Eu nunca pensei que esse dia fosse chegar, mas ele chegou e sinto que preciso fazer isso. Não foi uma decisão fácil, fiquei tentando adiar o máximo possível, mas infelizmente não consegui. Começo pedindo desculpas por fazer isso sem aviso prévio, não era minha intenção, mas simplesmente não consigo! O bloqueio não vai embora e não é um bloqueio qualquer, estou passando por alguns problemas e estou em conflito comigo mesma. Sou uma garota de 19 anos e não faço ideia do que fazer da minha vida, nada acontece e por mais que eu tente, sempre acaba do mesmo jeito. No meio disso tudo surgem as cobranças das pessoas e por mais que elas tentem disfarçar, estão dizendo: "Garota, faça alguma coisa da sua vida!" Eu também me cobro, estou cansada de sentir como se estivesse fadada ao fracasso. Cansada de pensar na minha vida e sentir que tudo é uma grande conspiração para que eu quebre minha cara de novo e de novo. Cansada de decepcionar as pessoas! Eu não posso e nem quero decepcionar ninguém, por isso estou me afastando. Não quero que pensem que não me importo, eu me importo, mas não estou conseguindo escrever e eu amo fazer isso, amo mais do que qualquer outra coisa no mundo! Não quero fazer nada de qualquer jeito, nada menos do que perfeito, vocês merecem algo realmente bom. Quero que saibam que não é um hiatus permanente, vou tirar esse tempinho para estudar e correr atrás de algo para o futuro. Voltarei assim que for capaz de escrever algo novamente, quando sentir que esse fardo está menos pesado e... Acho que é isso, me desejem sorte! Amo muito vocês e arrisco dizer que já sinto saudade. Com amor, Jéssie.

16/11/2014

Capítulo 3


225 anjinhos, obrigado Deus :) 



São Paulo, Ap da Demi - 10h00 da noite


          O táxi parou em frente ao prédio e Demi desceu, o senhor lhe ajudou com sua bagagem e assim ela adentrou. O porteiro lhe deu um aceno e ela retribuiu com a cara um pouco amassada, dirigindo-se até ao elevador ela bocejou e apertou o botão. Seu apartamento ficava no vigésimo andar e por muito pouco ela não cochilou em pé ali! Assim que ela chegou ao apartamento e abriu a porta... assustou-se! Flores... haviam flores para todos os lados e seus pais estavam no meio de tudo isso. — Oh meu Deus! — Exclamou surpresa. — Vocês fizeram tudo isso pra mim? — Demi perguntou surpresa.
— Suas leitoras, filha. — Dianna disse emocionada. — O porteiro me chamou, pois não sabiam onde guardar isso tudo! — Demi abraçou a mãe fortemente.

— Você deveria ter me contado, você deveria... — Eddie abraçou "suas garotas" e beijou a testa de Demi.
— Tínhamos problemas demais, eu não queria dar "mais problemas" ainda pra vocês. — Ela sorriu com os olhos brilhando em lágrimas.
— Oh, filha.
— Sentimos sua falta, Dem— Demi sorriu para Eddie.
— Também senti falta de vocês.


Não muito longe dali...
 Casa dos Jonas - 10h15 da noite


          Joseph chegou em casa e foi recebido de forma calorosa por sua mãe, ela pulou em cima dele! Joe a girou no ar e assim que colocou-a de volta no chão plantou um beijo em sua bochecha. — Você nem sentiu minha falta, não é mesmo?
— Quase morri, bebê! — Joe era filho único e isso explicava o fato dele ter apelidos fofos. Ele riu e abraçou-a de lado enquanto caminhavam para a cozinha, o cheiro estava maravilhoso! — Olha só quem chegou, Paul. — Denise sorriu largamente.
— EEEH, meu garoto! — Ele largou as panelas e foi abraça-lo. — Como foi lá?
— Foi bem. — Sorriu fraco.

— Diz aqui, só pro pai... você se declarou pra moça? — Joe suspirou, Denise afagou as costas do filho e Paul coçou a barba ainda por fazer.
— Pai, eu não quero falar sobre isso.
— Tudo bem, filho. — Paul deu-lhe um soquinho no ombro e voltou ao fogão.
— Vamos comer, seu pai fez seu prato favorito.


Dia Seguinte, 
Bienal do Livro - 03h00 da tarde


          Demetria estava autografando cópias e mais cópias de seus livros, para leitores que vieram de muitos lugares para vê-la. Ela estava feliz, pois seus pais estavam lá, mas por outro lado estava triste... Joseph não estava lá! Ela ligara antes de começar o evento e Denise disse que ele estava dormindo. Demi sabia o quanto ele estava cansado e ainda sim sentido com suas palavras, então ela não ousou pedir que Denise o acordasse. Ela já sentia o cansaço lhe abater e já bocejava, sua noite foi terrível no quesito sono! Depois que seus pais foram embora, ela tentou dormir, mas não conseguiu... frustrada, ela passou parte da noite escrevendo e pensando. — Obrigado, eu te amo! — Uma garotinha se despediu com um abraço e saiu feliz da vida com seu livro autografado.

— Próximo. — Demi anunciou sorridente, mas logo depois que viu quem era... pediu para morrer! Mesmo depois de oito anos sem vê-lo, ela reconheceria aquele rosto no meio da multidão. Alex Bechet, estava bem ali na sua frente sorrindo! Aquele desgraçado sorria?! Demi se levantou e se preparou para fugir, mas suas pernas falharam e ela despencou! Só não deu de cara no chão por causa dele, suas mãos macias tocaram seu ombro e ele conseguiu segura-la.
— Você está bem?
— Não te interessa saber como estou! — Ela disparou. — O que esta fazendo aqui?
— Eu vim conversar.
— Não quero papo contigo!

— Você não quer ao menos uma explicação?
— Não, eu não quero!
— Você imaginou meu ponto de vista no seu livro, mas se recusa a saber o que realmente estava pensando?

— Me dê um bom motivo para ouvir você.
— Eu quero que saiba a verdade! — Demi suspirou pesadamente e Alex soltou-a.
— O.k, me espere na sala das autoras. — Ela apontou pro corredor. — É no final desse corredor, tem um letreiro na porta. Eu vou logo, prometo.
— Tudo bem, estarei esperando. — Sorriu e saiu. Droga, droga... DROGA!

          Depois de atender mais algumas de suas leitoras, Demi foi para a sala das autoras. Ela demorou um pouco para entrar, pois tinha medo do que iria ouvir, mas quando finalmente criou coragem, ela entrou e fechou a porta. — Pode falar.
— Sente-se aqui. — Ele bateu no espaço vago do sofá. Demi caminhou até lá e se sentou ao lado dele. — Bem, vamos começar. — Ela assentiu. — Em momento algum eu disse que não gostava de você, Dem. Eu era um garoto perdido com um lado obscuro e você sabia disso, você me conhecia melhor do que ninguém! Tinha meus problemas também e naquele momento eu não era capaz de amar ninguém, nem a mim mesmo. Eu fiquei muito confuso quando soube das suas intenções comigo e isso explica muitas das minhas atitudes idiotas com você. Até hoje não entendo bem o que eu sentia por você na época, mas quero que  saiba que nunca... nunca foi minha intenção fazê-la sofrer! Quando vi algo sobre sua entrevista no jornal, eu olhei bem e te reconheci. — Ele sorriu. — Você não mudou absolutamente nada, continua muito bonita.
— Obrigado.

— Você me perdoa?
— Sim. — Ele foi para abraça-la, mas Demi se levantou cortando seu barato.
— Pensei que...
— Eu perdoei, mas não esqueci! — Demi estava zangada, pois sentia seus batimentos acelerarem e tudo isso por causa daquele desgraçado!
— Eu quero uma chance pra me redimir.
— Você já pediu perdão e o recebeu pode ir embora! — A porta foi aberta chamando a atenção de ambos, era Joseph e ele não estava sozinho, ao seu lado estava CeCe, melhor amiga de Demi.

— Interrompemos?
— Não, não. — Demi respondeu rapidamente olhando para Joseph. — Alex já esta de saída, não é mesmo? — Os olhos de Joe se arregalaram e Demi logo convenceu Alex a ir embora antes que Joe voasse nele!
— Demi, por favor, apenas uma chance?!
— Eu já lhe disse...
— Por favor? Em nome dos velhos tempos.
— Oh diabos, tá bom! Eu aceito jantar com você, mas só um jantar. — Demi passou rapidamente seu telefone e se despediu dele com um aperto de mãos. Ela só poderia estar louca! Jantar com o cara que partiu seu coração em mil pedaços, ela estava literalmente louca!

— CeCe, eu senti tanto sua falta! — Ela se jogou em cima amiga e elas se abraçaram, Joseph estava sentado no sofá pensando. O que Alex estaria fazendo lá? E qual o motivo de Demi não ter colocado-o para correr?
— Eu também senti sua falta, aconteceram tantas coisas... eu preciso te contar tudo! — CeCe disse sorrindo. — E então, como foi a viagem?
— Foi incrível, não é mesmo Joseph?
— Sim. — Disse distraído.
— Nossa que animação, hein! — Demi o observou enquanto CeCe ria.
— Estou com calor, topam ir na sorveteria? — Ele sorriu fraco.
— Uh, eu topo e você Demi?
— Vamos, vai ser uma ótima oportunidade de colocarmos o papo em dia.


--

oie, tudo bem com vocês? eu tô bem e super feliz O/
vou falar do capítulo agora... O PUTÃO VOLTOU! preparem-se, ele vai atrapalhar muito e podem dizer que a demi é burra que eu deixo. sério, até eu fiquei transtornada aqui kkkkkk mas vocês sabem que eu não vou deixar as coisas extrapolarem, não é mesmo? sim, vocês sabem ;) esse não é o melhor capítulo que eu escrevi, mas eu prometo que vou melhorar. li os comentários, mas não tive tempo de responder :( 
SEJA BEM VINDA DE VOLTA GABI, SURTEI COM SEU COMENTÁRIO! *-*
beijos meus amores, até o próximo capítulo  

 

cara, ela é muito diva!!! 

9 comentários:

  1. OLHA AQUI, ESSE ALEX NEM BOTOU PRESSÃO DIREITO E ELA JÁ ACEITOU É BURRA MSM, MDS, N AGUENTO ISSO
    VOU SOFRER COM O JOE JUNTO, PQ OLHA
    olá, jéss <3
    td bem, amr?
    eu ainda estou indignada, cmo assim ela já aceitou?
    o coitado do joe ta implorando p ela tem tantos capítulos (mas gente a fic ta no terceiro ainda) e a demi ta enrolando aí chega esse cuzudo, rapariguento, e já recebe um sim sem precisar se ajoelhar
    olha vontade de esfregar a cara dele e da demi (sim, estou revoltada cm ela tb) no asfalto.
    joe devia agir, devia fazer ciúmes nela!
    p ver se causa algum efeito nela, sabe? hehe'
    eu amei, apesar de estar indignada com a demi, capítulos assim são essenciais!
    posta logo, ta?
    amo vc ♥
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. uia, ainda sou a primeira, faz milênios q isso n acontece uheuheuheueheu
      falando nisso, já assistiu/ouviu froot? AINDA ESTOU LOUCONA E OLHA Q FOI LANÇADO DIA 11/11, HEIN

      Excluir
    2. oie, eu tô bem sim e vc?
      pois é, demi cedeu fácil, mas vai pagar caro! #spoiler'
      ela está confuso, então podemos dar um desconto pra ela kkkk
      ELE VAI FAZER ISSO E MUITO BEM FEITO! OoO
      posto sim, pode deixar :) tbm te amo.
      AEEEEEEW PARABÉNS!
      ouvi sim mulher, vi o clipe tbm... AMEI!

      Excluir
  2. Não acredito que o viado está na vida da demi denovo....tadinho do joe ❤️
    To ansiosa para saber mais,
    Demi doida ainda aceita sair com ele,enfim...posta logoooo
    Beijos sz

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. tadinho mesmo, sinto por ele...
      já vou postar :)
      esse jantar vai sair caro... muito caro! #spoiler2
      MUAHAHAHAH!

      Excluir
  3. Eu realmente espero que o Alex n de um abraço na Demi... essa burra!
    Se o Joseph me quisesse n precisava nem implorar, eu já ia com aa pernas abertas pra mozao...
    Nossa essa Demi é do carai, que anta... to nervoso ja com ela kkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu tbm... KKKKKKKKKKK'
      porra é joe jonas, o que essa mulher tem na cabeça?
      pode deixar, ela vai ganhar uma lição... #spoiler3
      MUAHAHAH!

      Excluir
  4. Heyy
    O mal amado voltou É HOJE QUE O CIRCO PEGA FOGO
    Isso não vai prestar..
    Prevejo Joseph armando o barraco u.u
    Posta logooo
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HEY HO LET'S GO!
      é hoje, é hoooje... *le cantando*
      não vai mesmo, menina... o pau vai comer!
      vai ter treta e a demi vai pagar... ai senhor...
      TÔ ANSIOSA PARA ESCREVER O CAPÍTULO DA TRETA O/
      pode deixar posto sim :)

      Excluir