Eu nunca pensei que esse dia fosse chegar, mas ele chegou e sinto que preciso fazer isso. Não foi uma decisão fácil, fiquei tentando adiar o máximo possível, mas infelizmente não consegui. Começo pedindo desculpas por fazer isso sem aviso prévio, não era minha intenção, mas simplesmente não consigo! O bloqueio não vai embora e não é um bloqueio qualquer, estou passando por alguns problemas e estou em conflito comigo mesma. Sou uma garota de 19 anos e não faço ideia do que fazer da minha vida, nada acontece e por mais que eu tente, sempre acaba do mesmo jeito. No meio disso tudo surgem as cobranças das pessoas e por mais que elas tentem disfarçar, estão dizendo: "Garota, faça alguma coisa da sua vida!" Eu também me cobro, estou cansada de sentir como se estivesse fadada ao fracasso. Cansada de pensar na minha vida e sentir que tudo é uma grande conspiração para que eu quebre minha cara de novo e de novo. Cansada de decepcionar as pessoas! Eu não posso e nem quero decepcionar ninguém, por isso estou me afastando. Não quero que pensem que não me importo, eu me importo, mas não estou conseguindo escrever e eu amo fazer isso, amo mais do que qualquer outra coisa no mundo! Não quero fazer nada de qualquer jeito, nada menos do que perfeito, vocês merecem algo realmente bom. Quero que saibam que não é um hiatus permanente, vou tirar esse tempinho para estudar e correr atrás de algo para o futuro. Voltarei assim que for capaz de escrever algo novamente, quando sentir que esse fardo está menos pesado e... Acho que é isso, me desejem sorte! Amo muito vocês e arrisco dizer que já sinto saudade. Com amor, Jéssie.

05/07/2016

Broken Frame: Capítulo 41 • Home



LOS ANGELES, 08:45 P.M

          Joseph chegou na cobertura certa hora da noite e teve uma surpresa. Sabrina estava lá junto com Samuel, mas a expressão no rosto da garota não era das melhores. Algo de ruim havia acontecido? Ele rezava mentalmente para que não. — Vocês chegaram faz tempo?
— Uma hora. — Sabrina respondeu e cruzou os braços em seguida. 

— Aconteceu alguma coisa? — Samuel olhou para a irmã mais velha e em seguida para Joseph. 
— Nós sabemos o que aconteceu com você e a mamãe.
— Sabem? — Joe sentou-se um pouco atordoado e passou uma das mãos pelos cabelos. 
— Eu não consigo entender, realmente não... não entra na minha cabeça que você foi capaz de trai-la.
— Trai-la? Espere um pouco, não foi isso o que aconteceu. — Ele disse confuso. 

— Eu vi o vídeo. — Samuel disse com a voz afetada. 
— Vídeo?
— Está em todos os lugares, pai! — Sabrina levantou-se e o encarrou com raiva — Eu não posso aceitar isso, o.k? Você está brincando com os sentimentos da mamãe.
— Sabrina, acalme-se! Eu não faço ideia do que você está falando. 
— Hillary soa familiar?! — Ele arregalou os olhos. 

— Você não gosta mais da minha mãe?
— CHEGA! — Ele elevou a voz repreendendo os filhos e respirou fundo — Aquilo foi um mal entendido, não era para ter acontecido e eu já tinha resolvido isso. Eu estive tão fora de mim, os últimos dias foram difíceis e sinto muito por tudo. Se eu não comentei nada sobre isso, já era para evitar uma confusão. O.k? A mãe de vocês continua sendo o meu grande amor e eu mal passo esperar para vê-la novamente. Não sei se deveria dizer, mas estamos no caminho certo para voltarmos. Conseguem entender isso? Eu temia que essa história da Hillary aparecesse por ai e vocês não imaginam o quanto estou bravo com isso, mas peço desculpas por tudo.
— Mamãe sabe e foi por isso que vim aqui. — Sabrina sentou-se novamente e abraçou Samuel — Ela não demonstrou nenhum tipo de reação e isso me deixou muito assustada. 
— Droga!
— Fala com ela. — Samuel disse baixinho. 

— Ela estava... bem, eu posso tentar. — Joe pegou o celular e ligou imediatamente para ela. Chamou, chamou, chamou e finalmente alguém atendeu! 
— Joseph. — Selena atendeu. 
— Eu quero falar com ela, por favor.
— Ela não quer falar com você. — Ela disse baixinho — Você disse dança sensual, mas beijou a garota. O que estava pensando?
— Eu disse que estava fora de mim, não disse? — Joe levantou-se e caminhou para longe das crianças. 

— Ela está brava?
— Não sei, Joseph.
— Como não sabe?
— Ela não teve reação e confesso que isso me surpreendeu. Sei que sente muito, mas vai ter que esperar até que ela queira falar com você. O.k?
— O.k. — Ele suspirou. 
— Vou cuidar dela, não se preocupe. — Selena desligou. 

IDIOTA! IDIOTA! IDIOTA!

— Papai, você falou com ela? — Samuel lhe cutucou. 
— Não, ela deve estar brava comigo. — Ele disse baixo e suspirou. 

— Ela está na TV!

          Joe voltou rapidamente para a sala e foi seguido por Samuel. Não se tratava de Demi, mas sim de Hillary! Ela estava cercada de pessoas com microfones, câmeras fotográficas e todo tipo de coisa. Tratava-se de uma patricinha, filha de alguma socialite que ele não fazia ideia de quem era! — Aquilo foi completamente errado e estou arrependida. — Disse ajeitando os óculos escuros; tentando esquivar-se daquelas pessoas. — Joseph é um cara incrível, não fazia ideia de quem ele era, mas agora sei. O.k? — Hillary fez uma pausa — O que mais você quer?! — Ela perguntou irritada batendo uma das mãos contra o microfone de um repórter. Joe desligou a televisão e ficou em silêncio, Demi estava brava com ele e tinha todo o direito!

— Se isso não acabar bem, vocês podem me odiar para sempre. — Samuel abraçou uma de suas pernas chorando em silêncio.
— Falou com ela? — Sabrina perguntou.
— Selena atendeu e disse que ela não queria falar comigo. — Joe pegou Sam no colo e afagou as costas do filho. 

— Vai acabar bem, tem que acabar bem, por favor. — Ele disse baixinho. 
— Sinto muito, o.k? É tudo culpa minha, não deveria ter aceitado aquela festa idiota. — Você tinha o direito de comemorar, apenas passou dos limites. O que estava pensando?
— Sua mãe me ignorou durante tanto tempo, mesmo assim continuei tentando algo e certo dia nos beijamos. — Joe beijou a testa da Samuel — Eu pedi que ela pensasse em nós, pedi várias vezes, mas Demi não deu sinal algum até dias atrás. Ela me mandou flores e um cartão... eu... eu fiquei tão feliz! Essa história da Hillary tinha morrido, ainda não acredito que isso foi parar na internet. 
— Droga!
— Foi exatamente o que eu pensei. — Ele suspirou — Agora está nas mãos dela. 

— Eu quero vocês dois juntos. — Sam disse baixinho, ele ainda estava chorando. 
— Vai ficar tudo bem, Sam. — Sabrina disse no tom de voz mais confiante possível e forçou um sorriso. 
— QUEM DISSE QUE VAI?! Não aguento mais isso, não aguento... — Ele soluçou contra o pescoço do pai — Eu quero voltar para casa, chega de promessas! 
— Shhh... vamos conversar. — Joseph sentou-se no sofá com Samuel no colo e apontou um lugar para Sabrina também se sentar. — Eu sei que está cansado, todos nós estamos. Não deveria estar surpreso por tudo estar sendo tão difícil, desde o começo foi assim, mas é desgastante. Eu sinto muito que tenham que passar por tudo isso, vocês são apenas crianças e não é justo! Novamente peço desculpas, nossos erros causaram tudo isso, mas vamos concertar. Demi também quer isso, eu sei que sim. O.k? Não posso prometer que tudo vai ficar bem, mas vou dar o meu melhor para que seja assim. — Ele fez uma pausa — Eu também sinto falta de todos nós na Califórnia, Sam. — Samuel o abraçou novamente e Sabrina fez o mesmo. 

— Fiquem comigo esta noite, por favor. 
— Nós ficaremos, pai. — Sabrina beijou-lhe a bochecha — Eu realmente espero que tudo se concerte. 

CALIFÓRNIA, 09:00 P.M

          Demetria desligou o microfone, pegou uma garrafinha de água e deu um longo gole na mesma. Ela desceu os degraus do palco, caminhou pelo corredor central do local e passou pela porta que dava acesso aos camarins. Adentrou na sala onde não havia nenhuma identificação e encontrou Selena ali mexendo em seu celular. — Ei, o que está fazendo? — Ela fingiu estar zangada e viu a amiga sobressaltar. 
— Você me assustou. — Selena sorriu brevemente. 
— Mais mensagens?
— Sabrina ligou faz pouco tempo.
— Você poderia ter me interrompido, Sel. Eu estou preocupada com eles!

— Abra o jogo comigo, por favor. — O tom de preocupação atingiu Demi em cheio. 
— Quer saber o que eu penso sobre aquilo tudo? — Ela riu — Eu quero pisar no pescoço dele, mas imagino o que ele deve ter pensado. Ele pensou que eu havia simplesmente desistido, sabe? Joseph aguentou tanto, tanto e com o tempo acabou perdendo um pouco do bom senso. Não o culpo por ser influenciado pelas vozes na cabeça, mas estou chateada. — Demi sentou-se ao lado de Selena e bebeu um pouco mais de água. — Eu estava tão animada em preparar uma grande surpresa para ele e ver aquele vídeo foi como um chute no estomago! Assisti uma, duas e na terceira me perdi nos detalhes. Ele esteve com os olhos fechados quase que o tempo todo, sabia? — Ela riu novamente — Percebi suas mãos mais tremulas, a respiração forçada... tantas coisas! Como se ele estivesse decidindo, faço ou não faço. Toco ou não toco. Beijo ou não beijo. O momento em que ela praticamente caiu para longe dele, ele abriu os olhos como se tivesse despertado e disse: Droga! Joseph que não pense que esse assunto não entrara no acerto de contas; vai entrar e tenho muito mais o que dizer. — Selena apenas concordou com a cabeça — O que Sabrina disse?
— Samuel ficou arrasado, mas Joseph conversou com os dois e acalmou os ânimos.

— O que ele disse?
— Ele disse algo, como: Não posso prometer que tudo vai ficar bem, mas vou dar o meu melhor para que seja assim.
— E depois?
— Parece que ele conseguiu fazer Samuel dormir e Sabrina disse que conversaria melhor com ele.
— O.k.

— Você vai dar continuidade ao seu plano?
— Sim, apenas mais alguns dias. — Demi sorriu brevemente. 

— O que vai fazer agora?
— Vou pegar minhas coisas e dar uma passadinha no estúdio.
— Estúdio?
— Quer vir comigo? Está noite é uma das únicas que terei tempo para gravar uma música.

— Sério?
— Sim, encontrei exatamente o que faltava para grava-la.
— E o que seria?
— Vontade de extravasar!

DIA SEGUINTE
LOS ANGELES, 06:45 A.M

          Sabrina acordou cedo e encontrou o pai malhando. Joseph estava fazendo uma série de abdominais enquanto ouvia música, ele parou assim que viu a filha e sorriu para ela. — Bom dia. 
— Bom dia. — Ela fez uma careta e sentou-se no chão ao lado dele. 
— Dormiu bem?
— Um pouco, mas bem. — Sabrina deu de ombros. 

— Samuel ainda está dormindo?
— Sim, acho que foi uma noite e tanto para ele.

— Você queria me contar algo ontem, mas acabou pegando no sono. Ainda quer falar sobre isso?
— Sim, eu quero. — Joe assentiu — Faz uma semana que aceitei aquela proposta da gravadora, mostrei minhas músicas e disseram que posso começar a gravar meu primeiro CD. 
— Isso é maravilhoso!
— Eu tentei falar com você antes, mas ninguém atendeu. 
— Sinto muito por isso, querida. Essa semana que passou foi muito corrida e mal tive tempo para dormir direito! Estou feliz e quero que saiba que ajudarei você no que for preciso.
— Obrigada. — Ela sorriu e recebeu um beijo na testa. 

— O que sua mãe achou? — Ela fez uma careta — Não me diga que Demi...
— Mamãe ficou feliz por mim e muito emocionada também! Ela disse que devo seguir meus sonhos, mas nunca me esquecer das minhas origens.
— Isso é muito importante.
— Mostrei minhas composições e ela também me deu algumas ideias muito legais. Pensei em nós três juntos no estúdio e isso foi muito louco! — Os dois riram juntos.

— Como Bradley reagiu diante disso tudo?
— Ele esteve lá comigo e também ficou muito feliz.
— Mesmo?
— Você acha que ele não ficou?
— Não é isso, querida. Eu quero que tenha em mente que sua rotina vai mudar, vocês não terão o mesmo tempo de antes e é importante que estejam preparados para tudo isso. O.k? Aprendam a conciliar o tempo de vocês e tudo dará certo. — Sabrina riu, ela sentiu-se um pouco mais aliviada e sorriu em seguida. 
— Obrigada pelo concelho. 

— Eu sei que no momento não sou a melhor pessoa para isso, mas...
— Pai está tudo bem, o.k? Pare de ficar se machucando por algo que já passou.
— Eu não estou me machucando, não é essa a questão...

— Ontem eu falei com Selena.
— Falou?
— Ela disse que mamãe estava ocupada e que ainda não havia falado nada sobre aquele vídeo. — Joe suspirou — De qualquer forma seria bom ligar para ela depois e ver se ela conseguiu alguma coisa. 
— Não sei se devo, ela também tem a vida dela e seu tio Nicholas para cuidar, então... acho que vou esperar e me preparar para minha apresentação. — Ele deitou-se novamente no chão, respirou fundo e voltou aos abdominais. Sabrina levantou-se sem dizer nada, sabia que ele havia colocado um ponto final no assunto e preferiu não insistir muito com ele.

***

          Selena sentiu uma movimentação estranha na cama, virou-se ainda sonolenta e olhou para Nicholas. Ele falava com alguém ao telefone, mas não demorou muito e Nick virou-se para ela: — Desculpe-me por acorda-la, Sel. 
— Está tudo bem? — Ele deitou-se novamente e assentiu. 
— Joseph ligou, apenas para perguntar se as crianças podem ficar um pouco conosco hoje e eu disse que sim. Pelo que você me contou ontem, ele esta bem ferrado! — Nick bocejou — Realmente lamento pelo que aconteceu, Selena. Se eu estivesse lá, pensariam duas vezes em fazer alguma gracinha!
— Joseph é grandinho, Nick. — Ela riu — É engraçado ouvir isso de você, ele é seu irmão mais velho e os papeis acabaram se invertendo. 

— O que Demi vai fazer?
— Ela não disse exatamente, mas nós dois sabemos muito bem que não passara batido. Está preocupado?
— Levando em conta o estado psicológico e emocional dos dois, preocupado é pouco! — Selena segurou uma das mãos dele e sorriu. 
— Não fique assim, Nicholas. Eu sei que Demi não vai acabar com tudo logo agora, ela vai resolver isso e nós não vamos nos intrometer. O.k? Isso é um problema deles e só podemos torcer para que tudo dê certo. — Selena beijou-lhe a mão algumas vezes — Nick...
— Tudo bem, vamos torcer por eles. — Ele retribuiu igualmente os beijos e sorriu — Agora você pode voltar a dormir. 

— Você não vai dormir?
— Não sei se consigo, mas não me importo de ficar aqui e assistir você. — Selena riu e fechou os olhos. 
— É por isso que eu te amo.
— Eu também te amo, Selena. 

— Ao menos tente, o.k? Feche os olhos e relaxe um pouco.

NY, 08:00 A.M

          Shane havia acabado de acordar, sentia-se bem disposto e fez sua higiene matinal cantarolando uma música qualquer. Ele desceu os degraus da escada com certa pressa, o cheiro gostoso de café o fez sorrir e rapidamente ele chegou até a cozinha. — Bom dia. — Gigi virou-se para ele e apenas sorriu. Ela estava ao telefone, parecia um pouco preocupada, mas logo desligou. — Tudo bem?
— Está tudo bem, eu só estava falando com Joseph. — Ele arqueou uma das sobrancelhas. Shane ainda estava hospedado lá, Gigi estava cuidando dele, mas esse cuidado havia se tornado mutuo. Ele preocupava-se com ela além do que deveria, podia sentir isso! — Ele teve alguns problemas e achei bom ligar.

— Você ainda sente algo por ele? — Shane perguntou enquanto servia-se de café. 
— Shane!
— Foi apenas uma pergunta, desculpe-me se não soou como deveria. — Ele não conseguia ver o que estava bem diante de seus olhos? Jelena aproximou-se dele. — Eu só me preocupo com você, o.k?

— Eu sinto uma grande admiração por ele, apenas isso. — Ela após algum tempo, olhando-o nos olhos. — Já tive alguns namorados, mas Joe é o único com quem mantive uma certa amizade. — Mais um passo e ela tocou uma das mãos dele. 
— Entendo. — Foi tudo o que ele disse — Parece que nos coloquei em uma situação chata, realmente sinto muito. 
— Você já se desculpou. 
— Eu só não quero que pense...

— Eu o amei muito e jurava que jamais sentiria algo tão intenso quanto aquilo de novo. — Ele deu um gole no café enquanto ela falava — Mas você apareceu na minha porta um dia, me conquistou com seu senso de justiça e roubou meu coração com sua simplicidade. — A xícara que ele segurava transmitiu o nervosismo dele, tremia e pingava algumas gotas da bebida quente no balcão. — Nunca pensei que fossemos ter algum tipo de relacionamento, tantas coisas aconteceram e eu quis cuidar de você; sem saber bem o motivo! Mas isso já não é bem assim, agora você cuida de mim também e eu...  eu não quero que você vá embora. Fique e faça de mim seu lar, Shane.
— Como você consegue ser tão espontânea confessando-se desse jeito? — Ele segurou a mão dela e sorriu — É a primeira vez que você me deixa assim, sabia? Completamente sem palavras! 
— Apenas diga sim, por favor.

— Desde quando?
— Não faz muito tempo. — Ela desviou os olhos dele, mas Shane segurou-lhe o queixo. Novamente seus olhos estavam fixos nele. — Isso é realmente necessário? — Perguntou num tom de voz baixa. 
— Eu gosto muito de você, Gigi. Você é uma jovem brilhante, tem uma mente incrível e o modo como faz suas coisas com amor é admirável! Confesso que tinha algumas suspeitas, mas achei que fosse coisa da minha cabeça. — Ele fez uma pausa e riu — Fui tentado a imaginar como seriamos juntos, nada ficou muito claro, mas eu adoraria tentar. — Gigi riu, ela suspirou aliviada — Um passo de cada vez, por favor. 
— Um passo de cada vez, prometo. — Ela o beijou.


--

EU TÔ CHORANDO sdjsdj
como devo lidar com gigi e shane? isso mesmo, não lidem com eles.
boa noite meninas, tudo bem com vocês? eu disse que ia voltar e voltei, realizei o sonho! o/ quanto tempo desde a última vez que postei tão rápido assim? há 10.000 anos atrás sdjsdj o que dizer sobre esse capítulo? tivemos bastante informação nele e adivinhem... continua! sei que pareço ser uma criatura das trevas por fazer isso, mas eu sou um anjinho de luz. gostaram? quem apostou no casal gine ou shagi acertou em cheio! <3
| respostas aqui |
o capítulo 42 ainda está sendo escrito, então peço um pouquinho só de paciência. isso não significa que demorarei séculos para postar, o.k? haha prometo que vou esforçar para termina-lo o mais rápido possível.
pois bem, por hoje é só... espero que tenham gostado.
beijos, amo vcs!

 

sdds da minha série fav

20 comentários:

  1. OMG OMG OMG OMG OMG... Bem que você disse que a ficada com Hilary ia dá problema e que a Demi não ia desistir amém por isso tô com medo desse acerto de contas a Demi falando que isso ia entrar me pareceu maligna. O Samuel e a Sabrina pareceram crianças de verdade nesse capítulo e ela falando que imaginou os três juntos no estúdio foi fofo e esse momento nelena e gine foi muito fofo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. cheguei, cheguei, cheguei!
      pareceu maligna? eu não percebi sdjsdj
      acredito que ela não irá pegar pesado, não depois de outros acontecimentos e tudo mais...
      geralmente eles precisam ser maduros e aguentar tantas coisas... no caminho que tudo está seguindo, eles podem ser crianças "normais" agora :)
      os otps da vida!!!
      fico feliz que tenha gostado <3

      Excluir
  2. capítulos todos os dias seria meu sonho? haha
    as coisas entre Joe e demi tava muito bom pra ser verdade
    tinha algo pra atrapalha, né?
    to doida pra ver Jemi esclarecendo as coisas, já to imaginando.
    meu bichinho do Samuel sofrendo, não posso com isso <\3
    a Sabrina voltou, amém!
    esse momento nelena, amei? amei! bem que podia acontecer na vida real
    se a demi gravasse body say nessa fic depois de um hot Jemi, me deixaria jogada na br ~ deixando uma dica ai migs~
    não quero que essa fanfic acabe
    ela é minha fav ❤
    esse momento da Gigi foi fofo mas eu não gosto muito dela, não sei porque...
    posta logo amor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. seria nosso sonho, mas essa vida não colabora comigo! sdjsdj
      sempre tem algo, mas eles vão lidar bem com isso.
      EU TÔ BERRANDO PQ FINALMENTE ESTOU ESCREVENDO ESSA PARTE
      o bichinho é guerreiro, mesmo sofrendo é dono de tudo aqui!
      bem que podia mesmo, mas eles não colaboram u.u
      body say é uma música que eu ouvi poucas vezes, mas já sei a letra inteirinha. eu bem que queria um clipe cheio de coisas explicitas e tudo mais, mas demi lovato não colabora tbm! ~já estou jogada na br~
      obrigada pela dica, vou ver o que posso fazer com isso.
      essa fanfic está se superando no quesito capítulos, olha só o milagre acontecendo! tbm não queria que acabasse, q triste :(
      no inicio eu não tinha nada pessoal contra a pessoa dela, mas depois... como eu já tinha planos, não quis estragar... foi a primeira e ultima vez que usei ela como personagem sdjsdj
      postarei assim que puder <3

      Excluir
  3. MENINAAAA é assim que eu gosto todo dia cap novo!!! Não vejo a hora dessa premiação chegar sococoooorro ❤️❤️

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. bem que a vida podia colaborar para ser assim, mas ela não colabora! sjdsjd
      tá chegando, se segura ai o/

      Excluir
  4. The 100❤❤❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. MINHA SÉRIE
      NINGUÉM SAI
      MINHA SÉRIE

      Excluir
  5. Primeiramente muito obrigada, 3 ou 4 capítulos seguidos. Quase chorei de emoção cada dia que atualizava a página e tinha um capítulo fresquinho *-*
    Agora sobre o capitulo: Que raiva de quem filmou o Joe, estava tudo tão bem ai alguém tem que atrapalhar, palhaçada. Gostei muito dele com as crianças, Sam e Sabrina mostrando que as atitudes dele e da demi afetam eles e que eles precisam dar um basta nisso.
    Amei delena, pensei que Demi fosse jogar a toalha mas não, então vamos que vamos garota, esse homem é teu.
    Sobre Gigi e Shane, já desconfiava e amei, acho que farão super bem um ao outro. Ele merece um amor de verdade e ela ser feliz tbm. Agora é esperar o próximo. Parabéns por mais um capítulo perfeito.
    Beeijao Mila :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. fico feliz que tenha gostado, anjo <3
      na vida real eu provavelmente chamaria isso de conspiração! sdjsdj sempre acontece alguma coisa, sempre. crianças tem uma sensibilidade muito grande e é legal escrever do ponto de vista delas... por isso sempre tem uma ou duas crianças nas minhas fics ^^
      depois de tudo ela não podia jogar a toalha agora! o/
      inicialmente não pensei neles como um casal, mas depois de tudo... achei justo e até que eles combinam!
      obrigada e fico feliz que tenha gostado do capítulo <3
      beijos *

      Excluir
  6. Tô cada vez mais ansiosa, continua logo!

    ResponderExcluir
  7. Continua please. Tá perfeito ♡

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. fico feliz que tenha gostado <3
      postarei assim que puder.

      Excluir
  8. Mais mais mais

    ResponderExcluir
  9. Chega logo premiacao. Ansiedade a mil pra saber como será.
    Amo demais essa fic, parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. até eu estou ansiosa!
      obrigada, anjo. fico feliz que tenha gostado <3

      Excluir
  10. Quase morri quando Sam e Bi contaram do vídeo. Achei que Demo ia desistir, mas não, ela quer o Joe e fico muito feliz por isso.
    Tô louca pra saber oq eles prepararam.
    Bj bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. foi uma ideia que surgiu no momento e eu logo escrevi... senti aquele impacto, sabe?
      o otp junto, finalmente! <3 sdjsdj
      adoro surpresas.
      beijos *

      Excluir