Eu nunca pensei que esse dia fosse chegar, mas ele chegou e sinto que preciso fazer isso. Não foi uma decisão fácil, fiquei tentando adiar o máximo possível, mas infelizmente não consegui. Começo pedindo desculpas por fazer isso sem aviso prévio, não era minha intenção, mas simplesmente não consigo! O bloqueio não vai embora e não é um bloqueio qualquer, estou passando por alguns problemas e estou em conflito comigo mesma. Sou uma garota de 19 anos e não faço ideia do que fazer da minha vida, nada acontece e por mais que eu tente, sempre acaba do mesmo jeito. No meio disso tudo surgem as cobranças das pessoas e por mais que elas tentem disfarçar, estão dizendo: "Garota, faça alguma coisa da sua vida!" Eu também me cobro, estou cansada de sentir como se estivesse fadada ao fracasso. Cansada de pensar na minha vida e sentir que tudo é uma grande conspiração para que eu quebre minha cara de novo e de novo. Cansada de decepcionar as pessoas! Eu não posso e nem quero decepcionar ninguém, por isso estou me afastando. Não quero que pensem que não me importo, eu me importo, mas não estou conseguindo escrever e eu amo fazer isso, amo mais do que qualquer outra coisa no mundo! Não quero fazer nada de qualquer jeito, nada menos do que perfeito, vocês merecem algo realmente bom. Quero que saibam que não é um hiatus permanente, vou tirar esse tempinho para estudar e correr atrás de algo para o futuro. Voltarei assim que for capaz de escrever algo novamente, quando sentir que esse fardo está menos pesado e... Acho que é isso, me desejem sorte! Amo muito vocês e arrisco dizer que já sinto saudade. Com amor, Jéssie.

27/01/2016

Broken Frame: Capítulo 9 • Feelings



          Demi esperava que um dos filhos dormisse aquela primeira noite com ela, mas nenhum deles apareceu. Ela os ouviu no corredor indo em direção ao quarto de Joe e suspirou entristecida com isso. Sabia que eles estavam com saudade dele, mas ela também havia ficado fora e eles só haviam ficado poucos dias juntos. Sabrina lhe escondeu o namorado e as composições! De repente ela se sentiu vazia e estranhamente solitária, aquilo já havia acontecido e ela sabia que deveria evitar. Ela virou-se na cama, encarrou o teto e lembrou-se de uma época em que quase não se sentia assim. Sentia falta de ter uma família só sua e sentia falta também de ter uma pessoa que fosse capaz de acalmar sua confusão interior! — Droga! — Ela suspirou se dando conta de que chorava — Você é tão patética, Demetria! — Disse para si mesma e soluçou. Demi tentou parar, repreendendo-se inúmeras vezes, mas tudo em vão. Ela só dormiu quando chorou bastante ao ponto de se sentir entorpecida e extremamente cansada, como se tivesse feito o show mais exaustivo de toda sua vida!

***

          Nicholas desembarcou no aeroporto com uma aparência horrível! Ele não havia pregado os olhos em momento algum das intermináveis horas dentro do avião, sentia-se triste por Joe e culpado por coisas do passado. Se não fosse por tantas coisas, ele teria sido informado do acidente e estaria com ele agora! — Desculpe-me. — Nick abaixou-se para apanhar a bagagem de mão de uma mulher, ele havia esbarrado nela — Eu realmente estava destra ido e não... — A restante da frase morreu, Selena o olhava surpresa!
— Nicholas?
— Selena.
— O que faz aqui? — Eles perguntaram em uníssono e suspiraram.
— Você primeiro. — Ela pegou sua bagagem de mão de volta.
— Eu vim ver meu irmão, falei com Demi no telefone ontem e ela disse que ele está aqui.
— Parece que viemos para cá com o mesmo objetivo.
— Você também estava procurando por ele? — Aquele proximidade deixou Selena um pouco sufocada.
— Na verdade, Demi me procurou e conversou comigo sobre o sumiço dele. Eu não sabia de nada e fiquei bastante preocupada! Ela me mandou uma mensagem dizendo que ele estava na Suíça e eu vim.
— Eu também e não consigo entender o motivo dos meus pais esconderem isso de mim. — Selena riu baixinho.
— Nicholas isso está tão óbvio, mas vamos deixar isso para lá. Obrigado por apanhar minha bagagem de mão, agora se puder me dar licença... eu preciso ir.
— Meu carro está lá fora, podemos ir juntos.
— De jeito nenhum, já tem pessoas demais olhando para nós!
— Dane-se eles, Selena! É só uma maldita carona. — Ele estava arrasado e só parecia querer ajuda-la.
— Eu aceito. — Nick pegou a mala um pouco maior que Selena carregava e caminhou com ela até o carro.

***

          Do aeroporto até a casa no lago era menos de uma hora, Nick estava dirigindo rápido e Selena o analisou. Nunca havia visto tão preocupado com Joseph antes e estranhou. — O que houve com ele?
— Demi disse que ele... — O nó se formou na garganta dele, se ele chorasse na frente dela sentiria-se ainda mais ferrado!
— Você está me deixando assustada, Nick. Fale de uma vez!
— Ele perdeu uma pernas no acidente. — Uma lágrima saiu, seguida de muitas outras e ele tentava elimina-las rapidamente. Selena sentiu o coração apertar e a preocupação com seu amigo dobrar!
— Eu não sei o que dizer.
— Fiquei tão assustado, ainda estou assustado. Ele me odeia, mas não deixa de ser meu irmão! Eu o amo e tinha o direito de saber disso.
— Se você diz estar assustado, imagine eu! Eu estou com minha cabeça cheia de perguntas e sinceramente, espero que ele possa responder todas elas. Serei incapaz de sair daquela casa sem respostas!
— Eu também. — Ele suspirou.

LAGO DE ZURIQUE, 09:00 A.M

          O interfone e o portão acabara de ser concertado por Paul, então Nicholas precisou falar com alguém antes de entrar. Samuel havia atendido o interfone, mas não havia entendido direito quem era e mesmo assim permitiu a entrada. Joseph estava na cozinha tomando café com Sabrina e estranhou o barulho de carro ao lado de fora. Ele levantou-se e caminhou até a entrada da casa. Nicholas abriu a porta do carro e saiu correndo até a entrada da casa, Selena foi logo atrás caminhando por causa dos sapatos de salto que usava. Joe indignou-se, Demi poderia ter contado para qualquer pessoa, menos Nicholas! Ele sentiu a raiva e o ódio tomarem conta de seu ser, seus punhos cerraram imediatamente e ele pisou forte até o irmão. Nick abriu os braços para abraça-lo, mas recebeu um soco forte e certeiro na face esquerda! — O que diabos você está fazendo aqui?! — Perguntou alterado, seu irmão estava no chão.
— Eu sou seu irmão e vim ver como você estava! É assim que você me recebe?!
— Irmão porra nenhuma! — Ele cuspiu as palavras — Se fosse meu irmão nunca teria feito o que fez comigo!
— Você sabe que eu...
— Vai embora!
— Joseph, não faz isso comigo. — Nick estava se levantando, mas recebeu um chute forte no estomago. Ele caiu novamente no chão, gemendo de dor!
— EU SÓ PRECISO DE UMA PERNA PRA CHUTAR VOCÊ PARA FORA DESSA CASA! — Ele gritou alto, perdendo o controle.
— Joseph, pare com isso! — Selena se colocou na frente de Nick — Por favor, acalme-se. — Ele olhou para Selena e respirou fundo tentando acalmar seus ânimos — Seus filhos estão olhando pela janela, pelo amor de Deus! — Ele espremeu os lábios e levou uma das mãos na cabeça.
— Eu sinto muito, Sel. — Ela o abraçou forte. Joe estava com a cabeça no ombro dela e chorou. Chorou de raiva por Demi ter feito aquilo com ele, ela sabia que seu irmão mais novo seria a última pessoa na face da terra que ele gostaria de ver! Agradecia imensamente ao Deus todo poderoso por Selena estar ali, ela sim merecia saber. 
— Está tudo bem, Joe. Apenas respire fundo e relaxe! Eu estou aqui pra você, então não se preocupe com nada.
— Eu deveria ter te contado, eu deveria...
— Não tem problema, Joseph. Eu não estou chateada, não mesmo. — Ela olhou para ele, segurava o rosto dele entre suas mãos e aproveitou para beijar-lhe a bochecha — Estou feliz por vê-lo.
— Meu Deus, Joseph! — Denise correu até Nicholas e o ajudou a se levantar — O que você fez? — Selena o impediu de falar qualquer coisa.
— Está tudo bem, Denise.
— Selena?
— É uma longa história. — Sorriu — Vou leva-lo para dentro, depois conversamos. — A mãe de Joe assentiu.
— Paul! — Ela gritou o marido. 

          Selena e Joseph adentraram na casa. Demi estava nas escadas, estava com uma expressão difícil de ser descrita e recebeu um olhar desaprovador de Selena. Joseph evitou olhar para ela, ainda estava muito irritado e temia ser cruel demais ao ponto de assustar os filhos! — Papai, papai! — Samuel correu até eles preocupado — Tia, ele está bem?
— Está tudo bem, Sam. Termine de tomar seu café, o.k? Sabrina acompanhe seu irmão até a sala se refeições. — O tom de voz dele era frio. O garotinho deu dois passos para trás, Sabrina veio e levou o irmão rapidamente de volta para a sala, como havia sito pedido. 

***

          Joseph levou Selena até seu estúdio particular, trancou a porta e desabou de uma vez por todas. Sentou-se no sofá de dois lugares, apoiou os cotovelos nos joelhos e enterrou o rosto nas mãos. Chorava sem conseguir controlar o que sentia, estava no seu limite e queria morrer! — Joseph. — Selena ajoelhou-se aos pés dele e tentou erguer o rosto dele — Olhe pra mim, por favor.
— Eu queria ter morrido, sabia? Quando me olhei no espelho pela primeira vez e estava usando essa coisa, desejei estar morto!
— Não diga isso.
— Olhe só pra mim, estou horrível!
— Joseph, não seja tão duro consigo mesmo. Você não tem culpa, foi um acidente!
— Eu odeio o fato do passado ainda me assombrar! — Ele desabafou — Quando minha mãe disse que Demi estava me procurando, eu ri tanto! Parecia ser a piada mais engraçada do mundo, mas depois disso eu me lembrei dela. Me lembrei de um jeito que eu não gostaria...
— Você ainda gosta dela, não é mesmo?
— Eu odeio ela, Selena!
— Joseph, somos amigos e você sabe que não precisa mentir pra mim.
— Eu não estou mentindo.
— Sinceramente, eu tenho medo.
— Medo?
— Medo de que você se engane, eu me enganei com Justin e não foi nada legal. Eu o usei, sinto que o usei e me sinto muito mal! — Ela desabafou — Eu só não quero que você tenha mais esse problema sob seus ombros.
— Está me dizendo que ainda ama o puto do meu irmão? — Ele riu baixinho.
— Talvez. — Ela suspirou.
— Eu me lembro que fizemos terapia com o Kevin e quase o deixamos louco! — Selena concordou rindo, felizmente ele havia parado de chorar — Mesmo com tudo o que aprendi com Kevin, não consegui controlar minha raiva. É como se aquela sede de vingança estivesse bem viva aqui dentro de mim e tenho medo de fazer alguma besteira, sabe? Ontem segurei o braço de Demi tão forte, pude sentir o medo dela, foi estranho até mesmo pra mim! 

— Vocês brigaram?
— Sim, ela me disse que havia contado sobre mim para alguém e eu fiquei irado! Era a única coisa que eu ia pedir para ela não fazer, sabe? E ela tipo: eu já contei, mas juro que não foi por mal. Duvido muito!
— Você de certa forma está esperando pela vingança, não é mesmo?
— Como assim?
— O fato dela não se lembrar de nada e tudo mais. Foi por isso que você não contou?
— Sim, mas no inicio não foi intencional. Só depois de algum tempo que me lembrei disso!
— Você quer que ela se lembre?
— Sim, eu quero muito. Desejo que isso aconteça diante dos meus olhos pra mim ter o prazer de vê-la sentir aquela dor que eu senti! O modo como ela falou com ele naquela noite, eu nunca mais esqueci e me fez pensar que Nicholas era apenas mais um.

— Você acha que ela te traia com outros?
— Acho que sim, não sei ao certo. — Ele balançou a cabeça tentando afastar o pensamento — Eu não sei como aguentei passar três anos com ela sabendo dessa traição.
— Você fez um sacrifício pelas crianças, Joe. Não pode se culpar por isso!
— Juro que todos os dias tentava perdoa-la e seguir em frente, mas não conseguia. Hoje quando olho para ela meus sentimentos se tornam indefinidos e eu só consigo sentir raiva! — Selena levantou-se e pareceu vasculhar as composições de Joe.
— Ela estando tão perto de você não está facilitando suas tentativas de esquece-la, não é mesmo?
— Selena, eu já disse...
— Sentimentos indefinidos, você disse. — Ela pegou uma das composições e começou a ler — Joseph, você não odeia e nem ama, está apenas ferido.
— Onde quer chegar com isso?
Há um milhão de motivos para eu te deixar, mas o coração quer o que ele quer? — Ela leu um dos versos — Joseph, Joseph...

— Isso é algo antigo e não está completa. — Ele justificou-se, alguns segundos depois — Acho que nunca serei capaz de gravar algo assim, Sel. É muito pessoal!
— Não estou falando da composição e você sabe disso.
— Eu não aguentaria, não outra vez. O.k? Não importa o que o meu coração quer ou deixa de querer, não mais. — Ele forçou uma risada e se levantou — Vou usar meu cérebro e todas as formas racionais possíveis para não nutrir qualquer tipo de sentimento por ela. — Selena apenas assentiu sem desgrudar os olhos da composição. Joe aproximou-se, passou um dos braços pelos ombros de Selena e ela o olhou sorrindo.

— Você é brilhante! — Joe apoiou sua cabeça na dela e sorriu com sinceridade.
— Pode ficar com ela, aceite como um bônus do meu pedido de desculpas. — Ele beijou a testa dela.
— Eu não...
— Você pode sim, então aceite logo. — Riu — Obrigado por vir e me impedir de fazer uma besteira.
— Não me agradeça, Joe. Você sabe que precisa falar com ele, não sabe? — Ele suspirou.
— Sei, mas não quero.
— Eu vou estar lá, vai ficar tudo bem. — Ela lhe assegurou.

***

          Demetria estava na sala com Nicholas, ela segurava uma compressa de gelo onde Joe o havia socado. Ele havia tomado algum remédio para dor e agora conversava com Demi: — Eu realmente não esperava que ele me recebesse assim.
— Não deveria ter esperado tanto dele, Nick. Você mesmo me disse que vocês mal se falavam, o que teria mudado agora?
— Eu esperava que depois desses anos ele tivesse me perdoado, mas nada mudou. — Ele suspirou.
— O que houve, Nick?
— Fizemos merda, Demi. — Ele sentiu uma pontada de dor e gemeu baixinho.
— Como assim fizemos? — O olhar mortal de Joseph fez com que ele engolisse e seco e se calasse. Demi olhou para trás e Joseph olhou-a de forma indiferente — Eu vou deixa-los sozinhos para conversarem melhor. — Ela levantou-se rapidamente e saiu. Joe sabia que Demi estava fugindo, mas isso não seria possível mais tarde, ele falaria com ela de qualquer jeito!

— O que foi agora?! — Nick perguntou irritado — Veio aqui terminar o que começou? Vamos lá fora e dessa vez espero que esteja ciente de que não vou aliviar seu lado!
— Ele está aqui para conversar com você, Nicholas. — Selena sentou-se junto com Joe no sofá e segurou-lhe uma das mãos.
— O que você quer saber? — Joe perguntou olhando-o nos olhos.
— Como aconteceu esse acidente?
— Eu estava dirigindo o ônibus, um outro veiculo veio na mesma direção e não tive como desviar. Fiquei preso nas ferragens e como pode ver, minha perna esquerda foi amputada.

— Como ninguém anunciou isso em um canal de fofoca?
— Eu comprei o silencio de muita gente, não estava em condições de explicar nada.
— Mamãe, papai e Kevin sabia! Como eu ficaria nessa história?!
— Não ficaria e nem saberia de nada. — Joe riu com ironia — Você me traiu, perdeu minha confiança, meu respeito e principalmente minha consideração! — Selena suspirou pesadamente sentindo o olhar de Nicholas sobre si.
— Eu já pedi desculpas, Joe. Nós sempre tivemos nossas divergências, mas eu nunca faria aquilo consciente e você no fundo sabe disso! — Joe balançou a cabeça em negação — Você tirou suas próprias conclusões, colocou Selena no meio disso tudo e nunca ao menos se deu ao trabalho de perguntar alguma coisa sobre o que realmente aconteceu!

— Eu vi acontecer diante dos meus próprios olhos! — Joe exclamou alterado e Selena precisou segurar-lhe o braço para que ele não avançasse para cima de Nicholas — QUE TRABALHO EU TERIA DE PERGUNTAR COMO VOCÊ fodeu a minha mulher?! — A ultima parte saiu baixa e Nick precisou se esforçar para entender. Selena sentia-se tão desconfortável com aquele assunto, ela queria levantar-se e sair do alcance daqueles olhos claros que insistiam em encarra-la, mas não podia!
— Joseph, controle-se! — Selena pediu e ele suspirou.
— Desculpe-me. — Ele pediu para ela.
— Eu desisto de vez de você! — Nick levantou-se segurando a compressa contra sua face — Não vou mais me humilhar aqui e muito menos insistir em abrir os seus olhos. Eu perdoo nossos pais por terem mentido pra mim, mas você eu não perdoo! Só espero que um dia você reconheça que amo você e que nunca faria nada para atrapalhar a sua vida, isso serve pra você também. — Ele apontou para Selena — Eu vou embora agora, não espere que mais anos se passem. O.k? Você é a prova viva de que coisas ruins acontecem com pessoas boas, posso não estar mais aqui amanhã ou daqui mais cinco anos, quando você finalmente acordar. — Nick olhou para ele por alguns segundos antes de sair da sala indo em direção a porta. Denise surgiu logo atrás do filho e saiu correndo atras dele para convence-lo a ficar. Joseph abraçou Selena sentindo suas lagrimas voltarem com força total, ele não era o único, Selena também chorava. As palavras de Nick haviam tocado profundamente seu coração!

— Paul, faz alguma coisa! — Denise gritou e logo o marido apareceu. Nicholas tirou as malas de Selena do carro, ele iria embora daquela casa e ninguém seria capaz de faze-lo mudar de ideia!
— Nicholas, escute sua mãe.
— Será que eu deveria? Vocês mentiram pra mim!
— Sabíamos que Joseph não estava preparado para reencontra-lo.
— Conversassem comigo, explicassem pra mim o que estava acontecendo! Eu entenderia, o.k? — Ele suspirou — Eu não vou ficar, não tem clima para isso.

— Nick, por favor. — Demi apareceu, ela parecia assustada. Nicholas aproximou-se e abraçou sua amiga fortemente. — Não vai embora, não me deixa sozinha.
— Não seja boba, você tem seus filhos aqui. — Ele sorriu para Demi.
— Eles se tornaram os fãs numero #1 de Joseph Carpenter. — Ela disse baixinho — Não terei muito o que fazer por aqui ou com quem conversar.
— Eu queria muito ficar, mas o clima não está agradável. Não quero causar brigas e estragar esse momento dele com as crianças! — Ela assentiu tentando segurar o choro — Dê um beijo nos meus sobrinhos por mim, o.k?
— O.k. — Demi respondeu com a voz embargada.

— Não chore, por favor. — Ela forçou um sorriso — Preciso saber que você vai ficar bem, Demi.
— Eu vou ficar bem.
— É assim que se fala! — Ele beijou-lhe a testa — Qualquer coisa é só me ligar, o.k? — Ela apenas assentiu — Prometo descobrir o que houve conosco. Se você se lembrar de alguma coisa estranha, qualquer coisa mesmo, me avise.
— Eu odeio todo esse mistério. — Ela desabafou.
— Vai passar, Demi. — Nick sorriu e abraçou Demi novamente numa forma de despedida.

— Cuidem bem dele e tragam o Kevin antes que ele mate alguém!
— Nicholas não fale assim do seu irmão, ele te ama.
— Eu pude sentir isso, mamãe. — Ele riu e despediu-se dela.
— Nós sentimos muito, filho.
— Eu sei pai, não posso culpa-lo. — Suspirou — Está tudo bem. Peço que me ligue para dar noticias dele, o.k? Assim posso ficar um pouco mais tranquilo.
— Manteremos contato, filho. — Eles se abraçaram — Faça uma boa viagem de volta.

— Devo conversar com Kevin?
— Sim, fale com ele.
— O.k, fiquem bem. — Ele sorriu para os dois, entrou no carro e foi embora.

          Demi observou o carro partir e entrou correndo dentro da casa, ela estava chorando. Os degraus da escada foram ultrapassados rapidamente, seus passos eram rápidos, ela sequer olhava para onde estava indo até que bateu contra um corpo forte e caiu no chão. Uma das mãos na cabeça, sem forças para se levantar, ela permaneceu ali. Joseph olhou para ela sem entender o que estava acontecendo, mas se sentiu mal por vê-la chorando! — O que há com você? — A voz dele lhe causou arrepios. Ela o olhos dos pés até a cabeça, os olhos dele prenderam os dela num contato intenso, deixando-a incapaz de se levantar do chão.
— Eu não fiz por mal, ele me ligou e eu... estava tão... e acabei contando. Isso tudo é tão fodido e eu juro que não queria dificultar sua vida! Sei que o modo que nos separamos não foi dos melhores, nos odiamos, mas não precisamos viver assim.
— Não precisa se explicar pra mim.

— Se minha presença te desagrada tanto, poderia ter mandado eu ir embora! Você quer que eu vá?
— Sinceramente, queria muito te mandar embora, mas eu ainda tenho um coração. Sei que você voltou de uma longa turnê, passou poucos dias com as crianças e esteve por ai me caçando. Você merece, tanto quanto eu, um tempo com elas.
— Obrigado. — Joe lhe estendeu uma das mãos, Demi segurou e ele ajudou-lhe a ficar de pé novamente.
— De nada. — Ele respondeu baixinho, soltou a mão de Demi e desceu as escadas.

--

cause once you're mine, once you're mine... MEU NOME É JÉSSICA! than than 
olá meus amores, tudo bem com vocês? estou bem e resolvi aparecer por aqui um pouquinho antes do que costumo aparecer. vamos analisar: teve nelena ali no começo, treta joick e um momento jemi aqui no final. this capítulo is on fire! gostaram? só posso dizer que o mistério está apenas começando a ser desvendado. ah e o próximo capítulo promete
respostas aqui | é isso, até o próximo
beijos

 

amanhã é o lovatic day, segurem seus forninhos!

22 comentários:

  1. Cara... Não sei nem mais o q dizer... só q tá perfeito e eh n aguento mais essa curiosidade hahaha, continua amr

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. só sentir, não é mesmo? haha
      fico feliz que tenha gostado, vou continuar em breve <3

      Excluir
  2. SUA VACA SEM CORAÇÃO, VOCÊ ME MATOU AGORA COM ESSE CAP
    cara como assim eles não sabem tipo, eles estavam bebados? a demi traiu o joe com o nick então NOSSA SENHORA DA EMPADINHA NÃO BELIEVO
    que triste a sabrina deixando a demi pelo pai af, traz o bradley e faz ele amar a demi pra elas ficarem juntas de novo
    the heart wants what it wants hino dos que tem crush pq só sofrem
    quero cap novo pra já e quero a demi descobrindo tudo também, na minha mesa em 2 dias rum
    brincadeira, cara ta lindo demais continua pelo amor é uma das suas fanfics favoritas pra mim agora
    posta logo
    xoxo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. olha o palavreado, haha
      sim, muito bêbados! me pediram um triângulo amoroso uma vez entre demi, joe e nick, mas eu usei a ideia de outro jeito. parece estar dando certo, não é mesmo? #adoro
      eu vou trazer sim, estou escrevendo um capítulo bem forte sobre isso! 3:)
      aqui essa música vai ter um significado muito importante, principalmente no final da fanfic.
      ela vai descobrir em breve e vai ser um dos capítulos mais dramáticos da história desse blog! ~spoiler~
      fico feliz que esteja gostando, eu estou explodindo purpurina de felicidade! *u*
      posto sim, xoxo

      Excluir
  3. Já acabou Jéssica???
    Pelo amor de Deus. Há desconfiava que ela tinha traído ele com o Nick. Espero que ela lembre e sofra muito. Sorry #TeamJoe
    Posta mais por favor
    Beijoos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ainda nem começou 3:) haha
      vai acontecer em breve e o sofrimento será inevitável, mas o jogo pode virar... e ele vai. ~suspense~
      postarei em breve, beijos

      Excluir
  4. Pode Posta mais logo, pelo amor de Deus, estou morrendo aqui !!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. yep, fico feliz que esteja gostando <3
      vou postar logo, prometo

      Excluir
  5. amei selena com Nick, e também amo essa amizade de Demi com Nick <3 Faça a selena e Demi voltarem a ser amigas pleaaaaase.
    Quero ver quando Joe descobrir sobre o namoro da Sabrina e quero Jemi logo, não demora pra postar bjss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. vou escrever mais sobre eles ;)
      pensarei com carinho nessa possibilidade, o.k?
      acho que a reação dele vai surpreender muita gente, isso é tudo o que posso dizer
      não vou demorar, postarei em breve.
      beijos *

      Excluir
  6. Ai mais treta oh potinho de glitter me proteja q eu estou vendo a luz
    É muito babado pra uma fic só
    Olha só moça você poste logo que eu nao aguento esperar muito ~acho que já posso ver a luz~
    Você é muito lacre é mais lacre que a claudinha bagunceira
    Aguardo mais um capítulo lacrador

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é neon lights, haha!
      eu disse que teria muitas tretas, não disse? 3:)
      aguarde pq está chegando mais e você precisa de forças para ler
      chegou claudinha bagunceira oooooh o/ adoro! obrigado <3
      postarei em breve, se prepare

      Excluir
  7. Eu to tipo OMG.
    Meu que treta foda, quero mais kk.
    Só aumentaram a minhas certeza sobre alguém ter armado essa traição, só não sei como fizeram isso.
    Quero que a Demi se lembre de alguma coisa, eu ainda acho que ela e o Nick são inocentes.
    Bjs e posta logo amore tou roendo as unhas de ansiedade aqui kk :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. acho que a próxima será demi vs gigi, que tal? estou pensando ainda...
      tem muita coisas para acontecer e talvez uma pessoa apareça ~suspense~
      ela vai se lembrar, no momento certo 3:)
      posto assim que puder, beijos ***

      Excluir
  8. Vc é simplesmente perfeita no que faz!!! Estou completamente viciada nessa história!!!! Parabéns!!! Continua logo pfvrr!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. obrigado pelo carinho, amore <3
      fico feliz que esteja gostando, postarei em breve :)

      Excluir
  9. que perfeição !!
    minha amada de deus....como você para aí....querendo deixar todas curiosas em kkk...malvada !!
    quero mais !!! quero mais !!!
    Demi tem que se lembrar logo....
    enfim...beijos e posta logoo kkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. yep, fico feliz que tenha gostado! <3
      eu sempre acabo escrevendo demais e tenho que parar nas melhores partes, haha
      ela vai lembrar de algo em breve ~suspense~
      posto sim, pode deixar. beijos *

      Excluir
  10. Olha ta difícil prosseguir assim..
    Sério menina eu to bem mal
    To morrendo de pena da Demi
    E Jesus que revelação foi essa?! Preciso de detalhes e dela inteira pra ontem kk
    Enfim posta logooo
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu concordo plenamente, ontem estava escrevendo e tipo... me tremi toda! haha
      no inicio era para ele ser a malvada da história, mas não significa que ela seja totalmente inocente, hein ~suspense~ tbm deu pena, os próximos capítulos vão ser... nem sei o que dizer, socorro haha
      vou revelar mais detalhes em breve, o.k? prepare-se pros flash backs, tuts tuts
      vou postar sim, pode deixar <3 bjs

      Excluir