23/07/2016

Broken Frame: Capítulo 44 • Sense


perdoem qualquer errinho aqui e não desistam de mim. xx


          Demetria entrou no palco acompanhada dos filhos; Samuel segurava o prêmio e Sabrina um certificado. Nicholas foi cumprimentado brevemente e logo chegou a vez de Joseph. Demi o abraçou, fechou os olhos e sorriu sentindo cada pedaço seu encaixar-se perfeitamente nele. Joe afastou-se devagar, segurou o rosto dela e a beijou na frente de todos! Poucos esperavam por aquele beijo, muitos ficaram boquiabertos e outros aplaudiram o gesto de carinho do casal. — Meu Deus isso é real! — Joe disse ofegante — Eu tenho tanto o que dizer, você...
— Shhh! — Demi lhe deu um selinho e sorriu — Nós vamos conversar, mas não agora.

— Você promete não fugir de novo? — Ela riu.
— Eu prometo. Agora dê um beijo nas crianças, enquanto eu faço meu discurso. O.k? A noite para nós dois começa agora. — Ele fez exatamente como ela pediu e beijou as crianças.

— Confesso que sou péssima com discursos, mas quando se trata de você... eu faço qualquer coisa! Estar aqui hoje e ser responsável por te entregar esse prêmio é uma grande honra. Nos conhecemos ainda adolescentes, compartilhamos tantos planos e sonhos. Você sempre me disse o quanto queria ser reconhecido pelas suas músicas e veja só, você conseguiu! Eu tenho orgulho de você por ter lutado e conquistado seu espaço. Para muitas pessoas aqui isso vai soar como uma loucura, mas fico feliz por fazer parte disso. Fazer parte da sua vida é uma grande benção! — Ela sorriu direcionada para ele. Samuel aproximou-se da mãe, entregou o prêmio para ela e voltou a ficar ao lado da irmã. — Aqui deixo minha grande admiração e amor por você. Meu melhor amigo e amante.  Senhoras e senhores, Joseph Carpenter! — Aplausos e mais aplausos. Os olhos dela brilhavam pelas lagrimas que queriam escapar, lagrimas de felicidade. Joe passou seus braços em volta dela, outro abraço apertado e cheio de agradecimentos.
— Obrigado por tudo, você foi incrível! — Ele beijou a testa de Demi — Acho que é minha vez de falar agora.
— Boa sorte. — Ela sorriu antes de sair e levar as crianças consigo.

          Joseph olhou a estatueta, respirou fundo e começou seu discurso: — Agradeço pela oportunidade de estar aqui hoje e receber tanto carinho. Isso é maravilhoso! Este premio tem um valor sentimental pra mim e também significa uma grande vitória. Eu provavelmente nunca contaria o que estou prestes a contar, mas sinto que este é o momento de ser verdadeiro com todos. — Joe fez uma pausa e atrás dele alguns slides de fotos dele começaram a passar. — Há alguns meses atrás sofri um grave acidente de ônibus e por muito pouco isso não custou minha vida. Foi um divisor de águas, tudo mudou... eu mudei! Naquele dia eu perdi minha perna ou parte dela, se assim preferirem. — Uma foto dele ficou fixa no telão — O motivo do meu sumiço foi minha recuperação e adaptação quanto ao uso da prótese. Eu pensei que minha vida tinha acabado ali mesmo! Já tinha até desistido de voltar e retomar minha carreira na música. — Ele observou alguns rostos, eles estavam chocados! — Muitas coisas aconteceram depois disso, mas prefiro não entrar em detalhes. O que quero com tudo isso é motivar as pessoas, qualquer uma que seja e dizer: Ei, você também consegue! Não foi fácil chegar até aqui, mas a vida é assim mesmo. Se você tem um sonho, deve lutar por ele e ser forte. — Ele fez uma pausa — Nunca pensei que minhas composições e músicas fossem me levar tão longe. Eu me sinto realizado! É uma sensação maravilhosa de dever cumprido, mas sei que meu trabalho não acaba aqui. Ainda tenho muito o que fazer, muito o que conhecer e não vejo a hora de estar em com vocês, meus fãs, outra vez. Obrigado pessoal, isso é tudo! — Ele sorriu e foi aplaudido mais uma vez. Quase todos de pé expressavam sua emoção pelas palavras inspiradoras de Joseph! Ele desceu do palco, voltou ao seu lugar e sorriu para Samanta.

— Como me sai?
— Muito bem! — Ela bateu palminhas de entusiasmo e bocejou logo depois.

— Vejo que você está cansada. — Joe sentou-se e colocou a garotinha em seu colo.
— Só um pouco, mas posso ficar.
— Já está quase acabando, o.k? Depois disso vou leva-la de volta.
— O.k. — Ela aconchegou-se no peito dele e sorriu.

***

          Quando a premiação acabou, Joseph ficou perdido no meio de tantas pessoas! Algumas lhe parabenizaram pelo discurso e pela revelação, outras já torceram o nariz e o ignoraram. Ele recebeu um puxão em seu braço, Joe estava pronto para disparar um palavrão, mas suspirou aliviado ao ver Iggy. — Um rosto amigo. — Ele riu e Samanta observou a loira com certa admiração.
— Todos estão loucos atrás de você, sabia? Meus parabéns! — Ela o abraçou — Foi incrível, Joseph. Você arrasou no palco!
— Obrigado. — Ele depositou um beijo na bochecha dela e sorriu.

— Vejo que trouxe uma linda acompanhante com você. — Ela observou a garotinha — Qual é o seu nome?
— Samanta.
— É um lindo nome! — Ela agachou-se — Eu sou Iggy.
— Eu sei, você é linda! — Iggy riu.

— Ela é um amor!
— Samanta é uma garota especial.
— Vejo isso claramente. — Ela sorriu encantada.

— Disse que estavam me procurando?
— Oh sim, venha comigo. — Iggy fez um gesto com as mãos — Demi está esperando por você lá fora. — Joe assentiu e caminhou junto com Iggy até o lado de fora.

           Demetria estava distante de toda aquela agitação, ela e as crianças esperavam por Joseph do lado de fora. — Mamãe, você tem certeza que ele ainda está aqui? — Samuel arqueou uma das sobrancelhas.
— Está sim, Sam. Iggy me garantiu que o viu lá dentro e foi busca-lo.

— Eu cumpro minhas promessas. — Demi assustou-se e virou para encarrar a amiga. Ela sorria ao lado de Joseph e Samanta. — Estão entregues.
— Obrigada, Iggy. -Demi e Joseph disseram em uníssono.
— Nos vemos mais tarde. — Ela sorriu novamente para eles e agachou-se ao lado da garotinha. — Foi um prazer conhece-la, gatinha. — Iggy beijou a bochecha dela e saiu.

— Pai, você foi incrível! — Sabrina soltou a mão do namorado e abraçou Joseph. — Meus parabéns, estou muito orgulhosa de você. — Ela continuou falando enquanto o abraçava. Samuel percebeu Samanta de lado, ela observava Joseph e Sabrina com um brilho diferente nos olhos.

— Ei, você está bem? — Ele perguntou baixo.
— Quem é você?
— Samuel e você? — Ele estendeu uma das mãozinhas.
— Samanta. — Eles trocaram um aperto se mãos. Samuel sorriu para ela e riu em seguida. — O que é engraçado?
— Você se parece com a minha mamãe quando ela era criança. — Samanta olhou para Demi. Ela estava distraída olhando para Joseph e não desviou os olhos dele com a menção de seu nome.

— Ela é muito bonita. — Sammy ajeitou os óculos e olhou para os próprios pés.
— Você também é. — Ela olhou para Samuel novamente e riu. — O que é engraçado?
— Não é novo demais para paquerar?
— Isso não foi uma... paquera. — Ele cruzou os braços e arqueou uma das sobrancelhas. — Só estava sendo... como é mesmo a palavra? — Ele fez uma careta — Gentil! Isso mesmo, estava sendo gentil.
— Você é engraçado. — Ela disse e tremeu em seguida. Estava começando a ventar forte e Samanta estava sem casaco para se aquecer.

— Você está com frio? — A garotinha apenas assentiu e baixou a cabeça novamente. Samuel abriu os braços e abraçou Samanta de lado.
— O que está fazendo? — Ela perguntou baixo. A voz tão baixa e afetada que Samuel quase não ouviu!
— Eu também estou com frio. Você se importa? — Era estranho. Pessoas gentis, crianças gentis... Samanta tinha medo de pessoas assim! Mesmo tão pequena já carregava tantas coisas ruins e traumas. Seu relacionamento com outras crianças não era tão bom e ela não fazia amigos facilmente. As crianças do orfanato tinham medo dela e por isso não se aproximavam. Samuel disse que ela era bonita e agora estava lhe abraçando!

— Vejo que Samuel conheceu minha nova amiga. — Joseph disse sorridente. Demi balançou a cabeça e observou o filho abraçar aquela garotinha.
— Ela se parece com a mamãe, pai.
— Quem é ela? — Demi parou ao lado de Joe com Bradley.
— Samanta.
— Ela é muito fofa! — Sabrina aproximou-se e quis observa-la de perto.
— Sabrina ela é tímida. — Bradley observou.
— Ela mora aqui em Cali? Seria uma boa companhia pro Sam.

— Precisamos ir. — Demi olhou o relógio — Sua nova amiga vem conosco?
— Eu prometi as irmãs que ela estaria de volta cedo, então podemos fazer uma parada no caminho. — Joe disse um pouco confuso. Para onde ele iria mesmo?
— Certo. — Demi assentiu — Crianças, vocês vão com o Tio Nick. O.k? Tudo como combinamos.
— O.k, mamãe. — Sabrina assentiu prontamente.

— Tenho mesmo que ir com eles?
— Nós combinamos assim, bebê.

— Você promete que vou vê-la de novo? Sei que conheci ela agora, mas gostei dela.
— Eu prometo. — Joe agachou-se e ergueu o dedo mindinho para Samuel. — Você quer vê-lo novamente, Sammy?
— Sim. — Ela sorriu. Um novo amigo não parecia ser uma má ideia!
— Certo, então fico devendo um reencontro pra vocês.

          Após as despedidas, Joseph embarcou em um carro com Samanta e Demetria. O silêncio predominou parte da viagem, mas de repente Demi perguntou: — Como se conheceram? — Ela olhou para Samanta que dormia no colo dele.
— Quando visitei aquele instituto. — Demi assentiu para ele continuasse falando — Ela era aquela criança quieta e isolada. Samanta passou por muitas coisas e por algum motivo não falava! Eu fiquei sensibilizado. — Joe fez uma pausa — Pouco antes de ir embora, ela falou e cantou comigo. Foi algo muito especial e eu fiquei... encantado com ela!
— Uma experiencia e tanto, não?
— Ela me encorajou. Eu fiquei sem palavras! Samanta tem apenas cinco anos.
— Foi uma escolha interessante de acompanhante e precisava saber com quem estava lidando. — Demi afagou os cabelos ruivos da garotinha — Você continua me surpreendendo, sabia? Meus parabéns.

— Você deveria saber que algo aconteceria. — Ela o olhou com uma das sobrancelhas arqueadas — Afinal, você planejou aquela visita.
— Seu pai contou?
— Viu? Eu sabia! — Ele riu e Demi lhe deu um tapinha de leve no braço.
— Convencido! Como sabia?
— Sempre fazíamos essas visitas juntos.

— Não pensei que fosse ficar tão obvio. Já faz tantos anos e... — Joe segurou-lhe uma das mãos —  O que foi? — Ela perguntou sorrindo.
— Estou feliz que tenha pensado em nós outra vez.
— Ainda não é o momento de falarmos sobre nossa relação.
— Já não esperamos tempo demais?
— Apenas mais um pouco, prometo que não vai se arrepender. — Joe suspirou.

— Pode me dizer pelo menos para onde esse cara está nos levando? — Ele referiu-se ao motorista que dirigia o carro.
— Quando chegarmos você vai saber. — Joe riu.
— Isso é maldade!
— É amor. — Ela sussurrou ao pé do ouvido dele e riu baixinho.

***

          Joseph havia indicado o endereço do orfanato ao motorista, não ficava muito longe e eles logo chegaram. Demetria observou o lugar pela janela e seu coração se fez em pedaços! Joe não disse que aquela garotinha era órfã, agora algumas coisas faziam sentido. Ele bateu na porta, logo abriram e sorriram: — Boa noite.
— Boa noite, Sr. Carpenter.
— Pegamos um pouco de transito, então me desculpem entrega-la assim tão tarde.
— Nós entendemos perfeitamente. — Uma das irmãs recebeu Samanta nos braços. Ele depositou um beijo rápido na testa da garotinha e acompanhou com os olhos até que sumisse de sua vista.

— Ela se divertiu bastante e espero ter tempo para vê-la novamente.
— Sr. Carpenter é realmente admirável o que está fazendo, mas não acho que seja saudável manter esse tipo de relação com uma de nossas crianças. Ela precisa de uma família e acredito que esteja ciente disso. Certo? Samanta é uma garotinha especial e não posso permitir que ela crie expectativas com o senhor e sua família perfeita.
— Estamos longe de ser uma família perfeita. — Joe disse após suspirar pesadamente.
— De qualquer forma, volte aqui apenas se tiver intenção de adota-la. — A senhora deu um passo para trás, segurou a maçaneta da porta e olhou para ele. — Tenha uma boa noite. — Ele apenas concordou com a cabeça e voltou pisando forte. Aquelas irmãs não eram nada legais!

— Aconteceu alguma coisa lá?
— Não. — Ele bateu a porta e o motorista arrancou rápido com o carro.
— Você poderia ter me contado que se tratava de uma garota órfã.
— Alguma coisa teria mudado?
— Não sei, mas...

— Eu tenho muito o que te dizer e falar sobre esse orfanato foi a última coisa que passou pela minha cabeça. O.k? Sinto muito. — Ele fechou os olhos, respirou fundo e soltou o ar pesadamente pelo nariz.
— Está tudo bem?
— Você pode me passar essa garrafa com água? Preciso tomar um remédio. — Demi apenas assentiu e passou a garrafa. — Eu estou bem.

— Você está se cuidando? — Ela mudou o rumo do assunto para ver se Joe ficava menos tenso e funcionou.
— Sim, estou me cuidando. — Ele olhou para Demi — Conversei com o médico, ele me apresentou algumas opções de tratamento e juntos escolhemos a melhor. — Ela sorriu — Tomo dois tipos de remédio e tenho sessões de acupuntura três dias por semana.
— Estou feliz por você.
— Eu me sinto um homem melhor— Joe fez uma referencia a musica dela e arqueou uma das sobrancelhas.

— Se eu não te conhecesse, mas como conheço... diria que você ouviu minha nova música.
— Apesar de tudo, você foi me visitar.
— Apesar de tudo, eu amo você. — Demi apoiou a cabeça no ombro de Joseph e entrelaçou seus dedos junto com os dele.
— Eu não acredito que isso finalmente está acontecendo. — Ela riu.
— É sério, não tem graça.

— Eu quero me divertir com você hoje, então relaxe e curta o momento. — Joe olhou através da janela e não conseguiu conter o sorriso. Ele conhecia bem aquela estrada, aquelas arvores, eles estavam indo pra casa!
— Você está me levando...
— Sem mais perguntas! — Demi brincou com os dedos dele.
— Tudo bem, não está mais aqui quem falou. — Ele revirou os olhos.

          Em pouco tempo eles chegaram. O motorista parou o carro na porta da residencia e eles desceram. Joseph primeiro, ele segurou a porta e ofereceu uma das mãos para ajudar Demi. — Obrigada. — Ela sorriu. Foi quando Joe caiu em si e percebeu que não havia reparado na roupa que ela usava! Ele agradeceu o motorista, dispensou o mesmo e voltou-se para Demi.
— Você está linda! — Demi sorriu novamente — Oh e estamos combinando.
— Você também está muito lindo, Joseph. — Ela arrumou a gravata dele — Não sei se você se lembra, mas eu adoro quando você usa terno. Isso te deixa elegante e muito sexy! — Demi virou-se de costas para ele e começou a subir os degraus da pequena escada. Ele foi atrás dela e conseguiu para-la no meio do caminho.

— Ei, espere! O que está aprontando?
— Conversaremos melhor lá dentro.
— Demetria. — Ela continuou subindo e ele decidiu apenas segui-la.

          Joseph alcançou Demi, mas ela adentrou na casa sem dizer uma única palavra. Estava um pouco escuro, mas ele conseguia vê-la caminhar em direção a sala. — Ei, espere! O que estamos fazendo aqui?
— SURPRESA! — Joe sobressaltou de susto e ficou por um momento estático. Ele olhou para cada pessoa ali presente, reconheceu seus familiares e amigos mais próximos.
— Você fala demais e tive medo que desconfiasse de alguma coisa. — Demi falou e segurou o rosto dele com delicadeza. — Esta tudo bem? — Todos estavam em silêncio e o observavam com certa curiosidade.

— Fez tudo isso pra mim? — A casa estava decorada e tinha uma faixa de felicitações pelo prêmio. Aquilo era outro velho costume que com o tempo acabou se perdendo e Joseph já não lembrava dele! Agora, sentia-se nostálgico e abraçou Demi forte para não chorar na frente de todos.
— Oh meu amor, nós fizemos isso pra você. — Ela sorriu — Você já fez muito por mim e é minha vez de retribuir. — Demi sussurrou essa ultima parte e partiu o abraço. — Vejo que está surpreso e fico feliz. Essa era nossa intenção, não é mesmo pessoal?
— SIM! — A resposta veio em seguida e Joseph sorriu.

— Ótimo! A casa é sua e os convidados também. — Ela o incentivou a cumprimentar o pessoal.
— Onde você vai? — Ele perguntou baixo.
— Trocar de roupa, não vou demorar. — Ela sorriu — Divirta-se. — Beijou-lhe a bochecha.
— Sintam-se em casa! O jantar será servido em breve e quem quiser beber alguma coisa é só ir até a sala de refeições. — Demi avisou rapidamente e subiu para seu quarto.

--

bom dia meninas, tudo bem com vocês?
estou bem e sinto muito pela demora, mas finalmente terminei de editar esse capítulo.
gostaram da surpresa? ainda não acabou, então tem mais vindo ai! 
só de pensar já fico me tremendo toda sdjsdjsdj
espero que tenham gostado <3 
volto assim que terminar de escrever o próximo, o.k?
beijos

 

estou viciada nela, simplesmente... viciada!!!

34 comentários:

  1. OMG esse momento da Sammy com o Sam foi muito fofo, Fiquei com raiva da irmã do orfanato não sei o que falar sobre esse capítulo foi perfeito a Demi Sam e Samantha subindo no palco o beijo, Demi ficando triste por causa da Sammy é muita emoção pra mim processar e tenho certeza que o Joe vai adotar a Sammy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu não sabia o que escrever nessa parte e de repente, imaginei como seria essas duas fofuras interagindo... acabou acontecendo e achei muito lindo <3
      ela foi dura com o joseph, mas acredite... o jogo vai virar! ~adoro dizer isso~
      será? aguarde os próximos capítulos :)

      Excluir
  2. Acho q vem uma adoacao a caminho ! Amei. Posta logo por favor ! Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. não posso dizer muito, mas acho que temos mais algumas surpresa vindo por ai!
      fico feliz que tenha gostado <3
      postarei assim que puder, bjs.

      Excluir
  3. Amando quero mais

    ResponderExcluir
  4. Já que é pra tombar, tombei! E tombei legal com esse capítulo.
    O beijo do otp foi perfeito, foi maravilho.
    Se é essa fanfic existe, graças a Deus porque existe.
    O discurso deles foi tão amorzinho, o Joe revelando pra todo mundo o que aconteceu, meu coração encolheu, meu bichinho não merece nenhum sofrimento.
    O Sam e a Sammy, meu Deus, que fofos! Ri demais com o Sam "paquerando" a garotinha, senhor, que fofura, quero pra mim.
    Será que o Joe e a Demi vai dar uma de Brad e Angelina e adotar a Sammy? Quero!
    Você colocou a Iggy na premiação, foi exatamente o que eu pedi, obrigada mozona.
    Essa festinha <3
    sinto que quando o otp tiver o papo reto eles vão matar a saudade, se é que me intende, rçrç
    Halsey é muito maravilhosa, rainha sim.
    Acho que é isso! ~Tentei comentar umas três vezes e sempre dava algo errado, será que agora vai?~
    Posta logo, viu? Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi!!!
      Aleluia irmãos, haha!

      Excluir
    2. bang, bang! lembrei daquele música sdjsdj
      confesso que depois que escrevi, fiquei olhando pra mim mesma e senti um certo orgulho. sou meio louca, mas... tô feliz! <3
      não foi fácil escrever os discursos, estava tão nervosa, mas acho que no final até que ficaram bons. ele revelando tudo, nossa... uma das minhas partes favoritas! :) ele foi corajoso.
      me bateu aquela nostalgia... pq num dos primeiros capítulos dessa fanfic, ele elogia a denise e ela pergunta: é assim que os jovens de hoje em dia estão paquerando? ele responde algo assim: não sei direito, mas a sabrina sabe. só deu eu rindo de madrugada com isso! sdjsdj
      vamos ver o que eles irão fazer sobre isso... brad e angelina, otp supremo <3
      eu tinha me esquecido dela, sabia? obrigada por me lembrar.
      entendi bem sdjsdj 66)
      halsey é simplesmente maravilhosa! estou tendo ideias muito loucas para a próximo fanfic e ela é uma das minhas inspirações.
      aconteceu comigo, sabia? estava respondendo os comentários, escrevia aquele texto enorme e no final a página dava erro x.x
      postarei assim que puder, bjs.

      Excluir
  5. Meu Deus, não estava preparada pra tudo isso. Mas ficou perfeito, parabéns mais uma vês.
    Amei o Sam e a Samy, fofos demais, sem contar que os momentos dela com Joe foram lindos sempre
    O descurso da Demi foi lindo também, amei os 3 indo entregar o prêmio. Joe com certeza estava nas alturas. Achei bem interessante a forma que ele contou do acidente, só mostra que ele tem aprendido com isso.
    O beijo me deixou sem ar, não via a hora desses 2 terem esse momento a amoreco. Só posso dizer que estou muito feliz pelo capítulo, e então te darei uma folga de 24h pra postar o próximo, kkkkkkkkk
    Beijao pra ti, Mila :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. yep, fico feliz que tenha gostado! :)
      aquelas duas fofuras foram um improviso que surgiu no momento que estava escrevendo o capítulo, lindos...
      estava tão ansiosa para escrever esse capítulo que até sonhei com as cenas, fortes emoções <3
      ele está se cuidando, refazendo o tratamento e acredito que esteja aprendendo bastante com isso.
      "folga de 24h" sdjsdj eu bem que tento, mas a vida não colabora.
      beijos *

      Excluir
  6. PAI DO CÉU! Estou sem palavras, foi muoto lindo esse capítulo, sam e samy foi muito fofo, ele Demi e gente quando essa festa terminar. Espero muitas declarações e beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. fico feliz que tenha gostado <3
      muitas declarações estão vindo ai, viw...
      beijos *

      Excluir
  7. CARAMBAAA QUE CAPÍTULO LINDO *--*
    Amei demais cada detalhezinho
    Sammy é tão fofa s2
    Posta mais e posta logo,por favor
    Beijos,
    Su

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. fico feliz que tenha gostado <3
      postarei assim que puder.
      beijos **

      Excluir
  8. perfeitooooo
    adorei, amei ❤️
    ansiosa para o próximo
    beijos :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. está chegando e está grandinho...
      fico feliz que esteja gostando <3
      beijos *

      Excluir
  9. Mais mais mais ❤

    ResponderExcluir
  10. Apaixonada na Samanta, linda demais. Vai ser tão legal se eles a adotarem. Sam e Samy foi fofo demais
    Amei a Demi se declarando e mostrando pra mundo o homem dela.
    Tô louca pra ver o resto da festa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. acho que as surpresas não acabaram, vamos aguardar...
      muita fofura sam e sammy :)
      finalmente, depois de muito acontecer... esses dois se agarraram! o/
      postarei assim que puder <3

      Excluir
  11. Esqueci, parabéns. Perfeito sempre ��

    ResponderExcluir
  12. você conhece a Taynara Miranda ? pq será que ela excluiu o blog dela????

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. no momento não me lembro de ninguém com esse nome :(
      infelizmente acontece, mas ela poderia ao menos ter avisado sobre isso aos leitores... sinto muito.

      Excluir
  13. Posta ��
    Posta ��
    Posta ��
    Vamos lá pessoal
    Posta ��
    Posta ��

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vacilo minha notinha musical não ter ido :,(

      Excluir
    2. não vi a notinha musical, mas mesmo assim li cantando! :)

      Excluir
  14. Jessie, cadê você? Eu vim aqui só pra te ver, kkkkkkkk

    ResponderExcluir
  15. Oi Jessi! Noite caramba que capítulo. Vc a Mile e a Amanda deveriam escreve um livro. Magnífico. Posta logo por favor. Estou mega ultra ansiosa. Faço atualização atualização cada 5 minutos. Mais enfim sei que demora um pouco. Estou esperando. Pode postar logo tá a gente agradece !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!1

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. fico feliz que tenha gostado <3
      quem sabe num futuro próximo? ~planos, planos~
      postarei assim que puder.

      Excluir