01/07/2016

Broken Frame: Capítulo 39 • Madness


revisei na pressa, então me desculpem por qualquer erro xx


          Demetria estava deitada ao lado de Joseph no gramado, sob eles estava o céu estrelado e a brisa gelada. — Qual é o seu maior sonho? — Ela perguntou. Este era o primeiro encontro deles fora dos estúdios de gravação do filme e Demi estava achando tudo muito diferente. Joe era um garoto encantador, simples e um pouco reservado. 
— Profissionalmente falando? — Ele perguntou ainda contemplando as estrelas. 
— Sim.
— Quero ser reconhecido por minhas músicas. Pode parecer simples, mas não é. A industria da musica esta em constante mudança, isso exige que o artista se reinvente várias e várias vezes. Seja nas músicas, nas composições... em tudo! Eu realmente quero reconhecimento, algo como: ele conseguiu fazer a diferença— Demi tocou a mão dele e seus dedos deslizaram entre os dele. Joe olhou para ela, ele sorria e não exitou em perguntar: 

— O que foi?
— Nós trabalhamos juntos, então me sinto no direito de dizer que você é um cara maravilhoso. — Ele riu — Estou falando sério!
— Não estou caçoando, juro! — Joe sorriu novamente — Continue. — Demi sentiu as bochechas queimarem e desviou o olhar dele. 
— Você é simples e tem um grande coração, então acredite no seu potencial. Um dia você estará num grande palco e será aplaudido de pé por pessoas importantes nessa industria! Tudo isso por seu esforço, pela pessoa que você é... isso é tudo. — Joe sentiu os dedos de Demi afrouxarem, mas não permitiu que ela soltasse sua mão. Tocou o rosto dela, Demetria olhou em seus olhos e sorriu um pouco sem graça. O que deveria fazer? 
— Obrigado, Demi. — Joe inclinou-se e depositou um beijo na testa dela — Isso era tudo o que eu precisava ouvir, você não faz ideia de como me fez bem. 

          Como esperado, ele reagiu positivamente as flores. Ligou para Demi inúmeras vezes e deixou vários recados na caixa postal! Não atende-lo foi doloroso, mas ela não podia estragar sua surpresa para ele. — Meu Deus, Demi! — Iggy sentou-se de repente ao lado dela e mostrou uma foto. Joe havia postado sua sala cheia de flores! — Não me disse que seria assim.
— Você gostou?
— Eu amei! Já falou com ele?
— Eu e Nicholas decidimos que nada de contato, não agora. — A loira franziu o cenho — Vou falar com ele na premiação. 

— Daqui duas semanas?
— É tempo o suficiente de preparar tudo. — Demi sorriu ao ler a legenda — Posso imaginar o quanto ele está feliz, mas algo me preocupa. 
— E o que seria?
— Ele ainda não contou qual é a real situação dele.
— Isso é verdade.
— Preciso pensar numa forma de encoraja-lo. É tanta coisa na minha cabeça, céus!
— Fique calma, você vai pensar em algo.

LOS ANGELES, 07:00 A.M

          Selena recebeu um telefonema de Joseph e imediatamente foi vê-lo. As flores estavam no mesmo lugar em que ela e Demi haviam colocado. Joe estava sentado no sofá com uma xícara de café em mãos e perguntou: — Você sabia sobre isso? Não minta. 
— Sabia, mas prometi guardar segredo. 
— Segredo de mim, Sel? Somos amigos. — Ela suspirou. 
— Demi está tentando se redimir, você deveria estar feliz com isso.
— Eu estou, desculpe-me. — Ele deu um longo gole no café — Só estou preocupado com o que ela pode fazer. — Selena aproximou-se e sentou-se ao lado dele. 

— Está falando do acidente? — Joe assentiu — Eu sei o quão difícil foi e ainda é, mas você precisa ser honesto consigo mesmo. 
— Você acha que não estou...
— Não, você não está. — Ele deu outro gole em seu café — Você tem medo?
— Sinceramente, não sei se é medo... eu só...
— É medo sim. — Selena segurou uma das mãos dele — Nada mudou, você ainda está aqui. É o mesmo cantor e compositor brilhante de sempre! O fato de você ter perdido parte de um membro do corpo, não o torna menos talentoso. 
— Torna sim, você não viu como foi meus ensaios. Senti tanta dor! Precisei de um médico, ele ficou espantado quando me viu. 

— Como você se sentiu?
— Um completo idiota! — Joe deu o ultimo gole no café e colocou a xícara na mesinha de centro — O pessoal precisou refazer a coreografia das músicas e tudo isso por...
— Você não pode pensar assim, Joseph. — Selena fez uma pausa — Aquele acidente não foi sua culpa e você sabe bem disso. Sua equipe é extremamente profissional e eles estão lá por você, o.k? Imprevistos sempre acontecem.

— No inicio eu achei que estava difícil, mas agora que estou vendo que é apenas o começo e que muitas coisas estão para acontecer.
— Joseph...
— Eu nem posso pular direito com essa coisa, Selena. Por mais que tenha uma tecnologia avançada ao meu favor, nada pode substituir uma perna de verdade!
— Está preocupado com a performance do VMA's, não é mesmo?
— Na verdade estava apenas perdido em pensamentos.
— Oh droga!
— Está tudo bem, isso já havia passado pela minha cabeça. — Ele riu baixinho. 
— Desculpe-me, Joe.
— Já disse que está tudo bem. — Joe beijou-lhe as costas da mão — Tenho mais alguns festivais, então provavelmente estarei exausto! Estou pensando em algo simples, não sei ao certo, mas vou conversar com John. — Ele bocejou. 

— Vai ser incrível.
— Será? — Novamente um bocejo. 
— Eu sei que sim. Você está bem?
— Só estou um pouco cansado.
— Ah sim e como foi ontem? Sinto muitíssimo por não comparecer.
— Apesar de não dançar decentemente, consegui agradar ao publico. O brilho nos olhos, todas aquelas lagrimas e gritos de incentivo, não poderia estar em lugar melhor. Foi mágico!

— Fiquei sabendo que organizaram uma comemoração. Você se divertiu?
— Mickey fez uma brincadeira de mal gosto comigo e estou muito puto com ele!
— O que ele fez?
— Ele me colocou num camarote com uma garota de 19 anos!
— O que aconteceu lá?
— Nada demais, mas ele conseguiu me deixar bravo.

— Joseph, o que aconteceu?
— Ela fez uma daquelas danças sensuais, não foi nada demais. Eu me senti mal por permitir aquilo, pior ainda depois de saber a idade dela! Conversei com Hillary e pedi que ela não se comportasse naquele modo novamente.
— Já pensou na reação de Demi se isso vier a publico?
— Foi o principal motivo de ter ficado puto! O que devo fazer? Ela vai querer jogar essas flores em mim!

— Vamos rezar para que ninguém tenha gravado. — Joe assentiu sonolento — É melhor você descansar, Joe. 
— Eu estou bem, juro.
— Anda logo, vamos. — Selena levantou-se e estendeu suas mãos para ajuda-lo. 

          Os dois subiram juntos até o andar de cima, Selena segurava em uma das mãos dele e caminhava na frente para abrir a porta. Ela o ajudou com a prótese e ele finalmente pode se deitar! — Obrigado, Sel. — Joe sorriu brevemente. 
— Disponha. — Ela beijou a testa dele e retribuiu o sorriso — Descanse bastante, o.k?
— O.k, mamãe. — Ele disse num tom de voz brincalhão.

— Você sabe que me preocupo e ainda fica me caçoando! — Selena lhe deu um tapinha no braço e riu — Quase me esqueci, veja só... meus parabéns pelo prêmio, Joseph. 
— Obrigado. — Ele sorriu, mas dessa vez de olhos fechados. 
— Você merece, merece muito mesmo. — Ela sorriu percebendo que Joe já estava dormindo. Levantou-se com cautela, apagou as luzes e saiu do quarto.

          Selena discou o numero de Demi no celular e esperou pacientemente até que a amiga atendesse. — Alô.
— Bom dia, Demi. Tudo bem com você?
— Bom dia, Sel. Eu estou bem e você?
— Estou na cobertura, Joe me ligou e pediu que viesse aqui vê-lo.

— E como ele está?
— Ele está bem, mas aconteceu algo e acho que você deve saber. — Ela desceu as escadas, pegou a bolsa e chamou o elevador. 
— O que seria?
— É melhor conversarmos pessoalmente, onde você está?
— Estou na casa da Iggy.
— O.k, chego em quinze minutos.
— Selena...
— Não é nada grave, relaxa.
— Tudo bem, eu preciso desligar agora. Parece que Nikki está no telefone e quer falar comigo, talvez seja sobre o VMA's.
— Se for para performar você aceita! — Demi riu. 
— Conto tudo quando você chegar aqui. 

— Já estou entrando no carro.
— Dirija com cuidado.
— O.k, até daqui a pouco.
— Até.

***

          Selena estava certa, Demetria havia sido uma das cantoras cotadas para performar na premiação. Ela escolheu cantar Never Been Hurt ao invés de seu último single e Nikki não estranhou a escolha. — Finalmente! — Demi disse assim que Selena apareceu na sala. 
— Não seja tão má, ela pegou transito. — Iggy sentou-se e apontou um lugar vago para Selena. 
— Diga-me, o que aconteceu?
— Jogaram uma mulher para cima dele na festa.
— Uma mulher? Que mulher?!
— Nem sei se posso dizer mulher, ela tem apenas dezenove anos.

— Dezenove?!
— Não aconteceu nada.
— Nada? — Demi arqueou uma das sobrancelhas — Nada é uma palavra muito forte, diga. Eu sei que alguma coisa aconteceu, minima que seja, mas aconteceu. 
— Uma dança e nada mais.
— Certo.

— É tudo que o vai dizer?
— E o que eu deveria dizer? — Demi riu — Era só uma garota e realmente acredito que nada demais aconteceu. Temos uma filha adolescente, então sei que ele deve ter pensado nela e em como ele não gostaria de vê-la daquele jeito. 
— Isso é verdade. — Iggy concordou. 

— Algo mais que eu precise saber?
— Ele está feliz, mas o acidente voltou a assombra-lo.
— Eu sabia. — Demi comentou e suspirou. 
— Precisamos pensar em algo que o ajude, mas o que exatamente poderia ser um incentivo? — Selena perguntou pensativa. 

— Existe algum tipo de hospital onde pessoas assim ficam? Seria interessante ele conhecer essas pessoas, a história delas e quem sabe assim ele se sente mais familiarizado. O que acham? — Iggy perguntou olhando para ambas. 
— Você é brilhante! — Demi saltou do sofá, beijou a bochecha da amiga e pegou o telefone — Vou falar sobre isso com o Paul. 

— Paul?
— O pai dele é o único capaz de convence-lo.

SÃO FRANCISCO, 11:30

          O assunto estendeu-se, então Paul pediu que Demi fosse até lá. Ela deixou a casa de Iggy, pegou Samuel na casa de sua mãe e foi até a casa dos sogros. — É bom voltar aqui, mamãe. — Ele sorriu e Demi concordou. — Fico feliz que tenha me trazido. 
— Eu pretendia trazer você e sua irmã, mas ela saiu.
— Bi aceitou gravar as músicas dela.
— Aceitou? — Demi arregalou os olhos. 
— Ela simplesmente acordou e disse: é isso o que eu quero! — Samuel explicou enquanto atravessava a rua com Demi. — Vovó lembrou-se de você e ficou sorrindo boba. Ela só não comentou nada pela sua pressa ou algo assim, mas vai te falar. 

— Sua irmã nem pensou em me avisar?
— Sabrina tentou falar com o papai, ela achou que vocês estivessem juntos está manhã e ficou ligando... não sei o que deu nela!
— Seu pai vai ganhar um grande prêmio, bebê. — Demi pegou o filho no colo e apertou o interfone da casa. — Enviei minhas felicitações e ele ficou muito feliz. 

— Sério? — Os olhinhos esperançosos brilharam. 
— Sim. — A entrada foi liberada e Demi adentrou. Ela caminhou um pouco até chegar aos degraus. 
— É por isso que estamos aqui?
— Você é um garotinho muito esperto. O que mais acha que viemos fazer aqui?

— Demetria. — Paul apareceu na varanda, ele estava usando óculos e tinha um sorriso largo nos lábios. — Você veio e ainda trouxe meu neto. Que maravilha! — Eles se cumprimentaram. Samuel agora estava no chão, ele segurava uma das mãos do avô e adentrava na casa junto com ele. 
— Que cheiro... hm... bolo?
— Sua avó deve ter adivinhado que você viria. — O garotinho sorriu e foi até a cozinha cumprimentar sua avó. Demi preferiu esperar Paul na sala e ficou ali sentada esperando por ele durante alguns segundos. Ele apareceu novamente, mas dessa vez sem Samuel. 

— Bem, eu devo admitir que fiquei surpreso com sua ligação.
— Não parece ser o tipo de coisa que eu faço, sei bem disso. — Ela riu baixinho — Mas estive pensando e percebi que desde o conheço, poucas vezes fiz algum tipo de loucura de amor. Não que eu precisasse provar algo, mas quero que ele saiba que eu o amo muito e que realmente sinto muito pelo que aconteceu. Claro que vamos sentar e conversar sobre tudo, mas essa parte pode esperar. 
— Entendo. — Paul sorriu — Você enviou aquelas flores, não é mesmo?
— Foi o inicio de tudo e teve um significado. Fiquei feliz que ele tenha gostado tanto! Selena e Iggy demoraram um pouco para entender essa ideia, mas Nicholas me ajudou bastante.
— Como está se sentindo com essa proximidade?
— Ele é meu amigo e sinto que devemos superar isso juntos. Ainda vou falar com Kevin sobre isso, mas tenho pressa em organizar bem minha grande loucura.
— O que está pensando?
— Em muitas coisas, mas tenho certeza que Joe terá uma brecha nessas duas semanas que antecedem a premiação, certo? — Paul assentiu — Preciso que o leve num centro de reabilitação. 

— Reabilitação?
— Para pessoas que perderam algum membro do corpo.
— Acho que entendi aonde quer chegar, mas não sei se é uma boa ideia.
— Como não?
— Ainda é um assunto muito delicado para ele. 
— Eu sei, mas Joe precisa contar a verdade. — Paul suspirou — Ele não pode mentir para sempre, o.k? Um dia alguém pode descobrir e ele será pego de surpresa com o próprio segredo sendo exposto. 

— Você tem razão, mas como vou convence-lo?
— Isso é com você, Paul. Quando Iggy deu esse ideia, pensei duas vezes em quem chamaria para me ajudar e você me pareceu a pessoa ideal. Nisso tenho quase certeza de que John pouco se mete, não é mesmo? — Ele assentiu — Tenho certeza de que pensara em algo. 
— Eu tenho quanto tempo?
— Uns três dias.
— O.k, até lá penso em algo.
— Certo, obrigada.

— Mamãe, mamãe! — Samuel apareceu correndo em sua direção e ela sorriu. — Você precisa provar o bolo da vovó.
— Sério?
— Está muito bom! — Ele sorriu — Ela está chamando por você e pediu que vovô conversasse comigo. — Sam deu de ombros — Eu até estava gostando de conversar com ela. — O garotinho sentou-se no sofá e balançou suas pernas. 

— Ela está muito zangada comigo? — Demi perguntou ao sogro. 
— Acredito que não, Demi. Joseph esteve aqui, debateu bastante com ela e...
— Debateu?! — Ele assentiu — Oh meu Deus, estão brigados?
— Está tudo bem, não foi nada sério. — Ela respirou fundo — Vá até lá o.k? Prometo que Denise não passara dos limites. — Demi apenas assentiu, olhou para o filho e foi até a cozinha. 

          Denise estava encostada na bancada, ela ainda usava um avental com listras coloridas e um chapéu de confeiteira. — Sam disse que...
— Sim, sente-se. — Ela disse educadamente. Demi sentou-se num dos bancos que ali estava e sustentou o olhar dela. — O que está fazendo com Joseph?
— Eu não estou fazendo nada com ele. No momento eu só estou tentando me redimir, o.k? Alguém precisava ceder e ninguém poderia, ninguém além de mim. Foi difícil, muito mesmo, mas eu preciso dele! Sempre precisei e quero deixar isso bem claro. — Demi fez uma pausa — Nunca foi minha intenção fazer aquilo, aconteceu e eu já perdoei a responsável. Eu só estive pensando em tudo, sabe? Joseph desde o inicio do nosso relacionamento, ele fez muito por mim. Todas aquelas internações e recaídas, ele esteve ali segurando minha mão e acreditando em mim. Não quero me redimir apenas pelo que aconteceu na Suíça, mas por tudo! Eu o amo. 

— Joe defendeu você com unhas e dentes, mas fiquei muito preocupada. Eu vi tanta esperança naqueles olhos e soube que ele havia visto você, apenas olhando para ele pude perceber isso. O fato é que você sempre teve grande influencia sobre ele e até quando ele está mal... eu...
— Você sente que tem algo haver comigo?
— Sei que depois de tantos anos não deveria pensar assim, mais muitas coisas aconteceram. Os últimos dias foram uma loucura, Kevin não suportou minhas ligações! Joseph precisou de acompanhamento médico e eu...

— Acompanhamento?
— Os ensaios para o festival, ele fez esforço e sentiu muita dor.
— Eu não sabia.
— O médico listou um monte de coisas que ele não pode fazer e isso foi muito difícil, Demi.
— Foi por isso que vim falar com Paul. Quero incentiva-lo, ele precisa ser honesto consigo mesmo, com os fãs e com todas aquelas pessoas.
— Eu devo admitir que isso é muito nobre da sua parte. — Elas sorriram. 

— Isso significa que vai me ajudar?
— Tem mais?
— Muito mais!

--

boa noite meninas, td bem com vocês?
estou passando para dizer que estou de volta GRAÇAS A DEUS! o/
acho que tenho mais dois ou três capítulos adiantados, então não vou demorar para postar. sim, sei que é pouco, mas foi um mês bastante corrido e muitas coisas aconteceram, muitas coisas mesmo. meu emocional é algo que quando está abalado, não consigo fazer nada... nada mesmo; mas agora estou bem melhor e posso fazer o que mais amo que é escrever <3
obrigada pelo apoio, vocês são incríveis! sdjsdj
responderei todos os comentários em breve
* beijos * 

 

14 comentários:

  1. OMG OMG OMG OMG OMG OMG OMG... Ahhhhhh... tá acontecendo ,tá acontecendo, tá acontecendo, tá acontecendo... Deus tá muito perto de tudo se resolver e tenho certeza que vai acabar comigo,o Sam é o rei da bagaça toda,ainda bem que a Sel contou pra Demi e ela ficou tranquila a ideia da Iggy foi genial mas vai mexer muito com o psicológico do Joe e essa conversa da Demi com os sogros, o flashback foi muito fofo,tô muito ansiosa por essa surpresa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. TÁ ACONTECENDO! cantarolei novamente.
      vai acabar com todas nós, socorro!
      ainda vai ter tempestade por causa dessa história, mas nada que vá atrapalhar os planos da demi.
      irá mexer, mas ele vai ser forte... vai ter apoio e tudo mais o/
      aquele flashback eu escrevi ao som do troye sivan "the fault in our stars" essa música é muito inspiradora! <3
      tbm estou, quero muito escrever essa parte logo sdjsdj

      Excluir
  2. Olá!
    Vim informar que foi indicada para os FE Awards 2016, uma votação para as melhores fanfics e originais de 2016.
    É uma parceria entre o meu blogue, Reviver Stories, e do Rui, Críticas de Fanfics.
    A sua fanfic acabou sendo indicada e vim avisar.

    Link: http://criticasdefanfics.blogspot.pt/2016/07/fe-awards-2016-pre-indicados.html

    Boa sorte!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. olá :)
      obrigada por me avisar, fiquei muito feliz em saber!
      eu nunca havia sido indicada a nada, então... foi uma surpresa muito boa <3

      Excluir
  3. Oi linda, tudo bem com você?

    Você poderia me ajudar a divulgar e se você quiser ou gostar pudesse acompanhar a minha nova fic. Desde já agradecida!!

    http://oamornosaumentanjr.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi oi, estou bem e você?
      não posso garantir que irei acompanhar, mas prometo tentar.
      divulgarei no próximo capítulo o/
      caso eu esqueça, pode pedir novamente... o.k?

      Excluir
  4. Aí Meu Deus. Finalmente Demi agitando a bagaça toda, haha.
    Amei Joe desabafando os medos, Demi correndo atrás pra ajuda-lo. Demi começando a se acertar com a Denise finalmente. Tá cada vez melhor.
    Achei que fosse dar ruim quando a Selena contou da boate, mas a Demi me surpreendeu, arrasou.
    Chega logo premiacão, tô louca pra ver tudo que eles estão aprontando *-*
    Parabéns pela fic, cada vez melhor.
    Beijo Mila :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. FINALMENTE! o/ esse come back dela vai causar bastante.
      ele ainda vai desabafar mais, deixa só o kevin chegar...
      denise é um amorzinho *.*
      ela arrasou mesmo, mas ainda terá tempestade por causa disso... problemas, problemas, mas nada que possa comprometer os planos dela.
      eu estou muito ansiosa oara escrever sobre essa premiação... VAI SER O MELHOR CAPÍTULO DA VIDA! <3
      obrigada, fico feliz que esteja gostando.
      beijos ***

      Excluir
  5. Mais mais mais ♡

    ResponderExcluir
  6. o que dizer de body say? uma musica mal conheço mas já considero pakas! amando essa música, lacre na certa!
    nossa finalmente Demetria agiu, aleluia irmãos?????
    achei que a reação da demi quando soubesse da dançarina seria outra mas ela me surpreendeu com a maturidade, amém irmãos!
    essa amizade do Joe com a Selena tão amorzinha ❤
    a denise dando uma chance pra demi, que lindas ❤
    quero só ver essa premiação.
    to sentindo falta da Sabrina na fanfic 💔
    posta logo amor, bis

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu surtei com essa música, não superei e vai ser assim durante um bom tempo! essa foi a gente que pediu sim o/
      ela vai fazer muitas coisas e vai ser tão emocionante! ~só de lembrar vem as lágrimas aq~
      essa história ainda vai gerar uma grande tempestade, mas nada que possa comprometer a conduta da demi. na verdade isso será apenas mais um obstáculo no caminho e eles deveram passar por isso... no final, juro que vou compensar por tudo sdjsdj
      super shippo essa amizade! quando ela convidou a dnce para abrir os shows da revival tour EU GRITEI <3 o cover deles de hands to myself é... vida.
      denise é um amor, apenas...
      EU TBM, TÔ MUITO ANSIOSA PARA ESCREVER ESSA PARTE! ~acho que ficou perceptível agora, né?~
      sabrina vai reaparecer arrasando tudo!
      postarei hoje mesmo, beijos ***

      Excluir
  7. Cada vez melhor. Demi me surpreendeu com a dançarina, tá de parabéns. Amei ela é Denise tbm. Tô louca pela premiacao, por favor não nos faca esperar demais.
    Bj bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. fico feliz que esteja gostando <3
      demi tomou uma atitude madura, mas essa história ainda vai gerar alguns problemas.
      ela e a denise vão se unir para a grande surpresa o/
      EU TBM, QUERO MUITO ESCREVER ESSA PARTE LOGO! sdjsjd
      beijos ***

      Excluir