, tu não faz ideia
      esse menino ainda vai nos orgulhar bastante <3
      ela está arrasando, hein!
      fico feliz que tenha gostado, obrigada :)

      Excluir
  2. OMG OMG OMG OMG OMG OMG OMG OMG OMG OMG OMG OMG OMG OMG OMG OMG OMG OMG OMG OMG OMG OMG OMG OMG OMG OMG OMG OMG OMG OMG OMG OMG OMG OMG OMG OMG OMG OMG OMG OMG OMG OMG OMG OMG OMG OMG OMG OMG OMG OMG OMG OMG OMG OMG OMG OMG

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. calma moça, respire fundo! hahaha <3

      Excluir
  3. Eu acho que o Joe não fez as contas direito, acho que a Demi já tava gravida quando aconteceu as coisas.
    Eu to tão feliz por ele ser pai do Sam 😍❤
    Acho que a Mandy morre com a visita do Joe kk.
    Shane melhor pessoa ❤ Demi tem que se encontrar com ele.
    Amei o cap, bjs e fui ❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. será que foi apenas isso? ~suspense~
      eu surtei escrevendo esse capítulo e foi tão bom <3
      vai ser um acontecimento que vai reunir geral, aguarde.
      o shane é incrível... ele aparecera mais vezes por aqui, gosto muito dele!
      fico feliz que tenha gostado, beijos ***

      Excluir
  4. Pai do céu! Quantas emoções. Sam é filho do joe eeeee eu sabia! Joe e Demi chorando, ai jesus é difícil esses momentos! Eu só quero ver a cara da Mandy quando Joe visitá- la há há há. Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. são tantas e ainda tem mais vindo por ai, hein ;)
      foi muito bom escrever sobre isso, mas fiquei imaginando se não fosse... acho que cabeças iriam rolar, hein ~já penso logo na treta, credo~
      ainda tem muito choro vindo por ai, segura!
      estou louca para escrever sobre isso sdjsdjsdj
      beijos *

      Excluir
  5. sabia que era filho do joe...
    palhaçada esse exame kkk adorei ❤️
    espero que o joe fica com mais raiva da mandy kkkk...
    tá perfeito
    postaaaa logoo
    beijos amora ❤️

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. demi e seus truques, ela está se revelando <3
      já estou planejando essa visita dele para a mandy... o negocio vai ferver, hein!
      fico feliz que tenha gostado, amor *u*
      beijos

      Excluir
  6. SIMMMMMMMM! SAM É FILHO DO JOOOOE! CHUUUPA MUNDOOOO!
    aaaaaaa EU TO SURTANDO EMOÇÕES DEMAIS PARA UM FDDDS! ASSISTIU AO IHEARTAWARDS JESSIE, TEVE MOMENTO JEMI E JUSTEMI, DEMI E IGGY, AAAA NAO TO SABENDO LIDA COM ESSAS GRACINHAS DA MINHA VIDA.
    ENFIM, TA MARAVILHOOOSO, QUERO A RESOLUÇÃO DESSES PROBLEMAS,MAS JA DA UMA DOR SABENDO QUE A FIC ESTA CHEGANDO AO FIM :(
    QUERO A DEMI CONVERSANDO COM O NICK E VENDO QUE FOI ALGO QUE ELES DEVEM SUPERAR JUNTOS E QUE NEMI É A MELHOR AMIZADE EEEVER!
    SHAANE LACRANDO! QUERO SABER O DETALHE QUE O JOE DEIXOU ESCAPAR, VAI TER FLASHBACK??? ESPERO QUE SIM!!
    PAAAARABEEENS JESSIE, CONTINUA LOGO. BEEEEIJOS!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. surtei de madrugada escrevendo sobre isso e foi muito bom! <3
      tem tantas emoções por vir ainda, prepare-se.
      ESSE IHEARTAWARDS ROUBOU O RESTO DO MEU CORAÇÃO, SURTEI ALTAS HORAS! e aquela performance de stone cold? eu não vou superar nunca, nunquinha mesmo *w*
      nem me fale sobre o fim, moça :( vai ser uma semana de bad sem fim
      NEMI É VIDA sz eles vão ter alguns momentos até finalmente se acertarem, mas vai acontecer.
      tenho um amor muito especial pelo shane, ele é incrível!
      vai ter flashback sim, lindo e maravilhoso ~yep~
      obrigada, amor. beijos **

      Excluir
  7. OMFG
    THATS MY ONLY WORDS TODAY
    OMFG
    arrasou viado, amei, tomara que a demi dê um puta de um gelo no joe e faça ele correr muito atrás
    mentira eu ia ficar com pena
    posta logo bae

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. MULHER
      VOCÊ POR AQUI
      SOCORRO
      levantei do chão aqui e fico muito feliz que esteja gostando <3
      postarei assim que puder, beijos *

      Excluir
  8. É tudo tão lindo por aqui, parabéns!
    Se quiser me fazer uma visitinha no blog eu fico feliz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. seja bem vinda, anjo
      fico feliz que tenha gostado do meu cantinho <3
      assim que tiver um tempinho livre passo por lá, o.k?
      beijos

      Excluir