02/05/2013

Capitulo 9





"Um dia a gente cresce, conhece a nossa essência e ganha experiência... "

[Demi]

Bruna desce abraçada a si mesma com os cabelos presos num coque mal feito e sorri quando me vê. Estou sentada no sofá e ela se joga ao meu lado deitando com a cabeça em meu colo, acaricio seus cabelos castanhos escuros como os meus atualmente. –Bom dia bebê. –Beijo sua testa, ela suspira.
-Bom dia mamãe. –Abre um sorriso tímido.
-O que meu bebê tem que não dormiu bem de noite? –Ela balança a cabeça.
-Eu não sei acho que estou com insônia. –Desvia o olhar para a mesinha de centro por alguns segundos e depois volta a posição de origem me olhando.
 
-Você é nova para insônia. –Arqueio uma sobrancelha, minha filha tem um brilho nos olhos. Hm... Ai tem! Ela fecha os olhos e balança a cabeça enquanto á musica clássica ecoa na sala.
-Adele? –Assenti. Ela esta desviando do assunto principal, rio ao vento com isso, ela me olha sem entender e abre a boca mais interrompo.
-Essa insônia se chama Stefan? –Ela franze o cenho. –Eu sei quem ele é, ele é um garoto bonito. Se seu pai fosse loiro quando o conheci... Seria exatamente igual a ele. –Ela ri.
-Eu mal o conheço apesar de que estudarmos juntos, eu nunca o notei na sala de aula. Talvez estivesse ocupada demais para prestar atenção nele.
-Sobre o que conversaram?
-Família, amigos, escola. O básico. –Faço careta e penso no que dizer.
 
-Você estava rindo muito, ele lhe contou piada? –Joe nos surpreende na sala de braços cruzados e seu tom sarcástico bem afiado, ela não se intimida.
-Ele é engraçado. –Se senta e dá de ombros rindo, depois ela para e nota que Joe não gosta muito dele. –Ele pediu desculpas.
-Pelo que? –Joe franze o cenho.
-Pelo pai dele ter cantado a mamãe. –Passa por ele e deposita um beijo em sua bochecha, Joe parece chocado. –Ele só quer uma amiga ao contrario do pai dele, saiba disso, se me dão licença vou tomar café. –Sai.
-Precisava de sarcasmo? –Bufo.
 
-Não me convenceu! –Balança a cabeça, ele tem um om pálido em seu rosto.
-Joseph ela não esta aqui para convencer você! Acho melhor você fechar essa sua boca por que se não ela nunca mais lhe conta algo novamente. –Meu tom é grosseiro, ele quem pediu! Meu coração aperta. Droga Demetria!  -Desculpa.
-Tudo bem. –Descruza os braços e vem em minha direção. –Você esta apenas tentando me alertar. –Ele acaricia minha bochecha com seu polegar.
 
-Eu não quero brigar com você mais são os hormônios. –Ele ri.
-Eu entendo. Esses hormônios afiam bem sua língua. –Me lança um olhar pervertido. Repreendo com tapa e o puxo para um beijo rápido.
-Ela é minha garotinha. –Suspira de forma pesada.
-Ela cresceu Joe. –Acaricio seus cabelos.
-Foi tudo muito rápido. –Ele pisca um pouco e sorri pro nada como se lembrasse de algo.

[Flash Back- On]

[Joe]

A sensação da areia entre meus dedos era uma sensação relaxante e refrescante, estou com Bruna sentado na areia, hoje ela faz 5 anos e diferente de outras crianças quis conhecer nosso refúgio na ilha a fazer uma festa cheia de exageros cor de rosa. Ela esta com os cabelos soltos, blusa preta, sua blusa de frio rosa clara com pelinhos marrons na touca, bermudinha jeans preta e pés na areia assim como eu.
-Por que veio aqui com a mamãe depois que se casaram? –Ela esta sentada entre minhas pernas e abraça os joelhos sorrindo.
 
-Por que queria fazer algo especial para ela, nos casamos no dia do aniversário dela então lhe trouxe aqui na esperança de que ela gostasse.
-E ela gostou não foi? –Se levantou e se sentou na minha perna, passei meus braços em torno dela e assenti.
-Por isso voltamos aqui todo ano. –Eu sorri para ela.
-Posso fazer uma pergunta estranha? –Franzo o cenho. –Promete não ficar chateado? –Assenti. –De onde vem os bebes? Por que a tia da escola estava falando sobre a criação do primeiro e do segundo mais não do terceiro. –Eu ri. -Papai é sério! –Faz uma pequena carranca.
 
-Os bebês veem do amor dos pais. –Demi beija minha bochecha e se senta junto comigo. –Eles se amam tanto que... Demonstram isso de uma forma ér... Intima. –Me enrolo todo e coro.
-E como é isso? –Minha filha é muito curiosa, rio e Demi vem ao meu auxílio.
-Como uma dança bebê, se lembra do balé que assistimos semana passada? –Ela assentiu. –São dois corpos como um só. – Ela observa o mar por um breve momento.
-E depois disso?
-É só esperar. –Completo.
 
-Você esperou papai?
-Esperamos nove meses até nossa princesinha linda. –Beijo sua bochecha. -Perfeita e cheirosa do pai, nascer. –Ela ri e Demi a acompanha.
-Own. –Ela faz bico. -Quando vocês vão dançar de novo e me dá um irmãozinho? –Eu e Demi franzimos o cenho e sorrimos.
-Quem sabe... Essa noite. –Demi estapeia meu braço e se levanta para tirar a chaleira do fogo que acabara de apitar. Dou risada. –No momento certo. –Ela me abraça rindo da reação de Demi ao pé do meu ouvido, alguns segundos depois ela cola seu nariz no meu.
-Eu te amo papai. –Ela me dá um selinho e sorri com suas bochechinhas rosadas.
-Eu também te amo minha princesa! Muito, muito... Muito! –Sorri. –Minha garota!
 
-Sua garota papai, para sempre. –Seus olhos brilham.

[Flash Back- Off]

-Joe? Joseph? –Ela esta segurando meu rosto entre as mãos, preocupada e eu sorrio me aproximando para beija-la, ela tinha uma das mãos em minha bochecha que acariciava com o polegar em movimentos circulares, tenho uma das mãos em seu cabelo, nossas línguas brincam de forma descontraída, o beijo é calmo e apaixonado.
-Sim? –Disse partindo o beijo com dois selinhos.
-Você parecia estar longe. Esta tudo bem?
-Eu só estava me lembrando de algo. –Dou se ombros. –Passeio pelo jardim? -Pergunto me pondo de pé, lhe estendendo o braço;
-Adoraria. –Ela sorri para mim. Coloca seu braço entre o meu e caminhamos em direção ao nosso belo jardim dos fundos.

"Guarde o que foi bom, e jogue fora o que restou! "

*-------------------*


Esperem... Foi ter um ataque de fofura e ja volto :)
Esse gif é tão cute que me fez... Uau é lindo, já notaram que em todas as minhas fics tem uma criança? ~Palmas para quem sabia, eu descobri isso quase que... Agora!~ é proposital eu amo amo... Envolver crianças por que elas tem uma inocência que... Eu não seu descrever mais deixa tudo mais... Ownn, Awnnn, Rawnnnnn! Dá vontade de morder :3 kkkkk!

Em relação a fic, eu escrevo um capitulo e gosto escrevo outro e acho que tá uma merda... Não pensem que eu quero ser bajulada ou algo do tipo, eu só quero uma opinião sincera por que eu não me conheço as vezes, eu não sei o que tá havendo comigo. Eu sento ma frente do pc e bato meus dedos nas teclas e as vezes o que eu escrevo não ta de acordo com aquilo que eu queria, ou talvez eu esteja exigino muito de mim. Eu não sei, as vezes fico mal por isso ou as vezes não tenho inpiração para escrever. Como disse estou fazendo o melhor que posso! Me digam se gostaram desse capitulo, estou pensando em escrever uma fic chamada "Paradise" >.< Eu sei que vão amam, quando finalizar o capitulo 3 eu falo sobre ela!

-Kisses 
  
 
 

13 comentários:

  1. ta lindo u_u
    Sério a história ta linda demais, poosta loogo, pleeease, xo

    ResponderExcluir
  2. ooooo que momento mais lindoo de pai e filha <3
    adorei.
    O linda,não fique com essa dívida,você tem que botar na sua cabeça,que você e uma escritora maravilhosa,eu acho você maravilhosa, você tem que se achar maravilhosa!!!!
    suas fics são perfeitas,e quanto mais você escreve,mais você vai estar evoluindo,tanto na escrita como na sua imaginação.
    na minha opinião,tá tudo perfeito.
    sobre a nova fic,só pelo nome vai ser um paraíso mesmo...kkkkkkk`k.
    enfim...
    posta logoooo,e pode me chamar só de ale ~se você quiser~
    beijos lindinha ».«

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tá dificil mais eu vou tentar ok?
      E eu escrevo, escrevo pra caramba, quando não é no pc é no celular kkkkkkk por isso meus créditos acabaram tudo, eu entro na internet todo dia depois da 0:00 para aproveitar o dia inteirooooooooooo no celular!!! kkkkkkkk'
      Uhhhh eu tbm to ansiosa para falar dela!

      Excluir
  3. Eu sei como é,mas procura visualizar as cenas antes de escrever,ter um foco com essa fic e saber exatamente o que quer pôr em cada cap,entende?
    foco,senão você se perde!;)
    e qnto a esse,eu amei,tbm amo muito crianças!*-*
    posta logo!!
    beijokks

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É o que eu repito antes de escrever... Focoooo!
      Passo meu dia inteiro pensando no capitulo e ouvindo musica e POW vem ideia. Eu gosto de escrever quando estou sozinha as vezes é sempre melhor odeio interrupção! Eu não vou me perder, não posso! Obrigado pelas dicas, você tem me ajudado muitooo :)

      Excluir
  4. Own... Esse capitulo foi fofo, cute-cute!! *-*
    Beijos mana!!

    ResponderExcluir
  5. Gabi Araujo02/05/2013 21:53

    Sorry, sorry, sorry, sorry, sorryyyy
    tava sem net e não deu pra ler e acompanhar a fic esses dias! então nem comentei nos outros capitulos!
    Todos estão perfeitos, vc é uma escritora INCRIVEEL! e uma pessoa maravilhosa!
    Own capitulo muuuuito cute *-*
    ta perfect flor, até o proximo...
    xoxo

    ResponderExcluir
  6. Tem uma fanfic e quer saber como está? Precisa de ajuda, sinopses ou títulos? Problemas com o português? Nós podemos ajudar! Temos também divulgação para as melhores fics!http://fanficsawards.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Parabéns a fic esta fantastica!! Abraco de Portugal!!

    ResponderExcluir